O Batismo do Espírito Santo
Download
1 / 26

O Batismo do Espírito Santo - PowerPoint PPT Presentation


  • 98 Views
  • Uploaded on

O Batismo do Espírito Santo. Nosso Maior Erro: Por Que Ainda Não o Recebemos?. Produção & Edição de Textos: Elizeu C. Lira Edição de Imagens: Everton R. Lira. Obra Inacabada X Incapacidade Para Executá-la

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about ' O Batismo do Espírito Santo' - willem


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

O Batismo do Espírito Santo

Nosso Maior Erro: Por Que Ainda Não o Recebemos?

Produção & Edição de Textos: Elizeu C. Lira

Edição de Imagens: Everton R. Lira


Obra Inacabada X Incapacidade Para Executá-la

Uma religião legal não corresponderá às necessidades desta época. Em nosso serviço podemos executar todos os atos exteriores e ainda assim estar tão destituídos da influência vivificadora do Espírito Santo como estavam os montes de Gilboa, desprovidos de chuva. – Testimonies, vol. 6, págs. 417 e 418.

Nosso Maior Erro


  • Nossa Grande Necessidade

  • Está faltando o Espírito Santo em nossa obra. – Mensagens Escolhidas, vol. 1, pág. 411.

  • A Obra de Deus deve ser levada avante com poder. Precisamos do batismo do Espírito Santo. – Evangelismo, pág. 66.

  • Nosso Maior Erro


O Nosso Erro Capital

Estou persuadido de que esse é o nosso erro mais crasso. Confesso que é o meu também. Não podemos atender ao “ide” enquanto não formos dotados... Todo serviço verdadeiro começa em nosso Pentecostes pessoal. – A Vinda do Consolador, pág. 94.

Nosso Maior Erro


Nossa Grande Culpa

Os cristãos são tão culpados de não serem cheios do Espírito como os pecadores o são por não se arrependerem. Na verdade, por possuírem mais luz, os cristãos são até mais culpados do que os pecadores. – Charles G. Finney.

Nosso Maior Erro


Um Assunto Esquecido

A promessa do Espírito Santo é ocasionalmente apresentada em nossas palestras, incidentalmente nelas se toca e isso é tudo. Temos demorado sobre as profecias, doutrinas têm sido expostas; mas o que é essencial à Igreja a fim de que possa crescer em força e eficiência espirituais, para que a pregação possa levar consigo convicção e almas sejam convertidas a Deus, tem sido grandemente deixado fora do esforço ministerial. – Dennis Smith, O Batismo do Espírito Santo, pág. 97.

Nosso Grande Erro


Igrejas Apostatadas

“Qualquer igreja que ignora o Espírito Santo é uma igreja apostatada”. – Catherine Marshal.

Nosso Maior Erro


Errados Quanto à Forma de Avaliar

O hábil ator e o orador mais brilhante podem sacudir poderosamente o auditório, produzindo profundos efeitos emocionais e tremendo entusiasmo. Todos lhes admiram e invejam a capacidade e o talento, mas isso não é o poder do Espírito Santo.– A Vinda do Consolador, pág. 99.

Nossa Maior Necessidade


Errados Quanto à Forma de Avaliar

Apenas aqueles que são assim ensinados por Deus, os que possuem a operação interior do Espírito Santo, e em cuja vida se manifesta a vida de Cristo, podem apresentar-se como verdadeiros representantes do Salvador. – Obreiros Evangélicos, pág. 285.

Nosso Maior Erro


Errados Quantos às Nossas Prioridades

Estamos procurando prestar serviço aceitável enquanto negligenciamos o único poder pelo qual podemos realizá-lo. Na Igreja, como no mundo, tudo é pressa, velocidade, pressão. Somos tão ocupados que não temos tempo para o que é mais necessário. Nossas mãos estão cheias, mas o coração quase sempre vazio. – A Vinda do Consolador, pág. 131.

Nossa Maior Necessidade


Errados Quanto às Nossas Prioridades

“Esperem!” – Foi a ordem antes do Pentecoste. Quão difícil é esperar em Deus! É fácil pensar que estamos perdendo tempo quando aguardamos o poder do Espírito Santo. Por isso, demasiado freqüentemente saímos a trabalhar para Deus sem primeiro receber a unção de Deus. De nada vale, porém, precipitar-nos antes de ser enviados, de nada vale trabalhar sem a unção. – A Vinda do Consolador, pág. 91.

Nosso Maior Erro


Errados Quanto às Nossas Prioridades

Não devemos “ïr” até que recebamos o poder. Deus pode fazer muito mais por nosso intermédio em cinco minutos, quando somos por Ele capacitados, do que podemos fazer sozinhos durante uma semana. Embora o verdadeiro amor comece na cruz, todo verdadeiro serviço se inicia em nosso Pentecoste pessoal. – A Vinda do Consolador, pág. 93.

Nosso Maior Erro


Errados Quanto às Nossas Prioridades

“Permanecei, até que sejais revestidos”, não importa por quanto tempo. Essas palavras foram pronunciadas pelo mesmo Senhor que acabara de dizer: “Ide”. [...] “O quê – permanecei ainda, quando há um mundo perecendo, a ser advertido; uma tremenda obra a realizar e uma grande Igreja a ser estabelecida? Não temos tempo a perder!Já estamos atrasados!” Eles, porém, estariam fadados ao fracasso se não esperassem. – A Vinda do Consolador, págs. 84 e 85.

