Contribuição para linhas de trabalho no âmbito do
Download
1 / 9

Quadro de Referência Estratégico Nacional 2007-2013 - PowerPoint PPT Presentation


  • 66 Views
  • Uploaded on

Contribuição para linhas de trabalho no âmbito do. Quadro de Referência Estratégico Nacional 2007-2013. CERNAS - Ambiente. Escola Superior Agrária de Coimbra DCEA-SMTH. Daniela Santos. ENQUADRAMENTO. Formação: Engenheira Agrónoma – Rega e Drenagem.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about ' Quadro de Referência Estratégico Nacional 2007-2013' - tarak


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

Contribuição para linhas de trabalho no âmbito do

Quadro de Referência Estratégico Nacional 2007-2013

CERNAS - Ambiente

Escola Superior Agrária de Coimbra DCEA-SMTH

Daniela Santos


ENQUADRAMENTO

Formação: Engenheira Agrónoma – Rega e Drenagem

Especialização: Transferências hídricas e movimento de

solutos em parcelas agrícolas

Modelos de simulação à escala da parcela

(Opus, RZWQM, SWATRE)

Acções a desenvolver: enquadradas na Prioridade Estra-tégica do QREN 2007-2013 “Qualificação do território e das cidades” – prevenir os riscos naturais e assegurar ganhos ambientais

Áreas de intervenção: Zonas Vulneráveis e Perímetros de Rega


ZV de Aveiro

Baixo Vouga Lagunar

Região Centro

Baixo Mondego

Vale do Lis

Características comuns que conduzem à contaminação dos aquíferos por nitratos

  • vales de concentração de escoamentos

  • lençóis freáticos elevados

  • deficiente ou inexistente rede de drenagem

  • boas características para a rápida mineralização do azoto na Primavera/Verão

  • elevado nível de inputs agrícolas

  • aproveitamento da M.O. proveniente da produção animal


Definição dos níveis, períodos e modo de utilização dos factores de produção que constituam fontes de degradação dos lençóis freáticos

Zonas Vulneráveis

Garantir os rendimentos do agricultor

Preservar os recursos hídricos

O agricultor é obrigado a seguir um Código de Boas Práticas Agrícolas (CBPA)

É necessário ajustar os CBPA às realidades locais


A caracterização de cada região envolve informação sobre

  • comportamento hidrodinâmico e químico do solo

  • caracterização meteorológica

  • sistemas de produção agrícola representativos

Calibração/validação de modelos de simulação

Ferramentas utilizadas na elaboração de cenários que combinem diferentes utilizações dos factores de produção

Prevêem as consequências ao nível da lixiviação para os lençóis freáticos e da produção agrícola


Baixo Vouga Lagunar sobree Vale do Lis

Constrangimentos à produção agrícola provocados por deficiente drenagem superficial e sub-superficial, elevada concentração de sais no solo por intrusão salina

Baixo Mondego e Vale do Lis

Perímetros de Rega com deficiências nas infra-estruturas, desajustamento/desconhecimento das correctas práticas de rega a adoptar conforme as condições da parcela (culturas instaladas, manchas de solos, equipamento de rega, armação do terreno, etc...)


Deficiente gestão da água na parcela sobre

  • Reduzida eficiência de utilização da água e nutrientes

    pela cultura

  • Aumento do potencial para a contaminação de aquíferos

  • Perdas de água elevadas por infiltração/escorrimento

É urgente criar uma cultura de respeito pela água e de responsabilização pelo mau uso da mesma


O QUE PODERÁ SER FEITO? sobre

  • Identificar as dificuldades dos agricultores inseridos nas

    ZV para cumprirem com o CBPA

  • Reunir a informação existente, proveniente de vários

    projectos PRODEP, PAMAF e AGRO na região

  • Complementar a informação para proceder à calibração e

    validação de modelos que se demonstraram robustos ao

    serem aplicados a parcelas agrícolas com lençóis freáti-

    cos superficiais

  • Definir práticas correctas de gestão e utilização dos

    factores de produção em causa, de modo a garantir uma

    agricultura sustentável na região

  • Difundir a informação através da formação de técnicos

    que terão o papel de transmitir e acompanhar o agricul-

    tor na aplicação das respectivas medidas a adoptar.


COM QUEM FAZER ? sobre

Associações e Cooperativas locais de agricultores

Direcção Regional de Agricultura e Pescas do Centro

Universidades de Aveiro e de Coimbra

USDA-ARS Colorado (modelo Opus)

USDA-GPSR Colorado (modelo RZWQM)

Agricultural University, Wageningen (modelo SWATRE)


ad