“Situação Atual e Tendências de Custos dos Fertilizantes no Agronegócio”
Download
1 / 35

“Situação Atual e Tendências de Custos dos Fertilizantes no Agronegócio” Fórum de Debates - PowerPoint PPT Presentation


  • 108 Views
  • Uploaded on

“Situação Atual e Tendências de Custos dos Fertilizantes no Agronegócio” Fórum de Debates Impactos da Crise Financeira Mundial no Agronegócio Capixaba Vitória, 13 de julho de 2009. Agenda:. Fertilizantes e Mercado Segmentação Preços Internacionais e Dependência Os Problemas Estruturais

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about ' “Situação Atual e Tendências de Custos dos Fertilizantes no Agronegócio” Fórum de Debates' - theodore-weeks


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

“Situação Atual e Tendências de Custos dos Fertilizantes no Agronegócio”

Fórum de Debates

Impactos da Crise Financeira Mundial no Agronegócio Capixaba

Vitória, 13 de julho de 2009


Agenda: Fertilizantes no Agronegócio”

  • Fertilizantes e Mercado

  • Segmentação

  • Preços Internacionais e Dependência

  • Os Problemas Estruturais

  • Situação Atual e Tendência


Consumo de Fertilizantes – 2008

(e) 2009

Total Consumo: 165,496 millhões ton. NPK

4° Mercado Mundial

3° Importador Mundial

Fonte: IFA maio/2009; (e) estimativa


EVOLUÇÃO DO CONSUMO DE FERTILIZANTES

Milhões toneladas

1990 1995 2000 2006 2006 x 1990

Taxa Anual Var. Total A V.

China 27,1 33,5 34,4 47,7 4% 76% 30,3%

India 12,5 13,9 16,7 20,1 3% 61% 12,7%

EUA 18,4 20,1 18,7 19,5 0% 6% 12,4%

Brasil 3,2 4,3 6,6 8,9 7% 178% 5,7%

Paquistão 1,8 2,2 3 3,9 5% 117% 2,5%

França 5,7 4,9 4,1 3,7 -3% -35% 2,4%

Mundo 137,4 129,4 136,7 157,3 1% 14% 66%

Fonte: IFA, ANDA


Produto

Insumo

Complementar

De Compra Comparada

Sazonal

Mercado

Livre e Competitivo

Globalizado

De Risco

Sem Salto Tecnológico


Participação das Culturas no Consumo de Fertilizantes - Brasil 2008

Fonte: ANDA 2008


Participação dos Nutrientes no Consumo de Fertilizantes

(em % - 2008)

Fonte: IFA novembro/2008


Matérias-Primas Básicas

Produtos Intermediários

Misturadores

N

P

K

  • Amônia Anidra

  • Petrobrás

  • Fosfertil

  • Sulfato de Amônia

  • Nitrato de Amônio

  • Uréia

  • Brasken

  • Proquigel

Nacional 25%

Importado 75%

  • DAP/MAP

  • Superfosfato Triplo

  • Superfosfato Simples

  • Termofosfato

  • Fosfatos Naturais

  • Cibrafértil

  • Fospar

  • Heringer

  • Mosaic

  • Yara

Nacional 52%

Importado 48%

  • Rocha Fosfática

  • Ácido Fosfórico

  • Ácido Sulfúrico

  • Fosfertil

  • Copebras

  • Bunge

  • Galvani

  • Profertil/Roullier

Nacional 8%

Importado 92%

  • Cloreto de Potássio

  • Vale

Cloreto de Potássio

8

+ 7

122

% Calculados de Janeiro a Outubro/2008


Baixos Estoques Mundiais deGrãos

  • Aumento da Demanda Mundial porProdutos Agrícolas:

  • Alimentos: vegetal e animal

  • Energia: etanol do milho / da

  • cana-de-açúcar

+

Pressão junto aos preços dos

Produtos Agrícolas

Pressão junto a demanda de

Fertilizantes


Estoque e Consumo de Grãos

Source: FAO and USDA


Consumo Brasileiro

(2008 – toneladas de nutrientes)

2,342

Milhões

t de N

3,096

Milhões

t de P2O5

3,681

Milhões

t de K2O

Nota: “Produção de Fósforo” inclui produção com matérias primas internacionais.

