An lise da varia o do capital social do munic pio de iju rs
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 36

ANÁLISE DA VARIAÇÃO DO CAPITAL SOCIAL DO MUNICÍPIO DE IJUÍ - RS PowerPoint PPT Presentation


  • 32 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

ANÁLISE DA VARIAÇÃO DO CAPITAL SOCIAL DO MUNICÍPIO DE IJUÍ - RS. 1. OBJETIVOS. 1.1. Geral: Analisar os níveis de participação político-social em âmbito local ao tratar, especificamente, do município de Ijuí – Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul. 1.2.Específicos.

Download Presentation

ANÁLISE DA VARIAÇÃO DO CAPITAL SOCIAL DO MUNICÍPIO DE IJUÍ - RS

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


An lise da varia o do capital social do munic pio de iju rs

ANÁLISE DA VARIAÇÃO DO CAPITAL SOCIAL DO MUNICÍPIO DE IJUÍ - RS


1 objetivos

1. OBJETIVOS

1.1. Geral:

Analisar os níveis de participação político-social em âmbito local ao tratar, especificamente, do município de Ijuí – Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul.


1 2 espec ficos

1.2.Específicos

  • Apresentar a Cotrijuí, o Movimento Comunitário de Base (MCB) e a FAFI/Fidene/Unijuí como exemplos de capital social, instituições nascidas do espírito associativo e da participação da população ijuiense, bem como apresentar dados que comprovam a evolução do comportamento político e do capital social da sociedade ijuiense a partir do resultado comparativo dos surveys de 1968 e 2005.

  • Analisar os dados e comparar a evolução do comportamento político e do capital social da sociedade ijuiense


2 a tese do trabalho

2. A TESE DO TRABALHO

  • Comprovar o declínio das manifestações de participação político-social e do capital social (associativismo, participação cívica comunitária, confiança interpessoal e institucional) no município de Ijuí-RS nas últimas décadas.


3 coleta de material metodologia

3. COLETA DE MATERIAL (METODOLOGIA)

3.1. Pesquisa bibliográfica (Fundamentação teórica)

  • Cultura política: Almond e Verba (1965)

  • Capital social: Tocqueville (1962) Putnam (2002)

  • Cultura política brasileira:

  • Sociedade, política e cultura de Ijuí

  • Exemplos de capital social em Ijuí

    Cotrijuí

    FAFI/Fidene

    Movimento Comunitário de Base (MCB)


An lise da varia o do capital social do munic pio de iju rs

3.2. Pesquisa de Campo:

  • Aplicação e análise dos resultados do survey aplicado na população urbana de Ijuí acima de 16 anos entre os dias 02 de maio a 31 de agosto de 2005 (400 entrevistas) – coordenação do professor Marcello Baquero.

  • Comparação longitudinal entre os dados do survey 2005 com um survey aplicado no mesmo município em 1968 pelo Núcleo de Pesquisas e Documentação da Política Rio-Grandense – NUPERGS, tendo como coordenador o professor Hélgio Trindade.


An lise da varia o do capital social do munic pio de iju rs

  • Indicadores econômicos, sociais e políticos:

    IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

    FEE - Fundação de Economia e Estatística

    TRE/RS - Tribunal Regional Eleitoral, TRE – RS).

  • Foram efetuadas pesquisas ainda no Museu Antropológico Diretor Pestana – MADP, e, nos jornais locais, principalmente o Correio Serrano

  • Entrevistas pessoais (escritas e orais) com lideranças comunitárias, políticas e educacionais de Ijuí,


An lise da varia o do capital social do munic pio de iju rs

Ijuí – dados gerais

Área total do município: 689.1 km²;Área urbana: 31,7 km² (1990).População residente: 78.990 habitantes (2005)Homens: 38.083 (48,1%)Mulheres: 40.378 (51,1%).Rural: 11.064 pessoas, (14% da população); Urbana: 67.397 pessoas, (86% da população)PIB per capita: R$ 9.800,00Fonte: IBGE e FEE


Coron is augusto pestana e ant nio soares de barros cel dico

Coronéis Augusto Pestana e Antônio Soares de Barros (Cel. Dico)


Homens mulheres e crian as integralistas de iju

Homens, mulheres e crianças integralistas de Ijuí


Participa o pol tico social e capital social em iju 1960 2005

PARTICIPAÇÃO POLÍTICO-SOCIAL E CAPITAL SOCIAL EM IJUÍ (1960- 2005)

  • Experiências de Capital Social na década de 60

    - A Cotrijuí

    - A FAFI/Fidene/Unijui

    - O Movimento Comunitário de Base (MCB)


Comportamento pol tico e capital social 2005

Comportamento político e capital social (2005)

  • os resultados dos dados da pesquisa realizada em maio/agosto de 2005 com 400 pessoas residentes na zona urbana de Ijuí acima de 16 anos, distribuídos em 11 bairros da cidade.


