II CONGRESO LATINOAMERICANO DE DISTRIBUCIÓN ELÉCTRICA
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 18

II CONGRESO LATINOAMERICANO DE DISTRIBUCIÓN ELÉCTRICA CLADE 2012 PowerPoint PPT Presentation


  • 50 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

II CONGRESO LATINOAMERICANO DE DISTRIBUCIÓN ELÉCTRICA CLADE 2012 EFICIÊNCIA ENERGÉTICA EM SISTEMAS FOTOVOLTAICOS PARA ELETRIFICAÇÃO RURAL E ISOLADA. Rosario , Setembro/2012. QUEM SOMOS NÓS? . Energia renovável: ~ 90% Geração (~42,080MW, ~37% do Brasil)

Download Presentation

II CONGRESO LATINOAMERICANO DE DISTRIBUCIÓN ELÉCTRICA CLADE 2012

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


Ii congreso latinoamericano de distribuci n el ctrica clade 2012

II CONGRESO LATINOAMERICANO DE DISTRIBUCIÓN ELÉCTRICA

CLADE 2012

EFICIÊNCIA ENERGÉTICA EM SISTEMAS FOTOVOLTAICOS PARA ELETRIFICAÇÃO RURAL E ISOLADA

Rosario, Setembro/2012


Ii congreso latinoamericano de distribuci n el ctrica clade 2012

QUEM SOMOS NÓS?

  • Energia renovável: ~ 90%

  • Geração (~42,080MW, ~37% do Brasil)

  • Transmissão (~56,000km linhas de transmissão)

  • Distribuição (6 concessionárias, 3.500.000 clientes, 175.000 km linhas de distribuição)

  • 50% das ações de Itaipu Binacional

  • A maior companhia no setor de energia elétrica na América Latina.

  • Companhia de capital aberto. O governo brasileiroé o maior acionista.

  • Ações negociadas na bolsa de São Paulo (Bovespa), Madrid e Nova Iorque.

ELET3 ELET6


Ii congreso latinoamericano de distribuci n el ctrica clade 2012

ELETRIFICAÇÃO RURAL NO BRASIL

  • Cerca de 60% da extrema pobreza do Brasil se encontra na área rural, principalmente nas Regiões Norte e Nordeste

  • Exclusão Elétrica X IDH

  • Lei da universalização dos serviços de energia elétrica. Lei 10.438, de 26 de Abril de 2002, com metas até 2015.

Segundo o Censo 2010, 728mil domicílios ainda não dispõem de energia elétrica

Média Nacional: 0.766

Média Nacional: 93.48%

Percentual de pessoas que vivem em domicílios com energia elétrica

Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) Municipal

Fonte: Atlas de Desenvolvimento Humano, 2000


Ii congreso latinoamericano de distribuci n el ctrica clade 2012

PROGRAMA LUZ PARA TODOS

Política do Governo com o objetivo de reduzir a pobreza e a fome por meio do uso da energia elétrica como estímulo ao desenvolvimento da população rural.

  • Instituído pelo Decreto 4.873, de 11/11/2003, e prorrogado para até 2014 por meio do Decreto 7.520 de 8/7/2011.

  • Objetivos: aceleração processo de universalização e mitigação do impacto tarifário

  • Requisitos:

    • Iluminação

    • Comunicação

    • Refrigeração

Mais do que um programa de eletrificação rural,

é um programa que provê

inclusão social.

Programa social

Área rural em Alagoas


Ii congreso latinoamericano de distribuci n el ctrica clade 2012

PROGRAMA LUZ PARA TODOS

Nordeste

1.453.779

Norte

587.956

Centro-Oeste

201.498

Sudeste

497.586

Sul

211.394

Mais de 14 milhões de pessoas foram beneficiadas no meio rural

Brasil

2.952.213

Fonte: MME (Ref.: maio/2012)


Ii congreso latinoamericano de distribuci n el ctrica clade 2012

PROGRAMA LUZ PARA TODOS

Ainda há muito o que se fazer!

