Div rcio e novo casamento
Download
1 / 28

DIVÓRCIO E NOVO CASAMENTO - PowerPoint PPT Presentation


  • 96 Views
  • Uploaded on

DIVÓRCIO E NOVO CASAMENTO. COMPANHEIRISMO: o foco principal do casamento é impedir ou eliminar a solidão. "E disse o Senhor Deus: Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma companheira idônea..." - Gn 2:18.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about ' DIVÓRCIO E NOVO CASAMENTO' - tovah


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

Companheirismo o foco principal do casamento impedir ou eliminar a solid o
COMPANHEIRISMO:o foco principal do casamento é impedir ou eliminar a solidão


E disse o senhor deus n o bom que o homem esteja s far lhe ei uma companheira id nea gn 2 18
"E disse o Senhor Deus: Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma companheira idônea..." - Gn 2:18


"...Porque o Senhor foi testemunha entre ti e a mulher da tua mocidade, com a qual tu foste desleal, sendo ela a tua companheira, e a mulher da tua aliança." - Ml 2:14.


Para que haja companheirismo depender do sacrif cio do homem
PARA QUE HAJA tua mocidade, com a qual tu foste desleal, sendo ela a tua companheira, e a mulher da tua aliança." - Ml 2:14. COMPANHEIRISMO: DEPENDERÁ DO SACRIFÍCIO DO HOMEM...


Portanto tua mocidade, com a qual tu foste desleal, sendo ela a tua companheira, e a mulher da tua aliança." - Ml 2:14. deixará o homem o seu pai e a sua mãe, e apegar-se-á (kollaw) à sua mulher e serão ambos uma carne. Gn 2:24


QUANDO O HOMEM DEIXA PAI E MÃE E PRIORIZA SUA ESPOSA, O RESULTADO É UNIDADE E COMPANHEIRISMO; A MAIOR PROVA DE AMOR DE UM HOMEM É ELE KOLLAW À SUA ESPOSA


Div rcio k ritut em hebraico apostasion ou chorizw em grego
DIVÓRCIO: RESULTADO É UNIDADE E COMPANHEIRISMO; A MAIOR PROVA DE AMOR DE UM HOMEM É ELE k’ritut em hebraico; apostasion ou chorizw em grego


“... Eu detesto o divórcio, diz o Senhor Deus de Israel RESULTADO É UNIDADE E COMPANHEIRISMO; A MAIOR PROVA DE AMOR DE UM HOMEM É ELE ...” - Ml 2:16: o plano original de Deus é que o casamento seja um compromisso para toda a vida.


No entanto, abandono RESULTADO É UNIDADE E COMPANHEIRISMO; A MAIOR PROVA DE AMOR DE UM HOMEM É ELE , adultério (nahaphoumoichao) ou a fornicação (zanhahouporneia) podem desfazer tal compromisso.


Existe uma pol mica muito grande sobre tal assunto at hoje existem duas posturas extremistas
EXISTE UMA POLÊMICA MUITO GRANDE SOBRE TAL ASSUNTO; ATÉ HOJE EXISTEM DUAS POSTURAS EXTREMISTAS:


1. HOJE EXISTEM DUAS POSTURAS EXTREMISTAS:INDISSOLUBILIDADE MATRIMONIAL: Ainda que seu cônjuge adultere e não se arrependa, ou queira se separar de você por qualquer motivo ou te abandona, não podemos jamais nos separar ou divorciar; se nos separarmos, nunca mais poderemos casar novamente. Ml 2:16; Mt 19:6; Rm 7:1-3.


2. HOJE EXISTEM DUAS POSTURAS EXTREMISTAS:MATRIMÔNIO EDONISTA: Se não gostarmos mais do cônjuge, nos divorciamos e procuramos outro. Divórcio por “qualquer motivo” foi apregoado enfaticamente pelo teólogo judeuHillel.“ETERNO ENQUANTO DURE”...


O DIVÓRCIO FOI REGULAMENTADO POR JESUS E NÃO POR MOISÉS (Dt 6:1,2; I Co 10:1-4), DEVIDO A DUREZA DO CORAÇÃO HUMANO E PARA PROTEÇÃO DE DIREITOS DA PARTE FRÁGIL (MULHERES):


Dt 24:1 - “Quando (Dt 6:1,2; I Co 10:1-4), DEVIDO A DUREZA DO CORAÇÃO HUMANO E PARA PROTEÇÃO DE DIREITOS DA PARTE FRÁGIL (MULHERES):um homem tomar uma mulher e se casar com ela, então será que, se não achar graça em seus olhos, por nela encontrar coisa indecente (erwath dabar), far-lhe-á uma carta de repúdio, e lha dará na sua mão, e a despedirá (garash- expulsar, pôr fora) da sua casa...”


erwath dabar (Dt 6:1,2; I Co 10:1-4), DEVIDO A DUREZA DO CORAÇÃO HUMANO E PARA PROTEÇÃO DE DIREITOS DA PARTE FRÁGIL (MULHERES):- o termo indecente não poderia ser adultério ou fornicação, pois em vez do divórcio, a mulher deveria ser apedrejada; o que caracterizava indecência, naquela época, seria andar com cabelo solto, circular na rua com frequência, conversar com outros homens com demasiada familiaridade, maltratar os pais do marido, gritar com o marido, causar constrangimento ao marido por expor suas fraquezas ou ser faladeira, fofoqueira e caloteira...


