complexo articular do quadril e cintura p lvica l.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Complexo articular do quadril e cintura pélvica PowerPoint Presentation
Download Presentation
Complexo articular do quadril e cintura pélvica

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 67

Complexo articular do quadril e cintura pélvica - PowerPoint PPT Presentation


  • 2559 Views
  • Uploaded on

Complexo articular do quadril e cintura pélvica. Profª Renata Cardoso Couto. Conceito. A pelve é constituída pelo sacro, coccix e dois ossos do quadril( Fusão do ílio , ísquio e púbis). Articulações. Lombossacra( sínfise) Sacrococcígena( sínfise) 2 Sacroilíacas( Sincondrose)

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'Complexo articular do quadril e cintura pélvica' - Audrey


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
conceito
Conceito
  • A pelve é constituída pelo sacro, coccix e dois ossos do quadril( Fusão do ílio , ísquio e púbis)
articula es
Articulações
  • Lombossacra( sínfise)
  • Sacrococcígena( sínfise)
  • 2 Sacroilíacas( Sincondrose)
  • Sínfise púbica(Cartilaginosa)
  • Articulação do quadril( Triaxial, esferóide)
fun es
Funções
  • Proteção de órgãos abdominais e transmissor de forças
  • Praticamente estrutura da cintura pélvica funciona como uma só
  • Relaxamento ligamentar( Sacro ilíaca e sínfise púbica) durante a gravidez
articula o do quadril
Articulação do quadril
  • Componentes: Cabeça femural e acetábulo
  • Sinovial Triaxial esferóide
fun o
Função
  • Estabilidade na postura ortostática e na execução de movimentos
  • Distribuição de forças
superf cie articular acetabular
Superfície articular Acetabular
  • Côncavo
  • Formado pelos 3 ossos do quadril
  • Ossificação Tardia
  • Acetábulo direcionado inferior e anterior
  • Presença do lábio acetabular
  • Somente a parte superior se articula com o fêmur
superf cie articular femural
Superfície articular femural
  • Arredondada, convexa,
  • Ângulos femurais: No plano frontal( valgismo); No plano transverso( Torção)
  • Função da torção: estabilidade
  • Cabeça femural anterior(Torção interna);
  • Cabeça femural posterior(Torção externa)
c psulas
Cápsulas
  • Articulação Congruente
  • Cápsula do quadril: forte , densa e significativa na estabilidade articular
  • Não permite tracionamentos
  • Porção anterior reforçada por dois ligamentos e posterior por um ligamento
ligamentos
Ligamentos
  • Ílio femural: Da espinha ilíaca ao fêmur; Fibras tensas na hiperextensão; parte superior e inferior
  • Pubo femural: Resiste a hiperextensão e abdução( anterior)
  • Isquio femural: fibras posteriores com fixação anterior( Resiste a hiperextensão)
movimentos do f mur
Movimentos do fêmur
  • Baseado no movimento da diáfise
  • Diáfise contrária a cabeça femural
  • Extensão e flexão
  • Abdução e adução
  • Rotações
congru ncia da articula o do quadril
Congruência da articulação do quadril
  • Instabilidade articular : maior na posição em pé( extensão, adução e leve rotação interna)
  • Estabilidade: Abdução( cabeça femural para dentro), flexão( cabeça femural aprofunda-se para trás), Rotação externa( cabeça femural para frente)
movimentos da pelve
Movimentos da pelve
  • Retroversão e anteversão pélvica
inclina o p lvica
Inclinação pélvica
  • Para cima ou para baixo
  • Eixo articulação do quadril contralateral
  • Associação com movimentos do quadril da perna de apoio
rota o p lvica
Rotação pélvica
  • Para frente e para trás
nuta o e contranuta o
Nutação e contranutação
