Avalia o da fun o renal
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 26

Avaliação da Função Renal PowerPoint PPT Presentation


  • 106 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

Avaliação da Função Renal. Dr. Marcel Jaqueto Disciplina de Nefrologia 2011 CCS-UEL. Taxa de Filtração Glomerular. SOMA DA FILTRAÇÃO GLOMERULAR DE TODOS OS NÉFRONS FUNCIONANTES CONSIDERADA SER O MELHOR INDICADOR DA FUNÇÃO RENAL (ESPELHO DAS DIFERENTES FUNÇÕES RENAIS).

Download Presentation

Avaliação da Função Renal

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


Avalia o da fun o renal

Avaliação da Função Renal

Dr. Marcel Jaqueto

Disciplina de Nefrologia

2011

CCS-UEL


Taxa de filtra o glomerular

Taxa de Filtração Glomerular

  • SOMA DA FILTRAÇÃO GLOMERULAR DE TODOS OS NÉFRONS FUNCIONANTES

  • CONSIDERADA SER O MELHOR INDICADOR DA FUNÇÃO RENAL (ESPELHO DAS DIFERENTES FUNÇÕES RENAIS)


Fluxo sangu neo renal vs taxa de filtra o glomerular

Fluxo Sanguíneo Renal vs Taxa de Filtração Glomerular

  • FLUXO SANGUÍNEO RENAL: 20% DC 1000 mL/min

  • HT 40%  FLUXO PLASMÁTICO RENAL: 600 mL/min

  • FRAÇÃO FILTRAÇÃO: BASTANTE CONSTANTE (20% do fluxo plasmático/minuto)

  • TFG 0,2 X 600 mL/min= 120 mL/min

  • 120 ml x 1440 min = 172,8 litros de filtrado


Avalia o da fun o renal

Mecanismos renais de manipulação do plasma

Filtração Glomerular

180 litros de plasma são filtrados por dia

Homem normal de 70 Kg: 3 litros de plasma

O quê acontece com os

178,5 litros filtrados por dia?

Excreção diária (média): 1,5 litros de urina

Todo o plasma é filtrado

60 vezespor dia

http://www.sci.sdsu.edu/Faculty/Paul.Paolini/ppp/lecture23/sld009.htm


Fun o renal

Função Renal

  • Marcador ideal de função renal

    • Substância 100% filtrada

    • Não absorvida nem secretada pelos túbulos

    • Concentração constante no meio interno, só variando com a TFG do plasma


Marcadores de filtra o glomerular

Marcadores de Filtração Glomerular

  • EXÓGENOS- Fornecem medida precisa da TFG

  • Inulina

  • Ioexol

  • Iotalamato sódico

  • Iotalamato-I125

  • DTPA-Tc99m

  • Cr51-EDTA

  • ENDÓGENOS

  • Creatinina, uréia, cistatina C

Custo , execução trabalhosa; no caso de radioativos, necessidade de licença especial)


Inulina

INULINA

  • PADRÃO-OURO para avaliação da TFG

  • Polímero da frutose de 5.200 Da, encontrado em alguns vegetais (principalmente raízes de chicória)

  • Fibra alimentar solúvel

  • Fisiologicamente inerte, não se liga a proteínas plasmáticas, não é secretada, reabsorvida, sintetizada ou metabolizada pelos rins


M todos mais comumente utilizados para avaliar a tfg na pr tica cl nica

MÉTODOS MAIS COMUMENTE UTILIZADOS PARA AVALIAR A TFG NA PRÁTICA CLÍNICA:

1. Creatinina sérica

2. Uréia sérica

3. Depuração (clearance) de creatinina

4. Equações matemáticas baseadas na creatinina sérica


1 creatinina s rica

1. CREATININA SÉRICA

  • 1835, Michel-Eugéne Chevreul: CREATINA (kreas, grego: carne)

  • CREATINA: 95-98% músculos; 2-5% cérebro, fígado, rins, testículos

  • 1886- Max Jaffé, bioquímico e patologista alemão: 1ª Determinação creatinina (reação com picrato em meio alcalino)

  • Faixa Normal (??): 0,7 a 1,4 mg/dl


Produ o di ria de creatinina

PRODUÇÃO DIÁRIA DE CREATININA

Síntese de Creatina

(fígado, rins e pâncreas)

Ingestão Creatina

2/3

1/3

ATP

ADP

Célula Muscular

Creatina

Pcr

CK

creatinina

2% ao dia

Depuração

Renal

Sangue


Limita es da creatinina s rica como marcador da tfg

LIMITAÇÕES DA CREATININA SÉRICA COMO MARCADOR DA TFG

  • DEPENDENTE DA MASSA MUSCULAR

  • DEPENDENTE DA DIETA

  • 5-10% SECRETADA PELO TCD (SECREÇÃO AUMENTA QUANDO DOENÇA RENAL CRÔNICA PROGRIDE)

  • NÃO SE ELEVA NO SANGUE ATÉ QUE 40-50% DA TFG TENHA SIDO PERDIDA

  • MESMO COM A AUTOMATIZAÇÃO DAS DETERMINAÇÕES, DIFERENTES APARELHOS, DE DIFERENTES FABRICANTES, UTILIZAM DIFERENTES TÉCNICAS DE DOSEAMENTO


Creatinina import ncia da massa muscular sexo ra a e idade

CREATININA  Importância da massa muscular, sexo, raça e idade!