3 passos 1 redigir uma carta 2 entregar em m os 3 expulsar de casa
3 PASSOS: (Dt 6:1,2; I Co 10:1-4), DEVIDO A DUREZA DO CORAÇÃO HUMANO E PARA PROTEÇÃO DE DIREITOS DA PARTE FRÁGIL (MULHERES):1. REDIGIR UMA CARTA2. ENTREGAR EM MÃOS3. EXPULSAR DE CASA


* (Dt 6:1,2; I Co 10:1-4), DEVIDO A DUREZA DO CORAÇÃO HUMANO E PARA PROTEÇÃO DE DIREITOS DA PARTE FRÁGIL (MULHERES):É MUITA CRUELDADE; O MARIDO TINHA QUE PENSAR MUITO BEM NO MOTIVO DO DIVÓRCIO E ESTAR CIENTE DE QUE SE AQUELA MULHER SE CASASSE, JAMAIS PODERIA SER RECUPERADA, MESMO QUE O MARIDO SE ARREPENDESSE...


DEUS PARECE QUERER NOS CONSTRANGER: QUANDO ALGUÉM PECASSE TINHA QUE ARRASTAR O ANIMAL PARA SER PERDOADO; QUE VEXAME!


S havia dois tipos de situa es onde o div rcio era proibido 1 dt 22 13 21 2 dt 22 28 30
SÓ HAVIA DOIS TIPOS DE SITUAÇÕES ONDE O DIVÓRCIO ERA TINHA QUE ARRASTAR O ANIMAL PARA SER PERDOADO; QUE VEXAME!PROIBIDO:1. Dt 22:13-212. Dt 22:28-30


DIVÓRCIOS BÍBLICOS: TINHA QUE ARRASTAR O ANIMAL PARA SER PERDOADO; QUE VEXAME!1. DEUS X ISRAEL: Jr 3:82. MISTURA: Ed 10:10,113. PORNEIA: Mt 5:32; 19:94. ABANDONO: I Co 7:15


*AO CRENTE NÃO É PERMITIDO DIVÓRCIO, A NÃO SER QUE HAJA PORNEIA; SE DIVORCIAR POR OUTROS MOTIVOS, NÃO DEVE CASAR: I Co10:10


O termo hebraico PORNEIA; SE DIVORCIAR POR OUTROS MOTIVOS, NÃO DEVE CASAR: zanhah, traduzido para o grego porneiaé uma palavra que pode significar qualquer forma de imoralidade sexual (incesto: I Co 5:1; homossexualismo:Jd 7; adultério: Jr 3:1, 2, 6-8); se aplica a noivos e casados e não só a noivos como alguns exegetas ensinam (Dt 22:13-30)


* E SE UM CRENTE QUISER SE DIVORCIAR DE OUTRO CRENTE POR QUALQUER MOTIVO QUE NÃO SEJA PORNEIA? *DEVE PROCURAR OS TRIBUNAIS?*DEVE CONSTITUIR ADVOGADO?*QUAL O PAPEL DA IGREJA?*COMO LIDAR COM ISSO?


1. O CRENTE NÃO DEVE RECORRER A TRIBUNAL HUMANO PARA RESOLVER SUAS QUESTÕES: I Co 6:1-82. JESUS NOS ENSINOU COMO RESOLVER PROBLEMAS ENTRE NÓS: Mt 5:23; 18:15-20


Jesus orientou que se o "crente" não reconsiderar sua postura obstinada e quiser se separar, contrariando o mandamento de Deus e as advertências das autoridades eclesiásticas, deverá ser considerado "incrédulo"e excomungado da Igreja!


O crente abandonado desta forma, depois de todas as tentativas para se reconciliar, incorreria na situação de I Co 7:15 - ESTÁ LIVRE PARA SE CASAR NOVAMENTE, CONTANTO QUE SEJA ALGUÉM CRENTE!


NOSSO PAPEL, COMO tentativas para se reconciliar, incorreria na situação de PASTORES, É DE PACIFICADORES, RECONCILIADORES E RESTAURADORES. TEMOS O MINISTÉRIO DA RECONCILIAÇÃO E DA PAZ, PORÉM TEMOS AUTORIDADE DE LIGAR E DESLIGAR!


ad