Simantov - PowerPoint PPT Presentation

KleberTorres
isae fvg instituto superior de administra n.
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Simantov PowerPoint Presentation
play fullscreen
1 / 133
Download Presentation
Simantov
496 Views
Download Presentation

Simantov

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. ISAE-FVG Instituto Superior de Administração e Economia da Fundação Getulio Vargas  Webempreender para criar Organizações Inovadoras Sustentáveis Prof. Moysés Simantob Curitiba - PR 09.11.09

  2. Moysés Simantob • Professor do Departamento de Operaçõesna FGV-EAESP, da disciplina deInovação • Co-fundador ecoordenador executivo do Fórum de Inovação da FGV-EAESP • Atuou no grupo Telecom Italia Mobile - TIM e saiu para fundar a ValueNet – Incubadora de empresas para internet • Autor doGuia Valor Econômico de Inovação nas Empresas, com Roberta Lippi, em 2003. • Co-autor do livroOrganizaçõesInovadoras,em 2003 • Coorganizador com José Carlos Barbieri da série Organizações Inovadoras Sustentáveis, em 2007 e Organizações Inovadoras do Setor Financeiro, em 2008. • Colabora comváriasorganizações como palestrante e assessor especializado eminovação estratégica.

  3. Desafios da inovação aberta

  4. web

  5. Que é: curiosidade confiança colaboração conceitos conexões capacidade

  6. marc benioff, salesforce.com web 1.0 qualquer um pode fazer transações amazon, google, eBay...

  7. marc benioff, salesforce.com web 2.0 qualquer um pode participar flickr, BLOGs, adsense...

  8. marc benioff, salesforce.com web 3.0 qualquer um pode inovar amazon AWS, salesforce, yahoo pipes, google, microsoft, ning, myspace...

  9. As vendas on-line atingiram o montante de R$ 4,8 bilhões no 1º semestre de 2009, um crescimento de 27% no comparativo com o ano anterior. Fonte: 20ª edição do relatório WebShoppers apoiado pela Câmara Brasileira de Comércio

  10. Espera-se que até dezembro o montante das vendas pela web chegue a R$ 5,8 bilhões – aumento de 28% -, fechando 2009 na casa dos R$ 10,5 bilhões. Fonte: 20ª edição do relatório WebShoppers apoiado pela Câmara Brasileira de Comércio

  11. Esses números mostram que o e-commerce não para de crescer e conquistar a confiança dos consumidores virtuais. Para se ter uma idéia, já passam de 15,2 milhões as pessoas que já tiveram pelo menos uma experiência de compra pela internet.

  12. Quem impulsiona a web?

  13. Geração Y

  14. Os Y são jovens entre 20 e 30 anos Geração Y vai alterar os serviços financeiros? Uma parte ainda vive na casa dos pais, mas se observá-los de perto, e como eles interagem com o mundo ao seu redor, a Geração Y pode revelar o futuro das transações.  Os consumidores da Geração Y devem conduzir o crescimento do canal móvel. Eles vivem conectados 24 horas por dia e 7 dias por semana, e tem sido fruto do desenvolvimento dos Y que a tecnologia tem evoluído.

  15. Essa Geração não usa com tanta freqüência o cartão de crédito, geralmente fazem compras de valores baixos, onde eles não vêem a necessidade do uso do cartão. Evitam andar com eles na carteira para não fazerem compras compulsivas. A Geração Y se mostra bastante conservadora, quando o assunto é dinheiro. Planeja-se, poupa e herda os costumes dos pais, principalmente no que diz respeito aos investimentos.

  16. Mas isso é só o começo

  17. Pesquisa ibope deste mês...As redes sociais já fazem parte da rotina de 45% das pessoas...A porcentagem sobe para 72% entre os entrevistados com idade entre 18 e 24 anos.

  18. 29% dos brasileiros entre 10 e 17 anos prefere falar com amigos, família ou colegas por meio da internet do que pessoalmente. Download de filmes e séries é outro hábito importante para 45% dos jovens paulistanos, contra 22% do público de todas as faixas etárias na região metropolitana de São Paulo. Fonte: Ibope (Outubro 2009)

  19. e as novidades estão…nas redes sociais

  20. Vídeo - A Revolução da Mídia Social

  21. e as novidades estão…nas redes sociais

  22. "As companhias terão de estreitar a relação com o consumidor, não para controlá-lo, mas para entendê-lo melhor e deixá-lo colaborar com a construção dos produtos.", Gil Giardelli, CEO da Permission "Deve-se seguir o modelo de inovação aberta e colaborativa. Nesse novo cenário, as empresas querem que as equipes de trabalho que se comuniquem com as redes sociais, que são imprescindíveis para estimular essa comunicação" Cezar Taurion, IBM.

  23. http://twitter.com/moyses_simantob

  24. Instantâneo A padaria britânica AlbionCafé começou a usar um aparelho conhecido como BakerTweet, que avisa em tempo real – e pelo Twitter – assim que sai um pão, um bolo, na hora.

  25. Twitter, Facebook e MySpaceredes sociais usadas pelas empresas para ganharem mais fidelidade e transparência com clientes, para entender as reais necessidades do seu público e tornando idéias de seus clientes e colaboradores em insumos para o desenvolvimento de inovações.

