Darwinismo liter rio e computa o
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 17

Darwinismo Literário e Computação PowerPoint PPT Presentation


  • 51 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

Darwinismo Literário e Computação. Luís Moniz Pereira Centro de Inteligência Artificial, UNL. Colóquio “Velhos e Novos Media”. Almada, 10 de Maio 2006. Sumário. O autor O genoma e o cognoma A psicologia evolucionária A narrativa oral e escrita A literatura e crítica literária

Download Presentation

Darwinismo Literário e Computação

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


Darwinismo liter rio e computa o

Darwinismo Literário e Computação

Luís Moniz Pereira

Centro de Inteligência Artificial, UNL

Colóquio “Velhos e Novos Media”

Almada, 10 de Maio 2006


Sum rio

Sumário

  • O autor

  • O genoma e o cognoma

  • A psicologia evolucionária

  • A narrativa oral e escrita

  • A literatura e crítica literária

  • A consiliência

  • A computação como media

  • As referências


O autor

O autor

  • Investigador em inteligência artificial

  • Publica e projecta em computação darwiniana cognitiva

  • Ensina computação e ciências cognitivas, e agentes computacionais

  • Literato assíduo

  • Autor de literatura darwiniana


O genoma e o cognoma

O genoma e o cognoma

  • Dois mecanismos darwinianos em co-evolução: genes e memes

  • Selecção individual e grupal

  • O cérebro, suas funcionalidades e desempenho adaptativo, gregário

  • Turing e Eva: tábua rasa versus módulos específicos e gerais

  • A natureza humana: nature vs nurture


A psicologia evolucion ria

A psicologia evolucionária

  • O humano como produto da evolução

  • Sucesso reprodutivo:

    • selecção de parentes

    • investimento paternal

    • estratégia de emparelhamento


A psicologia evolucion ria1

A psicologia evolucionária

  • Sucesso na interacção social:

    • procura de status

    • expansão territorial e defesa

    • acordos contratuais

    • expressão pessoal

    • entretenimento


A psicologia evolucion ria2

A psicologia evolucionária

  • Disposições inatas:

    cognição, personalidade, id sexual, p/ família, p/ social, p/ natureza

  • Emoções comuns universais:

    alegria, tristeza, medo, raiva, repugnância, desprezo, surpresa


M dulos evolucion rios

Módulos evolucionários

  • Módulos específicos:

    • mundo natural físico

    • uso de instrumentos

    • artefactos culturais

  • Inteligência geral:

    • formulação de conceitos

    • crenças religiosas, filósóficas, ideológicas

    • conhecimento ciêntífico

    • artefactos estéticos e imaginativos


Fun es adaptativas

Funções adaptativas

  • Sistemas comportamentais de valor reprodutivo indirecto

    • regras se-então

    • procura e manutenção de condições somáticas

    • jogos sociais e estratégias

    • “fitness” de grupo (padres, cientistas)

    • introspecção e simulação como pré-adaptação


A narrativa oral e escrita

A narrativa oral e escrita

  • Motes e propensões evolutivos:

    auto-preservação, desejo sexual, inveja, amor materno, status social

  • Componentes como:

    primazia do auto-interesse, ilusões auto-complacentes, engano manipulativo, vaidade, hipocrisia


Papel evolutivo da literatura

Papel evolutivo da literatura

  • Exibição sexual – não

  • Subproduto irrelevante – não

  • Horror ao vácuo cognitivo - não


Papel evolutivo da literatura1

Papel evolutivo da literatura

  • Função adaptativa – sim:

    • Estórias, mitos, textos sagrados, e discursos: “esprit de corps” e confirmações securizantes

    • Construção e simulação de cenários

    • Treino para expressão emocional

    • Compilação de comportamentos

    • Reprodução memética

    • Co-presença de estratégias de jogo

    • Consciência colectiva

    • Escolha de futuros


Cr tica liter ria

Crítica literária

  • Conceito de natureza humana

  • Conceito de ecologia cultural

  • Categorias para análise de diferenças

  • Providencia testes para a psicologia evolucionária

  • Deve empregar esta para análise, como base universal


Cr tica liter ria1

Crítica literária

  • Pós-modernismo

    • Textualismo: tudo é linguagem

    • Desconstrução e indeterminação:

      • tudo é subtexto

      • eliminação da “verdade”

      • eliminação do indivíduo

      • eliminação duma “ordem natural”

    • Todo o significado é auto-contraditório, arbitrário, e convencional, até na ciência


Consili ncia

Consiliência

  • Uma só natureza física

  • Co-evolução memes-genes

  • Várias culturais, produzidas pelo mesmo cérebro evolutivo

  • Descrença no romantismo tábua rasa

  • Descrença na irreducibilidade artística

  • Crença em universais humanos, cientificamente estudáveis


A computa o como media

A computação como media

  • Novas estruturas literárias em resultado das redes, da interacção, da ubiquidade, e da mobilidade

  • Síntese de comportamentos emergentes dos agentes artificiais em estórias, por regras literárias atinentes dos universais humanos

  • Prova de propriedades literárias

  • Experimentação, validação, e crítica literária

  • Hollywood, heritage, educação psicológica e moral


As refer ncias

As referências

  • David Buss (ed.)

    The handbook of evolutionary psychology

    J. Wiley, 2005

  • Joseph Carrol

    Literary Darwinism

    Routledge, 2005

  • Jonathan Göttschall, David Sloan Wilson

    The literary animal

    Northwestern Univ. Press, 2005

  • Steven Mithen

    The prehistory of the mind 

    Thames and Hudson, 1996


  • Login