Planejamento de a o
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 57

PLANEJAMENTO DE AÇÃO PowerPoint PPT Presentation


  • 55 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

PLANEJAMENTO DE AÇÃO. Marly Teresinha Pereira Departamento de Economia, Admnistração e Sociologia – ESALQ/USP. PLANEJAMENTO DE AÇÃO.

Download Presentation

PLANEJAMENTO DE AÇÃO

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


Planejamento de a o

PLANEJAMENTODE AÇÃO

Marly Teresinha Pereira

Departamento de Economia, Admnistração e Sociologia – ESALQ/USP


Planejamento de a o1

PLANEJAMENTO DE AÇÃO

  • ORGANIZAÇÃO DE UMA SÉRIE DE PROCEDIMENTOS E RECURSOS DE TAL MODO A CONSEGUIROS MELHORES RESULTADOS POSSÍVEIS EM TERMOS DEAPRENDIZAGEM E DEMUDANÇA DE COMPORTAMENTODE UM GRUPO DEFINIDO DE PESSOAS


Planejamento de a o2

PLANEJAMENTO DE AÇÃO

  • ORGANIZAÇÃO DE PROCEDIMENTOS E RECURSOS

  • BUSCANDO ALCANÇAR OS MELHORES RESULTADOS POSSÍVEIS

  • NA APRENDIZAGEM E NA MUDANÇA DE COMPORTAMENTO

  • EM UM GRUPO DEFINIDO DE PESSOAS


Esquema de a o tradicional

ESQUEMA DE AÇÃO TRADICIONAL

MÉTODO

CONTEÚDO

C

O

M

A

N

D

O

S

C

O

M

A

N

D

A

D

O

S

II

I

OBJETIVOS

IV

III

PÚBLICO


Esquema de a o revisado

ESQUEMA DE AÇÃOREVISADO

C

O

M

A

N

D

O

S

C

O

M

A

N

D

A

D

O

S

PÚBLICO

OBJETIVOS

II

I

CONTEÚDO

IV

III

MÉTODO


I p blico

I- PÚBLICO

  • SUA DEFINIÇÃO É O ASPECTO PRINCIPAL NO PLANEJAMENTO DA AÇÃO

    SÓ APÓS UMA COMPLETA VISÃO DO PÚBLICO PODE-SE DEFINIR COM PRECISÃO E PROPRIEDADE OS OBJETIVOS DO PÚBLICOQUE ORIENTARÃO O CONTEÚDOE OS MÉTODOS DE NOSSA AÇÃO


Planejamento de a o

  • OS OBJETIVOS DO PÚBLICO SÃO DEFINIDOS EM FUNÇÃO DE SUAS NECESSIDADES

    SE O PÚBLICO NÃO FOR BEM DEFINIDO, NÃO SE PODERÁ ATINGIR OS SEUS OBJETIVOS


Planejamento de a o

  • A LEI DA COMUNICAÇÃO ENTRE INDIVÍDUOS APONTA PARA O SEGUINTE PROCESSO:

  • PARA QUE HAJA COMUNICAÇÃO‚ É NECESSÁRIO O ESTABELECIMENTO DE PONTOS DE CONTATO, DE LIGAÇÃO, ENTRE O COMUNICADOR E O RECEPTOR.


Planejamento de a o

  • O MAIOR CONHECIMENTO DO PÚBLICO PERMITE ESTABELECER O MÁXIMO DE PONTOS EM COMUM EM RELAÇÃO A ELE


Portanto

PORTANTO:

  • PÚBLICO E OBJETIVOS SÃO OS ELEMENTOS QUE COMANDAMO PLANEJAMENTO

  • CONTEÚDO E MÉTODO SÃO OS ELEMENTOS COMANDADOS, POIS DEPENDEM INTEIRAMENTE DOS ELEMENTOS ANTERIORES


Ou seja

OU SEJA

  • UMA AÇÃO METODOLÓGICA É SEMPRE COMANDADA PELO PÚBLICO PARA A QUAL ELA É DIRIGIDA E PELOS OBJETIVOS PRETENDIDOS POR ELE.


