Filogenia humana reconhecendo nos
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 36

FILOGENIA HUMANA RECONHECENDO-NOS PowerPoint PPT Presentation


  • 64 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

FILOGENIA HUMANA RECONHECENDO-NOS. Quem somos nós, os humanos?. Quem nunca se perguntou ... “Quem sou eu?” “De onde vim?” “Qual minha posição na natureza?” * São perguntas que devem ser feitas há uns 5 M.a..

Download Presentation

FILOGENIA HUMANA RECONHECENDO-NOS

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


Filogenia humana reconhecendo nos

FILOGENIA HUMANARECONHECENDO-NOS


Quem somos n s os humanos

Quem somos nós, os humanos?

Quem nunca se perguntou ...

“Quem sou eu?”

“De onde vim?”

“Qual minha posição na natureza?”

* São perguntas que devem ser feitas há uns 5 M.a..

* Em nossa sociedade ocidental predomina a resposta judaica (mesma de cristãos e muçulmanos) proposta no texto bíblico, no Gênesis.


O registro f ssil dos homin deos

O registro fóssil dos hominídeos


Surge o himalaia

Surge o Himalaia


Rift valley o processo geol gico que nos tornou o que somos hoje

Rift valley – O processo geológico que nos tornou o que somos hoje.


O registro f ssil dos homin deos1

O registro fóssil dos hominídeos


Sahelanthropus tchadensis

♦Sahelanthropus tchadensis

  • Alguns pesquisadores dizem ser o crânio de uma fêmea de gorila com traços primitivos.

  • Pode ser a representação de um "elo perdido" que separou a linhagem humana da linhagem dos chimpanzés.

  • Apelidado de Toumai (19 de julho de 2001).

  • Crânio pode ser o mais antigo da linhagem humana (± 8 M. A.).


Orrorin tugenensis

♦ Orrorin tugenensis

Fósseis encontrados no Quênia (6 M. A.).

Evidências anatômicas sugerem bipedalismo.

Úmero direito indica habilidades de escalador, mas não de braquiação.

  • Dentes mostram uma dieta parecida com a dos humanos modernos.

  • Mesmo tamanho que o chimpanzé.


Ardipithecus ramidus

♦Ardipithecus ramidus

Foi desenterrado primeiramente em Aramis (Etiópia) no ano de 1994.

Possuía a capacidade craniana de 410 cm³.

O aspecto de um metatarso encontrado sugere o bipedalismo.

Caninos superiores em forma de diamante são muito mais parecidos aos humanos que os caninos em "v" dos chimpanzés.

  • Provável antepassado do gênero Australopithecus.

  • Possível descendente do Orrorin tugenensis.


Australopithecus anamensis

♦ Australopithecus anamensis

Viveu no leste da África.

Possuía um crânio pequeno porte.

O esmalte de seus dentes assemelha-se aos dos pongídeos atuais.

Os fósseis têm sido datados entre 3,9 e 4,2 M. A..

O fóssil da tíbia indica um peso estimado entre 46 e 55 Kg.


Australopithecus anamensis1

♦ Australopithecus anamensis

  • Seu fóssil apresenta características que corroboram a idéia de que essa espécie deu origem ao bipedalismo.


Australopithecus africanus

♦ Australopithecus africanus

  • Testa distinta e baixa.

  • Face larga.

  • Prognatismo acentuado.

  • Pré-molares bem desenvolvidos, caninos e incisivos grandes.

  • Cerca de 1,50 m e peso entre 25 a 40 Kg.

  • Locomoção bípede e postura ereta.

  • Mãos liberadas para manuseio de utensílios.


Filogenia humana reconhecendo nos

♦ Australopithecus africanus

  • Habitavam ambientes secos.

  • Alimentavam-se de carne e vegetais.

  • Usavam instrumentos feitos de pedra e osso.

  • Desenvolvimento da cooperação, comunicação e inteligência.


Australopithecus robustus

♦ Australopithecus robustus

  • 2 a 3 M. A..

  • Crânio robusto, sem qualquer vestígio de testa.

  • Face larga e maciça.

  • Ossos malares e grandes e projetados pra frente.

  • Nariz chato e pequeno.

  • Maxilar inferior forte.

  • Indivíduos musculosos e robustos.

  • 1,50 m e pesando entre 65 a 75 Kg.


Filogenia humana reconhecendo nos

♦ Australopithecus robustus

  • Apesar do bipedalismo possuíam o andar vagaroso.

