Resultados da avaliação do Primeira Infância Melhor sobre a saúde desenvolvimental na entrada pa...
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 32

Tonantzin Gonçalves, Eric Duku, & Magdalena Janus Santa Maria, 20 de Novembro, 2013 PowerPoint PPT Presentation


  • 79 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

Resultados da avaliação do Primeira Infância Melhor sobre a saúde desenvolvimental na entrada para a escola no Rio Grande do Sul. Tonantzin Gonçalves, Eric Duku, & Magdalena Janus Santa Maria, 20 de Novembro, 2013. Resumo. Histórico O Instrumento de Desenvolvimento da Primeira Infância

Download Presentation

Tonantzin Gonçalves, Eric Duku, & Magdalena Janus Santa Maria, 20 de Novembro, 2013

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


Tonantzin gon alves eric duku magdalena janus santa maria 20 de novembro 2013

Resultados da avaliação do Primeira Infância Melhor sobre a saúde desenvolvimental na entrada para a escola no Rio Grande do Sul

Tonantzin Gonçalves, Eric Duku, & Magdalena Janus

Santa Maria, 20 de Novembro, 2013


Resumo

Resumo

  • Histórico

  • O Instrumento de Desenvolvimento da Primeira Infância

  • Estudo piloto – descrição da amostra & resultados

  • Estudo EDI-PIM - descrição & resultados

  • Conclusões


Hist rico

Histórico


Hist rico1

Histórico

  • Fraser Mustard e Mary Young: Muitos elogios ao PIM

  • Outubro - Novembro de 2008

    • Encontros em São Paulo e Porto Alegre

    • Ideias sobre um estudo científico internacional

  • 2009-2010

    • Tradução e adaptação do EDI

      • Centro de Estudos Luís Guedes do Hospital de Clínicas de Porto Alegre

      • Revisão final: Fundação Maria Cecília Souto Vidigal

    • Plano amostral (Rodrigo Pinto, Harvard University)

    • Envolvimento do Offord Centre for Child Studies (McMaster University)

  • Julho de 2010

    • Acordo e plano de trabalho para 2011


Instrumentos para desenvolvimento da primeira inf ncia the early development instrument edi

Instrumentos para desenvolvimento da primeirainfância The Early development instrument (EDI)


Tonantzin gon alves eric duku magdalena janus santa maria 20 de novembro 2013

EDI

  • Desenvolvido no Canadá entre 1997-2000

  • Para crianças entrando na escola (4 a 7 anos)

  • Completado pelas professoras

  • Mínimo treinamento envolvido

  • Panorama geral sobre o status de saúde desenvolvimental ao entrar na escola

  • Resultados em nível populacional ou de comunidades/grupos: não é um diagnóstico individual

  • Pode ser relacionado com outras fontes de dados, p.ex., saúde, aspectos sociodemográficos e programas


Tonantzin gon alves eric duku magdalena janus santa maria 20 de novembro 2013

EDI

  • Uma medida holística da saúde desenvolvimental das crianças na entrada da escola

  • 5 domínios (áreas-chave do desenvolvimento infantil):

    • Saúde e bem-estar físico

    • Competência Social

    • Maturidade Emocional

    • Linguagem e desenvolvimento cognitivo

    • Habilidades de comunicação e conhecimentos gerais

  • Usado em mais de 20 país pelo mundo


  • Implementa es do edi no mundo

    Implementações do EDI no mundo


    Medidas de resultado do edi

    Medidas de resultado do EDI

    Domínios do EDI recebem escore de 0-10 (com 10 sendo o melhor escore) e resumidos em 4 indicadores:

    • Escores médios para cada um dos 5 domínios, por grupo

    • “Vulnerabilidade” no EDI – sim ou não

    • Vulnerabilidade no domínio: porcentagem de crianças que tiveram resultados abaixo do percentil 10 em cada domínio

    • Vulnerabilidade Global: crianças que são vulneráveis em pelo menos um domínio do EDI


    Estudo piloto edi pim maio junho de 2011

    EstudoPilotoedi/pim(maio – Junho de 2011)


    Comunidade do estudo piloto taquara

    Comunidade do Estudo Piloto: Taquara


    Estudo piloto descri o da amostra e resultados

    Estudo Piloto: Descrição da amostra e resultados

    • Amostra selecionada de Taquara: 76 crianças

      • 39 egressas do PIM no seu primeiro ano na escola

      • 37 não-egressas do PIM ou de educação infantil/creche (Grupo controle)