Planejamento de a o

  • NÃO SE DEVE ESQUECER ENTRETANTO QUE HÁ INTERAÇÃO ENTRE OS 4 ELEMENTOS ENTRE SI, UM INFLUENCIANDO O OUTRO


Planejamento de a o

ESQUEMA DE AÇÃO

C

O

M

A

N

D

O

S

C

O

M

A

N

D

A

D

O

S

PÚBLICO

OBJETIVOS

II

I

CONTEÚDO

IV

III

MÉTODO


Planejamento de a o

PENSAMENTO, SENTIMENTO E AÇÃO CONJUNTA

DEVEM ESTAR LADO A LADO, CONSTANTEMENTE, A FIM DE QUE A COMUNICAÇÃO ENTRE PESSOAS SEJA ESTABELECIDA E RESULTE POSITIVAMENTE


P blico

PÚBLICO

  • PARA QUEM DE DIRIGE A AÇÃO

  • É O COMANDO SUPREMO DA AÇÃO, AO QUAL TODOS TÊM QUE SE MOLDAR, SE AJUSTAR


Quem meu p blico

QUEM É MEU PÚBLICO?

NÃO É MASSA INDIFERENCIADA

COMO CLASSIFICAR GRUPOS QUE FAZEM PARTE DA POPULAÇÃO PARA PODER ADAPTAR NOSSAS MENSAGENS

ÀS SUAS NECESSIDADES?


Aspecto principal

ASPECTO PRINCIPAL

  • DEFINIÇÃO DO PÚBLICO

?

CRIANÇA?

HOMEM?

?

URBANO?

RURAL?

JOVEM?

?

MULHER?


Planejamento de a o

  • SEXO: MASCULINO OU FEMININO

  • IDADE: CRIANÇA, JOVEM, ADULTO, IDOSO

  • NÍVEL SÓCIO-ECONÔMICO: POBRE, CLASSE MÉDIA, CLASSE ALTA

  • RESIDÊNCIA: RURAL, URBANA, PERIURBANA

  • EDUCAÇÃO: ANALFABETA, PRIMÁRIA, MÉDIA, UNIVERSITÁRIA

  • OCUPAÇÃO; PROPRIETÁRIO, EMPREGADO

  • TENÊNCIA DA TERRA: PROPRIETÁRIO, ARRENDATÁRIO, POSSEIRO, PARCEIRO


Planejamento de a o

  • SEXO: MASCULINO OU FEMININO

  • IDADE: JOVEM

  • RESIDÊNCIA/PROCEDÊNCIA: RURAL, URBANA

  • CURSO: AGRONOMIA, ENG. FLORESTAL

  • ETC...


Planejamento de a o

  • SOMENTE O EDUCADOR QUE SE PREOCUPAR EM APROXIMAR O MÁXIMO POSSÍVEL O SEU UNIVERSO MENTAL COM O DO SEU PÚBLICO, PODERÁ CONSEGUIR DELE RESPOSTAS OU REAÇÕES QUE SE APROXIMEM DAS QUE ELE ESPERA


Outro aspecto fundamental

OUTRO ASPECTO FUNDAMENTAL

  • A FORMA COMO O EDUCADOR “PERCEBE” O RECEPTOR, OU SEJA O (A) ALUNO(A)

  • QUAL É A SUA PERCEPÇÃO DA DISCIPLINA?

  • QUE EXPERIÊNCIAS PASSADAS SOBRE O TEMA?

  • ETC


Planejamento de a o

FORMAÇÃO, MAIS HUMANISTA OU MAIS TECNICISTA,

AS EXPERIÊNCIAS PASSADAS, 0S VALORES,

AS ATITUDES PERANTE O ALUNO....

TUDO ISSO PODE CRIAR “BARREIRAS” À COMUNICAÇÃO COM O (A) ALUNO (A) QUE O PROFESSOR NÃO PERCEBE.

NEM SEMPRE O PROFESSOR SE DÁ CONTA D0 PROBLEMAS, UMA VEZ QUE GERALMENTE SE PREOCUPA APENAS EM “DAR AULA”, “CUMPRIR O PROGRAMA”

IMPORTANTE: ANTES DE PROCURAR CONHECER O(A) ALUNO (A) O PROFESSOR TEM QUE CONHECER A SI PRÓPRIO.


