Os desafios da evolu o para a pr tica educativa
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 27

Os desafios da evolução para a prática educativa PowerPoint PPT Presentation


  • 55 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

Os desafios da evolução para a prática educativa. Rodrigo Lemes Martins - FAESA. Resistência dos professores ao tema Espaço dedicado ao tema Tratamento do assunto pelos veículos de comunicação Dificuldade de entendimento de conceitos Conceitos abstratos. Ernst Mayr (1994 – 2005).

Download Presentation

Os desafios da evolução para a prática educativa

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


Os desafios da evolu o para a pr tica educativa

Os desafiosdaevoluçãopara a práticaeducativa

Rodrigo Lemes Martins - FAESA


Os desafios da evolu o para a pr tica educativa

  • Resistência dos professores ao tema

  • Espaço dedicado ao tema

  • Tratamento do assunto pelos veículos de comunicação

  • Dificuldade de entendimento de conceitos

  • Conceitos abstratos


Os desafios da evolu o para a pr tica educativa

Ernst Mayr (1994 – 2005)


Biologia em 40 anos ernst mayr

BIOLOGIA EM 40 ANOS – Ernst Mayr

  • 1828 - Karl Ernst von Baer organizou a embriologia

  • 1830 - Theodor Schwann e Matthias Jakob Schleiden, mostraram que animais e plantas são compostos dos mesmos elementos, as células

  • Claude Bernard, Johannes Peter Müller e outros desenvolveram o campo da fisiologia

  • 1856 - Charles Darwin e Alfred Russel Wallace e a biologia evolutiva - biopopulação

  • 1865-66 – desenvolvimento da genética.


Os desafios da evolu o para a pr tica educativa

Platão


Os desafios da evolu o para a pr tica educativa

  • A) Fixismo

    - o número de espécies é constante

    - espécies foram criadas por Deus

    - gradação de formas não vivas para formas vivas espirituais

    - escala do inferior (sem ordem) ao superior (ordenado)

    - ordem e superioridade colocaram o homem em destaque

    - organização permanente e imutável

    - posição de acordo com o plano Divino

  • Idéias fixistas – posições e superioridade são decisões divinas, mantêm o “status quo”.

  •  Maupertuis, Diderot e Goethe ( final do século XVIII)

    -Novas formas de vida poderiam se originar por geração espontânea a partir da matéria inanimada ou pelo desdobramento das potencialidades das espécies existentes - modificação de essências latentes.


Os desafios da evolu o para a pr tica educativa

Galileu Galilei


Os desafios da evolu o para a pr tica educativa

Condenado em 1611, absolvido em 1999

Foi obrigado a assinar um decreto pelo “Tribunal da Inquisição”, declarando que o sistema heliocêntrico era “apenas uma hipótese”


Os desafios da evolu o para a pr tica educativa

  • Galileu escreveu a um discípulo: “As Escrituras são infalíveis, mas seus intérpretes e comentaristas cometem muitas falhas. E uma delas, muito grave e bastante freqüente, é que eles sempre se atêm a uma interpretação ao pé da letra do texto.”

  • Galileu foi mais além. Afirmou que dois livros — a Bíblia e o livro da natureza — foram escritos pelo mesmo Autor e que portanto não podiam se contradizer.

  • Acrescentou, porém, que não se poderia dizer “com certeza que todos os intérpretes falem sob inspiração divina”.


Os desafios da evolu o para a pr tica educativa

Lamarck - 1 de agosto de 1744, Paris a 28 de dezembro de 1829


Os desafios da evolu o para a pr tica educativa

Charles Darwin


Os desafios da evolu o para a pr tica educativa

Carolus Linnaeus – 23 de maio de 1707, Uppsala a 10 de janeiro de 1778


Os desafios da evolu o para a pr tica educativa

Adam Smith - 5 de junho de 1723, Edimburgo a 17 de Julho de 1790


Os desafios da evolu o para a pr tica educativa

  • Lamarckismo - Jean Baptiste de Lamarck (1744 –1829)

    Philosophie Zoologique (1809)

    - formas de vida inferiores surgem continuamente por geração espontânea

    - formas geradas progridem inevitavelmente em direção a maior complexidade e perfeição – “Poderes conferidos pelo supremo autor de todas as coisas.”

    - o caminho particular da progressão é guiado pelo ambiente

    - “ambiente em mudança altera as necessidades do organismo, ao que o organismo responde mudando seu comportamento e, conseqüentemente, usando alguns órgãos mais que outros.”

    - uso e desuso alteram a morfologia, que é transmitida para gerações subseqüentes


Os desafios da evolu o para a pr tica educativa

Thomas Malthus – Essay on the principle of population - 14 de Fevereiro de 1766, Bath a 23 de Dezembro de 1834


Os desafios da evolu o para a pr tica educativa

Charles Lyell – Principles of Geology - 14 de Novembro, 1797 a 22 de Fevereiro, 1875


Os desafios da evolu o para a pr tica educativa

Charles Robert Darwin

12 de fevereiro de 1809, Shrewsburry a 19 de abril de 1882


Os desafios da evolu o para a pr tica educativa

Alfred Russel Wallace - 8 de janeiro de 1823, Usk a 7 de novembro de 1913


Os desafios da evolu o para a pr tica educativa

Dez. 1831 – Out. 1836


Os desafios da evolu o para a pr tica educativa

1859


Os desafios da evolu o para a pr tica educativa

Cinco teorias pontuadas por Darwin:

1 - Evolução propriamente dita

1) Base para todas as teorias subseqüentes

que explicam o processo

2) Bem aceita na época - Charles Lyell

2 - Descendência comum (ramificação)

1) Novidade contrária a Lamarck

– contra geração espontânea e descendência linear

– a favor de aumentoda complexidade das

espécies com eventuais divisões

2) Bem aceita

Explicava a organização de Lineu

Explicava os arquétipos de Richard Owen

Nova linha de pesquisa de estudo da descendência

Origem única da vida


Os desafios da evolu o para a pr tica educativa

3 - Gradualismo

1) adotou o Gradualismo sem reservas (contra os paleontólogos) para se livrar do espectro do criacionismo

4 - Multiplicação das espécies

1) variação geográfica gera especialização e especiação

confusão recente sobre provas da especiação alopátrica e simpátrica (isolamento – preferência de nicho e de parceiro)

5 – Seleção Natural

1) Pouco aceita na época

2) Melhoria difusa é mais aceita atualmente

provas de adaptação especialização etc.

Principais Falhas:

Não explica a origem das variações

Define competição como único fator que gerava pressão enfatizando esse como a principal força de seleção.


Os desafios da evolu o para a pr tica educativa

  • Biologia

    • A biologia tem exatamente as mesmas bases das ciências físicas, compostas de leis naturais. Nível de complexidade torna o fator acaso muito presente.

    • Em biologia não há leis naturais que correspondam às das ciências físicas. Em biologia, as teorias não se baseiam em leis, mas em conceitos, como o de seleção natural e competição.

    • Narrativas históricas


Os desafios da evolu o para a pr tica educativa

Conceito de biopopulação

Conhecimento teórico (evolução)

explicativa para a biodiversidade

fisiologia

anatomia

explicativa para o comportamento


Os desafios da evolu o para a pr tica educativa

“Nada em biologia faz sentido se não for à luz da evolução” (T. Dobhzansky)


Os desafios da evolu o para a pr tica educativa

mas da árvore do conhecimento do bem e do mal não comerás; o dia que dela comeres, certamente morrerás. (Gênesis 2’ 17”)


  • Login