Capitulo 2 tomos mol culas e ons
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 27

Capitulo 2 Átomos, Moléculas e Íons PowerPoint PPT Presentation


  • 51 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

Capitulo 2 Átomos, Moléculas e Íons. Equipe: Bruno Renato F. Gaiga –15847 Guilherme Zanesco – 15856 Professor: Élcio R. Barrak. Introdução. Desenvolvimento e concepção do Modelo atômico moderno; Distribuição dos elementos na Tabela Periódica; Moléculas; Íons; Compostos orgânicos;

Download Presentation

Capitulo 2 Átomos, Moléculas e Íons

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


Capitulo 2 tomos mol culas e ons

Capitulo 2 Átomos, Moléculas e Íons

Equipe:Bruno Renato F. Gaiga –15847

Guilherme Zanesco – 15856

Professor:Élcio R. Barrak


Introdu o

Introdução

  • Desenvolvimento e concepção do Modelo atômico moderno;

  • Distribuição dos elementos na Tabela Periódica;

  • Moléculas;

  • Íons;

  • Compostos orgânicos;

  • Nomenclatura dos compostos orgânicos e inorgânicos.


Teoria at mica

Teoria Atômica

Demócrito e Leucipo – o átomo é a menor unidade da matéria , Indivisível.

J. Dalton – Bola de bilhar

  • Define os átomos como esferas minúsculas , rígidas e indestrutíveis


Capitulo 2 tomos mol culas e ons

J.J. Thomson – Pudim de passas

  • “Descoberta” do elétron(Joseph John Thomson descobriu o elétron em 1897. Ganhou o Prêmio Nobel de física de 1906).

  • O átomo era uma grande esfera positiva com elétrons distribuídos uniformemente por ele;

Millikan – Mediu a carga do elétron

(Experiência da gota de óleo)


Capitulo 2 tomos mol culas e ons

Rutherford – Sistema Solar

  • -Provou que os elétrons não estão embutidos no átomo como afirmava Thomson;

  • Analisou os desvios das partículas α (carga +2) ao penetrarem uma lamina de ouro;

Experiência de Rutherford


Capitulo 2 tomos mol culas e ons

  • Rutherford bombardeou partículas alfa em uma lamina fina de ouro e percebeu que a maior parte dessas partículas atravessavam a lamina metálica seguindo uma trajetória retilínea , mas algumas (1 a cada 10.000) sofriam desvio, e que outras voltavam como se sofressem reflexão.

  • Seu experimento permitiu que ele chegasse a conclusão que o átomo não era compacto.Desenvolveu assim o modelo planetário,admititindo que o átomo era formado por uma parte central positiva,muito pequena mas de grande massa,e uma parte envolvente negativa ,enorme em relação a parte positiva.


Capitulo 2 tomos mol culas e ons

Rutherford – Sistema Solar

  • Os elétrons descrevem movimento elíptico ao redor do núcleo assim com os planetas ao redor do Sol

  • Descoberta do núcleo (se o átomo tivesse o tamanho de um estádio de futebol, o núcleo teria o tamanho de uma azeitona);

Estrutura atômica de Rutherford

Chadwick – Descoberta dos nêutrons


Capitulo 2 tomos mol culas e ons

Bohr

Baseando-se em modelos anteriores e também nas idéias de Albert Einstein, Bohr propõe as seguintes idéias-chave:

  • Os elétrons que circundam o núcleo atômico se encontram em órbitas que têm níveis de energia quantizados.

  • As leis da mecânica clássica não valem quando o elétron salta de uma órbita a outra.

  • Quando ocorre o salto de um elétron entre órbitas, a diferença de energia é emitida (ou suprida) por um simples quantum de luz (também chamado de fóton), que tem energia exatamente igual à diferença de energia entre as órbitas em questão.

  • As órbitas permitidas dependem de valores quantizados (discretos) de momento angular orbital.


Capitulo 2 tomos mol culas e ons

Bohr

Bohr ganhou o Premio Nobel de Física em 1922


Modelo at mico atual modelo da nuvem eletr nica

Modelo atômico atual — modelo da nuvem eletrônica

  • Os cientistas abandonaram a idéia de que o elétron descrevia uma trajetória definida em torno do núcleo e passaram a admitir que existem zonas onde há maior probabilidade de encontrar os elétrons, designadas por orbitais.


A tabela peri dica

A tabela Periódica

À medida que as observações químicas se acumulavam e que a lista dos elementos conhecidos se expandia, fizeram-se muitas tentativas de descobrir regularidades no comportamento químico. E essas tentativas culminaram, em 1869, com a criação da Classificação Periódica dos Elementos.

A disposição dos elementos é feita na ordem dos números atômicos crescentes de modo que os elementos com propriedades semelhantes fiquem na mesma coluna vertical.


Capitulo 2 tomos mol culas e ons

  • Numero atômico: É o número de prótons de um determinado átomo, que em seu estado neutro (eletricamente), e igual ao número de elétrons;

  • Isótopos: Átomos de um elemento químico cujos núcleos têm o mesmo número atômico "Z", mas diferentes massas atômicas;

    Ex.: 1H (Prótio), 2H (deutério) e 3H (trítio).

