Morrer  voltar para casa...
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 20

Morrer é voltar para casa... PowerPoint PPT Presentation


  • 113 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

Morrer é voltar para casa. Redação do Momento Espírita. Quando a morte chega, com sua bagagem de mistérios, traz junto divergências e indagações. . Afinal, quando os olhos se fecham para a luz, o coração silencia e a respiração cessa, terá morrido junto a essência humana? .

Download Presentation

Morrer é voltar para casa...

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


Morrer voltar para casa

Morrer voltar para casa...

Redao do Momento Esprita.


Morrer voltar para casa

Quando a morte chega, com sua bagagem de mistrios, traz junto divergncias e indagaes.

Afinal, quando os olhos se fecham para a luz, o corao silencia e a respirao cessa, ter morrido junto a essncia humana?


Morrer voltar para casa

Materialistas negam a continuao da vida. Mas os espiritualistas dizem que sim, a vida prossegue alm da sepultura.


Morrer voltar para casa

E eles tm razo. H vida depois da morte. Vida plena, pujante, encantadora.

Prova disso? As evidncias esto ao alcance de todos os que querem v-las.


Morrer voltar para casa

Basta olhar o rosto de um ser querido que faleceu e veremos claramente que falta algo: a alma j no mais est ali.

O Esprito deixou o corpo feito de nervos, sangue, ossos e msculos.


Morrer voltar para casa

Elevou-se para regies diferentes, misteriosas, onde as leis que prevalecem so as criadas por Deus.


Morrer voltar para casa

Como acreditar que somos um amontoado de clulas, se dentro de ns agita-se um universo de pensamentos e sensaes?


Morrer voltar para casa

No. Ns no morreremos junto com o corpo. O organismo voltar natureza - restituiremos Terra os elementos que recebemos mas o Esprito jamais ter fim.


Morrer voltar para casa

Viveremos para sempre, em dimenses diferentes desta. Somos imortais. O sopro que nos anima no se apaga ao toque da morte.


Morrer voltar para casa

Prova disso est nas mensagens de renovao que vemos em toda parte.

Ou voc nunca notou as flores delicadas que nascem sobre as sepulturas? a mensagem silenciosa da natureza, anunciando a continuidade da vida.


Morrer voltar para casa

Para aquele que buscou viver com tica e amor, a morte apenas o fim de um ciclo. A volta para casa.


Morrer voltar para casa

Com a conscincia pacificada, o corao em festa, o homem de bem fecha os olhos do corpo fsico e abre as janelas da alma.


Morrer voltar para casa

Do outro lado da vida, a multido de seres amados o aguarda. Pais, irmos, filhos ou avs no importa.


Morrer voltar para casa

Os parentes e amigos que morreram antes estaro l, para abraos calorosos, beijos de saudade, sorrisos de reencontro.


Morrer voltar para casa

Nesse dia, as lgrimas podem regar o solo dos tmulos e at respingar nas flores, mas haver felicidade para o que se foi em paz.


Morrer voltar para casa

Ele vai descobrir um mundo novo, h muito esquecido. Descobrir que amado e experimentar um amor poderoso e contagiante: o amor de Deus.


Morrer voltar para casa

Depois daquele momento em que os olhos se fecharam no corpo material, uma voz ecoar na alma que acaba de deixar a Terra.


Morrer voltar para casa

E dir, suave: Vem, s bem-vindo de volta tua casa.


Morrer voltar para casa

A morte tem merecido consideraes de toda ordem, ao longo da estada do homem sobre a Terra.

fenmeno orgnico inevitvel porque a Lei Divina prescreve que tudo quanto nasce, morre.


Morrer voltar para casa

A morte no pois o fim, mas o momento do recomeo.

Pensemos nisso.


  • Login