Manifesta o de interesse para parceria p blico privado ppp
Download
1 / 19

MANIFESTAÇÃO DE INTERESSE PARA Parceria Público Privado (PPP) - PowerPoint PPT Presentation


  • 78 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

MANIFESTAÇÃO DE INTERESSE PARA Parceria Público Privado (PPP). Um pacote tecnológico e social. MANIFESTAÇÃO DE INTERESSE PARA Parceria Público Privado. Olha senhor presidente a necessidade de um povo humilde que está na cidade sem teto, sem casa e sem trabalho para trabalhar! [...]

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha

Download Presentationdownload

MANIFESTAÇÃO DE INTERESSE PARA Parceria Público Privado (PPP)

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


Manifesta o de interesse para parceria p blico privado ppp

MANIFESTAÇÃO DE INTERESSE PARA Parceria Público Privado (PPP)

Um pacote tecnológico e social


Manifesta o de interesse para parceria p blico privado

MANIFESTAÇÃO DE INTERESSE PARA Parceria Público Privado

  • Olha senhor presidente a necessidade de um povo humilde que está na cidade sem teto, sem casa e sem trabalho para trabalhar!

  • [...]

  • Jesus mande a paz sobre a terra, salve o homem da guerra e da fome profunda!

  • Crianças e os desfavorecidos que não sejam esquecidos como o lixo do mundo!

  • Talles e Aldriâ


Proposta da rede

PROPOSTA DA REDE

  • Ficará a cargo da REDE COOPER REGIÃO apenas a coleta, transbordo e destinação adequada de materiais recicláveis.

  • Proposta da REDE - tecnológica social e econômica:

  • - a geração de trabalho e renda,

  • - inclusão social,

  • - produção com o menor esforço físico,

  • - renda digna.


Log stica de coleta

LOGÍSTICA DE COLETA

  • A cidade foi dividida em 10 (dez) áreas de coleta com os barracões situando dentro das mesmas e com raio de deslocamento de no máximo 04 (quatro) quilômetros, sendo 02 (dois) barracões por região.


Estrutura de comercializa o da rede

ESTRUTURA DE COMERCIALIZAÇÃO DA REDE


Rateio de produ o

RATEIO DE PRODUÇÃO

  • O rateio da produção prende-se ao valor líquido vindo das vendas dos produtos separados que será dividido entre os cooperados que se ocupam da separação e da produção.

  • Já os cooperados que desempenharem outras funções receberá a remuneração conforme o serviço prestado.


Proposta para a execu o da presta o de servi o

PROPOSTA PARA A EXECUÇÃO DA PRESTAÇÃO DE SERVIÇO

  • 12 (doze caminhões) semi-compactadores de coleta seletiva com capacidade de aproximadamente 13 T/dia .


Proposta para a execu o da presta o de servi o1

PROPOSTA PARA A EXECUÇÃO DA PRESTAÇÃO DE SERVIÇO

  • 04 (quatro) balanças eletrônicas rodoviárias de capacidade de trinta e cinco toneladas, uma por região, menos para a região central, estas também interligadas a internet e com relatórios instantâneos para controle da coleta porta a porta.


Proposta para a execu o da presta o de servi o2

PROPOSTA PARA A EXECUÇÃO DA PRESTAÇÃO DE SERVIÇO

  • 10 (dez) barracões de 1200 metros cada, com capacidade por unidade de produção de aproximadamente 370Kg/dia e em média de 80 cooperados por barracão trabalhando em dois turnos.


Proposta para a execu o da presta o de servi o3

PROPOSTA PARA A EXECUÇÃO DA PRESTAÇÃO DE SERVIÇO

  • 10 (dez) esteiras de segregação com capacidade de aproximadamente 180 T/mês sendo executado por 20 cooperados/ turno.


Proposta para a execu o da presta o de servi o4

PROPOSTA PARA A EXECUÇÃO DA PRESTAÇÃO DE SERVIÇO

  • 10 (dez) empilhadeiras uma por barracão para movimentação de produção e carga.


Proposta para a execu o da presta o de servi o5

PROPOSTA PARA A EXECUÇÃO DA PRESTAÇÃO DE SERVIÇO

  • 20 (vinte) prensas com capacidade de prensagem diária de 2.400 Kg /turno, sendo 02 duas por barracão.


Proposta para a execu o da presta o de servi o6

PROPOSTA PARA A EXECUÇÃO DA PRESTAÇÃO DE SERVIÇO

  • 10 (dez) balanças eletrônicas para até 03 (três) toneladas, 01 (uma) por barracão, sendo estas interligadas a internet e com sistema de etiquetas e código de barras, com relatório instantâneo e online, para controle de produção.


Proposta para a execu o da presta o de servi o7

PROPOSTA PARA A EXECUÇÃO DA PRESTAÇÃO DE SERVIÇO

  • 05 (cinco) veículos tipo Kombi para transporte dos coletores até as áreas de coleta, 01 (uma) por região.


Proposta para a execu o da presta o de servi o8

PROPOSTA PARA A EXECUÇÃO DA PRESTAÇÃO DE SERVIÇO

  • 01 (um) barracão de 1.200 metros com uma linha de produção de sacos verdes para fornecer a população, sendo operada pelos cooperados e com matéria prima da própria rede.


Proposta para a execu o da presta o de servi o9

PROPOSTA PARA A EXECUÇÃO DA PRESTAÇÃO DE SERVIÇO

  • 01 (um) barracão de 1.200metros para a instalação de 05 (cinco) linhas de produção de tijolos de rejeito, cada uma com capacidade de produção de 2.000 unidades/dia.


Custo total para implanta o da proposta e origem dos recursos

CUSTO TOTAL PARA IMPLANTAÇÃO DA PROPOSTA E ORIGEM DOS RECURSOS

  • O custo total de implantação do projeto é de aproximadamente (~)R$11(milhões de reais), sendo:

  • Origem dos recursos:

  • ~R$ 4 (milhões de reais) do Governo Federal através do Programa CATAFORTE;

  • ~ R$ 3 (milhões de reais) do Município de Londrina*;

  • ~R$ 1 (milhão de reais)viabilização de recursos (elaboração de projetos) de menor magnitude;

  • ~R$ 4 (milhões de reais) com recursos da própria REDE, sendo que R$1.5(um milhão e meio) é do patrimônio liquido existente da REDE e os outros R$ 2.5 (dois milhões e meio) será criado um fundo de contribuição onde o cooperado contribui mês a mês para a formação do capital.


Receitas origin rias da opera o

RECEITAS ORIGINÁRIAS DA OPERAÇÃO

  • As receitas originárias da operação serão de ~R$790 (mil reais)/mês proveniente dos serviços de coleta das 3.708 T/mêscusteado pelo município.

  • ~R$1.50 (um milhão e meio) provenientes da venda dos materiais recicláveis

  • ~R$115 (mil reais) provenientes da venda da produção de tijolos formando uma receita total mensal de ~R$2.5 (dois milhões e meio).

  • A despesa total foi estimada em ~R$890(mil reais)/mês, restando ~R$1.5 (milhão e meio)para serem rateados entre os 874 cooperados todos os meses dando um rateio médio de ~R$1.600 (mil e seiscentos reais)/mês.


Agradecemos

  • - Autoridades presentes,

  • - Cooperados e Técnicos da COOPER REGIÃO,

  • Sociedade civil,

  • E a todos os participantes

AGRADECEMOS

Simone Cardoso

Conselheira Administrativa da COOPER REGIÃO

cooperregiao@cooperregiao.com.br

www.cooperregiao.com | www.facebook.com/cooperregiao


ad
  • Login