Planejamento de a o

A CONFRONTAÇÃO DE REPERTÓRIOS ENTRE AQUELES QUE SE COMUNICAM (PROFESOR E ALUNOS E VICE VERSA)

POSSIBILITA A FORMAÇÃO DE NOVOS SIGNIFICADOS ENTRE ELES,

ELIMINANDO OU MINIMIZANDO AS BARREIRAS PESSOAIS EXISTENTES


Planejamento de a o

“ O que faço pode ser uma mera continuação de uma rotina que já era, a repetição monótona dos velhos erros de sempre...

OU PODE SER O COMEÇO DE UMA NOVA ERA, DA TENTATIVA SINCERA DE FAZERMOS DE UM MODO DIFERENTE ”.


O nosso p blico aqui e agora

O NOSSO PÚBLICOAQUI E AGORA...


Vamos nos conhecer

Vamos nos conhecer ???


Cursos

CURSOS

  • AGRONOMIA 4 – 06

  • AGRONOMIA 6 - 016

  • AGRONOMIA 7 - 01

  • AGRONOMIA 8 – 06


De onde v m

DE ONDE VÊM???

  • BASTOS - BRASÍLIA - CAMPINAS

  • GOIÂNIA - ITATIBA - JARDINÓPOLIS

  • JUNDIAI - PIRACICABA - PIRASSUNUNGA

  • POÁ - POÇOS DE CALDAS - RIBEIRÃO PRETO

  • RIO CLARO - SALTINHO - SÃO JOAQUIM DA BARRA

  • SÃO PAULO - TIETÊ – UBERABA - UBIRATÃ – PR


Liga o com a agropecu ria

LIGAÇÃO COM A AGROPECUÁRIA

  • SIM - 11

  • NÃO - 17


Os que t m liga o com a agropecu ria

OS QUE TÊM LIGAÇÃO COM A AGROPECUÁRIA

  • PEQUENA PROPRIEDADE AGROPECUÁRIA (BOVINO E AVES)

  • PECUÁRIA EXTENSIVA – GADO DE CORTE

  • PECUÁRIA DE CORTE

  • PECUÁRIA DE CORTE E LEITE

  • PECUÁRIA DE CORTE, SOJA, GADO DE LEITE

  • PECUÁRIA

  • FAMILIA POSSUI PROPRIEDADE AGRICOLA - SETOR SUCROENERGETICO

  • PAI É ENG. AGRÔNOMO

  • PAI ZOOTECNISTA ENTRANDO NA PRODUÇÃO AGRICOLA

  • PAI VENDE EQUIPAMENTO PARA GRANJAS


Disciplina vai contribuir para vida profissional

DISCIPLINA VAI CONTRIBUIR PARA VIDA PROFISSIONAL?

  • SIM 25

  • NÃO SABE – 04:

  • - MAS ESTÁ DISPOSTO A DESCOBRIR

  • - CONHECIMENTO SOBRE A DISCIPLINA É MUITO VAGO, ACREDITA QUE CONTRIBUIRÁ PARA ALGO.

  • - DEPENDE DO DESENVOLVIMENTO DA DISCIPLINA, SE VAI SER PROVEITOSA OU NÃO, MAS POR FAZER PARTE DAS DISCIPLINAS ESSENCIAIS ELA DEVE CONTRIBUIR COM NOSSA FORMAÇÃO


Como a disciplina vai contribuir para vida profissional

COMO A DISCIPLINA VAI CONTRIBUIR PARA VIDA PROFISSIONAL?

  • É IMPORTANTE CONHECER O SER HUMANO E SABER SE RELACIONAR E COMUNICAR COM OS OUTROS

  • TODA DISCIPLINA OBRIGATÓRIA É INSERIDA NO CURSO PQ É IMPORTANTE

  • ESTUDA A HISTÓRIA DA AGROPECUÁRIA E SUA OCUPAÇÃO NO ESTADO DE SÃO PAULO E BRASIL,

  • PELOS CONCEITOS DE EXTENSÃO RURAL ABORDADOS.


Como a disciplina vai contribuir para vida profissional1

COMO A DISCIPLINA VAI CONTRIBUIR PARA VIDA PROFISSIONAL?

