Educa o especial der mar lia 2010 orienta es para o planejamento escolar cape l.jpg
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 31

Educação Especial DER Marília -2010 Orientações para o Planejamento escolar - CAPE PowerPoint PPT Presentation


  • 163 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

Educação Especial DER Marília -2010 Orientações para o Planejamento escolar - CAPE. O que é?. A Educação Especial trata-se de uma modalidade de educação escolar, voltada para a formação do indivíduo, com vistas ao exercício da cidadania.

Download Presentation

Educação Especial DER Marília -2010 Orientações para o Planejamento escolar - CAPE

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


Educa o especial der mar lia 2010 orienta es para o planejamento escolar cape l.jpg

Educação EspecialDER Marília -2010Orientações para o Planejamento escolar - CAPE


O que l.jpg

O que é?

A Educação Especial trata-se de uma modalidade de educação escolar, voltada para a formação do indivíduo, com vistas ao exercício da cidadania.

Realiza-se transversalmente, em todos os níveis de ensino – educação infantil, ensino fundamental, ensino médio e educação superior, bem como as demais modalidades.


Slide3 l.jpg

E

D

U

C

A

Ç

Ã

O

E

S

P

E

C

I

A

L

Educação Infantil

Ensino Fundamental

Ensino Médio

Ensino Superior


Slide4 l.jpg

Na E. E. Profª. Celestina Valparaíso se matricularam na 7ª série do EF, em 2010, dois alunos com deficiência: um cadeirante e um cego. O 1º ano do EM, por sua vez, recebeu um aluno com sérios problemas de audição. A PC, preocupada com o bom atendimento educacional desses alunos, reuniu a equipe pedagógica para discutir as dificuldades da escola em garantir o ensino e a aprendizagem desses alunos. Nessa reunião, vários problemas foram colocados e analisados.


Slide5 l.jpg

A escola pode recusar a matrícula dos alunos por falta de condições e/ou preparo dos professores e tentar encaminhá-los a escolas próximas que já desenvolvam esse tipo de atendimento?

A escola não pode recusar matrícula a nenhum cidadão.

Sugestão de leitura:

Constituição Federal: Artigos 5º; 205; 206 (incisos I e VII); 208 (incisos III e V);

LDBEN: Lei nº 9394 de 20/12/1996;

Deliberação CEE nº 682007;

Res. SE nº 11/2008, alterada pela Res. SE 31/2008


Como o sistema educacional garante esse direito aos alunos com defici ncia l.jpg

Como o sistema educacional garante esse direito aos alunos com deficiência?

Criando condições para que os alunos com deficiência. Como qualquer outro aluno, tenham acesso ao conhecimento. O atendimento deve ser preferencialmente em classes comuns, com o apoio de Serviços de Apoio Pedagógico Especializado (SAPE).

Sugestão de leitura:

Resolução SE nº 11/98


Podemos dizer que esse um aluno de inclus o l.jpg

Podemos dizer que esse é um aluno de inclusão?

Não apenas ele. Todos e cada um dos alunos “são de inclusão”. A todos eles a escola tem de garantir um ensino de qualidade para uma aprendizagem efetiva.

Sugestão de leitura:

http://cape.edunet.sp.gov.br/cape_arquivos/nclusao_social.asp


O que s o necessidades educacionais especiais l.jpg

O que são necessidades educacionais especiais?

São aquelas que exigem métodos e recursos aos quais, somente por meio deles, o aluno tem acesso ao conhecimento.


Quem s o os alunos com necessidades educacionais especiais l.jpg

Quemsãoosalunos com necessidadeseducacionaisespeciais?

São alunos com:

deficiência física;

deficiência mental;

deficiência sensorial (visual e/ou auditiva);

deficiência múltipla;

altas habilidades e superdotação;

transtornos invasivos de desenvolvimento;

alunos com outras dificuldades ou limitações acentuadas no processo desenvolvimento.

Art. 1º da Resolução 11/2008


O que o sape servi o de apoio pedag gico especializado l.jpg

O que é o SAPE (Serviço de Apoio Pedagógico Especializado)?

A sua implementação tem por objetivo melhorar a qualidade da oferta da Educação Especial, viabilizando-a por uma reorganização que, favorecendo a adoção de novas metodologias de trabalho, leve à inclusão do aluno em classes comuns do ensino regular, com atendimento prestado por professor especializado.


Slide11 l.jpg

O SAPE é organizado para suprir as necessidades de acesso ao conhecimento e à participação dos alunos com que são público alvo da Educação Especial, nas turmas das escolas comuns.Constitui oferta obrigatória dos sistemas de ensino, embora participar do SAPE seja uma decisão do aluno e/ou de seus pais/responsáveis.


Qual o papel do professor que atua no sape l.jpg

Qual é o papel do professor que atua no SAPE?

participar da elaboração da proposta pedagógica da escola;

elaborar plano de trabalho que contemple as especificidades da demanda existente na unidade escolar;

integrar os conselhos e participar das HTPCs e/ou outras atividades coletivas;

orientar a equipe quanto aos procedimentos e estratégias de inclusão dos alunos;

oferecer apoio técnico pedagógico aos professores das classes comuns;

fornecer orientações e prestar atendimento aos responsáveis pelos alunos.