Escolaridade do ijuiense

Escolaridade do ijuiense (%)

Fonte: Trindade (1968) e dados elaborados pelo autor a partir da Pesquisa:

Desenvolvimento Sustentável e Capital Social - NIEM/ NUPESAL/ UNIJUÍ - 2005


Faixa de renda per capita mensal do ijuiense 2005

Faixa de renda per capita mensal do ijuiense 2005(%)

Fonte: Dados elaborados pelo autor a partir da Pesquisa:

Desenvolvimento Sustentável e Capital Social - NIEM/ NUPESAL/ UNIJUÍ - 2005.


A religi o do ijuiense 1968 2005

A religião do ijuiense 1968-2005 (%)

Fonte: Trindade (1968) e dados elaborados pelo autor a partir da Pesquisa:

Desenvolvimento Sustentável e Capital Social - NIEM/ NUPESAL/ UNIJUÍ - 2005


Cor ou etnia do ijuiense 2005

Cor ou etnia do ijuiense 2005 (%)

Fonte: Dados elaborados pelo autor a partir da Pesquisa:

Desenvolvimento Sustentável e Capital Social - NIEM/ NUPESAL/ UNIJUÍ - 2005.


Participa o em organiza es ou grupos sociais 2005

Participação em organizações ou grupos sociais 2005 (%)

Fonte: Dados elaborados pelo autor a partir da Pesquisa:

Desenvolvimento Sustentável e Capital Social - NIEM/ NUPESAL/ UNIJUÍ - 2005.


Confian a em institui es sociais e pol ticas 2005

Confiança em instituições sociais e políticas 2005 (%)

Fonte: Dados elaborados pelo autor a partir da Pesquisa:

Desenvolvimento Sustentável e Capital Social - NIEM/ NUPESAL/ UNIJUÍ - 2005.


An lise da varia o negativa do capital social de iju

ANÁLISE DA VARIAÇÃO NEGATIVA DO CAPITAL SOCIAL DE IJUÍ

Diminuiu a participação na resolução dos problemas locais

Fonte: Trindade (1968) e dados elaborados pelo autor a partir da Pesquisa:

Desenvolvimento Sustentável e Capital Social - NIEM/ NUPESAL/ UNIJUÍ - 2005


An lise da varia o do capital social do munic pio de iju rs

Uma sociedade onde impera o familismo amoral de Banfield

“Geralmente você não encontra parceiros e sim concorrentes [...]. Ijuí trabalha em grupos familiares fechados e, particularmente, tive muita dificuldade de entrar neste grupo quando cheguei aqui em anos atrás”.

Liderança que não se identificou


Uma sociedade tipo bonding

Uma sociedadetipo bonding

  • Ou seja, entre os três tipos de capital social desenvolvidos no trabalho (bonding, bridging e linking) a sociedade ijuiense pode ser considerada do tipo bonding, (relações para dentro – laços fortes), onde práticas de solidariedade dão-se apenas entre pessoas dos mesmos laços étnicos, ou grupos familiares fechados.


An lise da varia o do capital social do munic pio de iju rs

Declínio na participação eleitoral

Dados elaborados pelo autor

a partir de Pesquisa no TRE-RS


Decl nio das manifesta es da pol tica convencional

Declínio das manifestações da política convencional

Participação em reuniões políticas (%)

Fonte: Trindade (1968) e dados elaborados pelo autor a partir da Pesquisa:

Desenvolvimento Sustentável e Capital Social - NIEM/ NUPESAL/ UNIJUÍ - 2005.


An lise da varia o do capital social do munic pio de iju rs

Participação em partidos políticos (%)

Fonte: Trindade (1968) e dados elaborados pelo autor a partir da Pesquisa:

Desenvolvimento Sustentável e Capital Social - NIEM/ NUPESAL/ UNIJUÍ - 2005.


An lise da varia o do capital social do munic pio de iju rs

Participação em comícios (%)

Fonte: Trindade (1968) e dados elaborados pelo autor a partir da Pesquisa:

Desenvolvimento Sustentável e Capital Social - NIEM/ NUPESAL/ UNIJUÍ - 2005.


An lise da varia o do capital social do munic pio de iju rs

Interesse por política (%)

Fonte: Trindade (1968) e dados elaborados pelo autor a partir da Pesquisa:

Desenvolvimento Sustentável e Capital Social - NIEM/ NUPESAL/ UNIJUÍ - 2005.


