E_Commerce
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 19

e_Commerce O fóco brasileiro PowerPoint PPT Presentation


  • 44 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

e_Commerce O fóco brasileiro. Rogério A S P Vianna. Coordenador de comércio eletrônico . Ministério do Desenvolvimento Indústria e Comércio Exterior BRASIL. Objetivos:. Apresentar um breve quadro da presença brasileira na Internet e no comércio eletrônico

Download Presentation

e_Commerce O fóco brasileiro

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


E commerce o f co brasileiro

e_Commerce

O fóco brasileiro

Rogério A S P Vianna

Coordenador de comércio eletrônico

Ministério do Desenvolvimento Indústria e Comércio Exterior

BRASIL


Objetivos

Objetivos:

  • Apresentar um breve quadro da presença brasileira na Internet e no comércio eletrônico

    • como o governo vê o quadro, o que está fazendo e o que pretende fazer

    • uma breve referência às telecomuniccações, situação atual e perspectivas

    • Planos e programas para Govêrno-eletrônico e para a Sociedade da Informação


1 economia brasil e am rica l atina

1. Economia : Brasil e América Latina

  • GDP 1998current exchange ratesUS$1000

  • America Latina 1,859,666.8

  • Brasil 777,033.7

    GDP 2001est.1998 prices and exchange rates

  • América Latina 2,019,959.8

  • Brasil 841,668.6

    GDP 1998Purchasing Power Parity estimate

  • América Latina 2,544,837.6

  • Brasil 1,049,000.0


E commerce o f co brasileiro

  • EXPORTAÇÕESUS$1000

  • América Latina 281,462.8

  • Brasil 51,135.0

    POPULAÇÃO 1998

  • América Latina 499,445

  • Brasil 166,296


2 telecomunica es

2. Telecomunicações

  • Criação de um ambiente atrativo para o investimento privado internacional

  • é fator chave para o desenvolvimento

  • a penetração das telecomunicações, e os recursos de maior capacidade ainda necessitam de grande expansão

  • uma excessiva dependência na importação de componentes coloca o tema sob uma ótica industrial


Infraestrutura de telecomunica es

Infraestrutura de telecomunicações

  • 1972 – 1982 : modelo europeu de monopólio estatal. Telebras, a companhia holding

    • moderna, mas limitada, rede de longa distância

    • DDD para 200 cidades

    • 50,000 circuitos de longa distancia

    • 36,000 km de cabos telefônicos entre os estados

    • alto valor agregado na fabricação de equipamentos

    • contribuição tecnológica considerável (ex:Trópico)

  • O modelo perdeu funcionalidade nos anos 80

  • Modificações introduzidas no atual governo

    • 1995 - Emenda constitucional

    • 1998 - Ato do Congresso autorizando a privatização de todo o sistema


Accesso milh es

Accesso (milhões)


E commerce o f co brasileiro

Densidade de acesso (% da população)


Internet

Internet

  • Início comercial em fins de 1995

(millions)


E commerce o f co brasileiro

Internet (cont)

Numero de hosts nas Americas

Janeiro, 2000

10,490,416

1,669,664

446,444

681,868

Total 15 maiores: 13,288,392

  • Estimativa de julho/2000 de indicava haver no Brazil 662,810 hosts, 8,6 vezes o número de Janeiro de 1997

  • existem cerca de 334 mil nomes de domínio registrados, estimando-se 400 mil para o final deste ano


Penetra o da internet

Penetração da Internet

Participação dos EUA no total e usuários Internet

  • Brasil: 9 milhões de usuários Internet <> 2.4% of World total (Brasil <> 2.75% da população mundial)

  • Estimativa de incremento no acesso: de 7% para 17% (com a queda nos preços de PCs)

  • fabricação anual de computadores no Brasil: 2.5M


Penetra o da internet cont

Penetração da Internet (cont)

  • Um quarto dos brasileiros possuem pelo menos um PC, e 75% deles estão conectados à Internet.