  26. O My Starbucks Ideas é um projeto interativo daStarbucks que pede a ajuda dos clientes para definir o futuro da empresa. Através do site, qualquer um pode sugerir idéias, votar nas melhores e discutir com outros consumidores as melhores propostas. As idéias são organizadas em categorias, ranqueadas através da votação popular e acumulam pontos. Os comentários de cada proposta também são abertos, e muitas contam com uma participação massiva do público. A Starbucks colocou uma equipe chamada “Idea Partners” para se dedicar a análise das idéias. São funcionários de diversas áreas da empresa, incluindo Brad Stevens, vice-presidente de marketing, que decidem, comentam e respondem individualmente cada proposta no blog do projeto. A empresa obteve mais de 70 mil sugestões de como melhorar. Fonte: brainstorm9

  27. O website 3M Inovação foi desenhado com objetivo de apresentar cases, conceitos e materiais sobre criatividade, além da história da inovação no Brasil e no mundo.  Dentro do espaço de downloads, os internautas terão à disposição uma lista de documentos, tais como os 10 mandamentos da inovação, a cultura de inovação da empresa e arquivos sobre inovação sustentável. Fonte: www.baguete.com.br

  28. A IBM é uma empresa global com quase 400.000 funcionários em cerca de 200 países e pelo menos um terço trabalha remotamente. Como colocar esta massa de pessoas em contato, trocando idéias e compartilhando informações e experiências? A solução é social computing!Os funcionários da IBM, no mundo todo usam ferramentas de redes sociais intensamente, como uma rede social interna chamada Beehive, mas além disso é comum o uso de redes externas, como Orkut, Face book, Linkedin e Twitter . Atualmente existem mais de 10.000 blogs internos e cerca de 15.000 WikiCentral. JAM - brainstorming virtual Os funcionários participaram proativamente da definição dos valores da empresa que são: Dedication to every client’s success Innovation that matters, for our company and the world Trust and responsability in all relationships. Fonte: IBM

  29. “Nós somos mais inteligentes do que Eu” Livro inovador na sua concepção, Nós somos mais inteligentes do que eu reúne os insights de milhares de colaboradores de todo o planeta. Esta obra valeu-se do chamado crowdsourcing para contar com a colaboração de mais de 4 mil voluntários e responder alguns questionamentos essenciais para as empresas e o uso que elas podem fazer do aprendizado e da inovação colaborativa.

  30. “ A Amazon tem obsessão por saber quem e á pessoa do outro lado. Para isso monitora cada clique e cada caminho feito pelo consumidor” Andreas Weigend, responsável por montar o banco de dados do site

  31. Nike e Apple O tênis com Nike Plus registra dados sobre a corrida no Ipod. Ao descarregá-los no site, o usuário acompanha e compara seu desempenho

  32. Como a cultura da convergência já influencia o que você lê e assiste

  33. A série original se desdobrou em livros, revistas, jogos para internet, videogames como PlayStation3 e episódios extras só para celular. No site do programa, é possível ouvir podcast com elenco e ler a biografia de cada personagem.

  34. Interessante saber... Sanford, Linda.  2006.  Building an Innovation Company for the 21st Century.  MIT-IBM Innovation 

  35. Até aqui OK. mas, e se o mercado pra Webempreender for a base da pirâmide?

  36. Atender 5 Bilhões de Pessoas? ©C. K. Prahalad

  37. Oportunidade de Negócio na Base da Pirâmide Prahalad e Hart argumentam que para fazer negócios com 4 bilhões de pessoas pobres do mundo, que representam 2/3 da população mundial, com receita abaixo de US$ 1500/ano, serão necessárias inovações radicais em tecnologia e no modelo de negócios das empresas.

  38. Inspiração para Oportunidades de negócios Algumas instituições financeiras brasileiras têm se inspirado no Banqueiro dos Pobres, Muhammad Yunus, para implantação do microcrédito

  39. Daí surgiu sua nova ideia revolucionária: a empresa social, que deverá transformar o capitalismo que conhecemos.Mas o que é uma empresa social? É aquela que obtém rendimentos com seus produtos e serviços, mas não paga dividendos aos acionistas e não visa o maior lucro possível, como fazem as empresas. Dedica-se à criação de produtos e serviços que beneficiem a população, combatendo problemas sociais como a pobreza e a poluição ou melhorando o sistema de saúde e a educação.

  40. Competir na base da pirâmide do mundo econômico revela uma nova perspectiva de negócios, baseada em crescimento, lucratividade, inclusão social e desenvolvimento de tecnologias sustentáveis ambientalmente.

  41. Onde está uma oportunidade de negócios, hoje?

  42. Micropagamentos = Nanopagamentos Cobrar barato, muito barato. A ideia é simples: se não pode cobrar caro, arrume muitas pessoas para pagar pouco, como, por exemplo, pagar R$ 0,10 por um serviço ou bem na web.

  43. Alguns Start-Ups no nicho dos Nanopagamentos

  44. “90% dos usuários de internet no mundo não possuem cartão de crédito, e muitos têm medo de usá-los online. O mercado alcançado com os micropagamentos poderia ser até três vezes maior. Há um bom dinheiro em jogo” Eli Gurock da OneTouch

  45. + EXEMPLOS DISSO...