  • Grandes distâncias e localidades remotas

  • Domicílios distantes das redes de distribuição existentes

  • Baixa densidade populacional

  • Os 728 mil domicílios ainda não atendidos, estão assim distribuídos:

    • 251 mil no Norte

    • 339 mil no Nordeste

    • 66 mil no Sudeste

    • 32 mil no Sul

    • 40 mil no Centro Oeste

Floresta Amazônica


Ii congreso latinoamericano de distribuci n el ctrica clade 2012

DESAFIOS DA ELETRIFICAÇÃO RURAL

Logística Diferenciada

Floresta Amazônica

O DESAFIO:

Como universalizar o atendimento?

A energia renovável pode ser a solução!!!


Ii congreso latinoamericano de distribuci n el ctrica clade 2012

PROJETO PILOTO DE XAPURI

  • Características

  • Projeto desenvolvido pela Eletrobras Distribuição Acre, no município de Xapuri, Acre

  • 103 sistemas fotovoltaicos para atendimento individual (255Wp)  energia disponível:15kWh/mês

  • Três tipos de fornecimento da energia: CA (corrente alternada), CC (corrente contínua) e CA+CC (misto)

  • Instalação em agosto de 2007, cerca de 5 anos de operação.

.


Ii congreso latinoamericano de distribuci n el ctrica clade 2012

PROJETO PILOTO DE XAPURI

Misto (CA+CC)

  • Características

CC

Diagrama Unifilar

CA


Ii congreso latinoamericano de distribuci n el ctrica clade 2012

PROJETO PILOTO DE XAPURI

  • Características

  • análise do desempenho de refrigeradores eficientes CC em campo

Curvas de carga de casa monitorada no Projeto: anos 2008 (sem refrigerador) e 2009 (com refrigerador CC)

  • Dados coletados pelo sistema automatizado de aquisição de dados (SAAD), em 2009

Curva de carga de casa monitorada no Projeto: ano 2009 (separando carga CA e CC, somente refrigerador)

Refrigerador eficiente

Xapuri - Acre


Ii congreso latinoamericano de distribuci n el ctrica clade 2012

PROJETO PILOTO DE XAPURI

  • Características

  • análise do desempenho de refrigeradores eficientes CC em campo

  • O consumo em campo, dos refrigeradores em corrente contínua de 120 e 150 litros, foi da ordem de 10 a 12 kWh/mês, ao passo que o consumo verificado em condições de ensaio no laboratório foi de 6 kWh/mês.

  • Os sistemas do projeto de Xapuri foram aptos para alimentar os refrigeradores, porém não foram projetados para a faixa de consumo verificada com eles.

  • Para que seja possível a utilização de um refrigerador em um sistema fotovoltaico individual de 13 kWh/mês, este deveria ser muito eficiente, horizontal e de pequeno porte com volume máximo de 50 a 70 litros, onde seu consumo não ultrapassasse 5 ou 6 kWh/mês.

  • Optando-se por um refrigerador eficiente e em corrente contínua, tal como as utilizadas no Projeto Piloto de Xapuri, o sistema individual projetado deveria disponibilizar cerca de 20 kWh/mês.


Ii congreso latinoamericano de distribuci n el ctrica clade 2012

PROJETO PILOTO DE XAPURI

  • Lições Aprendidas

  • a importância da utilização de medidas de eficiência energética

Comparação entre custos de geração de sistemas remotos e outros sistemas

  • O custo de geração de sistemas remotos é bastante elevado, acima de R$ 3.000,00/MWhpara os sistemas tipo MIGDI e R$10.000,00/MWh para sistemas tipo SIGFI, dependendo da localidade a ser atendida.

  • Condições favoráveis para que a adoção de medidas de eficiência energética se torne economicamente atrativa para a implantação dos sistemas.

