slide1 l.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul - UNIJUÍ Conceitos à cerca do Direito Isaias Rabelo Pro PowerPoint Presentation
Download Presentation
Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul - UNIJUÍ Conceitos à cerca do Direito Isaias Rabelo Pro

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 22

Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul - UNIJUÍ Conceitos à cerca do Direito Isaias Rabelo Pro - PowerPoint PPT Presentation


  • 200 Views
  • Uploaded on

Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul - UNIJUÍ Conceitos à cerca do Direito Isaias Rabelo Professor: Dejalma Cremonese Ijuí/RS, Abril/2007. DIREITO.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul - UNIJUÍ Conceitos à cerca do Direito Isaias Rabelo Pro' - Jimmy


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
slide1

Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul - UNIJUÍ

Conceitos à cerca do Direito

Isaias Rabelo

Professor: Dejalma Cremonese

Ijuí/RS, Abril/2007

direito
DIREITO

É uma técnica de controle social, por meio do qual procura-se organizar e disciplinar a vida em sociedade, instrumentalizada através de princípios e normas abstratas, obrigatórias, genéricas e coercitivas do comportamento.

direito moral
DIREITO MORAL

São normas de conduta, diferenciam-se por que as normas de moral encontram reprovação íntima enquanto as de direito são reprováveis também externamente.

direito objetivo
DIREITO OBJETIVO

É um conjunto de princípios e normas jurídicas previstas no ordenamento, destinadas ao estabelecimento de condutas e distribuição de bens e valores de forma a disciplinar as relações sociais, seja para a preservação, seja para a composição do conflito de interesses.

direito subjetivo
DIREITO SUBJETIVO

Entende-se pela faculdade de exercer em favor do indivíduo, a comando emanado do Estado (facultas agendi).

É a permissão dada a um pela norma jurídica para fazer ou não fazer algo.

direito institucional
DIREITO INSTITUCIONAL

É quando as instituições são estabelecidas em torno de um determinado fim. (Direitos da família)

direito natural
DIREITO NATURAL

É a idéia abstrata do Direito, ou seja, é quando o direito se apóia na natureza das coisas, compreendendo a natureza física, a natureza da sociedade, assim pré-existindo ao seu reconhecimento pelo Estado.

direito privado
DIREITO PRIVADO

Quando o interesse tutelado é de titularidade do indivíduo, sem a participação do Estado.

direito p blico
DIREITO PÚBLICO

No Direito Público o interesse tutelado é predominantemente estatal.

direito individual
DIREITO INDIVIDUAL

Quando o interesse tutelado é de titularidade de pessoas determinadas concreta e particularmente consideradas, ainda que reunidas pela homogeneidade de seus interesses.

direito difuso
DIREITO DIFUSO

Seu interesse tutelar é abstrato, pertencente a uma coletividade de pessoas dispersas, sendo eventual associação de seus componentes de menor importância, a ponto de admitir-se o exercício do direito por qualquer componente em seu nome ou do grupo.

direito coletivo
DIREITO COLETIVO

Seu interesse tutelar é abstrato, pertencente a uma coletividade composta de pessoas previamente associadas em torno de determinado fim comum.

direito dispon vel
DIREITO DISPONÍVEL

Quando os sujeitos tem o poder de dispor (renunciar, transacionar) o direito que lhes é atribuído pelo ordenamento jurídico.

direito indispon vel
DIREITO INDISPONÍVEL

Quando o interessado não tem o direito de dispor o que lhes é atribuído, por que o Estado essencial a sua manutenção nas mãos do titular, em benefício da prestação de determinados institutos jurídicos e dos interesses sociais e/ou de incapazes.

direito positivo
Quando a existência e validade do direito estão condicionadas ao reconhecimento estatal, ou seja, é o conjunto de regras jurídicas em vigor num determinado país e numa determinada época.DIREITO POSITIVO
direito nacional
DIREITO NACIONAL

As normas abrangidas pelo Direito Nacional são vinculadas aos limites territoriais do país.

direito material
DIREITO MATERIAL

É visto sob o enfoque dos direitos e obrigações reconhecidas ou impostos aos sujeitos em suas relações jurídicas.

direito processual
DIREITO PROCESSUAL

Gira em torno do direito de exigir, juridicamente, determinada pretensão do órgão encarregado de prestar a jurisdição e dos mecanismos judiciais destinados à sua obtenção.

direito internacional
DIREITO INTERNACIONAL

Costuma ser dividido em:

- Direito Internacional Público; e

- Direito Internacional Privado.

direito internacional p blico
Direito Internacional Público

É o conjunto de normas que regulam as relações entre os Estado membros da comunidade internacional e organismos análogos.

direito internacional privado
Direito Internacional Privado

É o conjunto de normas internas de cada país, que regula o conflito de leis no espaço e tem relação com particulares que tenham interesse em mais de um país.

refer ncias bibliogr ficas
Referências Bibliográficas:

VENOSA, Sílvio de Salvo. Direito Civil: Parte Geral. São Paulo: Atlas.

DINIZ, Maria Helena. Curso de Direito Civil Brasileiro. São Paulo: Saraiva.

FÜHRER, Maximilianus Cláudio Américo. Resumo de Direito Civil. São Paulo: Malheiros.

RODRIGUES, Sílvio. Direito Civil: Parte Geral. São Paulo: Saraiva.

GOMES, Orlando. Introdução ao Direito Civil. Rio de Janeiro: Forense.