  • Viviam à beira de rios e lagos.


Australopithecus boisei

♦ Australopithecus boisei

  • Os fósseis datam de 3 M. A. a 540 mil anos.

  • Essa espécime estabeleceu a presença do gênero Australopithecus no continente africano.


Australopithecus bahrelghazali

♦ Australopithecus bahrelghazali

  • Encontrado em sedimentos que haviam se depositado em uma antiga floresta e não em campos abertos como os demais.

  • Provavelmente trata-se de uma tentativa evolucionária que não deu certo.


Kenyanthropus platyops

♦ Kenyanthropus platyops

  • Pode ser um ancestral que viveu há cerca de 3,2 milhões de anos atrás.

  • Versão distorcida de um Australopithecus afarensis.


Australopithecus afarensis

♦Australopithecus afarensis

  • Até ao presente, foram já encontrados fragmentos desta espécie pertencentes a mais de 300 indivíduos, datados entre 4 e 2,7 M. A..

  • Hominídeo bípede de baixa estatura (1.2 a 1.5 de altura).

  • Mãos e dentes similares aos dos humanos modernos.

  • Foi desenterrado em Laetolil (Tanzânia) em 1975.

  • Fonte evolutiva das estirpes australopitecina e humana.

  • Já possuía um posicionamento perfeitamente bípede.


Australopithecus afarensis1

♦ Australopithecus afarensis

Apesar da postura bípede os indivíduos desta espécie apresentavam braços longos.

A relação do úmero para com o fêmur é virtualmente igual ao de um Chimpanzé (95%).

  • Dimorfismo sexual em termos de tamanho de corpo é bastante pronunciado nesta espécie, com os machos aproximadamente duas vezes maiores que as fêmeas e consideravelmente mais alto.


Alguns homin deos not veis

Alguns hominídeos notáveis

♦ Ardipithecus ramidus

  • Foi desenterrado em Aramis (Etiópia) em 1994.

  • Mais antigo ancestral de nossa linhagem.

    * A 4.4 M.a. deixamos de ser simples macacos.


Australopithecus afarensis2

♦Australopithecus afarensis.

  • Foi desenterrado em Laetolil (Tanzânia) em 1975.

  • Fonte evolutiva das estirpes australopitecina e humana.

    * Já possuía um posicionamento perfeitamente bípede.


Homo habilis

♦ Homo habilis.

  • Descoberto em diversas localidades (Quênia, Etiópia, Tanzânia e África do Sul).

  • Povoaram o planeta de 2,5 M.a. a 1,5 M.a..

    * Deixaram uma cultura material (pebble choppers – Cultura Olduvaniana).


Cultura olduvaniana

♦ Cultura Olduvaniana

  • Primeiro registro de indústria humana que se sabe.

  • Antecedeu a Fase Cultural do Paleolítico.

  • Toscos seixos de pequeno porte.

  • Artefatos usados em atividades diárias comuns.


Homo erectus

♦Homo erectus.

  • Desbravador (Ásia, Europa e África).

  • Viveu de 1,8 M.a. a 250 mil anos.

  • Foi o primeiro a correr, caçar, produzir fogo e cozinhar alimentos.

    * Cultura Acheulense.


Inova es tecnol gicas

♦ Inovações tecnológicas

  • Datados de 1,2 M. A. a 200 mil anos.

  • Diferentes formas de acabamento.

  • Muito eficientes.

  • Canivete suíço do Paleolítico Inferior.

  • Combinação ótima entre peso e bordas afiadas.


Homo neanderthalensis

♦ Homo neanderthalensis.

  • Habitou o planeta de 150 mil anos a 30 mil anos.

  • Adaptou-se à vida em regiões frias submetidas a temperaturas glaciais.

  • Alcançaram notáveis avanços culturais (Cultura Musteriense).

    * Intrincados processos religiosos (sepultamento dos mortos).


Homo sapiens

♦ Homo sapiens.

  • Teoria da Eva Negra.

  • Começamos a habitar o planeta a cerca de 130 mil anos.

  • Abandono da vida nômade e adoção de sedentarismo.

    * Considerável desenvolvimento encefálico.


Evolu o anat mica

Evolução anatômica


Rotas migrat rias

♦ Rotas migratórias


Agress o sexo e natureza humana

Agressão, sexo e natureza humana


E quanto ao futuro

E quanto ao futuro?


  • Login