A VENEZUELA E O CHAVISMO
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 28

A VENEZUELA E O CHAVISMO PowerPoint PPT Presentation


  • 36 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

A VENEZUELA E O CHAVISMO. A Venezuela antes de Chávez: uma história de ditaduras e autoritarismo. Povo Venezuelano nas ruas em defesa do governo Chávez. O começo:

Download Presentation

A VENEZUELA E O CHAVISMO

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


A venezuela e o chavismo

A VENEZUELA E O CHAVISMO


A venezuela antes de ch vez uma hist ria de ditaduras e autoritarismo

A Venezuela antes de Chávez: uma história de ditaduras e autoritarismo

Povo Venezuelano nas ruas em defesa do governo Chávez


A venezuela e o chavismo

O começo:

De um país essencialmente agrícola, a Venezuela passou a ser um dos maiores exportadores de petróleo, responsável pelo desenvolvimento de um grande abismo social no país.

Foi nesse contexto que se constituíram dois fortes governos ditatoriais: do general Cipriano Castro (1889-1908) e posteriormente, Juan Vicente Gómez (1908-1935), nos quais o poder foi centralizado a ferro e fogo a partir de uma duríssima repressão, e dando grande abertura ao capital estrangeiro, constituindo uma sólida aliança entre as classes dominantes do país e os monopólios estrangeiros vinculados ao negócio petrolífero.

Fotos: Ciprianano Castro e Juan Gómez, respectivamente


A venezuela e o chavismo

Caracazo: Em 1988 é eleito Carlos Andrés Pérez, que tenta recuperar a economia através de empréstimos do FMI. A ação fez desvalorizar o bolívar (moeda oficial do país), causando o congelamento de salários, aumento das passagens, aumento dos preços de gêneros de primeira necessidade, reajuste do preço da gasolina. As ações geraram um descontentamento geral, desencadeando varias manifestações pelo país que protestavam contra as medidas econômicas propostas por Pérez, recebidos com forte repressão pelo governo. O acontecimento ficaria conhecido como Caracazo.

  • Surge um forte movimento popular e organizações políticas;

  • Ascensão da mais repressiva ditadura, com Pérez Jimenez;

  • Articulação das organizações que se encontravam clandestinas;

  • Pacto de Punto Fijo.

  • Queda do ditador e concretização do Pacto.

  • “Sexta-feira negra” – crise do petróleo na Venezuela em 1983;

  • Fim do Pacto;

Caracazo, 1989


A venezuela e o chavismo

É nesse clima de insatisfação popular que em 1992 oficiais do exército tentam, sem sucesso, articular-se na aplicação de um golpe. Um dos participantes é Hugo Chávez, que ao se render, torna-se um dos sujeitos mais populares na Venezuela. Em 1996, lança-se na vida institucional. Em 6 de dezembro de 1998 Chávez torna-se presidente com a maioria dos votos. Chávez não foi eleito em meio a um crescimento vigoroso do movimento de massas, mas foi resultado de uma longa e espontânea onda de descontentamento e rebelião. Sua base de apoio se consolidaria conforme o tempo.

Eleições 1998, Venezuela


Tinha que ser o ch vez joselene ieda de carvalho lucas eduardo gaspar

Tinha que ser o Chávez...Joselene Ieda de Carvalho Lucas Eduardo Gaspar


A venezuela e o chavismo

 O governo comandado pelo presidente Hugo Chávez na Venezuela durou de 1999 a 2012;  Leis: de Terra, Pesca e Hidrocarbonetos


A venezuela e o chavismo

Rosáles ( trabalhador de um supermercado na Venezuela): "Chávez focou nas necessidades do povo. Pegou o dinheiro do petróleo e levou para as pessoas mais carentes. Não estamos falando de luxo, mas de atender as necessidades básicas. Se não fosse por ele, nós ainda estaríamos morando na casa de parentes"


2002 o golpe fracassado contra ch vez e a mobiliza o popular

2002: O golpe fracassado contra Chávez e a mobilização popular

Alex Sander Sanoto

Nicole de Cândido Ponestk


A venezuela e o chavismo

O uso da mídia

X


Mais repercuss o

Mais repercussão

Além de toda a pressão que o governo Chávez já sofria, devido as Leis de Terra, Pesca e Hidrocarbonetos, criadas em 2001, a situação se agravou mais ainda quando ao vivo, em seu programa “Alô Presidente”, ele demitiu 7 dos principais gerentes da PDVSA (Petróleos da Venezuela).


Emboscada democracia e sequestro do presidente hugo ch vez

Emboscada à democracia e sequestro do Presidente Hugo Chávez

No dia 11 de abril de 2002 iniciou-se uma grande passeata liderada pela oposição chavista. Que durante sua execução mudaram o destino para o Palácio de Miraflores. Quando se aproximaram no local iniciaram-se disparos de cima dos prédios, tratava-se de uma tentativa de criar tumultuo e pânico, culpando Hugo Chávez.

Através de toda essa pressão, o Presidente Chávez se viu encurralado entre resistir ou entregar – se e acabou se entregando.


O golpe dentro do golpe

O golpe dentro do golpe

Carmona proclama vitória e se elege presidente.

Coletiva do procurados geral da República Isaías Rodriquez.

Manifestação popular

ganha força.


Ch vez retorna presid ncia

Chávez retorna à presidência.


Interpreta es sobre o golpe de 2002 na imprensa brasileira

Interpretações sobre o golpe de 2002 na imprensa brasileira

Cintia V. Mello

Lucas B. Fano


A venezuela e o chavismo

  • A comunicação em nossa sociedade está em disputa,

    e é possível encontrarmos posicionamentos

    diferentes na mídia.

