FLORES E MULHERES
Download
1 / 16

FLORES E MULHERES Algo em comum... - PowerPoint PPT Presentation


  • 73 Views
  • Uploaded on

FLORES E MULHERES Algo em comum. Formatação Leila Marinho Lage. Roteiro e Fotos Arnaldo Agria Huss. Música Crazy World Orquestra Henry Mancini. http://www.clubedadonameno.com. Eu sou aquela mulher que fez a escalada da montanha da vida removendo pedras e plantando flores.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about ' FLORES E MULHERES Algo em comum...' - roz


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

FLORES E MULHERES

Algo em comum...

Formatação

Leila Marinho Lage

Roteiro e Fotos

Arnaldo Agria Huss

Música

Crazy World

Orquestra

Henry Mancini

http://www.clubedadonameno.com


Eu sou aquela mulher que fez a escalada da montanha da vida removendo pedras e plantando flores.

Cora Coralina (1889/1985),

poetisa e contista brasileira, doceira de profissão


Aprendi com as primaveras removendo pedras e plantando flores.

a me deixar cortar para poder voltar inteira.

Cecília Meirelles (1901/1964), poetisa e jornalista brasileira


O amor não é louco. Sabe muito bem o que faz removendo pedras e plantando flores.

e nunca age sem motivo.

Loucos somos nós, que insistimos em querer entendê-lo no plano da razão.

Marina Colasanti, escritora e jornalista ítalo-brasileira


Entendi que a vida não tece removendo pedras e plantando flores.

apenas uma teia de perdas,

mas nos proporciona uma sucessão de ganhos.

Lya Luft, romancista e colunista brasileira, mestre em literatura


A idade não protege contra o amor, mas o amor, na medida certa,

protege contra a idade.

Jeanne Moreau, atriz, teatróloga e romancista francesa


Nunca precisei de sonhos certa,

para interpretar a minha vida,

mas da vida para interpretar meus sonhos,

num misto de sonhar a vida

e dar realidade ao sonho.

Susan Sontag (1933/2004),

escritora, crítica de arte e ativista estadunidense


A capacidade de rir em comum certa,

é a essência do amor.

Françoise Sagan (1935 /2004), escritora francesa


Liberdade certa,

Essa palavra que o sonho humano alimenta,

que não há ninguém que explique,

mas ninguém que não entenda.

Clarice Lispector (1920 /1977),

escritora brasileira, nascida na Ucrânia


Mude, certa,

mas comece devagar,

porque a direção

é mais importante que a velocidade.

Clarice Lispector (1920 /1977),

escritora brasileira, nascida na Ucrânia


É importante viver momento a momento na nossa evolução. Para isso é preciso ter paciência e não querer fechar a conta antes do fim de cada etapa.

Simone de Beauvoir (1908/1986),

escritora francesa, romancista,feminista e

filósofa existencialista


Nunca se deve engatinhar Para isso é preciso ter paciência e não querer fechar a conta antes do fim de cada etapa.

quando se tem o impulso de voar.

Helen Adams Keller (1880/1968),

escritora cega e surda, filósofa,

conferencista e ativista social estadunidense


Quando a paixão se vai, permanece o tédio. Para isso é preciso ter paciência e não querer fechar a conta antes do fim de cada etapa.

E tudo acaba mesmo que continue.

Coco Chanel, (1883/1971), estilista francesa


Sair de cena é a forma mais bonita de fidelidade Para isso é preciso ter paciência e não querer fechar a conta antes do fim de cada etapa.

e a atitude mais inteligente

quando já se viveu o melhor.

Não se deve esperar que o amor

cheire a tocos de cigarro.

Marlene Dietrich (1901/1992),

atriz e cantora alemã, naturalizada nos EUA


Por vezes sentimos que aquilo Para isso é preciso ter paciência e não querer fechar a conta antes do fim de cada etapa.

que fazemos não é senão

uma gota de água no mar.

Mas o mar seria menor

se lhe faltasse uma gota.

Madre Teresa de Calcutá (1910/1997), missionária católica albanesa, naturalizada indiana e beatificada pela Igreja Católica


Apresentação e imagens registradas Para isso é preciso ter paciência e não querer fechar a conta antes do fim de cada etapa.

no Clube da Dona Menô

http://www.clubedadonameno.com

Páginas de Arnaldo Agria Huss

http://www.clubedadonameno.com/devaneios/menu_novo10.asp

http://recantodasletras.uol.com.br/autor_textos.php?id=17612


ad