ii pnd e d vida externa
Download
Skip this Video
Download Presentation
II PND e dívida externa

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 9

II PND e dívida externa - PowerPoint PPT Presentation


  • 81 Views
  • Uploaded on

II PND e dívida externa. O investimento é fundamental para sustentar o crescimento em qualquer economia do mundo. Como o Brasil financiou os investimentos para implantação do II PND?. II PND e dívida externa. O financiamento externo foi decisivo para implantação do II PND.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about ' II PND e dívida externa' - ramla


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
ii pnd e d vida externa

II PND e dívida externa

O investimento é fundamental para sustentar o crescimento em qualquer economia do mundo. Como o Brasil financiou os investimentos para implantação do II PND?

Prof. Dr. Cândido Ferreira da Silva Filho

ii pnd e d vida externa1
II PND e dívida externa

O financiamento externo foi decisivo para implantação do II PND.

O crescimento acelerado da economia brasileira nos anos 1970 (principalmente, após o primeiro choque do petróleo) dependia do financiamento externo.

A crise dos anos 80 resultou, em larga medida, da ruptura desse padrão de financiamento.

Prof. Dr. Cândido Ferreira da Silva Filho

por que o brasil recorreu ao financiamento externo para sustentar os investimentos do ii pnd
Por que o Brasil recorreu ao financiamento externo para sustentar os investimentos do II PND?

De um lado, houve nesse período grande expansão de liquidez internacional e, de outro, o sistema financeiro doméstico se mostrou incapaz de atender à demanda crescente de crédito de longo prazo.

Prof. Dr. Cândido Ferreira da Silva Filho

por que financiamento externo
Por que financiamento externo?

A utilização excessiva de financiamentos externos só pode ser entendida pela conjunção de interesses entre o capital bancário internacional e o doméstico. Quais interesses?

Prof. Dr. Cândido Ferreira da Silva Filho

por que financiamento externo1
Por que financiamento externo?

As operações de endividamento proporcionavam lucros elevados, ao mesmo tempo em que dispensavam o setor doméstico de constituir uma base de captação de recursos de longo prazo.

Prof. Dr. Cândido Ferreira da Silva Filho

como evoluiu a d vida externa nos anos 1970
Como evoluiu a dívida externa nos anos 1970?

Na década de 1970 houve significativa deterioração das condições de contratação da dívida externa. A dívida passou a ser contratada a taxas de juros flutuantes, bem como, ganhou importância o caráter de curto prazo dos financiamentos.

Prof. Dr. Cândido Ferreira da Silva Filho

d vida externa
Dívida externa

A dívida externa brasileira cresceu de forma acelerada nos anos 1970. Com o choque dos juros, em 1979, a vulnerabilidade externa se estabelece de maneira definitiva.

Prof. Dr. Cândido Ferreira da Silva Filho

d vida externa e o ii pnd
Dívida externa e o II PND

O II PND contribuiu para mudanças estruturais na economia brasileira. Todavia, os custos econômicos desse êxito não são desprezíveis. As dificuldades que marcaram a economia brasileira nos anos 80 podem ser atribuídas, em parte, à estratégia de endividamento externo para financiar o II PND.

Prof. Dr. Cândido Ferreira da Silva Filho

ad