  • Para evidenciar a defesa de projetos sociais distintos, faremos uma análise a partir dos posicionamentos da imprensa brasileira sobre os conflitos ocorridos na Venezuela, particularmente referentes ao golpe de Estado que aconteceu em 2002.


A venezuela e o chavismo

  • Mídia hegemônica X Mídia alternativa: quais são as diferenças de interpretação? Quais os interesses defendidos?


A venezuela e o chavismo

Jornal Brasil de Fato:

Revista Veja:


A venezuela e o chavismo

Cabe a nós leitores e telespectadores uma análise crítica das informações que recebemos!


Os impasses sobre o chavismo

OS IMPASSES SOBRE O CHAVISMO

Paulo Roberto da Costa Sartori

Sara Munique Noal


A venezuela e o chavismo

O QUE DE

FATO É O CHAVISMO?


A venezuela e o chavismo

UM GOVERNO POPULISTA?

- Tem se tornado comum a caracterização de um governo como populista para avaliar jocosamente qualquer governante que tome por impulso uma maior aproximação com as camadas populares.


Um socialismo do s culo xxi

UM SOCIALISMO DO SÉCULO XXI?

- Alguns utilizam essa caracterização ao falar do governo Chavéz, porém, temos que ponderar que a simples posição antiimperialista, a tomada pelo Estado de algum setor da economia ou a realização de programas sociais não servem como medida concreta para definir um país como socialista. Pois “enquanto 31 famílias continuarem a ser os donos do país, na Venezuela não há revolução”.


A venezuela e o chavismo

  • De concreto o papel do chavismo tem servido mais para a expropriação politica da classe trabalhadora do que na organização e luta dos trabalhadores. Porém é necessário reconhecer que Chavéz impulsionou transformações sociais importantes e que “as pessoas estão se alimentando, se educando e vivendo melhor na Venezuela”.


A venezuela e o chavismo

  • EQUIPE DO PROJETO

  • Coordenador: Gilberto Grassi Calil

  • Estagiários:

  • Alex Sander Sanoto

  • Alex Sandro Ventura Griebeler

  • Cintia Mello

  • Joselene Ieda de Carvalho

  • Luana Milani Pradela

  • Lucas Blank Fano

  • Lucas Eduardo Gaspar

  • Nicole de Cândido Ponestk

  • Paulo Sartori

  • Sara Munique

  • Marechal Cândido Rondon, Julho e Agosto de 2012.


Cr ditos das imagens

Créditos das Imagens

http://processoelento.blogspot.com.br/

http://luisbritto.wordpress.com/2011/07/10/enferma-el-presidente/

http://www.latinamericanstudies.org/perez-jimenez.htm

http://blogdejadson.blogspot.com.br/2012/09/o-fantasma-do-caracazo-agita-eleicao.html

http://www.noticias24.com/venezuela/noticia/42805/entre-seguidores-y-un-bloque-opositor-la-revolucion-del-presidente-chavez-cumple-13-anos-en-el-poder/

http://www.bancariosbahia.org.br/2012/index.php?menu=noticia&cod=11090http://www.diariodocentrodomundo.com.br/como-decifrar-o-enigma-chavez/http://www.pressenza.com/wp-content/uploads/2013/02/PIG-free_reproduction.gif

http://jornalismob.files.wordpress.com/2013/03/veja1-e1363065743260.jpg

http://andradetalis.files.wordpress.com/2012/07/veja-ua-org.png?w=614

http://images.rodrigovianna.com.br/wp-content/uploads/2012/04/13deabril2002.jpg

http://margaritasemcensura.com/wp-content/uploads/2013/03/0603home1.jpg

http://www.desenvolvimentistas.com.br/blog/wp-content/uploads/2013/01/pol%C3%ADtica.jpg

http://3.bp.blogspot.com/-0qwaoHlNGUQ/UTaqmVV6RDI/AAAAAAAABsM/8pt8AYXsEq0/s1600/homenagem+hugo+chavez+Nascimento+28+de+julho+de+1954+falecimento+5+de+mar%C3%A7o+de+2013+ao+58+anos+13.jpg

http://4.bp.blogspot.com/-fkVfXc_qhAA/TnmwTh6huqI/AAAAAAAAGoU/qh-V7JL_doU/s1600/midia-manipulacao12096.jpg


A venezuela e o chavismo

http://www.aimdigital.com.ar/aim/wp-content/uploads/2012/04/venezuela-golpe.jpg

http://www.diplomatique.org.br/upload/editor/images/chavez.jpg

http://www.rededemocratica.org/media/k2/items/cache/15812787389d5e520282cfe444c2e037_XL.jpg

http://framos.files.wordpress.com/2012/10/texto-felippe.jpg

http://jornalismob.files.wordpress.com/2013/03/carta-capital1-e1363065647937.jpg

http://2.bp.blogspot.com/-lU4TZ883jg/UTeQmMziGRI/AAAAAAAAJhU/_Ya42D6WOBY/s1600/hugo+chavez+III.jpg

http://s2.glbimg.com/SYZk-zovISNlKvyJM-EJcsap1GRhytJ3daDgQnq__etIoz-HdGixxa_8qOZvMp3w/s.glbimg.com/jo/g1/f/original/2012/09/30/chavezcomicio.jpg

http://iberosphere.com/wp-content/uploads/2013/03/chavez.jpg

http://1.bp.blogspot.com/-AOm46gg5tyM/UTd7pcFmz_I/AAAAAAAAD2M/FPCRwRGN1EI/s1600/cvz.jpg


  • Login