  • “SE” ESTA DISCIPLINA INFLUENCIAR MINHAS ATITUDES COM AS PESSOAS QUE ENVOLVEM SE ENVOLVEM NO TRABALHO DO CAMPO OU QUE NECESSITA DESSE.

  • PODE OFERECER CONHECIMENTOS A RESPEITO DE SOCIOLOGIA E EXTENSÃO QUE SERÃO MUITO ÚTEIS DURANTE O PERIODO PROFISSIONAL

  • ESPERA COMPREENDER MELHOR ALGUMAS RELAÇÕES SOCIAIS


Como a disciplina vai contribuir para vida profissional2

COMO A DISCIPLINA VAI CONTRIBUIR PARA VIDA PROFISSIONAL?

  • AJUDA A ENTENDER A SOCIEDADE COMO UM TODO 

  • QUALQUER CONHECIMENTO AJUDA UM PROFISSIONAL

  •  ELIMINAR DEFASAGEM PESSOAL COM RELAÇÃO À SOCIABILIDADE E À INTEGRAÇÃO COM OUTRAS PESSOAS.

  • POSSIBILIDADE DE AMADURECER E DESENVOLVER IDÉIAS E POSICIONAMENTOS A RESPEITO DO QUE ENVOLVERÁ A PROFISSÃO

  • FALTA CONHECIMENTO SOCIAL POR GRANDE PARTE DOS ALUNOS QUE GERALMENTE APRENDEM APENAS O CONHECIMENTO TÉCNICO E DEIXA DE LADO OS PROBLEMAS SOCIAIS (NESTE CASO AGRÁRIOS). TAMBÉM SERÁ ÚTIL AO FORNECER CONHECIMENTOS DA HISTÓRIA DA AGRICULTURA E EXTENSÃO


Como a disciplina vai contribuir para vida profissional3

COMO A DISCIPLINA VAI CONTRIBUIR PARA VIDA PROFISSIONAL?

  • AJUDA A ENTENDER A SOCIEDADE COMO UM TODO 

  • QUALQUER CONHECIMENTO AJUDA UM PROFISSIONAL

  •  ELIMINAR DEFASAGEM PESSOAL COM RELAÇÃO À SOCIABILIDADE E À INTEGRAÇÃO COM OUTRAS PESSOAS.

  • HISTÓRIA DA AGRICULTURA E EXTENSÃO


Como a disciplina vai contribuir para vida profissional4

COMO A DISCIPLINA VAI CONTRIBUIR PARA VIDA PROFISSIONAL?

  • POSSIBILIDADE DE AMADURECER E DESENVOLVER IDÉIAS E POSICIONAMENTOS A RESPEITO DO QUE ENVOLVERÁ A PROFISSÃO

  • FALTA CONHECIMENTO SOCIAL POR GRANDE PARTE DOS ALUNOS QUE GERALMENTE APRENDEM APENAS O CONHECIMENTO TÉCNICO E DEIXA DE LADO OS PROBLEMAS SOCIAIS (NESTE CASO AGRÁRIOS).


Como a disciplina vai contribuir para vida profissional5

COMO A DISCIPLINA VAI CONTRIBUIR PARA VIDA PROFISSIONAL?

  • CONTRIBUIRÁ PARA A FORMAÇÃO NA ÁREA DE HUMANAS JÁ QUE É MAIS DIFÍCIL TER MUITO CONTATO NOS CURSOS DE ENGENHARIA EM GERAL

  • APRENDER UM POUCO SOBRE A SOCIEDADE EM QUE VIVEMOS, APRENDER A CONHECER MAIS A FUNDO A ORIGEM DA GERAÇÃO DA NAÇÃO, E O MODO EM QUE A POPULAÇÃO VIVE, COMO LIDAR COM PESSOAS E APRENDER A TER UMA MELHOR COMUNICAÇÃO


Como a disciplina vai contribuir para vida profissional6

COMO A DISCIPLINA VAI CONTRIBUIR PARA VIDA PROFISSIONAL?

