Inclus o digital atrav s do l dico com jovens egressos da apae
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 15

Inclusão digital através do lúdico com jovens egressos da APAE. PowerPoint PPT Presentation


  • 44 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

Inclusão digital através do lúdico com jovens egressos da APAE. Orientadora: Maria de Fátima Aranha de Queiroz e Melo Bolsista: Isadora Alves Cotrim Estagiários: João Pimentel – Miria Gomes – Rosilaine Xavier – Ana Paula Campos – Arielle Gomes Colaboradora: Yone Andrade.

Download Presentation

Inclusão digital através do lúdico com jovens egressos da APAE.

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


Inclus o digital atrav s do l dico com jovens egressos da apae

Inclusão digital através do lúdico com jovens egressos da APAE.

Orientadora: Maria de Fátima Aranha de Queiroz e Melo

Bolsista: Isadora Alves Cotrim

Estagiários: João Pimentel – Miria Gomes – Rosilaine Xavier – Ana Paula Campos – Arielle Gomes

Colaboradora: Yone Andrade


Inclus o digital atrav s do l dico com jovens egressos da apae

  • O projeto em questão é parte das atividades de pesquisa e extensão realizadas pela Brinquedoteca da UFSJ, ligada ao Laboratório de Pesquisa e Intervenção Psicossocial (LAPIP).

  • Teve início a partir da demanda da APAE de realizar um projeto em consórcio com a universidade que permitisse o contato de seus usuários com outros ambientes e pessoas.


Inclus o digital

Inclusão digital

  • Ato de gerar iguais oportunidades na atual sociedade de informação, tendo em vista que o acesso aos modernos meios de comunicação, em especial a internet, capacita o desenvolvimento de um cidadão com um diferencial na capacidade de aprendizado e na possibilidade de ascender social e financeiramente.

  • (Carvalho, José O)


Defici ncia cognitiva

Deficiência cognitiva

  • Segundo tradução do site WebAIM: Cognitive Disabilities é extremamente amplo, e nem sempre bem definido. Pode-se dizer que uma pessoa com deficiência cognitiva esta sujeita a ter maior dificuldade ao executar um ou mais tipos de tarefas mentais do que a pessoa com capacidade mediana. A maioria das deficiências cognitiva tem como base algum tipo disfunção na biologia ou fisiologia do indivíduo.


Inclus o digital atrav s do l dico com jovens egressos da apae

  • Portanto, o projeto busca promover a inclusão digital de uma parcela de indivíduos que, por apresentarem algum tipo de comprometimento das funções cognitivas, são privados do acesso aos meios de tecnologia, ocasionando menor preparação para conviver e se adaptar aos novos processos sociais.


As oficinas s o embasadas

As oficinas são embasadas:

  • Na exploração de áreas de interesses dos jovens, por meio do uso de recursos lúdicos (como jogos e softwares interativos).

  • Através da conexão das atividades realizadas no computador com experiências práticas.


Objetivos

Objetivos:

  • Promover a busca conjunta na solução de problemas.

  • Incentivar o exercício das habilidades motoras e comunicativas, um maior desenvolvimento da autonomia e das identidades, tanto individual quanto de grupo.


P blico alvo

Público alvo:

  • Consta de seis jovens de 20 a 29 anos, egressos da APAE, que já concluíram o ensino básico e participam atualmente do programa de manutenção acadêmica na instituição.

  • São portadores de diferentes deficiências, indo da paralisia cerebral às características autistas. Portanto, consiste em um grupo heterogêneo, com graus de limitações e motivações consideravelmente diferentes.


Metodologia

Metodologia:

  • Buscou-se mapear os interesses dos jovens a fim de promover uma inclusão digital condizente com a realidade dos mesmos.

  • Necessidade de conectar os trabalhos realizados no computador com a realidade.


Inclus o digital atrav s do l dico com jovens egressos da apae

  • Busca de tarefas no computador passíveis de serem estendidas para a vivência dos jovens e vice-versa.

    Ex: Oficina com as pinturas, ida ao museu, dinâmicas folclóricas, ida à biblioteca.


Impactos observados

Impactos observados:

  • Maior autonomia dos jovens no uso do computador especialmente em relação ao domínio do mouse e do teclado.

  • Uma diversificação dos interesses em comparação ao inicio.

  • Uma crescente motivação pelo computador e pelas oficinas, manifestados através da assiduidade, das demandas e das reclamações quando não é possível realizar o encontro semanal.


Inclus o digital atrav s do l dico com jovens egressos da apae

  • Vale ressaltar que: Pelas características do grupo, o contato com a equipe tem se tornado cada vez mais afetivo, em seu aspecto positivo.


Inclus o digital atrav s do l dico com jovens egressos da apae

  • O projeto condiz com a proposta de inclusão através do lúdico, e é de grande valia para o público alvo, já que tem sido bem aceito e se esforça para atender às demandas e superar os obstáculos encontrados diante das limitações dos jovens com a lida do computador e de seus recursos.


Refer ncias bibliogr ficas

Referências bibliográficas:

  • ALVES, A.G., FISHER, G.S., RAABE, A.L. (2002) Inclusão digital para portadores de necessidades especiais: oficinas lúdicas; Desenvolvido pela Universidade do Vale do Itajaí - UNIVALI. Disponível em: http:// 200.169.53.89/download/CD%20congressos/2002/.../ine013.pdf>

  • AMARAL, M.A., RIBAS, H.A., ROBERTO, R.L., TEIXEIRA, E.C. A inclusão digital de portadores de Síndrome de Down através de jogos educacionais. Disponível em: www.sbc.org.br/index.php?language=1&subject=101

  • APAE Brasil: www.apaebrasil.org.br

  • CABRAL, adilson (2003) Sociedade e tecnologia digital: entre incluir e ser incluída. Disponível em: http://www.comunicacao.pro.br/artcon/includig.htm (acessado 04 de Março de 2010).

  • Deficiência cognitiva, acessibilidade na Web. Disponível em: http://brasilmedia.com/Deficiencia-Cognitiva.html

  • CARVALHO, J.O.F. O papel da interação humano-computador na inclusão digital. TRANSINFORMAÇÃO, V.15, N.3.

  • PAIN, S. ECHEVERRIA, H., Psicopedagogia operativa, tratamento educativo da deficiência mental. Porto Alegre: Artes Médicas,

  • SILVA, A.A. Desenvolvimento de jogos educativos para pessoas com necessidades especiais. Disponível em: http://www.cinted.ufrgs.br/renote/dez2006/artigosrenote/25100.pdf Portal inclusão digital do governo federal: http://www.inclusaodigital.gov.br/noticias

  • SILVEIRA, S. A. (2001) Exclusão digital. São Paulo: Fundação Perseu Abramo.


  • Login