Relat rio da comiss o tempor ria de assuntos relevantes tr nsito
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 30

Relatório da Comissão Temporária de Assuntos Relevantes – Trânsito PowerPoint PPT Presentation


  • 37 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

Relatório da Comissão Temporária de Assuntos Relevantes – Trânsito. I – INTRODUÇÃO. a) Objetivo – Identificar os pontos críticos e propor ações que visem minimizar os impactos do trânsito no Município da Estância de Atibaia. b) Início - 11 de março de 2013

Download Presentation

Relatório da Comissão Temporária de Assuntos Relevantes – Trânsito

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


Relat rio da comiss o tempor ria de assuntos relevantes tr nsito

Relatório da Comissão Temporária de Assuntos Relevantes – Trânsito


I introdu o

I – INTRODUÇÃO

a) Objetivo – Identificar os pontos críticos e propor ações que visem minimizar os impactos do trânsito no Município da Estância de Atibaia.

b) Início - 11 de março de 2013

c) Composição - Daniel da Rocha Martini (Presidente), Paulo Fernando Lara de Araújo, Almir Bueno do Prado, Josué Luiz de Oliveira e Lucas de Oliveira Cardoso.

d) Método - Reuniões internas com os Vereadores da Comissão.

- Reunião Pública realizada em 14 de maio de 2013 com a participação da sociedade civil.

As solicitações e sugestões dos munícipes foram compiladas e embasaram a elaboração do presente relatório, o qual encaminhamos ao Chefe do Poder Executivo no intuito de destacar os temas mais recorrentes e relevantes.


Relat rio da comiss o tempor ria de assuntos relevantes tr nsito

II - DO TRANSPORTE COLETIVO

a) Suporte para bicicletas nos ônibus circulares

b)Retirada de pontos de ônibus e revisão de horários

c) Diminuição da tarifa do Transporte Público

d) Alternativas para o transporte público e coletivo


Iii das ciclovias

III – DAS CICLOVIAS

Implantação de Planos Cicloviários–

Instituir a bicicleta como um meio efetivo de locomoção e não apenas para atividades de lazer ou esportivas. Entende-se o investimento em ciclovias como medida importante para desafogar o trânsito e incentivar a preservação ambiental. (Exemplo imagem a seguir – Projeto apresentado na reunião de 14/05/2013 pela arquiteta Lilian de Oliveira.


Relat rio da comiss o tempor ria de assuntos relevantes tr nsito

Exemplo – Projeto apresentado na reunião de 14/05/2013 pela arquiteta Lilian de Oliveira:


Relat rio da comiss o tempor ria de assuntos relevantes tr nsito

IV – DA EDUCAÇÃO NO TRÂNSITO

a) Agentes de Trânsito - Necessidade de maior atuação educativa por parte dos Agentes de Trânsito, principalmente, em lugares estratégicos e em horários de pico.

b) Campanha Educativa – Campanhas Educativas perenes capitaneadas pelos Agentes de Trânsito, principalmente, dentro das escolas e para todos os motoristas valendo-se de cartilhas de boa conduta.


V do planejamento vi rio

V – DO PLANEJAMENTO VIÁRIO

Proposta de Anel Viário - Considerando que as Rodovias D. Pedro I e Fernão Dias já formam naturalmente uma espécie de Anel Viário ao redor de Atibaia, a Comissão apresenta sugestões de planejamento viário a fim de potencializar algo que já possuímos e que pode sobremaneira desafogar o trânsito de veículos nas regiões centrais da cidade, uma vez que o centro deixaria de ser utilizado como “rota de travessia” para determinados bairros.

Planejamento para médio e longo prazo.


Relat rio da comiss o tempor ria de assuntos relevantes tr nsito

a) Planta Av. Carvalho Pinto/Av. Jerônimo de Camargo/Centro (ANEXO III)

A proposta consiste em tornar “mão única” a Av. Jerônimo de Camargo do cruzamento com a Av. São João até o encontro com a rotatória da entrada da cidade, permanecendo inalterada sua mão nos demais pontos.

A Avenida Carvalho Pinto passa a ser “mão única” toda sua extensão sentido “bairro-centro”, seguindo assim até o Museu Municipal, local onde terá ligação com a Av. São João*.