Fonte: ANDA e SIACESP


Principais origens das importações brasileiras Nitrogênio

42,4%

14%

9%

3,3%

3,3%

3,5%

24,5% - Outros

Fonte: ANDA / IFA


Principais origens das importações brasileiras Fósforo

20%

8%

8%

9%

19%

14%

22% - Outros

Fonte: ANDA/IFA


Principais origens das importações brasileiras Potássio

18%

16%

32%

19%

12%

3% - Outros

Fonte: ANDA/IFA


  • Tributário

  • Logístico

  • Crédito


No Mundo “Questão de Segurança Nacional”

  • Subsídios diretos e indiretos ao insumo fertilizante:

    - pago as indústrias ( custo e preço)

    - isenções de taxas e tarifas

    - preços preferenciais em energia/gás

    - subsídios e preferência nos transportes

  • 10 de 25 países - Maiores destaques:

    - Índia - 133% para Uréia e 152% para MOP

    - Iran e Indonésia – 80% a 84%

    - China e Bangladesh – 15% a 30%


No Brasil “Falta de Isonomia Tributária”

  • Brasil - Impostos e taxas :

    - ICMS interestadual (de 4,9% a 8,4%)

    - Alíquota de importação – TEC (de 4% a 10%) temporariamente suspensa –

    revisão semestral

    - AFRMM (25% dos valores de fretes marítimos)


DENTRO DA PORTEIRA


DA PORTEIRA PRA FORA


DA PORTEIRA PRA FORA

Acesso ao Porto de Santos


  • Logístico: Escoamento da Produção

Dinamarca

90

80

França

Bélgica

Países de Áreas Continentais

70

Brasil

60

Hungria

Alemanha

50

Rodoviário

40

USA

Canadá

%

30

20

10

China

Rússia

0

10

20

30

40

50

60

70

%

Ferroviário

A área do círculo representa o uso modal do aquaviário


1997/2005 Fertilizantes no Agronegócio”

Capacidade estática dos armazéns

18,8%

Produção de Grãos

46,2%

  • Logístico: Capacidade de Armazenagem

130

120

110

Milhões de Toneladas

100

90

80

70

1997

1998

1999

2000

2001

2002

2003

2004

2005

Capacidade estática de Armazéns Cadastrados

Produção de Grãos

Fonte: CONAB


  • Sistema de crédito oficial defasado e insuficiente

  • Ausência de seguro agrícola/climático e/ou de fundo “catástrofe”

  • Débitos acumulados do agronegócio brasileiro:

    R$ 131 bilhões de diferentes programas de crédito:

    bancos + tradings + fornecedores de insumos

  • Problemas de imagem das constantes renegociações


RELAÇÃO DE TROCAS: CAFÉ (60 Kg) POR TON. ADUBO

FONTE:ANDA


CAFÉ

FONTE:ANDA : (1) 20-05-20 (50%) e 25-00-25 (50%)


ENTREGAS AO CONSUMIDOR FINAL

1000 T PRODUTOS


Entregas ao Consumidor Final por Estados Janeiro – Maio (1000 ton)


Entregas ao Consumidor Final - Brasil

Janeiro – Maio (1000 ton)


Produção Nacional - Brasil


Produção Nacional - Brasil Janeiro – Maio (1000 ton)


Importações de Fertilizantes de Fertilizantes Intermediários - Brasil


Importações de Fertilizantes Intermediários - Brasil

Janeiro – Maio (1000 TON)


Curto Prazo

Figure 20: Anticipated Variation of Regional

Fertilizer Demand in 2008/09 and 2009/10 (Mt)


Médio Prazo

Figure 21: Project Medium-Term Evolution

Of Regional Fertilizer Demand (Mt)

Tabela 22: Global Fertilizer Consumption

Forecasts to 2013/14 (Mt nutrients)

Details in Annex 2


Obrigado! Fertilizantes no Agronegócio”

www.anda.org.br


ad