Estagna o do pib e decl nio no ndice de desenvolvimento humano idh

Estagnação do PIB e declínio no Índice de Desenvolvimento Humano (IDH)

Evolução da participação econômica da RNC no PIB do RS

Fonte: Luis Roque Klering (Disponível em www.terragaucha.com.br)


An lise da varia o do capital social do munic pio de iju rs

Evolução do IDH de Ijuí (1970-1991)

Fonte: PNUD/Atlas de Desenvolvimento Humano (www.pnud.org.br)


An lise da varia o do capital social do munic pio de iju rs

Evolução do IDH de Ijuí (1991-2000)

Fonte: PNUD/Atlas de Desenvolvimento Humano (www.pnud.org.br)


An lise da varia o do capital social do munic pio de iju rs

Colocação do PIB de Ijuí em relação aos demais municípios do RS - Ordem Crescente.


An lise da varia o do capital social do munic pio de iju rs

  • Pouca alternância no poder local: predomínio de um só partido nos últimos 25 anos.

  • Personalismo político (Mânica, Perondi, Burmann e Heck).

  • Carência de novas lideranças políticas

  • Enfraquecimento dos partidos mais à esquerda no espectro político.

  • Baixa confiança interpessoas: (27% confiam, enquanto que 71,5% dos entrevistados responderam que não se pode confiar nas pessoa)

  • Baixa confiança dos cidadãos ijuienses em relação às instituições políticas. Com 97,8% de pouca confiança e não-confiança, o Congresso Nacional, Partidos Políticos com 94,8%...

  • No que se refere à participação em grupos e organizações sociais, 32,5% responderam que participam, enquanto que a maioria (67%) não participa de grupos ou organização social.


Conclus es

Conclusões...

  • A partir da análise comparativa dos resultados dos surveys aplicados no município, 1968 e 2005; das opiniões de lideranças locais; da análise do desempenho econômico e de IDH (IBGE e FEE) e da evolução da participação eleitoral (TRE-RS) é possível comprovar a hipótese geral do trabalho. Isto é: houve um declínio de manifestações cívicas com a diminuição da participação política convencional (reuniões partidárias, partidos políticos, comícios, eleições); altos índices de desconfiança (interpessoal, instituições políticas); redução do associativismo e cooperação (individualismo, familismo amoral, baixa participação comunitária), além da estagnação econômica e da qualidade de vida – estas são algumas manifestações do impacto negativo do capital social de Ijuí que esta tese procurou evidenciar no decorrer de suas páginas.


An lise da varia o do capital social do munic pio de iju rs

ANTUNES, Paulo Bessa. Direito Ambiental. 2ed. Amplamente Reformulado. 14ª ed., Rio de Janeiro: Atlas, 2012.

Amaral, Diogo Freitas, Ciência Política, vol I ,Coimbra,1990 

AQUINO, Rubim Santos Leão de . et al. História das Sociedades Americanas. 7 ed. Rio de Janeiro: Record, 2000.

ARANHA, Maria Lúcia. Filosofando: Introdução á Filosofia. São Paulo: Moderna, 1993.

ARRUDA, José Jobson de A. e PILETTI, Nelson. Toda a História. 4 ed. São Paulo: Ática, 1996.ASCENSÃO, José de Oliveira. Breves Observações ao Projeto de Substitutivo da Lei de Direitos Autorais. Direito da Internet e da Sociedade da Informação. Rio de Janeiro: Ed. Forense, 2002.

BRANCO JR., Sérgio Vieira. Direitos Autorais na Internet e o Uso de Obras Alheias. Ed. Lúmen Júris, 2007.

BUZZI, Arcângelo. Introdução ao Pensar. Petrópolis; ed. Vozes, 1997.CAPEZ, Fernando. Curso de Direito Penal. V. 2, Parte Especial. 10. Ed. São Paulo: Saraiva, 2010.

CERQUEIRA, João da Gama. “Tratado da Propriedade Industrial”, vol. II, parte II. Revista Forense: Rio de Janeiro, 1952.

CHAUÍ, Marilena. Convite á Filosofia. São Paulo,10ª. Ed.,Ática,1998.

COTRIM, Gilberto. História Global: Brasil e Geral. 6 ed. São Paulo: Saraiva, 2002.

CRETELLA JÚNIOR, José. Curso de Direito Administrativo. Rio de Janeiro: Forense, 2003.

DEON SETTE, MARLI T. Direito ambiental. Coordenadores: Marcelo Magalhães Peixoto e Sérgio Augusto Zampol

DINIZ, Maria Helena. Curso de direito civil brasileiro: teoria das obrigações contratuais e extracontratuais. 3. ed. São Paulo: Saraiva, 1998, v. 3.

DI PIETRO, Maria Sylvia Zanella. Direito Administrativo. São Paulo: Atlas, 2005.

COELHO, Fábio Ulhoa. Curso de direito comercial. 6. ed. São Paulo: Saraiva, 2002, v. 1, 2 e 3.

REFERÊNCIAS


An lise da varia o do capital social do munic pio de iju rs

FERRAZ JUNIOR, Tercio Sampaio. Introdução ao Estudo do Direito: técnica, decisão, dominação. 6.ed. São Paulo: Atlas, 2008.