E os alunos com muitas dificuldades de intera o e cognitivas aqueles com os quais dif cil interagir l.jpg

E os alunos com muitas dificuldades de interação e cognitivas, aqueles com os quais é difícil interagir?

Sugestão de leitura: Res. SE 11/2008

Art. 9º - Os alunos que não puderem ser incluídos em classes comuns, em decorrência de severa deficiência mental ou grave deficiência múltipla, ou mesmo apresentarem comprometimento do aproveitamento escolar em razão de transtorno invasivo do desenvolvimento, poderão contar, na escola regular, em caráter de excepcionalidade e transitoriedade, com o atendimento em classe regida por professor especializado, observado o disposto no parágrafo único do art. 4° da Deliberação CEE 68/07.


Slide14 l.jpg

§ 1º - Esgotados os recursos pedagógicos necessários para manutenção do aluno em classe regular, a indicação da necessidade de atendimento em classe regida por professor especializado deverá resultar de uma avaliação multidisciplinar, a ser realizada por equipe de profissionais indicados pela escola e pela família.


Slide15 l.jpg

§ 2º - O tempo de permanência do aluno na classe regida por professor especializado dependerá da avaliação multidisciplinar e de avaliações periódicas a serem realizadas pela escola, com participação dos pais e do Conselho de Escola e/ou estrutura similar, com vistas a sua inclusão em classe comum.


Slide16 l.jpg

§ 3º - O caráter de excepcionalidade, de que se revestem a indicação do encaminhamento dos alunos e o tempo de sua permanência em classe regida por professor especializado, será assegurado por instrumentos e registros próprios, sob a supervisão do órgão competente.Ler também Res. SE 31/2008.


Quais s o os recursos dispon veis aos alunos l.jpg

Quaissãoosrecursosdisponíveisaosalunos?

Apoio de professores especializados;

Livros em Braille ou em caracteres ampliados;

Cadernos adaptados;

Aquisição de mobiliário adaptado (mesas e cadeiras);

Convênios com instituições de notório saber para atender os alunos com grave comprometimento que não se beneficiariam do atendimento escolar;

Professor interlocutor de LIBRAS (Res. 38/2009;

Facilitador/Cuidador (Previsão 2º semestre de 2010).


O que faz o sape l.jpg

O que faz o SAPE?

Apóia o desenvolvimento do aluno com deficiência, transtornos gerais de desenvolvimento e altas habilidades;

Disponibiliza o ensino de linguagens e de códigos específicos de comunicação e sinalização;

Adequa e produz materiais didáticos e pedagógicos, tendo em vista as necessidades específicas dos alunos;

Acompanha o uso desses materiais e recursos em sala de aula, sem, contudo, interferir no ensino dos conteúdos curriculares.


Como feito o atendimento no sape l.jpg

Como é feito o atendimento no SAPE?

O SAPE é realizado no período inverso ao da classe comum frequentada pelo aluno;

para maior benefício do aluno, esse serviço deve ser oferecido preferencialmente na própria escola que ele frequenta, caso não seja possível, poderá ser em uma outra escola próxima;

Atendimento prestado por professor especializado na forma de itinerância.


Exemplos do sape em sala de aula comum l.jpg

Exemplos do SAPE em sala de aula comum.

Demonstração do uso da máquina de escrever em Braille para professora e alunos da sala de aula comum.

Acompanhamento do uso do material e/ou mobiliário adaptado, bem como disposição do aluno em sala de aula.


Centro de apoio pedag gico especializado cape l.jpg

Centro de Apoio Pedagógico Especializado (CAPE)

Endereço:

Rua Pensilvânia, 115 - Fundos

Brooklin – São Paulo

Site: http://cape.edunet.sp.gov.br


A defici ncia suas limita es e possibilidades l.jpg

A Deficiência, suas limitações e possibilidades

Filme: “A cor do Paraíso”


A quais foram as suas impress es e sensa es ao assistir ao filme l.jpg

a) Quais foram as suas impressões e sensações ao assistir ao filme?


Slide24 l.jpg

b) Como Mohamed foi recebido na escola das irmãs?


C qual foi a rea o do professor l.jpg

c) Qual foi a reação do professor?


D qual foi a rea o dos alunos l.jpg

d) Qual foi a reação dos alunos?


E o que mais chamou aten o de voc s ao assistir aos trechos desse filme l.jpg

e) O que mais chamou atenção de vocês ao assistir aos trechos desse filme?


F quais foram as dificuldades encontradas por todos com a presen a de mohamed na sala l.jpg

f) Quais foram as dificuldades encontradas por todos com a presença de Mohamed na sala?


G que tipo de apoios mohamed necessitou para poder frequentar e participar da aula l.jpg

g) Que tipo de apoios Mohamed necessitou para poder frequentar e participar da aula?


H o que a nossa escola poderia oferecer para um aluno com defici ncia l.jpg

h) O que a nossa escola poderia oferecer para um aluno com deficiência?


I quais recursos est o dispon veis para esses alunos na rede estadual l.jpg

i) Quais recursos estão disponíveis para esses alunos na rede estadual?


  • Login