  • IMPORTANTE ESTUDAR COMPORTAMENTO HUMANO EM FUNÇAO DO MEIO E OS PROCESSOS QUE INTERLIGAM OS HOMENS

  • A SOCIOLOGIA E EXTENSÃO É A BASE PARA MUITAS OUTRAS DISCIPLINAS OPTATIVAS DESSA ÁREA QUE PRETENDE CURSAR 

  • NÃO TEM NOÇÃO SE VAI , SABE POUCAS COISAS SOBRE EXTENSÃO RURAL. HOJE QTO MAIS COMPLETO FOR O PROFISSIONAL MAIS CHANCE TERÁ NO MERCADO DE TRABALHO


Como a disciplina vai contribuir para vida profissional7

COMO A DISCIPLINA VAI CONTRIBUIR PARA VIDA PROFISSIONAL?

  • TERA QUE LIDAR COM PESSOAS E SABER TIPOS DE RELAÇÃO TRABALHISTA QUE SE PODE TER

  •  TODO CONHECIMENTO HUMANO PERMITE SER UTILIZADO NO FUTURO. PODE SER UTIL MESMO QUE NO FUTURO NÃO SEJA UTILIZADO

  •  VAI MOSTRAR A REALIDADE DO CAMPO.


Como a disciplina vai contribuir para vida profissional8

COMO A DISCIPLINA VAI CONTRIBUIR PARA VIDA PROFISSIONAL?

  •  NÃO GOSTA DE HUMANAS, MAS ACHA QUE POSSA CONTRIBUIR PARA DESENVOLVER SENSO CRÍTICO EM RELAÇÃO AS COISAS E O MUNDO.

  •  É NECESSÁRIO O CONHECIMENTO SOCIAL ALÉM DO TÉCNICO PARA SE RELACIONAR COM AS PESSOAS NO TRABALHO E NA VIDA PROFISSIONAL

  • DISCIPLINA PODE OFERECER CONHECIMENTO A RESPEITO DE SOCIOLOGIA E EXTENSÃO QUE SERÃO MUITO ÚTEIS NO TRABALHO PROFISSIONAL


Se a disciplina fosse optativa

SE A DISCIPLINA FOSSE OPTATIVA:

  • SÓ SOCIOLOGIA 03

  • SÓ EXTENSÃO 10

  • AS DUAS 13

  • NÃO SABE 01


Temas de interesse

TEMAS DE INTERESSE

  • VÍNCULOS SOCIAIS EXISTENTES NO SETOR AGRÍCOLA, TANTO NAS PROPRIEDADES COMO NAS CADEIAS PRODUTIVAS

  • DIFERENTES FORMAS QUE O GRADUANDO PODE CONTRIBUIR EM EXTENSÃO RURAL

  • RELAÇÃO EMPREGADO TRABALHADOR


Temas de interesse1

TEMAS DE INTERESSE

  • RELACIONAMENTO COM O PRODUTOR

  • REFORMA AGRÁRIA; OCUPAÇÃO DO CAMPO; INTERSEÇÃO SOCIAL HOMEM E CAMPO

  • O QUE É PATRONAL; DESENVOLVIMENTO RURAL E AGRICOLA

  • ASSISTÊNCIA TÉCNICA


Temas de interesse2

TEMAS DE INTERESSE

  • CONCEITOS BÁSICOS; RELAÇÃO COM PRODUTORES; PANORAMAS DE CRESCIMENTO DA AGRICULTURA BRASILEIRA;

  • SOCIOLOGIA; AGRICULTURA PATRONAL; AGRICULTURA FAMILIAR

  • EXTENSÃO RURAL, HISTÓRIA DA AGRICULTURA; DIVISÃO DE TERRAS


Temas de interesse3

TEMAS DE INTERESSE

  • CONCEITOS BÁSICOS; RELAÇÃO COM PRODUTORES; PANORAMAS DE CRESCIMENTO DA AGRICULTURA BRASILEIRA;

  • SOCIOLOGIA; AGRICULTURA PATRONAL; AGRICULTURA FAMILIAR

  • EXTENSÃO RURAL, HISTÓRIA DA AGRICULTURA; DIVISÃO DE TERRAS


Temas de interesse4

TEMAS DE INTERESSE

  • RELAÇÃO DA SOCIOLOGIA NA AGRICULTURA

  • DESENVOLVIMENTO DA ECONOMIA DO PAIS; ECONOMIA AGRÍCOLA E DESENVOLVIMENTO DA POPULAÇÃO COM RELAÇAO AO MEIO

  • COOPERATIVAS; POLITICAS E LEGISLAÇÃO MEIO RURAL; DIFERENÇAS ENTRE TIPOS DE AGRICULTORES E O QUE FOI PEDIDO NO QUESTIONÁRIO


