slide1 l.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
VALE NO MUNDO PowerPoint Presentation
Download Presentation
VALE NO MUNDO

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 35

VALE NO MUNDO - PowerPoint PPT Presentation


  • 763 Views
  • Uploaded on

2T10. VALE NO MUNDO. Quem somos. A Vale é uma mineradora pioneira que transforma recursos minerais em ingredientes essenciais para a vida diária das pessoas Segunda maior mineradora diversificada do mundo em valor de mercado

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

VALE NO MUNDO


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
    Presentation Transcript
    1. 2T10 VALE NO MUNDO

    2. Quem somos • A Vale é uma mineradora pioneira que transforma recursos minerais em ingredientes essenciais para a vida diária das pessoas • Segunda maior mineradora diversificada do mundo em valor de mercado • É líder mundial na produção de minério de ferro e pelotas, e segunda maior produtora de níquel. Produz ainda cobre, manganês, ferroligas, carvão, potássio, bauxita, alumina, alumínio, cobalto, PGMs e caulim. • Tem escritórios e operações em mais de 30 países nos cinco continentes. • Primeira empresa brasileira a obter a classificação de “investment grade”. • Primeira empresa brasileira a negociar suas ações na Euronext (Paris). • Responsabilidade socioambiental é um compromisso estratégico. Em 2010, os investimentos socioambientais estão orçados em US$ 999 milhões

    3. Nossa história • Criada por decreto-lei, em 1º de junho de 1942, as operações eram concentradas em Minas Gerais. • Em seu primeiro ano, produziu 40 mil toneladas de minério de ferro, quantidade equivalente a que é embarcada por hora atualmente. • Privatizada em 6 de maio de 1997. • Lucro líquido em 1997: US$ 350 milhões. • Valor de mercado em 1997: US$ 10,5 bilhões. • Empregados: 11 mil (diretos). • Em agosto de 1997, a Vale atinge o primeiro recorde histórico de exportações: 7,793 milhões de toneladas.

    4. Níquel • Nossas principais operações de processamento e de minas de níquel são realizadas no Canadá, na Indonésia e na Nova Caledônia • Somos proprietários e operamos refinarias de níquel no Reino Unido, no Japão, em Taiwan, na Coréia do Sul e na China • A compra da Inco, em 2006, foi a maior aquisição já realizada por uma empresa brasileira no exterior • Com isso, a Vale torna-se uma das maiores produtoras de níquel do mundo

    5. Nossas áreas de atuação • Mineração: • Ferrosos: minério de ferro e pelotas, manganês e ferroligas. • Não-ferrosos: caulim, potássio, cobre e níquel. • Logística: • Ferrovias, terminais portuários, navegação de cabotagem e soluções logísticas. • Fertilizantes: • Potássio, fosfatados e nitrogenados • Energia: • Oito usinas hidrelétricas, das quais sete já estão em operação. • Carvão

    6. A Vale está presente nos cinco continentes Com sede no Brasil, a Vale emprega mais de 60 mil pessoas em todo o mundo

    7. Carajás 85 Mtpa Capão Xavier Samarco III Fazendão Capim Branco I Alunorte 6&7 Pier III PDM Zhuhai Corredor Norte Alunorte 4&5 Candonga Funil Dalian Paragominas II São Luís Sossego Brucutu UHC Capim Branco II Mo I Rana Aimorés Taquari-Vassouras Paragominas I Alunorte 3 Carajás 100 Mtpa Carajás 70 Mtpa Fábrica Nova Trombetas A Vale entregou 31 projetos entre 2002 e 2010 Projetos Executados Carajás 20 Mtpa 2008 2004 2003 2005 2007 2002 2009 2010 2006 Itabiritos TKCSA .

