Implanta o do p h s no hospital universit rio onofre lopes
Download
1 / 37

IMPLANTAÇÃO DO P.H.S. NO HOSPITAL UNIVERSITÁRIO ONOFRE LOPES - PowerPoint PPT Presentation


  • 53 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

IMPLANTAÇÃO DO P.H.S. NO HOSPITAL UNIVERSITÁRIO ONOFRE LOPES. 4° ENCONTRO GRSH 27 A 30 ABRIL 2004 SÃO PAULO. HUOL HOSPITAL SENTINELA. Mabel Mendes Cavalcanti Natal, 2004. HISTÓRICO. 1909 – 18 LEITOS 2004 – 243 LEITOS Geral Terciário

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha

Download Presentation

IMPLANTAÇÃO DO P.H.S. NO HOSPITAL UNIVERSITÁRIO ONOFRE LOPES

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


IMPLANTAÇÃO DO P.H.S. NO HOSPITAL UNIVERSITÁRIO ONOFRE LOPES

4° ENCONTRO GRSH

27 A 30 ABRIL 2004

SÃO PAULO


HUOL

HOSPITAL SENTINELA

Mabel Mendes Cavalcanti

Natal, 2004


HISTÓRICO

  • 1909 – 18 LEITOS

  • 2004 – 243 LEITOS

  • Geral

  • Terciário

  • Clínica Médica – neuro, nefro, cardio, dermato, endócrino, reumato, pneumo, otorrino, oftalmo, urologia e angiologia.

  • Clínica Cirúrgica – torácica, neurocirurgia, vascular, cardíaca, geral e transplante renal.


Como tudo começou!

  • 2001 – Contrato com ANVISA

  • 2002 – Oficinas / I EGR

  • Formação da equipe inicial

  • Prorrogação do Contrato

  • 2003 – Nova GR

  • 2ª Etapa – Plano de Melhoria

  • II e III EGR


Situação ANTES de ser Sentinela

Sub- notificações

Falta de continuidade

Ausência de estudo de casos

Desânimo/desacreditação

Ausência de comunicação/participação


DURANTE

  • Autonomia

  • Respeito (Gestores)

  • Capacitação

  • Valorização CCIH

  • Ajuda aos Gestores

  • Abertura de canais de comunicação

  • Suporte financeiro


O que fizemos?

Formação da Equipe

Definição de metas

Projeto de aplicação

Relatórios ANVISA

Reuniões Periódicas

Sensibilização


“GERÊNCIA DE RISCO”

DO HUOL/UFRN


Equipe de divulgação do PHS/HUOL


Orientação aos profissionais de saúde


Divulgação através de material áudio-visual


I Encontro de Hospitais Sentinela do Nordeste


I Encontro de Hospitais Sentinela do Nordeste


Visita da equipe da ANVISA


O que pretendemos?

Continuar sendo SENTINELA

Fazer parcerias c/ outros hospitais

Dar suporte p/ Método Dáder

Estruturar EngºClínica

Educação continuada

Sensibilização periódica

Elaboração do Regimento Interno


Participação em reuniões dos enfermeiros


NOTIFICAÇÕES REALIZADASAGO/2002 A MAR2004

  • FARMACOVIGILÂNCIA – 50

  • TECNOVIGILÂNCIA – 10

  • HEMOVIGILÂNCIA - 07

  • SANEANTES - 00


  • SERVIÇO DE FÁRMACOVIGILANCIA

  • Equipe:

  • 8 farmacêuticos

  • 10 estudantes de farmácia


FUNCIONAMENTO

  • Divisão por clínica

  • Busca ativa diária (perfil e seguimento farmacoterapêutico)

  • Estudo de caso (suspeita RAM)

  • Reuniões semanais

  • Conclusão


ATUALMENTE

  • Estudo das notificações

  • Parâmetros p/ RAM :

    Sexo

    Idade

    Nº de medicamentos prescritos

    Medicamento/Laboratório

    Tipo de RAM

    Tipo de notificação

    Notificador


Parâmetros queixas técnicas:

Tipo de notificação

Notificador

Medicamento/Laboratório

Motivo da notificação

Resultado da notificação


  • SERVIÇO DE TECNOVIGILÂNCIA

  • Equipe:

  • 2 Engenheiros Eletrônico

  • 1 Estagiário


AVANÇOS

  • Visitas a hospitais de referência em TV

  • Implantação do SEC

  • Lotação de 2 EE e 1 estagiário

  • Estrutura física

  • Cadastramento

  • Rotina diária de visitas

  • Participação em PT em serviços de MC

  • Participação na elaboração de MP

  • Ações na área de riscos do trabalho


  • SERVIÇO DE HEMOVIGILÂNCIA

  • Equipe:

  • 1 Médico

  • 1 Enfermeiro


HEMOTRANSFUSÕESAGO/03 A FEV/04n = 2283

1137

678

468


NOTIFIQUE !

Se o paciente não ficou sedado após a aplicação da anestesia!


NOTIFIQUE !

QUALQUER REAÇÃO TRANSFUSIONAL QUE O PACIENTE APRESENTE APÓS UMA HEMOTRANSFUSÃO.


O Bisel Não Desliza Na Pele ?

A Seringa Não Tem O Volume Especificado Na Embalagem ?

NOTIFIQUE !


As embalagens de produtos importados sem instruções em português, devem ser notificadas!!!!!!


CONCLUSÃO

  • Esperamos que este trabalho contribua para a promoção de ações efetivas no campo da segurança e eficácia dos produtos de saúde comercializados, identificando e quantificando o risco dos eventos adversos, com o uso desses produtos pela população brasileira.


O SUCESSO DEPENDE DA CONTRIBUIÇÃO DE TODOS!!!!

Experimente NOTIFICAR !

  • Mabel Mendes Cavalcanti

    Gerente de Risco do HUOL

    Tel.: 215-4447 / 202-3719 (295)

    e-mail: mabelmc@ufrnet.br

EXPERIMENTA !

EXPERIMENTA !

EXPERIMENTA !

EXPERIMENTA !

EXPERIMENTA !


“O êxito de qualquer empreendimento decorre de um grande esforço trabalhando uma boa idéia.” (Ramón y Cajal)


ad
  • Login