Comunica o de dados
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 32

Comunicação de Dados PowerPoint PPT Presentation


  • 63 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

Comunicação de Dados. Aula 3 – Transmissão Digital. Sumário. Transmissão Digital Codificação de linha Características Esquema de codificação Unipolar Polar Bipolar Codificação de Blocos Etapas da seqüência de transformação Bloco de códigos. Transmissão digital.

Download Presentation

Comunicação de Dados

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


Comunica o de dados

Comunicação de Dados

Aula 3 – Transmissão Digital


Sum rio

Sumário

  • Transmissão Digital

  • Codificação de linha

    • Características

    • Esquema de codificação

      • Unipolar

      • Polar

      • Bipolar

  • Codificação de Blocos

    • Etapas da seqüência de transformação

    • Bloco de códigos


Transmiss o digital

Transmissão digital

  • É a forma pela qual transmitimos dados por um meio no formato digital

  • Os dados podem ser colocados no meio através de técnicas de codificação de linha ou de codificação de blocos


Codifica o de linha

Codificação de Linha

  • É o processo de converter dados binários em uma seqüência de bits


Caracter sticas

Características

  • Nível de sinal x Nível de codificação: Como se viu um sinal digital tem um número finito de estados, porém somente uma parte desses níveis pode ser utilizado para representar dados. A quantidade de níveis possíveis chamamos de níveis de sinal e o número de valores que podemos representar dados, chamamos de níveis de codificação de dados


Caracter sticas1

Características


Caracter sticas2

Características

  • Relógio de Sincronismo x bits por segundo: o relógio de sincronismo define o número de pulsos por segundo, um pulso é a quantidade de tempo mínima requerida para transmitir um símbolo.

  • Vimos que o número de bits por segundo é a quantidade de bits enviados em um segundo

  • Se em um pulso é transportado apenas um bit, o número de bits por segundo será igual ao relógio de sincronismo

  • Se em um pulso forem associados mais que um bit teremos a seguinte expressão:

    • Nº de bits por segundo = nº de pulsos x Log2 L


Caracter sticas3

Características

  • Componentes DC: Alguns esquemas não eliminam a componente DC de corrente contínua residual da linha, isso gera problemas como distorção do sinal e erros de saída


Caracter sticas4

Características

  • Auto-sincronização: Para que os sinais oriundos do transmissor sejam interpretados de forma adequada pelo receptor, é importante que os intervalos gerados por ambos sejam iguais

  • Se a cadência dos clocks forem diferentes os dados recebidos serão diferentes dos enviados

  • Um sinal auto-sincronizado inclui a informação de sincronismo nos dados que estão sendo transmitidos. Ex: preâmbulo ethernet


Caracter sticas5

Características


Esquemas de codifica o

Esquemas de codificação

  • Podemos dividir o esquema de codificação em três grandes grupos: unipolar, polar e bipolar


Unipolar

Unipolar

  • Método unipolar: nesse método um nível de tensão representa um binário

  • Problema de Componente DC

  • Problema de sincronismo para cadeias longas


Polar

Polar

  • Usam-se 2 níveis de tensão para representar os dados, o que resolve o problema de componente DC, são exemplos de codificação polar os esquemas NRZ, RZ, Manchester e Manchester Diferencial


Comunica o de dados

NRZ

  • Na codificação NRZ o valor do sinal sempre é positivo ou negativo, existem 2 formas de codificação NRZ, no esquema NRZ-L o nível de sinal depende do bit que ele transporta, normalmente uma tensão positiva para o bit 0 e uma tensão negativa para o bit 1, o que gera um problema para seqüências muito longas (pois para o receptor haverá quase como uma tensão contínua no meio, para evitar esses problemas o receptor deverá confiar no clock.


Comunica o de dados

NRZ

  • No esquema NRZ-I, a representação do bit 1 é feita através de uma transição de estado

  • Uma cadeia de de 0´s ainda é complicada porque pode fazer com que o sincronismo se perca com o tempo.


Comunica o de dados

NRZ


Comunica o de dados

RZ

  • No esquema RZ usa-se 3 valores de tensão, positivo, zero e negativo

  • As transições não acontecem no meio do bit

  • Como para cada bit a codificação usa uma transição a largura de banda necessária é maior

    • Bit 1 – transição positivo-zero;

    • Bit 0 – transição negativo-zero.


Comunica o de dados

RZ


Manchester

Manchester

  • Usa uma inversão no meio de cada intervalo de sincronismo tanto para sincronização quanto para representação de um bit

  • Uma transição positiva (do nível negativo para positivo representa o bit 1) e uma transição negativa ( no nível positivo para negativo representa um bit 0)

  • Diferente do RZ só usa 2 níveis de tensão


Manchester1

Manchester


Manchester diferencial

Manchester Diferencial

  • Nessa codificação a inversão no meio do intervalo é utilizada para sincronização, mas a presença ou ausência de uma transição no início do intervalo é usado para identificar o bit

  • Transição no início representa 0

  • Falta de transição representa 1


Manchester diferencial1

Manchester Diferencial


Bipolar

Bipolar

  • Usa 3 níveis, como o RZ, mas diferente do RZ o nível 0 representa o bit 0 e os valores negativos e positivos representam o bit 1

  • Exemplo codificação AMI


Bipolar1

Bipolar


Codifica o de blocos

Codificação de Blocos

  • Feita para melhorar o desempenho da codificação por linha

  • Melhora a redundância e verifica erros


Fases da codifica o de bloco

Fases da codificação de bloco

  • Divisão: a cadeia de bits é dividida em grupos de m bits de tamanho. Exemplo na codificação 4B/5B, a seqüência original é dividida em grupos de 4 bits

  • Substituição: os grupos de m bits são substituídos por grupos de n bits

  • Codificação de Linha: depois de substituir escolhe-se um esquema de codificação de linha para enviar o sinal.


Codifica o de blocos substitui o

Codificação de blocos - substituição


Blocos de c digos

Blocos de Códigos

  • 4B/5B: 4 bits para 5 bits

  • 8B/10B: 8 bits para 10 bits

  • 8B/6T: 8 bits para 6 símbolos ( requer menos largura de banda)


4b 5b codifica o

4B/5B - Codificação


Exerc cios

Exercícios

  • Cite o nível de sinal para os métodos de codificação de linha NRZ, RZ e Manchester

  • O que é componente DC?

  • Por que o sincronismo é um problema de de comunicação de dados?

  • Explique a diferença entre NRZ-L e NRZ-I

  • Quais as três fases da codificação em blocos?

  • Qual codificação usa a transição no meio do ciclo para representar um bit?


Exerc cios1

Exercícios

  • Diga qual a seqüência de bits para os seguintes valores:

    NRZ-I


Exerc cios2

Exercícios

  • Diga qual a seqüência de bits para os seguintes valores:

    NRZ-L


  • Login