slide1
Download
Skip this Video
Download Presentation
AMENA

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 36

AMENA - PowerPoint PPT Presentation


  • 137 Views
  • Uploaded on

AMENA. Associação de Medicina Natural e Bioterapêutica. www.amena.tcpnsa.com. [email protected] Hahnemann. No TEMPO a Eternidade. Medicina homeopática. Medicina . Medicina alopática. No Mundo Ocidental estamos habituados a trabalhar basicamente em dois planos de observação.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about ' AMENA' - yaron


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
slide1

AMENA

Associação de Medicina Natural e Bioterapêutica

www.amena.tcpnsa.com

[email protected]

slide2

Hahnemann

No TEMPO a Eternidade

slide3

Medicina homeopática

Medicina

Medicina alopática

No Mundo Ocidental estamos habituados a trabalhar basicamente em dois planos de observação

slide7

As vacinas são substâncias, como proteínas, toxinas, partes de bactérias ou vírus, ou mesmo vírus e bactérias inteiros, atenuados ou mortos, que ao serem introduzidas no organismo de um animal, suscitam uma reacção do sistema imunológico, semelhante à que ocorreria no caso de uma infecção por um determinado agente patogénico. Desencadeia a produção de anticorpos que acabam por tornar o organismo imune ou, ao menos mais resistente, a esse agente.

slide8

São, geralmente, produzidas a partir de agentes patogénicos:

(vírus ou bactérias),

ou ainda de toxinas, previamente enfraquecidos

slide9

A descoberta da vacina deve-se às pesquisas de Louis Pasteur.

Mas a vacina já era usada anteriormente, na forma de medicina popular, pelos chineses e povos do mediterrâneo.

Pasteur, formalizou o seu uso com o rigor científico

slide10

Lei 45/2003 Terapêuticas Não Convencionais

Prof. Orlando Valladares dos SantosTexto integral da Proposta do representante da Homeopatia

slide11

De Médicos e de Loucos

Todos nós temos um pouco

slide13

Os chineses já tinham criado o seu método de imunização. Eles trituravam as crostas das feridas produzidas pela varíola, onde o vírus estava presente, porém morto, e sopravam o pó através de um cano de bambu nas narinas das crianças.

slide14

MAS ISTO É HOMEOPATIA

!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

slide15

Bactérias multi-resistentes, confirmam a HOMEOPATIA.

Hoje as Bactérias, e o amanhã????

Entre 1700 e 1800 viveu um dos Mestres da Medicina.

Em 1810, MIL OITOCENTOS E DEZ anos Depois de Cristo, escreve o:

“ORGANON da medicina racional”.

slide16

Triste realidade a nossa, depois de 200 anos exactos, sobre o que foi Escrito por:

  • Christian Friedrich Samuel Hahnemann
  • (Meissen, Saxónia, 10 de Abril de 1755
  • Paris, 2 de Julho de 1843)
  • Foi o fundador da HOMEOPATIA em 1779.
  • Se é reconhecido que as ditas bactérias são capazes de se tornarem IMUNES, talvez seja tempo de haver lugar a uma correcta análise sobre os :
  • DESATINOS DA MEDICINA ALOPÁTICA.
slide17

Numa das suas magistrais observações, escreve o seguinte:

60 - O médico comum acredita que poderá superar as dificuldades de um tratamento antipático, dando uma dose mais forte do medicamento a cada agravamento da doença.

Por esse método obtém-se a supressão igualmente transitória da doença, o que motivará a necessidade de doses cada vez maiores do paliativo.

Resultará disso;

ou uma outra doença mais grave; ou uma ameaça à vida; ou mesmo a morte.

A doença nunca será curada.

slide18

61 - Se os médicos fossem capazes de reflectir sobre os tristes resultados do tratamento "antipático", teriam eles, há muito descoberto a grande verdade que é:

A VERDADEIRA E RADICAL ARTE DA CURAR, DEVE SER ENCONTRADA, EXACTAMENTE NO OPOSTO DE TAL TRATAMENTO ANTIPÁTICO, DOS SINTOMAS DA DOENÇA.

slide20

Existirá?

= Propaganda

slide22

Na Química

O quinino

Paludismo

slide23

Na Homeopatia

China homeopática

Febres intermitentes quotidianas simples, sem nenhum fenómeno especial, moderadas, discretas, nunca à noite e sempre sem sede durante a febre. Pioemia. Febre dos tísicos. Febre palustre. Febres gastrointestinais.

slide24

Linnaeus, em 1700, denominou esta planta de Atropa belladonna, pois sabia que as mulheres utilizavam extractos de Atropa nos olhos para dilatar as pupilas de modo a ficarem mais belas, denominou-a de belladonna (mulher bela).

A esse nome, juntou o de Atropa, baseando-se em Atropos que era, segundo a mitologia grega, a divindade responsável pela morte das pessoas, sendo uma das três parcas que controlavam o destino (uma seria responsável pelo nascimento, a outra pelo prolongamento da vida, e Atropos, seria o responsável pelo corte do fio da vida).

slide25

A belladona é uma das plantas mais tóxicas encontradas no hemisfério ocidental.

A ingestão de apenas uma folha pode ser fatal num adulto..

A raiz da planta é a parte mais tóxica.

Todas as partes da planta contém alcalóides.

As bagas possuem perigo maior devido serem atractivas.

A ingestão de quantidades superiores a 5 bagas pode ser mortal.

Devido ao fato de seus frutos, quando ingeridos puros ou na forma de chás, provocarem efeitos psicoactivos (alucinações), essa planta é utilizada como droga por algumas pessoas.

slide26

Belladona

Remédio agudo repentino violento, vermelho e quente.

Casos agudos, olhos vermelhos e dilatados, alucinações, manias, delírio violento, febre, cabeça quente e pés frios.

slide28

RINS SUJOK

Ossos das mãos e dos pés =104 ossos = D4

slide29

Garrotear

= a enforcar

slide36

T.C.P.N.-Sa [email protected]

www.tcpn.pt

243 991 334 21 474 31 27