A Avenida São João passaria ser “mão única” de sentido “centro-bairro” até seu cruzamento com a Av. Jerônimo de Camargo.

Nesta proposta vislumbramos a possibilidade de criação de corredor de ônibus na Av. Carvalho Pinto e na Av. São João.

* Obs. – A Av. Carvalho Pinto sofre alteração de nomenclatura, passando a chamar-se rua Major Juvenal Alvim um pouco antes do cruzamento com a rua Albertina Mieli Pires.


Relat rio da comiss o tempor ria de assuntos relevantes tr nsito

b) Planta Al. Lucas N. Garcez/ Av. Santana/ Av. Major Joviano Alvim

A Avenida Joviano Alvim se torna “mão única” até seu cruzamento com a Avenida Atibaia, sem mais alterações em sua extensão (seta laranja), permanecendo mão dupla em sua continuação (paralela à Al. Lucas Nogueira Garcez).

A Alameda Prof. Lucas Nogueira Garcez passa a ser “mão única” sentido centro-bairro a partir da bifurcação com a Avenida Santana na altura do Supermercado Convém, na Avenida Eng. Walter Engarcia de Oliveira) até a altura da Av. Maristela próximo a Pizzaria Fremont (setas verdes). Já no sentido bairro-centro, a Al. Lucas Nogueira Garcez se torna mão única a partir da referida bifurcação até a rotatória em frente ao posto de Informações Turísticas próximo ao Mcdonalds (seta vermelha).

Paralelamente, a Avenida Santana passa também a ser “mão única” sentido bairro-centro a partir da saída da Avenida Maristela até o encontro com a Alameda Prof. Lucas Nogueira Garcez (setas azuis).

Sugerimos ainda que as demais ruas paralelas sejam “mão única” e alternadas em seu sentido.


V do planejamento vi rio1

V – DO PLANEJAMENTO VIÁRIO

c) Ligação entre Jd. Imperial e Jd. Paulista – A Comissão indica a necessidade de retomada do projeto de via de acesso para ligar o Jardim Paulista ao Jardim Imperial na altura do km 42 da Rodovia Fernão Dias. Importante ressaltar que já existe, inclusive, ciência da Concessionária da Rodovia acerca de tal projeto. Tal medida diminuiria o trânsito na Av. Carvalho Pinto, Av. Jerônimo de Camargo e Alameda Lucas Nogueira Garcez.


Vi da trafegabilidade

VI – DA TRAFEGABILIDADE

a) Ondulações Transversais (lombadas físicas) –

Dentre os principais danos causados pelas “lombadas físicas” ou “quebra molas”, podemos apontar:

- Desgaste prematuro da caixa de câmbio e motor dos veículos;

- Desgaste prematuro do sistema de freios, discos, pastilhas, lonas, etc;

- Desgaste acelerado dos pneus;

- Consumo maior de combustível;

- Maior tempo gasto com as viagens, principalmente, no transporte coletivo;

- Dificuldades aplicadas a atendimentos emergenciais como ambulâncias;

- Grande risco de ocorrência de acidentes, “engavetamento”

  • Prejuízo sensível à fluidez do tráfego.

    Sugestão – Que as lombadas físicas sejam substituídas por lombadas eletrônicas o que diminuirá sensivelmente os problemas acima mencionados.


Vi da trafegabilidade1

VI – DA TRAFEGABILIDADE

b) Entulhos e Caçambas – Fiscalização para o cumprimento da Lei Municipal n°3696 de novembro de 2008.

c) Semáforos – Quantidade, temporização, horários de funcionamento.

d) Faixas Conversíveis – Faixas se transformam em exclusivas para ônibus ou para estacionamento de veículos em horários específicos.


D exemplos de faixas convers veis

d) Exemplos de Faixas Conversíveis

Foto: Faixa de tráfego de veículos se transforma em faixa exclusiva de ônibus nos horários de pico de trânsito (no caso da foto de segunda a sexta das 15h às 19h). Detalhe: A cor do asfalto na faixa de ônibus é vermelha, se destacando do resto da avenida.


