Hist ria do pensamento econ mico
Download
1 / 20

Hist ria do Pensamento Econ mico - PowerPoint PPT Presentation


  • 163 Views
  • Updated On :

História do Pensamento Económico. ISEG-UTL 2007-2008. Bibliografia Backhouse, The Penguin History of Economics Ekelund e Hebert, A History of Economic Theory and Method. Bibliografia temática Freeman e Louçã, As Time Goes By FL, Tthe Years of High Econometrics. Bibliografia adicional.

Related searches for Hist ria do Pensamento Econ mico

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'Hist ria do Pensamento Econ mico' - tyrell


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

Slide2 l.jpg
BibliografiaBackhouse, The Penguin History of EconomicsEkelund e Hebert, A History of Economic Theory and Method


Bibliografia tem tica freeman e lou as time goes by fl tthe years of high econometrics l.jpg
Bibliografia temáticaFreeman e Louçã, As Time Goes ByFL, Tthe Years of High Econometrics


Bibliografia adicional l.jpg
Bibliografia adicional

http://netec.mcc.ac.uk/JokEc.html


Temas do curso l.jpg
Temas do curso

  • Fronteiras da economia

  • Mercantilismo e fisiocracia

  • Adam Smith

  • A economia clássica

  • A revolução neo-clássica e o marginalismo

  • Keynes e a síntese depois de Keynes

  • Teorias económicas na segunda metade do século XX


Uma aposta arriscada l.jpg
Uma aposta arriscada

  • 1068 ~52!

    Número de possibilidades de produção

  • Mas 109, sinapses, ou 1017, idade do universo em segundos

  • E ainda 10120, jogadas de xadrez


Fronteiras da economia e 2 mercantilistas e fisiocratas l.jpg
Fronteiras da economiae 2. Mercantilistas e fisiocratas

  • Métodos

    • Newton

    • Hume

    • Descartes

    • Polémicas posteriores: Popper e Kuhn

  • Os primeiros economistas

    • Mercantilistas e fisiocratas

    • O fluxo circular


Isaac newton 1643 1727 hypotheses non fingo l.jpg
Isaac Newton (1643-1727)Hypotheses non fingo


Newton l.jpg
Newton

As in mathematics, so in natural philosophy, the investigation of difficult things by the method of analysis ought ever to precede the method of composition. This analysis consists in making experiments and observations, and in drawing general conclusiuons from them by induction, and admitting of no objections against the conclusions but such as are taken from experiment, or other certain truths. For hypotheses are not to be regarded in experimental philosophy.

Optiks, 1704


Ren e descartes 1596 1650 e david hume 1711 1776 l.jpg
Renée Descartes (1596-1650) e David Hume (1711-1776)


David hume l.jpg
David Hume

Ousarei afirmar, como uma proposição geral que não admite excepção, que o conhecimento desta relação não se obtém, em nenhum caso, por raciocínios a priori, mas que nasce inteiramente da experiência, quando descobrimos que os objectos particulares estão em conjugação constante uns com os outros.

1758


David hume12 l.jpg
David Hume

Quando vamos a uma livraria, perguntemos: [este livro] contém raciocínios abstractos sobre quantidades e números? Não. Contém algum raciocínio experimental sobre matéria de facto? Não. Deitemo-lo ao fogo porque não contém mais do que sofismas e ilusão.

1748



Karl popper 1902 1994 l.jpg
Karl Popper (1902-1994)

  • Refutacionismo

  • Neyman-Pearson é um exemplo de refutacionismo?

  • 3 críticas:

    • Exclusão de ciências

    • Inconclusividade

    • Exclusão de proposições universais existenciais

      Exemplo: “existem abomináveis homens das neves”



O fluxo circular fran ois quesnay l.jpg
O fluxo circular (François Quesnay)

1000

proprietários agrícolas

mercadores

2000

1000

1000

2000

classe produtiva

2000



A economia cl ssica a lei de say l.jpg
A economia clássicaA Lei de Say

Preço

oferta

procura

procura

oferta

Quantidade



Oferta e procura l.jpg
Oferta e procura

preço

oferta

procura

quantidade


ad