  • Número de massa: Simbolizado pela letra A, é:

    A = nº prótons + nº nêutrons


Semelhan as e disposi o

Semelhanças e Disposição

Grupo


Capitulo 2 tomos mol culas e ons

Metais

Não-Metais


Divis o das colunas por camada de val ncia

1 s1

2 s2

3 s2d1

.....

12 s2d10

13 s2p1

.....

18 s2p6

Divisão das colunas por camada de Valência


Mol culas e compostos moleculares

Moléculas e Compostos Moleculares

  • Molécula: Reunião de dois ou mais átomos ligados firmemente entre si, por exemplo o Oxigênio que é normalmente encontrado na atmosfera, o O2 ;

  • Composto Molecular: Composto formado por moléculas, por exemplo a água, H2O .

Representação em perspectiva

Modelo molecular maciço

Modelo de bolas e varetas


Capitulo 2 tomos mol culas e ons

Fórmulas Molecular e Empírica

Fórmula Molecular: indica os números e tipos efetivos de átomos em uma molécula;

Ex.: C2H4 – Etano

Fórmula Empírica: É a fórmula que da somente os números relativos de átomos de cada tipo numa molécula;

Ex.: HO (Fórmula empírica do peróxido de hidrogênio)

As fórmulas químicas dos compostos iônicos são formulas Empíricas.


Ons e compostos i nicos

Íons e Compostos Iônicos

  • Se elétrons são removidos ou adicionados a um átomo neutro, forma-se um íon. O íon positivo (que perde elétrons) é denominado cátion e o íon negativo (que ganha elétrons) é denominado ânion.

  • Composto Iônico: Reunião de íons positivos e negativos, formado em geral pela combinação de metais (tendência a perder elétrons) e não-metais(tendência em ganhar elétrons);


Nomenclatura de compostos inorg nicos

Nomenclatura de Compostos Inorgânicos

  • Nomenclatura dos Cátions:

    Se forem formados por átomos de um METAL, tem o mesmo nome que o metal;

    Ex.:Na+ - Íon Sódio

    Fe2+ - Íon Ferro(II)

    Fe3+ - Íon Ferro(III)

  • Nomenclatura dos Ânions:

    a) Os Ânions monoatômicos tem os nomes formados pela adição da terminação –eto à raiz do nome do elemento;

    Ex.: S2- - Sulfeto

    b) Os ânions poliatômicos contendo oxigênio tem os nomes terminados em –ato ou em –ito.


Capitulo 2 tomos mol culas e ons

Ex: ClO4- (perclorato)

ClO3- (clorato)

ClO2- (clorito)

ClO- (hipoclorito)


Capitulo 2 tomos mol culas e ons

  • Composto Iônicos – A nomenclatura consiste no nome do ânion seguido da preposição ‘de’ e do nome do cátion;

    Ex.: KCl (cloreto de potássio)

    Na2SO4 (sulfato de sódio)

  • Compostos Ácidos – Substâncias cujas moléculas liberam íons hidrogênio (H+), quando dissolvidos em água ;

Íon Ácido Ex.: Br - (brometo) + H+

ito  oso

ato  ico HBr (ácido bromídrico)

eto  ídrico


Os elementos necess rios aos organismos vivos

Os elementos necessários aos organismos vivos

  • 97% da massa da maioria dos organismos vivos é constituída por apenas 6 elementos, são eles: Oxigênio, carbono, hidrogênio, nitrogênio, fósforo e enxofre.

  • Na maioria das células a água corresponde a 70% do seu conteúdo.

  • Os compostos orgânicos tem papel vital no metabolismo dos seres vivos, como por exemplo as proteínas, que atuam nos sistemas de defesa, hormonal, entre outros.


Compostos org nicos

Compostos Orgânicos

  • Química orgânica é o ramo da química que estuda os compostos de carbono.

  • Dos dez milhões de compostos conhecidos atualmente , nove milhões são de compostos orgânicos.

  • Constituídos principalmente por C , H , O ,N, S, entre outros;


Capitulo 2 tomos mol culas e ons

Nomenclatura


Conclus o

Conclusão

  • Neste capítulo fizemos um estudo superficial sobre as teorias atômicas, as características dos átomos, assim como a formação de compostos a partir destes. Procuramos mostrar a importância dessa área para compreensão da Química.


Bibliografia

Bibliografia

  • T. L. Brown, H. E. LeMay Jr., B. E. Bursten e J. R. Burdge. Química: A Ciência Central, 9ª. ed.. São Paulo: Pearson, 2005.

  • http://pt.wikipedia.org/wiki/Molécula

  • http://exercicios.fisicoquimica.googlepages.com/

  • http://www.if.ufrgs.br/

  • http://www.lapp.in2p3.fr/

  • http://js082.k12.sd.us/

  • Livros de química orgânica e inorgânica da coleção OBJETIVO(Sistema de métodos de aprendizagem)


  • Login