Vi da trafegabilidade2

VI – DA TRAFEGABILIDADE

e) Placas com nome das ruas - a colocação de placas indicativas com os nomes das ruas em diversos bairros.

f) Mais placas e sinalização em diversos bairros - Nota-se a falta de placas de PARE, preferencial, limite de velocidade, indicação de lombadas, entre outras. Os bairros mais citados pela população foram: Jardim Paulista, Jardim Alvinópolis, Jardim Cerejeiras e Jardim Imperial.


Vii da zona azul e vagas de estacionamento

VII – DA “ZONA AZUL” E VAGAS DE ESTACIONAMENTO

a) Estacionamento nas imediações da Santa Casa

b) Vagas especiais no entorno dos hospitais

c) Vaga Rápida em frente às Farmácias e Clínicas Veterinárias

d) Bolsões de Estacionamento para motocicletas

e) Vagas de estacionamento Rua Adolfo André


Vii da zona azul e vagas de estacionamento1

VII – DA “ZONA AZUL” E VAGAS DE ESTACIONAMENTO

f) Estacionamento na Rua José Lucas – Campanha educativa e placa de sinalização para a conscientização dos motoristas que utilizam o estacionamento na Rua José Lucas.

g) Carga e Descarga na Rodoviária - Não há ou já não é mais possível visualizar as vagas delimitadas para o fim de carga e descarga na redondezas da Rodoviária.

h) Embarque e Desembarque zona escolar na Alameda Lucas Nogueira Garcez - Em zona escolar.

i) Av. Bandeirantes - Alteração do estacionamento na Av. Bandeirantes de forma a tornar possível o estacionamento apenas em um sentido da via, pois a aludida via é muito estreita.


Viii dos problemas espec ficos solu es em curto prazo

VIII – DOS PROBLEMAS ESPECÍFICOS (SOLUÇÕES EM CURTO PRAZO)

a) Pavimentação de Estradas Rurais

b) Recapeamento e duplicação da Av. Jerônimo de Camargo

c) Rotatória da Dona Gertrudes

d) “Mão Única” às Travessas da Av. São Paulo e da Av. Dona Gertrudes

e) Rotatória no cruzamento da Avenida Jerônimo de Camargo com a Rua Vinte e Sete de Junho

f) Construção de rotatória na Av. Copacabana


Relat rio da comiss o tempor ria de assuntos relevantes tr nsito

f) Imagem Ilustrativa da Rotatória Av. Copacabana

A proposta é que seja feita rotatória no terreno sinalizado em vermelho, tendo em vista a grande circulação de veículos no local. Tal medida contribuirá em muito com a fluidez do tráfego na Avenida Copacabana - Jardim Cerejeiras.


Viii dos problemas espec ficos solu es em curto prazo1

VIII – DOS PROBLEMAS ESPECÍFICOS (SOLUÇÕES EM CURTO PRAZO)

g) Estrangulamento da Estrada da Usina - Proposta Viária para a Estrada da Usina/ Av. Jerônimo de Camargo


G proposta vi ria para a estrada da usina av jer nimo de camargo

g) Proposta Viária para a Estrada da Usina/ Av. Jerônimo de Camargo

Conforme demonstrado pelo mapa, a sugestão consiste na pavimentação do trecho em vermelho de forma a conectar a Av. Jerônimo de Camargo à Rua Da. Clara. Propõe-se também a mudança no sentido das vias, tornando “mão única” sentido centro-bairro a continuação da Av. Jerônimo de Camargo (sinalizado pelas setas em laranja) e “mão única” sentido bairro-centro a Estrada da usina a partir do cruzamento desta com a R. Newman. Acredita-se que a adoção de tais medidas contribuirá sobremaneira com a melhor fluidez do tráfego no local.


Viii dos problemas espec ficos solu es em curto prazo2

VIII – DOS PROBLEMAS ESPECÍFICOS (SOLUÇÕES EM CURTO PRAZO)

h) Congestionamento Alameda Lucas Nogueira Garcez - Encaminhamos proposta de mobilidade urbana.

i) Congestionamento nas imediações da FAAT - Proposta para redução do trânsito nas imediações da FAAT (figura a seguir)


Relat rio da comiss o tempor ria de assuntos relevantes tr nsito

i) Proposta para redução do trânsito nas imediações da FAAT

Esta proposta consiste em tornar mão única sentido centro-bairro a Estrada Boa Vista (setas verdes) e mão única sentido bairro-centro a Estrada Pitas (setas laranjas).