Temas de interesse5

TEMAS DE INTERESSE

  • ASSISTÊNCIA TÉCNICA; HISTÓRIA DA AGRICULTURA NO ESTADO DE SÃO PAULO E BRASIL

  • SOCIEDADE AGRICOLA, DIREITOS DOS CIDADÃOS E FUNCIONARIOS AGRICOLAS

  • MUDANÇA DE CULTURA NUMA REGIÃO AO LONGO DO TEMPO


Temas de interesse6

TEMAS DE INTERESSE

  • OCUPAÇÃO DE TERRAS EM AREAS DE ABERTURA

  • TRANSPORTE E LOGISTICA

  • CRESCIMENTO ECONÔMICO BRASILEIRO; ENTRADA DE EMPRESAS ESTRANGEIRAS; REFORMA AGRÁRIA

  • ECONOMIA ENTRE PAÍSES; ECONOMIA NTERNA DO PAÍS; DESENVOLVIMENTO AGRICOLA DO BRASIL E OUTROS PAISES


Temas de interesse7

TEMAS DE INTERESSE

  • COMO UTILIZAR OS CONHECIMENTOS TÉCNICOS DE FORMA ACESSÍVEL; APRENDER A FALAE COM UM PRODUTOR; TÉCNICAS DE SOCIABILIDADE

  • REFORMA AGRÁRIA. QUESTÃO INDIGENA; AREAS DE ABERTURA E EXPANSÃO AGRÍCOLA

  • PODER RESPONDER AS QUESTOES


Temas de interesse8

TEMAS DE INTERESSE

  • RELAÇÕES AGRICULTURA FAMILIAR E PATRONAL; MOVIMENTOS SOCIAIS E SUA RELAÇÇAO CIOM LATIFUNDIO; A SOCIEDADE ALEM DAS POSTRTA DA UNIVERSIDADE

  • MODOS DE ABORDAR O AGRICULTOR; HISTORIA DO BRASIL EM TERMOS AGRICOLAS E SUSITEMAS SUSTENTÁVEIS EM PROPRIEDADES AGRICOLAS


Temas de interesse9

TEMAS DE INTERESSE

  • SOCIEDADE, ECONOMIA, EXTENSÃO

  • TIPOS DE CONTRATOS NO MEIO RURAL

  • AGRICULTURA FAMILIAR; EXTENSÃO RURAL; O HOMEM NO CAMPO

  • ABORDAGEM A PEQUENOS; MÉDIOS E GRANDES PRODUTORES


Vamos nos apresentar

VAMOS NOS APRESENTAR?


Roteiro de apresenta o

ROTEIRO DE APRESENTAÇÃO

  • 1. NOME, CURSO, SEMESTRE

  • 2. CIDADE DE ORIGEM

  • 3. PORQUE ESCOLHEU O CURSO?

  • 4.EM QUE PRETENDE TRABALHAR?

  • 5.DO QUE MAIS GOSTA?

  • 6.DO QUE MENOS GOSTA?

  • 7 DIGA UMA FRASE QUE O IDENTIFICA...


Divis o das aulas

Divisão das aulas

  • 01/08 a 19/09 :aulas Sociologia

  • 22/08 - Visita a Santana e Santa Olimpia

  • 05/09 Feriado

  • 26/09: Prova

  • 03/10 a 21/11: aulas Extensão

  • 21/11: Prova Extensão


Crit rio de avalia o

CRITÉRIO DE AVALIAÇÃO

  • A Média final da disciplina é a média aritmética das notas das duas provas. No entanto, cada nota deverá atingir, separadamente, no mínimo 5,0.

  • Não haverá prova repositiva.

  • A prova de recuperação será feita em referência a prova (ou provas) em que o aluno não atingiu nota 5,0 (cinco).


Planejamento de a o

BOM FINAL DE

SEMANA !!!


  • Login