  • Dentre os lares possuidores de PCs, cerca de 90% possuem um PC, 9.1% possuem dois PCs, e menos de 1% possuem mais de dois PCs.

  • 23% dos brasileiros pretendem comprar um PC nos próximos seis meses.

  • 68.8% deles planejam conectá-los à Internet.

  • Há mais homens usuários do que mulheres, mais a diferença é relativamente pequena: 56.7% homens; 43.3% mulheres.

  • A penetração da Internet em lares com telefones fixos é de15.5% na média, e de 64,7% no sul/sudoeste do país.


E commerce

e-commerce

  • 86% das empresas acreditam no comércio eletrônico

  • a grande participação da população na declaração do imposto de renda, nas eleições eletrônicas, na contas previdenciárias e no internet-banking conferem grande credibilidade às operações na Internet

  • a expectativa de plena aplicação da moderna legislação de proteção ao consumidor favorece a credibilidade;

  • espera-se que a legislação sobre assinatura digital (em elaboração) complete este quadro favorável

  • os maiores desafios referem-se a disseminação do uso e dos benefícios (econômicos e sociais)das operações na rede


E commerce o f co brasileiro

Arranjos institucionais

  • Presidente Fernando Henrique Cardoso lançou em dezembro de 1999 o ProgramaSociedade da Informação.

  • Caberá ao setor privado a criação e operação da NII. O governo federal trabalhará em parceria no seu desenvolvimento.

  • Além da infraestrutura, da tecnologia e das aplicações avançadas o programa prioriza a inserção digital: entre as empresas e entre as pessoas.

  • Em outubro de 2000 foi lançado o programa de Governo Eletrônico, com fóco na oferta eletrônica de serviços públicos, na eliminação de papel na administração pública, na otimização da rede de telecomunicações e na interiorização do acesso.


E commerce comit executivo

e-Commerce: Comitê Executivo

  • Criado em agosto de 2000 e instalado em março de 2001, por iniciativa do Ministério do Desenvolvimento Indústria e Comércio Exterior

  • constitui uma ampla interface entre o setor público e o setor privado, e visa identificar problemas e oportunidades que mereçam a atenção do governo

  • responsibilidade:

    • Mnistério do Desenvolvimento Indústria e Comércio Exterior

    • Ministério da Cîência e Tecnologia

    • Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão


E commerce o f co brasileiro

e-Commerce: Comitê Executivo (cont)

  • Outros membros:

    • Ministério da Fazenda

    • Ministério das Comunicações

    • Ministério das Relações Exteriores

    • Agência Nacional de Telecomunicações

    • 6 representantes do setor privado: entidades de âmbito nacional - Febraban, CNI, CNC, CNT, Assespro, Abes, Abranet

    • 1 representante da comunidade científica

    • principais responsabilidades: inserção das PMEs; difusão e capacitação em comércio eletrônico; implantação de projetos-modelo; acompanhamento internacional; legislação; padrões técnicos; e tecnologias.


E governo

e-Governo

Objetivos

  • Estabelecer a rede Brazil.gov

  • universalizar o acesso

  • universalizar o acesso a serviços públicos

  • estabelecer telecentros, inicialmente nas associações patronais e profissionais

  • definir normas técnicas

  • desenvolver sistema de informações para investidores.


E commerce o f co brasileiro

a-Região (considerações pessoais)

Desafios

  • Realização consultas permantentes visando hamonização na legislação sobre comércio eletrônico, em particular assinaturas digitais;

  • estimular associações entre empresas e outras organizações da região;

  • realização de consultas sobre compras governamentais;

  • realização de consultas sobre integração de redes de telecomunicações;

  • programas de intercâmbio científico e desenvolvimento tecnológico;

  • realização de estudos conjuntos sobre o futuro do comércio eletrônico na região.


The end

theEND

obrigado!

Rogério A S P Vianna

[email protected]


  • Login