    8. Produção de minério de ferro milhões de toneladasmétricas + 9,8% BRGAAP

    9. Reconhecimento da solidez financeira

    10. Destaques do resultado do 2T10em US GAAP

    11. Vendas de minério de ferro e pelotas milhões de toneladas métricas + 6%

    12. Promovendo uma transformação estrutural: nova política de marketing alavancou nossas vendas para a China Recorde Vendas de minério de ferro para a China Milhões de toneladas métricas

    13. Evolução da receita Receita Operacional US$ milhões + 45% * No 2T10, a Vale obteve receita operacional de US$ 9,930 bilhões * PRO FORMA

    14. Composição da receita operacional por produto no 2T10 Minério de ferro e pelotas respondem pela maior parte da receita operacional da empresa

    15. Lucro líquido Em US$ bilhões + 131% ** * No 2T10, o lucro líquido alcançou US$ 3,705 bilhões * PRO FORMA ** Após efeito extraordinário não-caixa de US$ 950 milhões derivado do impairment do ágio da compra da Vale Inco.

    16. Simandou • Vale adquiriu Simandou, na África Ocidental, um dos melhores depósitos de minério de ferro não explorados do mundo, em termos de qualidade e tamanho • Ótima nova opção para expansão da nossa produção de minério de ferro, com baixo custo e alta qualidade • A disponibilidade de Cajarás e Simandou permite que a Vale tenha o melhor e o maior potencial de crescimento da indústria global de minério de ferro Guiné Blocos 1 & 2 Zogota Simandou Nova ferrovia Trans-Guinea Libéria Buchanan Trans-Liberia

    17. Plano de Investimentos

    18. Mais de US$ 55 bilhões nos últimos 5 anos Investimento crescente * 20,6 US$ bilhões * Inclui aquisições

    19. Referência US$ 1 bilhão Crescimento orgânico: pipeline de projetos para os próximos anos Greenfield Biocombustível Konkola North Apolo Tres Valles Karebbe Bayóvar Teluk Rubiah Onça Puma ALPA² CSP² Moatize Estreito Serra Sul (S11D) Salobo Oman CSU² Rio Colorado CSA¹ 2010 2011 2012 2014 2013 Carajás Adicional 30 Mtpy Totten Long-Harbour Salobo expansão Tubarão VIII Conceição Itabiritos Brownfield Vargem Grande Itabiritos ¹ Capex total do projeto. A Vale possui uma participação de 26,87%. ² Capex total do projeto. O investimento da Vale depende do seu percentual de participação final no projeto.

    20. Principais projetos • Carajás, Adicional 30 Mtpa • Este projeto adicionará 30 Mtpa à capacidade atual. O projeto compreende investimentos na instalação de uma nova planta composta por nova usina de britagem primária, unidades de beneficiamento e classificação e investimentos significativos em logística. Licença de instalação obtida. Previsão de start-up para 1S12. Carajás Serra Sul • Localizado na serra sul de Carajás, este projeto terá capacidade de produzir 90 Mtpa. Conclusão prevista para 2S13 sujeita à obtenção de licenças ambientais. O projeto está ainda sujeito à aprovação do Conselho de Administração. • Omã • Projeto de construção de uma usina de pelotização no distrito industrial de Sohar, Omã, no Oriente Médio, para a produção de 9 Mtpa de pelotas de redução direta e centro de distribuição com capacidade de movimentação de 40 Mtpa. Início da operação previsto para 2S10

    21. Principais projetos • Onça Puma • Capacidade de produção nominal estimada de 58.000 toneladas por ano de níquel • Previsão de start-up para o 2S10 Moatize, Moçambique • Capacidade de produção anual estimada de 11 milhões de toneladas de produtos de carvão. Conclusão prevista para o 1S11 • Salobo • Projeto com capacidade de produção anual de 100.000 toneladas métricas de cobre contido em concentrado. Implantação em andamento, com obras civis iniciadas. Conclusão prevista para o 2S11 • Expansão Salobo • O projeto ampliará a capacidade de produção anual da mina de Salobo de 100.000 para 200.000 toneladas métricas de cobre contido em concentrado. Conclusão estimada para 2S13.

