sistema de informa es do controle de infec o hospitalar l.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
PowerPoint Presentation
Download Presentation

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 27

- PowerPoint PPT Presentation


  • 196 Views
  • Uploaded on

Sistema de Informações do Controle de Infecção Hospitalar. Gerência Geral de Tecnologia de Serviços de Saúde Unidade de Controle de infecção em Serviços de Saúde Gerência Geral de Informação. GGTES: Dra. Lucila Pedroso da Cruz UCISA: Adélia Aparecida Marçal GGINF:Antonio Carlos Carapeba

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about '' - Leo


Download Now An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
sistema de informa es do controle de infec o hospitalar

Sistema de Informações do Controle de Infecção Hospitalar

Gerência Geral de Tecnologia de Serviços de Saúde

Unidade de Controle de infecção em Serviços de Saúde

Gerência Geral de Informação

GGTES: Dra. Lucila Pedroso da Cruz

UCISA: Adélia Aparecida Marçal

GGINF:Antonio Carlos Carapeba

Equipe técnica:

Maria do Carmo R. R. de Almeida

Rosa Aires Borba Mesiano

Emanuel R.B.Porangaba

Carlos Lemos Guerreiro

Luciano Alberto Sidlauskas

Gianpaolo Cunha do Nascimento

Roberto G. P. Ribeiro Júnior

objetivos
Objetivo principal

Contribuir para diminuir a incidência de infecções hospitalares nas pessoas que utilizam os serviços de saúde

Objetivos específicos

Uniformizar e padronizar as informações sobre os indicadores de infecção hospitalar

Avaliar a qualidade da assistência hospitalar

Objetivos
slide3
Indicador de saúde tem a conotação de revelar a situação de saúde de um indivíduo ou população.

É utilizado para representar ou medir aspectos não sujeitos à observação direta (ex. saúde, qualidade de vida, etc.)

É o conjunto de casos de uma dada afecção ou a soma de agravos à saúde que atingem um grupo de indivíduos.

Indicadores epidemiológicos das Infecções Hospitalares

slide4
O que medem os coeficientes:

Incidência: refere-se aos casos novos em um determinado período. Informa quantos entre os sadios se tornam doentes em um dado período de tempo. Ex. Afecções de natureza aguda.

Indicadores epidemiológicos das Infecções Hospitalares

slide5
O que medem os coeficientes:

Prevalência: refere-se aos casos existentes. Aumenta com o nº de casos novos e diminui com o nº de óbitos, altas, transferências. Danos de natureza crônica.

Incidência e Prevalência informam a magnitude e a importância dos danos à saúde da população.

Indicadores epidemiológicos das Infecções Hospitalares

slide6
O que medem os coeficientes:

Prevalência: refere-se aos casos existentes. Aumenta com o nº de casos novos e diminui com o nº de óbitos, altas, transferências. Danos de natureza crônica.

Incidência e Prevalência informam a magnitude e a importância dos danos à saúde da população.

Indicadores epidemiológicos das Infecções Hospitalares

slide7

CASOS

NOVOS

(INCIDÊNCIA)

CASOS

EXISTENTES

(PREVALÊNCIA)

CURAS

ÓBITOS

indicadores
Indicadores

Portaria MS nº 2616 de 12 de maio de 1998

5.1 Taxas de Infecção Hospitalar e Comunitária

5.2 Taxa de Pacientes com Infecção Hospitalar

5.3 Distribuição percentual por localização topográfica

das Infecções Hospitalares

indicadores9
Indicadores

Portaria MS nº 2616 de 12 de maio de 1998

5.4 Taxa de Infecção Hospitalar por Procedimentos de Risco

(Taxa de IH em Sítio cirúrgico)

5.8 Freqüência de IH por Microrganismos

indicadores10
Indicadores

Portaria MS nº 2616 de 12 de maio de 1998

5.9 Coeficiente de Sensibilidade aos Microrganismos

5.10.1 Percentual de pacientes que usaram

Antimicrobianos (Profilático ou Terapêutico)

5.10.2 Freqüência com que cada Antimicrobiano é usado em relação aos demais

5.11 Taxa de Letalidade associada a Infecção Hospitalar

indicadores11
Indicadores

Portaria MS nº 2616 de 12 de maio de 1998

5.12. Consideram-se obrigatórias as, informações relativas aos indicadores epidemiológicos 5.1, 5.2, 5.3 e 5.11., no mínimo com relação aos serviços de Berçário de alto risco, UTI (adulto/pediátrica/neonatal) e queimados.

fichas
F1 - Inf. Hospitalares

F1B - Inf .Comunitárias.

F2 - Denominadores.

F3 - IH Associadas a Procedimento de Risco.

F4 - IH em Cirurgias.

Fichas

F5 - IH por Microorganismos

F6 - Sensibilidade dos Microorganismos

F7 - Uso Terapêutico de Antibióticos.

F8 - Uso Profilático de Antibióticos.

slide13

Indicadores epidemiológicos das Infecções Hospitalares

5.1 Taxa de infecção hospitalar (IH)

Nº de episódios de IH no período

x constanteTotal de saídas (altas, óbitos, trans-ferências)ou total de entradas, no

mesmo período

slide14
5.3 Distribuição percentual por localização topográfica no paciente:

nº de episódios de IH,

por topografia, no período

x constante

_nº total de episódios de IH ocorridos no

período

Indicadores epidemiológicos das Infecções Hospitalares

slide16

Indicadores epidemiológicos das Infecções Hospitalares

5.2 Taxa de pacientes com IH:

nº de doentes que apresentaram IH no período x constante

total de saídas (altas, óbitos, transferências)

ou entradas no mesmo período

slide17
5.4 Taxa de IH por procedimento:

nº de pacientes submetidos

a um procedimento de risco que desenvolveram

infecção hospitalar

x constante

total de pacientes submetidos a este

tipo de procedimento

Indicadores epidemiológicos das Infecções Hospitalares

slide20

Indicadores epidemiológicos das Infecções Hospitalares

5.8 Freqüência das IH por Microrganismos:

nº de episódios de IH por microrganismos

x constante

nº de episódios de IH que ocorreram

no período considerado

slide21

Indicadores epidemiológicos das Infecções Hospitalares

5.10.1 Percentual de pacientes que usaram antimicrobiano (uso profilático ou terapêutico) no período considerado:

total de pacientes em uso de antimicrobiano

x constante

nº total de pacientes no período

slide22
5.10.2 Freqüência com que cada antimicrobiano é empregado em relação aos demais.

total de tratamentos iniciados com determinado

antimicrobiano no período

x constante

total de tratamentos com antimicrobianos

iniciados no mesmo período

Indicadores epidemiológicos das Infecções Hospitalares

slide24

Indicadores epidemiológicos das Infecções Hospitalares

5.11 Taxa de letalidade associada a Infecção Hospitalar:

nº de óbitos ocorridos de pacientes

com IH no período considerado

x constante

nº de pacientes que desenvolveram

IH, no período

integra o
Fluxo de Informação do Sistema de Informações do Controle de Infecção HospitalarIntegração

VISA-Estadual/

Distrital/Municipal

VIA INTERNET

Hospital

VIA DISQUETE

VIA INTERNET

ANVISA

proposta de implanta o
Fase 1:

Validação em alguns Hospitais de Brasília durante 4 meses.

Fase 2:

Oficina de Trabalho, treinamento e distribuição do sistema para Hospitais Sentinela, Comissões e Associações Estaduais e profissionais da área em âmbito nacional.

Proposta de Implantação