Atratividade da

Eficiência Energética

*SIGFI (Sistema Individual de Geração) e MIGDI (Minissistema de Geração e Distribuição), nomenclaturas da ANEEL (Agência Reguladora Brasileira)


Ii congreso latinoamericano de distribuci n el ctrica clade 2012

PROJETO PILOTO DE XAPURI

  • Lições Aprendidas

  • a importância da utilização de medidas de eficiência energética

  • O uso de equipamentos de consumo energeticamente eficientes, mesmo sendo mais caros que equipamentos com menor eficiência energética, apresentam potencial para reduzir consideravelmente o porte do microssistema de geração, mantendo a mesma utilidade do sistema.

  • Dentre as três opções de atendimento testadas no Projeto Piloto Xapuri, comprovou-se que o sistema fotovoltaico individual misto possui maior eficiência energética e confiabilidade.

R$

Sistema Fotovoltaico

R$

Sistema Fotovoltaico

R$

Equipamentos Eficientes

R$

Equipamentos

Comuns


Ii congreso latinoamericano de distribuci n el ctrica clade 2012

PROJETO PILOTO DE XAPURI

  • Lições Aprendidas

  • a importância da utilização de medidas de eficiência energética

  • O refrigerador eficiente é o eletrodoméstico que representa o maior potencial para redução no custo de investimento do sistema, dentre os equipamentos de consumo.

  • A economia considerando a diferença entre os custos de investimento do sistema exclusivo CA (30 kWh/mês) e o sistema misto analisado (23kWh/mês) equivale a mais de 3 vezes o custo do refrigerador CC.

Redução no custo de investimento do conjunto

Sistema Fotovoltaico Misto + Refrigerador Eficiente CC

e

Sistema Fotovoltaico em CA + Refrigerador Eficiente CA


Ii congreso latinoamericano de distribuci n el ctrica clade 2012

PROJETO PILOTO DE XAPURI

  • Lições Aprendidas

  • a importância da utilização de medidas de eficiência energética

  • Verifica-se no inversor cerca de 15 a 20 % de perdas em relação à potência de entrada.

  • Dentre os principais equipamentos que compõe um sistema fotovoltaico, o inversor é o item com maior índice de falhas.

  • O atendimento de um refrigerador CC por um sistema misto proporcionaria a utilização de um inversor menos robusto doque um inversor para alimentar um refrigerador CA, pois este precisaria atender a corrente de partida do compressor de um refrigerador CA, além de outras cargas ligadas.

  • Os sistemas mistos, nos quais a utilização do inversor é mais restrita, possuem maior grau de eficiência energética e confiabilidade, além de significarem uma economia considerável nos custos de investimento, quando comparados a sistemas exclusivos CA, com uma mesma utilidade.

  • Para a sustentabilidade das medidas de eficiência energética adotadas e uso adequado dos sistemas tipo SIGFI é extremamente importante uma orientação adequada aos usuários dos sistemas.


Ii congreso latinoamericano de distribuci n el ctrica clade 2012

PROJETO PILOTO DE XAPURI

  • Lições Aprendidas

  • a importância da utilização de medidas de eficiência energética

Redução dos custos de investimentos ou aumento da utilidade dos sistemas tipo SIGFI (sistemas individuais de geração por fontes intermitentes) a partir do emprego de medidas de eficiência energética


Ii congreso latinoamericano de distribuci n el ctrica clade 2012

PROJETO PILOTO DE XAPURI

  • Recomendações

  • o uso da corrente contínua em sistemas fotovoltaicos mistos no Brasil

  • A utilização de sistemas mistos (CC + CA) se torna mais atraenteeconomicamente na medida em que propicia a redução no custo de investimento (em 32%).

  • A possibilidade de utilização de um sistema de fornecimento misto foi recentemente proposta em audiência pública ao órgão regulador brasileiro (ANEEL) e foi aceita.

  • É importante a adoção de políticas públicas que facilitem o acesso de eletrodomésticos eficientes aos usuários atendidos por esse tipo de sistema.


Ii congreso latinoamericano de distribuci n el ctrica clade 2012

Eletrobras

Diretoria de Geração

Superintendência de Engª de Distribuição e Programas Setoriais

Departamento de Gestão de Projetos Setoriais

Divisão de Projetos Complementares

Agradecimento aos Parceiros


  • Login