Capitulo ii s istemas operativo
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 22

Capitulo II S istemas operativo PowerPoint PPT Presentation


  • 39 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

Capitulo II S istemas operativo. Turma : CEF 3B Curso : Operador Informático Disciplina : IMC Professor : Carla Granadeiro. 2011/2012. Definição de Software.

Download Presentation

Capitulo II S istemas operativo

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


Capitulo ii s istemas operativo

Capitulo IISistemas operativo

Turma:

CEF 3B

Curso:

Operador Informático

Disciplina:

IMC

Professor:

Carla Granadeiro

2011/2012


Defini o de software

Definição de Software

  • São os programas do computador, ou seja, conjuntos de instruções que são capazes de fazer funcionar o hardware, com mais ou menos intervenção dos utilizadores.


Tipos de software licen a

Tipos de Software - licença:

  • Freeware São os programas gratuitos, isto é, qualquer programa de computador cuja utilização não implica o pagamento de licenças

  • Shareware - Nessa licença estão categorizados os softwares que apresentam algum tipo de limitação. A ideia é apenas de mostrar ao utilizador como o software trabalha, para que o mesmo adquira a versão completa (mediante pagamento) temos 2 tipos

    • Trial – Os programas oferecem todos os seus recursos, mas por um tempo limitado (geralmente de 15 a 30 dias);

    • Demo – Alguns recursos estão completos, sendo necessário pagar para usufruir dos restantes. Os jogos geralmente são divulgados sob essa licença.

  • Adware- Trata-se de um tipo de licença mais recente, popularizado com a internet. Os softwares são gratuitos, porém trazem junto algum tipo de publicidade.

  • Opensouse (software livre) - pode ser copiado livremente, sendo possível modificá-lo e até mesmo reutilizar o código já existente para a criação de outros programas, bem como a correcção de problemas que são encontrados no decorrer das versões.


O software distingue se em

O Software distingue-se em:

  • Software de sistema –Sistema Operativo, é o conjunto de instruções que transformam o hardware num sistema com o qual o utilizador pode interagir e fazer funcionar os programas de aplicação;

  • Software de aplicação – Programas que permitem a realização de tarefas com interesse para o utilizador, são os restantes programas com os quais o utilizador pode executar determinadas tarefas; ex: programas de processamento de texto, programas de desenho, etc.


O que um sistema operativo

O que é um Sistema Operativo?

  • É o primeiro programa que a máquina executa no momento em que é ligada e, a partir de então, não deixa de funcionar até que o computador seja desligado.

  • Sem ele o computador não funciona

  • Permite fornecer uma interface entre o hardware do computador e o utilizador.

  • O sistema operativo reveza a sua execução com a de outros programas, como se estivesse vigiando ou controlando todo o processo computacional.

  • Permite também que outro software funcione interagindo com o hardware instalado, para que possa executar funções, programar e abrir programas.

  • O S.O. trabalha estritamente com o hardware do computador e com os programas aplicativos.

  • A parte do S.O. que faz a interligação com o hardware chama-se kernel.


Capitulo ii s istemas operativo

Utilizador

Programas de Aplicação (Word)

Sistema Operativo (Windows7)

HARDWARE

6


Estrutura elementar utilizador sistema operativo

Estrutura elementar Utilizador – Sistema Operativo

  • O S.O. É constituído por:

  • Um interface com o utilizador, que pode ser através de linha de comando (shell) ou através de um interface gráfico;

  • Aplicações(wordpad, calculadora, broswer)

  • Kernelé o coração do sistema operativo.

  • Drivers (impressora)

Shell

Programas de aplicação

Kernel

drivers

Hardware


Capitulo ii s istemas operativo

SO

Tipos de Serviços

Interface com o Utilizador

Gestãoda

Memória

GereosDispositivos de E/S

Controloda Rede1

Detecção de Erros

Execução de

Programas

8


Que so escolher

Que SO Escolher?

  • Super computadores

  • Mainframes (desenvolvidos especificamente para cada máquina – IBM Z/OS)

  • Mini computadores

  • Estações de Trabalho

  • Pc’s (microcomputadores)

  • Computadores de bolso - Telemóveis

Windows Phone 7

iOS

Android


Fun es do sistema operativo

Funções do sistema operativo

  • Os sistemas operativos gerem um conjunto de funções básicas que têm evoluído ao longo dos tempos:

  • Gestão de programas;

  • Controlo de recursos de hardware:

  • Gestão do microprocessador;

  • Gestão da memória;

  • Gestão dos periféricos de entrada e saída.

  • Meios de interacção do computador com o utilizador (Interface);

  • Segurança


Gest o dos programas

Gestão dos programas

A função mais importante de um sistema operativo, e que afecta directamente a sua fiabilidade, é o método como este gere a execução dos programas e pode ser classificado em dois tipos diferentes:

􀁺 Monotarefa;

estes executam apenas uma tarefa de cada vez.

Exemplo:– Se estamos a utilizar um editor de texto e temos necessidade de ir buscar informação a uma folha de cálculo, é necessário, primeiro sair do editor de texto, e só depois abrir a folha de cálculo. O mesmo tem de ser feito para voltar ao editor de texto.