FIORILLO, Celso Antonio Pacheco. Curso de Direito Ambiental Brasileiro. 13ª ed., rev., atual. E compl. – São Paulo :Saraiva, 2012.

FRAGOSO, Heleno Cláudio. Lições de direito penal: especial. 11. ed. atual. por Fernando Fragoso. Rio de Janeiro : Forense, 2005.

GONÇALVES, Carlos Roberto. Direito Civil Brasileiro, vol I: Parte Geral. São Paulo: Saraiva, 2007

GAGLIANO, Plablo Stolze & PAMPLONA FILHO, Rodolfo. Novo curso de direito civil, v. 1 - 5 ed. São Paulo: Saraiva. 2004.

GRINOVER, Ada Pellegrini et al.Código Brasileiro de Defesa do Consumidor comentado pelos autores do anteprojeto. 8. ed. rev., ampl. e atual. Rio de Janeiro: FU, 2004.

JESUS, Damásio E. de. Direito Penal – V. 2 – Parte Especial dos Crimes Contra a Pessoa a dos Crimes Contra o Patrimônio. 30 ed. São Paulo: Saraiva, 2010.

LAKATOS,  Eva Maria. Introdução à Sociologia. São Paulo: Atlas, 1997

LAKATOS, E. M. & MARCONI, M. A. Sociologia Geral. São Paulo: Atlas, 1999

MARQUES, Claudia Lima. Contratos no Código de Defesa do Consumidor: o novo regime das relações contratuais.4. ed. rev., atual. e ampl. São Paulo: RT, 2004.

MARTINS FILHO, Ives Gandra da Silva. Manual de direito e processo do trabalho. 18.ed. São Paulo: Saraiva, 2009.

MARTINS, Sérgio Pinto.Direito do Trabalho. 25.ed. São Paulo: Atlas, 2009.

MARTINS, Carlos Benedito.  O que é Sociologia.  Rio de Janeiro: Zahar, 1988

MEDAUAR, Odete. Direito Administrativo Moderno. São Paulo: RT, 2001.

MEIRELLES, Hely Lopes. Direito Administrativo Brasileiro. São Paulo: Malheiros, 1996.

MIRABETE, Julio Fabbrini. Processo penal. 18. ed. – São Paulo: Editora Atlas, 2006.

REFERÊNCIAS


An lise da varia o do capital social do munic pio de iju rs

MORAES, de Alexandre. Direito Constitucional. São Paulo: Atlas, 2004.

PEIXINHO, Manoel Messias. Os princípios da Constituição de 1988. Rio de Janeiro: Lúmen Júris, 2001.

Piçarra, Nuno, A separação dos poderes como doutrina e princípio constitucional: um contributo para o estudo das suas origens e evolução, Coimbra, Coimbra Editora, 1989 

NUCCI, Guilherme de Souza. Manual de processo penal e execução penal. 3. ed. – São Paulo: Editora Revista dos Tribunais, 2007.

PEREIRA, Caio Mario da Silva. Instituições de direito civil, v.1. Rio de Janeiro: Forense. 2004.

POLETTI, Ronaldo. Introdução ao Direito. 4. ed., São Paulo: Saraiva, 2010..

PRADO, Luiz Regis. Curso de direito penal brasileiro. 11. ed. São Paulo : RT, 2007, v. 2.

REALE, Miguel. Lições Preliminares de Direito. 27.ed São Paulo: Saraiva, 2006.

REQUIÃO, Rubens. Curso de direito comercial. 8. ed. São Paulo: Saraiva, 1977, v. 1 e 2.

RUSSOMANO, Mozart Victor. Comentários à Consolidação das Leis do Trabalho. 3. ed. Rio de Janeiro: Forense, 2005.

SELL, Carlos Eduardo. Sociologia Clássica . Itajai: EdUnivali, 2002

VENOSA, Sílvio de Salvo. Direito Civil (Parte Geral), v.1 – 3 ed. São Paulo: Atlas. 2003.

REFERÊNCIAS

ATENÇÃO

Parte deste material foi coletado na internet e não foi possível identificar a autoria. Este material se destina para fins de estudo e não se encontra completamente atualizado.


An lise da varia o do capital social do munic pio de iju rs

_________________Obrigado pela atenção!!

Acimarney C. S. Freitas – Advogado – OAB-BA Nº 30.553

Professor de Direito do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia da Bahia – IFBA – campus de Vitória da Conquista

Diretor do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia da Bahia – IFBA – campus de Brumado.

Bacharel em Teologia

Especialista em Direito Educacional - FTC

Especialista em Educação Profissional e de Jovens e Adultos - IFBA

Mestrando em Filosofia - UFSC

Email: [email protected]

Facebook: Ney Maximus

FIM


  • Login