    22. A Vale está investindo para promover o crescimento da siderurgia brasileira ThyssenKrupp CSA (joint venture Vale e ThyssenKrupp), em operação • Capacidade: 5 Mtpa de placas de aço CSP (Associação entre Vale, Dongkuk e Posco), start-up 2013 • Capacidade: inicial de 3 a 6 Mtpa de placas de aço ALPA (Aços Laminados do Pará), start-up 2013 • Capacidade: 2,5 Mtpa (produtos siderúrgicos) CSU (Cia Siderúrgica de Ubu), start-up 2014 • Capacidade: 5 Mtpa de placas de aço

    23. Fertilizantes • A Vale opera a única mina de potássio no Brasil: Taquari-Vassouras, no estado de Sergipe. • Em janeiro de 2010, a Vale adquiriu ativos de fertilizantes da Bunge e a Fosfértil • Além disso, a Vale possui um pipeline de projetos que inclui Carnalita, perto de Taquari-Vassouras; Projeto Rio Colorado e Neuquén, na Argentina; e Regina, no Canadá • O Projeto Rio Colorado compreende o desenvolvimento de uma mina com capacidade nominal inicial de 2,4 Mtpa de potássio. Previsão de start-up é para 2S13. Projeto sujeito à aprovação do Conselho de Administração • Na área de fosfato, a Vale começou a operar em julho a Mina Fosfatos Bayóvar, no Peru, com capacidade nominal de produção de 3,9 Mtpa de rocha fosfática.

    24. Fertilizantes • Rápido crescimento da renda per capita nas economias emergentes vem aumentando o consumo de fertilizantes • Aumento da produção de biocombustíveis como uma forma de energia limpa. • Ásia emergente e Brasil são os principais responsáveis pela demanda global contínua por fertilizantes. • Brasil é uma potência agrícola com grande perspectiva de crescimento da atividade. • Grandes áreas para expansão da fronteira agrícola. • Disponibilidade significativa de fontes de água.

    25. Portfólio de projetos e operações possibilitará à Vale se tornar um dos principais fornecedores da indústria de fertilizantes

    26. Social

    27. Responsabilidade Social • A Vale demonstra seu compromisso com a responsabilidade social em todo o mundo de muitas maneiras: • Criação de empregos e crescimento econômico: Compromisso em empregar e treinar forças de trabalho locais • Programas educacionais e culturais • Atividades de investimento social • A Fundação Vale é a instituição social da Vale. A Fundação atua nas comunidades onde estão as operações da empresa com o objetivo de contribuir para o desenvolvimento integrado econômico, ambiental e social de territórios, fortalecendo o capital social das comunidades e respeitando a identidade cultural local. • No 2T10, a Vale investiu US$ 65,6 milhões em projetos sociais A Fundação Vale tem três áreas de atuação: infraestrutura, gestão pública e desenvolvimento humano e econômico (Estações Conhecimento)

    28. Principais programas da Fundação Vale em gestão pública

    29. As Estações Conhecimento reúnem os seguintes programas:

    30. Empregos

    31. Ambiental

    32. Meio Ambiente • Primeira mineradora do mundo a ter a relação de áreas impactadas X áreas em recuperação 100% equilibradas • Mineradora melhor avaliada no quesito emissões de carbono por receita gerada entre as 500 maiores empresas listadas na Bolsa de Valores de Nova York • No 2T10, os dispêndios da Vale com Meio Ambiente somaram US$ 162,5 milhões; A Vale protege (áreas próprias) ou ajuda a proteger (área de terceiros) aproximadamente 10.201km2 de áreas naturais, incluindo sítios de propriedade da empresa (4%), áreas arrendadas (3%) e unidades de conservação oficiais protegidas em parceria com os governos locais (93%). As áreas protegidas pela Vale abrangem territórios nos biomas Floresta Amazônica (82%), Florestas Boreais (<1%), Mata Atlântica (5%) e Wallacea (12%), bem como em áreas na Nova Caledônia (<1%) e propriedades localizadas na região de transição entre a Mata Atlântica e o Cerrado (1%).

    33. Reserva Natural Vale No Espírito Santo, a empresa mantém a Reserva Natural Vale, uma área de cerca de 218 Km2, onde são protegidas 2.389 espécies de fauna e 2.625 de flora. Desde que a reserva foi criada, nos anos 70, já foram descobertas 96 novas espécies de plantas

    34. Complexo Mineral de Carajás Em Carajás (PA), onde mantém a maior mina de minério de ferro a céu aberto do mundo, a Vale ajuda a proteger cerca de 8 mil Km2 de florestas nativas em cinco unidades de conservação (Florestas Nacionais de Carajás, Tapirapé-Aquiri, Itacaiúnas, Reserva biológica Tapirapé e Área de Proteção Ambiental (APA) do Igarapé Gelado)