    • Estudo piloto demonstrou

      • Exequibilidade do estudo

      • Consistência Interna do EDI (itens podem ser utilizados conjuntamente)

      • Confiabilidade teste-reteste (Fidedignidade)

      • Validade (Vulnerabilidade no EDI associada com renda)


    Estudo edi pim julho a setembro de 2011

    eStudoedi/pim(Julho a setembro de 2011)


    Objetivos do estudo

    Objetivos do estudo

    Investigar o impacto do PIM nasaúdedesenvolvimentalaoingressarnaescola (prontidão para a escola)

    • Comparar o desempenho dos gruposPIM e Controlenosdomínios do EDI

    • Identificarpossíveisvariáveiscontextuaisourelacionadas a criançaqueajudem a explicar as diferençasencontradas


    Plano do estudo

    Plano do Estudo

    • Professores treinados pelo GTE e GTM previamente capacitados

    • Seleção da amostra: crianças de 4 a 6 anos no seu 1o ano na escola egressas e não-egressas do PIM

    • Aplicação do EDI (professores) e coleta de informações sociodemográficas das famílias (GTM)


    Comunidades no estudo edi pim

    Comunidades no Estudo EDI-PIM


    Amostra crian as por comunidade n 654

    Amostra: crianças por comunidade (n=654)


    Amostra descri o geral todas as comunidades

    Amostra:Descrição geral (todas as comunidades)

    • Total de crianças = 654

    • Grupo Controle = 231; Grupo PIM = 423

    • Meninos = 328; Meninas = 326

    • Idade média na aplicação = 5.7 anos

    • Renda média mensal per capita das famílias= R$ 226

    • Idade média das mães = 32.2 anos

    • Média de anos de escolaridade das mães= 7.4 anos

    • Número médio de pessoas no domicílio = 4.6

    • Número médio de irmãos vivendo com a criança = 1.4


    Amostra descri o por grupo

    Amostra:Descrição por grupo


    Resultados estudo edi pim

    Resultados estudo edi/pim


    Vulnerabilidade global por g nero e grupo

    Vulnerabilidade Global:por gênero e grupo

    Participação no PIM mostrou reduzir o risco de vulnerabildade entre os meninos.

    Participação no PIM reduziu as diferenças entre meninos e meninas na vulnerabilidade para todos os domínios e no índice global de vulnerabilidade.


    Vulnerabilidade global por anos de estudo da m e e grupo

    Vulnerabilidade Global:por anos de estudo da mãe e grupo

    Clara relação entre educação materna e vulnerabilidade entre crianças egressas do PIM e controles; em ambos os grupos crianças com mães mais escolarizadas eram menos provavelmente vulneráveis


    Vulnerabilidade global por renda familiar per capita r e grupo

    Vulnerabilidade global:por renda familiar per capita(R$) e grupo

    Participação no PIM mostrou reduzir o risco de vulenrabilidade entre as famílias mais pobres


    Vulnerabilidade nos dom nios por dura o de participa o no pim n 423

    Vulnerabilidade nos domínios:por duração de participação no PIM, n=423

    Crianças que participaram por mais tempo do PIM tinham risco mais baixo de serem vulneráveis do que as outras, exceto para o domínio Emocional


    Vulnerabilidade global por dura o de participa o no pim n 423

    Vulnerabilidade Global:por duração de participação no PIM, n=423

    Vulnerabilidade global na amostra: Controles 28.1%; PIM 27%


    Conclus es

    conclusões


    Conclus es1

    Conclusões

    • Resultados reforçam nossa compreensão sobre o impacto do PIM, mas fornecem apenas uma pequena peça do quadro todo

    • Achados também ressaltam a necessidade da avaliação das crianças/famílias ao entrarem no PIM para avaliar seu impacto

    • Estudo sugere que a atuação do PIM precisa focar mais enfaticamente as famílias mais pobres

      • Atuação protetiva do PIM especialmente entre os meninos

    • Fica clara a vantagem de uma exposição mais longa ao PIM para o desenvolvimento cognitivo e da linguagem


    Agradecimentos

    agradecimentos


    Agradecimentos1

    Agradecimentos

    • Professores

    • Crianças

    • Famílias

    • GrupoTécnicoEstadual e GruposTécnicosMunicipais do PIM

    • Equipe do EDI – Offord Centre for Child Studies


    Muito obrigado

    Muito Obrigado!


  • Login