􀁺 Multitarefa

Um sistema operativo multitarefa permite que um utilizador

trabalhe com dois ou mais programas em simultâneo. Na prática o microprocessador não executa os diversos programas de uma só vez, mas reserva uma fracção de tempo para cada um dos programas.


Controlo de recursos de hardware

Controlo de recursos de hardware

Gestão e memória

  • O sistema operativo atribui a cada programa que se encontra em execução uma fatia de memória.


Controlo de recursos de hardware1

Controlo de recursos de hardware

Gestão dos periféricos de entrada e saída

  • Os periféricos que são ligados ao computador são geridos pelo sistema operativo. Cada periférico gera interrupções, que são sinais enviados para o microprocessador. Exemplo: Se o utilizador pressionar uma tecla ou se mover o rato, geram-se interrupções e o sistema operativo vai dar ordem para executar o programa respectivo a cada pedido de interrupção.

  • Dado que cada dispositivo, de um modelo de uma determinada marca tem as suas próprias características, o sistema operativo necessita do drive desse periférico.

    Os drivers dos periféricos são programas que contêm informações específicas destes e que são responsáveis pela interligação do periférico com o sistema operativo.


Um s o pode ser analisado a 2 n veis

Um S.O pode ser analisado a 2 níveis

  • Nível do núcleo – a este nível o S.O., é responsável por gerir o hardware (processador, memórias, etc.) e controlar as solicitações do utilizador e dos seus programas em relação aos recursos de hardware;

  • Nível de interface do utilizador – por vezes também designado por shell de comandos e, mais recentemente por GUI (GraphicUser Interface – Interface Gráfica do Utilizador), este é o nível em que o utilizador pode interagir com o sistema;


Interface entre a m quina e o utilizador

Interface entre a máquina e o utilizador

Do ponto de vista do utilizador de um computador, o que influencia a

facilidade de utilização é a qualidade da interface do sistema operativo

e o conhecimento que o utilizador tem dela.

  • A parte do sistema operativo que faz a interface com o utilizador é

    designada por shell.

    Há três tipos de interface:

    􀁺 Interface de linha de comandos;

    􀁺 Interface baseada em menus;

    􀁺 Interface gráfica.


Quanto ao interface com o utilizador os s o podem ser de 3 tipos

Quanto ao interface com o utilizador, os S.O. podem ser de 3 tipos

  • S.O. Do tipo CLI(CommandLine Interface) – são sistemas operativos em que a interface com o utilizador surge sob a forma de ecrã de texto, no qual o utilizador digita as instruções através de uma linha de comandos;

  • S.O. Do tipo GUI – a interacção entre o utilizador e o sistema surge sob a forma gráfica, normalmente com janelas, ícones (pequenas magens).Neste tipo de S.O. As instruções são dadas, na sua maioria, através da utilização do rato;

  • S.O. do tipo TUI (Textuser interface) menus, janelas e botões


Sistemas operativos

Sistemas Operativos

  • Interface baseada em menus:

  • As interfaces baseadas em menus evitam que o utilizador tenha necessidade de memorizar os comandos e a sintaxe de escrita.

  • Os menus baseados em texto no ecrã mostram todas as opções existentes num determinado ponto.

  • Os comandos podem ser seleccionados com o auxílio das teclas de seta e de seguida pressionando Enter, ou com o rato.


Sistemas operativos1

Sistemas Operativos

  • Segurança nos Sistemas Operativos:

  • Existem dois aspectos que devem ser considerados quando se planeia a segurança de um sistema operativo:

  • A segurança dos computadores e dos dados neles armazenados;

  • A segurança da rede de comunicações e dos dados durante a transmissão


Sistemas operativos2

Sistemas Operativos

  • Segurança nos Sistemas Operativos:

  • A segurança dos computadores e dos dados neles armazenados:

  • Exemplo:

  • Eliminação/alteração acidental de ficheiros fundamentais ao S.O.; Alteração ou intercepção do conteúdo de ficheiros confidenciais.


Sistemas operativos3

Sistemas Operativos

  • Segurança nos Sistemas Operativos:

  • A segurança da rede de comunicações e dos dados durante a transmissão:

  • Exemplo:

  • Intrusão não autorizada, podendo apagar, alterar ou consultar

  • informações confidenciais; Entrada de programas via rede que

  • podem provocar um funcionamento deficiente do sistema.


Sistemas operativos4

Sistemas Operativos

  • Segurança nos Sistemas Operativos:

  • Para se conseguir obter estes requisitos deve possibilitar-se o

  • seguinte:

  • Atribuição sistemática dos privilégios mínimos necessários para cada caso;


Trabalho

Trabalho

  • Faça um resumo escrito sobre a evolução dos sistemas operativos da Microsoft desde o S.O. Ms-DOS, deve contemplar os seguintes itens:

    • Nome;

    • Data de aparecimento;

    • Versões;

    • Características do produto;

    • Logotipo(imagem) do S.O.

    • Imagem ambiente de trabalho.

    • Faça a separação entre sistema operativos versão cliente e versão servidores empresariais


  • Login