Limita es da creatinina s rica como marcador da tfg1

LIMITAÇÕES DA CREATININA SÉRICA COMO MARCADOR DA TFG

  • DEPENDENTE DA MASSA MUSCULAR

  • DEPENDENTE DA DIETA

  • 5-10% SECRETADA PELO TCD (SECREÇÃO AUMENTA QUANDO DOENÇA RENAL CRÔNICA PROGRIDE)

  • NÃO SE ELEVA NO SANGUE ATÉ QUE 40-50% DA TFG TENHA SIDO PERDIDA

  • MESMO COM A AUTOMATIZAÇÃO DAS DETERMINAÇÕES, DIFERENTES APARELHOS, DE DIFERENTES FABRICANTES, UTILIZAM DIFERENTES TÉCNICAS DE DOSEAMENTO


Quando o uso da creatinina s rica como marcador da tfg bastante limitado

QUANDO O USO DA CREATININA SÉRICA COMO MARCADOR DA TFG É BASTANTE LIMITADO?

  • EXTREMOS DE IDADE E TAMANHO

  • OBESIDADE OU DESNUTRIÇÃO; CIRROSE HEPÁTICA

  • DOENÇAS MUSCULOESQUELÉTICAS, PARAPLEGIA OU QUADRIPLEGIA

  • DIETA VEGETARIANA

  • MODIFICAÇÃO RÁPIDA DA FUNÇÃO RENAL

  • GESTAÇÃO


2 ur ia s rica

2. URÉIA SÉRICA

  • Uréia: principal metabólito nitrogenado da degradação de proteínas pelo organismo

  • 90% excretada pelos rins

  • Fraco marcador da TFG

  • Utilizada em conjunto com a creatinina, pode ajudar a avaliar a função renal e auxiliar na indicação de diálise/transplante renal

  • Faixa Normal: 20 a 40 mg/dl


Fatores que afetam a ur ia s rica

FATORES QUE AFETAM A URÉIA SÉRICA


3 depura o clearance de creatinina

3. DEPURAÇÃO (CLEARANCE) DE CREATININA

U x V

Ucr x V urinário/minuto

Quantidade de plasma depurado

de creatinina na unidade de tempo

(minuto)

EXCREÇÃO URINÁRIA DE CREATININA:

- MULHERES: 15-20 mg/Kg/dia

- HOMENS: 20-25 mg/Kg/dia

P

Ao final, para permitir

comparações, normalizar

para 1,73 m2 SC

Pcr


3 clearance de creatinina calculado

3 - Clearance de Creatinina Calculado

  • Feito em urina de 12 ou 24h

  • Passível de variação, além das medições da própria creatinina, pela coleta inadequada e dieta rica em proteínas

  • Avaliação: é bom, mas pouco conveniente


4 clearance de creatinina estimado

4 - Clearance de Creatinina Estimado

  • Duas principais fórmulas matemáticas: Cockcroft-Gault (Nephron – 1976) e MDRD (AJKD – 2000)

  • Validadas internacionalmente como métodos tão ou mais acurados que o cl calculado para avaliar TFG

  • Avaliação: mais práticas, mas limitadas pela população onde foram criadas, além de extremos de peso e idade, amputados

    • CG: tende a superestimar o clearance

    • MDRD: excluiu diabéticos ID, <18 e >70, gestantes, função renal normal


Avalia o da fun o renal

Cockroft-Gault

Em ml/min

MDRD

Em ml/min/1,73m2

  • TFG = (140 – idade) x Massa (kg)

    72 x creatinina sérica

    *** Multiplicar por 0,85 se mulher

  • TFG = 186 x creatinina sérica¹·¹54 x idadeº·²º³ x multiplicador

    • O multiplicador pode valer:

      • 1,21 para negros

      • 0,742 para mulheres não-negras

      • 1 para todas outras pessoas


Conclus es

Conclusões

  • Creatinina – marcador razoável da função renal. Limitada por massa muscular, idade, raça, sexo, laboratório. Amparada por custo e disponibilidade

  • Uréia – baixa sensibilidade e acurácia, melhor como marcador de diálise

  • Clearance calculado: se baseado na creatinina, tem limitações. O ideal é com inulina/radiosótopos

  • Clearance estimado: é bom para pacientes com disfunção renal, mas limitado para diagnosticar “normalidade” da função renal


Exemplos

Exemplos

  • Paciente masc, 36 anos, com creatinina de 1,1mg/dl; Peso 72 quilos

  • Paciente masc, 68 anos, com creatinina de 1,1mg/dl; Peso 55 quilos

  • Calcular clearance de creatinina com CockroftGault:

TFG = (140-36) x 72

72 x 1,1

= 94,5 ml/min

2. TFG = (140-68) x 55

72 x 1,1

= 50 ml/min


Exemplos1

Exemplos

  • Paciente masc, 36 anos, com creatinina de 1,1mg/dl; Peso 72 quilos. Volume Urinário = 2160ml/24h; Creatinina Urinária = 60 mg/dl

  • Paciente masc, 68 anos, com creatinina de 1,1mg/dl; Peso 55 quilos. Volume urinário 2160ml/24h; Creatinina Urinária = 35 mg/dl

  • Calcular clearance de creatinina em 24 horas


Exemplos2

Exemplos

TFG = Volume Urinário x Creatinina urinária

Creatinina Plásmatica

  • TFG = 1,5 x 60 =

  • 1,1

81,8 ml/min

47 ml/min

2. TFG = 1,5 x 35 =

1,1


  • Login