No entanto, para possibilitar tal mudança, será necessária desapropriação de área ou declaração de Servidão de trecho para a criação de via de acesso entre as duas Estradas (linha vermelha). Caso seja inviável sob a ótica econômica o acima sugerido, indica-se a pavimentação do trecho em azul com sua consequente ligação à Estrada dos Pitas, de modo a conectar as duas Estradas.


Viii dos problemas espec ficos solu es em curto prazo3

VIII – DOS PROBLEMAS ESPECÍFICOS (SOLUÇÕES EM CURTO PRAZO)

j) Cruzamento da Av. São João com a Av. Jerônimo de Camargo- Criar alternativas para os congestionamentos recorrentes no cruzamento da Av. São João com a Av. Jerônimo de Camargo (ACERVO TÉCNICO STT).

k) Placa de “PARE” nos cruzamentos da Av. Paulista- Sinalização vertical com placa de “PARE” nas ruas que fazem cruzamento com a Av. Paulista.

l) Rodovia Fernão Dias entrada via altura do Bairro Estoril II - Sinalização vertical com placa de “PARE” na entrada da cidade (sentido Bragança Paulista - Atibaia), altura do Bairro Estoril II.


Viii dos problemas espec ficos solu es em curto prazo4

VIII – DOS PROBLEMAS ESPECÍFICOS (SOLUÇÕES EM CURTO PRAZO)

m) Instalação de Semáforo para travessia de pedestres na Adolfo André - averiguar necessidade de semáforo para travessia de pedestres no cruzamento da Rua Adolfo André com a Rua Manuel de Toledo.

n) Alteração de sentido na Rua Leopoldo Soares do Amaral

o) Imediações do novo Shopping– Revisão do Projeto para sejam tomadasmedidas e sejam realizadas as obras necessárias para que o Shopping não gere nenhum tipo de impacto, especialmente, relativo ao trânsito na entrada da cidade.


Ix das sugest es gerais

IX – DAS SUGESTÕES GERAIS

a) Faixas de pedestres – Sugere-se que todas as faixas apresentem recuo de pelo menos 2 (dois) metros (em relação as esquinas) em áreas de cruzamento e esquinas e que seja desenvolvida placa indicativa de faixas de pedestre, algo provavelmente novo no Brasil, mas que é utilizado em países desenvolvidos, como Austrália. (Foto)


Ix das sugest es gerais1

IX – DAS SUGESTÕES GERAIS

b) Imediações Escolares - necessidade de sinalização e faixas de pedestres em diversas escolas no município. Sugerimos ainda que haja restrição de velocidade apenas em horários de entrada e saída de alunos. (Exemplo – foto).


B exemplo zona escolar

B) Exemplo – Zona Escolar

A velocidade de 40km/h é apenas das 8 às 9 e das 14 até às 16h. O resto do tempo a via tem sua velocidade maior.


Ix das sugest es gerais2

IX – DAS SUGESTÕES GERAIS

c) Conselho Municipal de Trânsito – A Comissão indica a criação de “Conselho Municipal de Trânsito”, o qual deverá ser paritário e consultivo, tendo em vista que os munícipes podem contribuir sobremaneira com sugestões e soluções para problemas no trânsito da cidade, além de apontarem com propriedade problemas vividos no cotidiano, como amplamente observado por meio desta Comissão.

d) Plano Diretor de Trânsito – Dentre as indicações mais importantes desta Comissão está a necessidade de elaboração de Plano Diretor de Trânsito e de Plano de Mobilidade Urbana, a fim de que futuramente sejam evitados e minimizados os problemas no trânsito de nossa cidade.


X conclus o

X – CONCLUSÃO

Os problemas relacionados ao trânsito municipal já são considerados graves em nossa cidade.

Necessidade de completo planejamento viário do Município por meio de Plano Diretor de Trânsito a fim de evitar maiores problemas e implementar as soluções necessárias de médio/longo prazo.

Torna-se imprescindível o contato permanente com a população local através de um Conselho Municipal de Trânsito e/ou Reuniões Públicas, uma vez que os munícipes, ao enfrentarem dificuldades no trânsito em seu cotidiano contribuem sobremaneira com sugestões e soluções para os problemas.


  • Login