Nosso Maior Erro


Errados Quanto aos Métodos

Homens, dons, métodos, legislação, tudo isso é maquinaria morta, a menos que seja vitalizada e tornada eficaz pelo Espírito do Pentecoste. [...] Nossa grande falta não consiste em mais fervor, mais oportunidade, mais força, mais atividade; é a nossa atitude de indiferença para com o Espírito Santo. – A Vinda do Consolador, pág. 131.

Nosso Maior Erro


Errados Quanto aos Métodos

Observando o que aconteceu com a Igreja primitiva no livro de Atos e comparando essa Igreja com a Igreja cristã da atualidade, sou forçado a admitir que a Igreja cristã dos tempos atuais não é uma Igreja cheia do Espírito. E essa afirmação inclui a Igreja Adventista do Sétimo Dia. Significa isso que Deus não está usando a Igreja Adventista para avançar Sua obra? De modo nenhum. Significa, simplesmente, que Deus poderia realizar muito mais por nosso intermédio, se fôssemos cheios do Espírito como Ele deseja. – D. Smith, O Batismo do Espírito Santo, pág. 22.

Nosso Maior Erro


Errados Quanto aos Métodos

Na qualidade de cristão e de pastor, tenho que admitir que é fácil ficarmos tão envolvidos na obra de Deus que começamos a fazer nossos planos e a realizar nossas obras, sem considerar se o que estamos planejando ou realizando está sob a influência e orientação do Espírito Santo. Receio que muito das atividades realizadas na Igreja seja resultado mais de planos e esforços humanos, do que do Espírito de Deus. – Dennis Smith, O Batismo do Espírito Santo, pág. 23.

Nosso Maior Erro


Errados Quanto aos Métodos

Deus tem muitos filhos bons que simplesmente obtiveram a salvação, mas não possuem nenhum poder para o serviço. [...] Creio que realizaríamos mais em uma semana do que temos feito durante anos, se tão-somente passássemos por esse novo batismo. – Dwight L. Moody.

Nosso Maior Erro


Errados Quanto ao Tempo

“Chegada a tarde, dizeis: Haverá bom tempo, porque o céu está avermelhado; e, pela manhã: Hoje, haverá tempestade, porque o céu está de um vermelho sombrio. Sabeis, na verdade, discernir o aspecto do céu e não podeis discernir os sinais dos tempos?” (Mateus 16:2-3).

Nosso Maior Erro


Errados Quanto ao Tempo

A Chuva serôdia, amadurecendo a seara da Terra, representa a graça espiritual que prepara a Igreja para a vinda do Filho do homem. Mas a menos que a chuva temporã haja caído, não haverá vida; a ramagem verde não brotará. Se a chuva temporã não fizer seu trabalho, a serôdia não desenvolverá a semente até a perfeição. – Testemunhos Para Ministros, pág. 506.

Nosso Maior Erro


Errados Quanto ao Tempo

Muitos têm em grande medida deixado de receber a chuva temporã. Não têm obtido todos os benefícios que Deus assim para eles tem provido. Esperam que as falhas sejam supridas pela chuva serôdia. Quando a maior abundância da graça estiver para ser outorgada, esperam poder abrir o coração para recebê-la. Estão cometendo um erro terrível. – Testemunhos Para Ministros, pág. 507.

Nosso Maior Erro


Errados Quanto ao Tempo

A descida do Espírito Santo sobre a Igreja é olhada como estando no futuro; é, porém, o privilégio da Igreja tê-la agora. Buscai-a, orai por ela, crede nela. Precisamos tê-la, e o Céu espera para concedê-la. – Evangelismo, pág. 701.

Nosso Maior Erro


Esvaziamento, Antes da Plenitude

Para sermos plenos do Espírito não podemos ser plenos do eu ou da vontade própria. Antes de dar lugar à plenitude do Espírito, deve-se processar o esvaziamento da vontade própria. Deus não aceita nada menos do que uma entrega sem reservas. – Review and Herald, 16/05/1907.

Nosso Maior Erro


Esvaziamento, Antes da Plenitude

A plenitude do Espírito em nossa vida começa exatamente quando nos sentimos vazios, áridos e sedentos. Então, como solo seco e sedento, clamamos pelo transbordar do Espírito em nosso coração. – Derramamento do Espírito, pág. 51.

Nosso Maior Erro


Resultados Surpreendentes

O ministério cheio do Espírito trará resultados surpreendentes. O que parece de pouca importância aos olhos humanos significará muito, quanto realizado sob o poder do Espírito. – Dennis Smith, O Batismo do Espírito Santo, pág. 25.

Nosso Maior Erro


Resultados Surpreendentes

O batismo do Espírito Santo,como no dia de Pentecostes, levará a um reavivamento da verdadeira religião e à operação de muitas obras maravilhosas. Seres celestiais entrarão em nosso meio, e homens falarão segundo forem movidos a fazê-lo pelo Espírito de Deus. – Mensagens Escolhidas, vol. 2, págs. 56-57.

Nosso Maior Erro


Atos Dois, Já!

Se ainda não recebemos o batismo do Espírito Santo, não o retardemos para outro dia. Receber o Espírito deve ser a prioridade máxima em nossa vida, pois esse Dom trará para nós todos os outros. A plenitude do Espírito converterá nossa letargia em dinamismo, nossa fraqueza em força, e nosso testemunho será imbuído de um poder que não é visto desde o dia de Pentecostes. – O Batismo do Espírito Santo, pág. 41.

Nosso Maior Erro


ad