  • Sacro em relação ao ilíaco fixo
  • Na nutação, a base do sacro se move anteriormente e inferiormente enquanto seu ápice se move posteriormente, Esse movimento ocorre durante a flexão do tronco para frente.
  • A contranutação é o movimento contrário.
m sculos do quadril
Músculos do quadril
  • 3 flexores : psoas, ilíaco e reto femural
  • 1 flexor , adutor: pectíneo
  • 3 extensores: Isquio tibiais( - Cabeça curta do bíceps)
  • 1 extensor e rotador externo : Glúteo máximo
  • 1 abdutor: Glúteo médio
  • 4 adutores: Adutor Longo, breve e magno+ grácil
m sculos do quadril30
Músculos do quadril
  • 2 rotadores internos, tensor da fascia lata e glúteo mínimo
  • 5 rotadores externos: piriforme, obturador( externo e interno), gemeo( inferior e superior
  • 1 flexor, abdutor e rotador externo
psoas
Psoas
  • Encontra-se na cavidade abdominal
  • Origem:
  • Faces laterais e cartilagens intervertebrais dos corpos da ultima torácica e todas as lombares
  • Inserção:
  • Trocanter menor do femur
a o psoas
Ação psoas
  • Flexão do quadril
  • Estabiliza o quadril quando o tronco vai para trás ou nos desvios laterais
  • Ativo nas flexão do quadril e troco associado
il aco
Ilíaco
  • Origem:
  • Superfície interna do ílio e sacro
  • Inserção:
  • Se une com o psoas no trocanter menor do fêmur
a o do il aco
Ação do ilíaco
  • Flexão do quadril
  • Estabilização
  • Não atua na coluna
sart rio
Sartório
  • Origem:
  • Espinha ilíaca antero superior
  • Inserção:
  • Superfície medial da tuberosidade da tíbia
a o sart rio
Ação sartório
  • Empregado no cruzamento das pernas
  • Flexão abdução e rotação externa do quadril
  • Leve flexão do joelho
reto femural
Reto femural
  • Flexor do quadril
  • Velocidade e não força
  • Músculo do chute
pect neo
Pectíneo
  • Origem:
  • púbis
  • Inserção:
  • Trocanter menor
pect neo a o
Pectíneo Ação
  • Flexão e adução do quadril
tensor da fascia lata
Tensor da fascia lata
  • Origem:
  • Crista ilíaca
  • Inserção:
  • Face externa da coxa
tensor da fascia lata a o
Tensor da fascia lata ação
  • Rotação interna do quadril
gl teo m ximo
Glúteo máximo
  • Origem:
  • Crista ilíaca
  • Inserção:
  • Face posterior do fêmur
gl teo m ximo a o
Glúteo máximo ação
  • Extensão
  • Rotação externa
  • Abdução do quadril
b ceps femural
Bíceps femural
  • Extensão do quadril
semimembranoso e semitendinoso
Semimembranoso e semitendinoso
  • Extensão do quadril
gl teo m dio
Glúteo médio
  • Origem:
  • Íliaco
  • Inserção:
  • Face lateral do trocânter maior
gl teo m dio a o
Glúteo médio ação
  • Abdução do quadril
gl teo m nimo
Glúteo mínimo
  • Origem:
  • Inferior externa do ílio
  • Inserção:
  • Anterior ao trocanter maior
gl teo m nimo a o
Glúteo mínimo ação
  • Rotação interna do quadril
gr cil
Grácil
  • Origem:
  • Metade inferior da sínfise púbica
  • Inserção:
  • Região medial da tíbia
gr cil a o
Grácil ação
  • Adução do quadril
  • Motor secundário na flexão e rotação interna
adutores
Adutores
  • Origem:
  • Púbis
  • Inserção:
  • linha áspera do fêmur
adutores a o
adutores ação
  • Adução;
  • Breve e longo: contribui de forma secundária na flexão e rotação externa
  • Magno: Fibras superiores:rotação externa e abdução; fibras inferiores: rotação interna e extensão
rotadores externos
Rotadores externos
  • São seis músculos
  • Piriforme, obturador interno e externo, quadrado femural, Gêmeo superior e inferior
  • Origem:
  • Porção posterior da pelve
  • Inserção:
  • Trocânter maior do fêmur
rotadores externos a o
Rotadores externos ação
  • Rotação externa