slide1
Download
Skip this Video
Download Presentation
TEMPERATURA RETAL DAS RAÇAS BOER E ANGLO-NUBIANA NO PERÍODO SECO E CHUVOSO EM TIMON-MA

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 6

TEMPERATURA RETAL DAS RAÇAS BOER E ANGLO-NUBIANA NO PERÍODO SECO E CHUVOSO EM TIMON-MA - PowerPoint PPT Presentation


  • 77 Views
  • Uploaded on

TEMPERATURA RETAL DAS RAÇAS BOER E ANGLO-NUBIANA NO PERÍODO SECO E CHUVOSO EM TIMON-MA. Luís Madeira Martins Júnior *, Amilton Paulo Raposo Costa**, Daniele Maria Ribeiro Azevedo *** , José Elivalto Guimarães Campelo ***, Silvéria Regina de Sousa Lira**, João Batista Lopes ***

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about ' TEMPERATURA RETAL DAS RAÇAS BOER E ANGLO-NUBIANA NO PERÍODO SECO E CHUVOSO EM TIMON-MA' - quon-soto


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
slide1

TEMPERATURA RETAL DAS RAÇAS BOER E ANGLO-NUBIANA NO PERÍODO SECO E CHUVOSO EM TIMON-MA

Luís Madeira Martins Júnior *, Amilton Paulo Raposo Costa**, Daniele Maria Ribeiro Azevedo *** , José Elivalto Guimarães Campelo ***, Silvéria Regina de Sousa Lira**, João Batista Lopes ***

*Mestrando em Ciência Animal **Departamento de Morfofisiologia-CCA-UFPI *** Departamento de Zootecnia –CCA-UFPI

INTRODUÇÃO

O desempenho produtivo dos animais domésticos depende da interação de fatores ambientais e genéticos. Os caprinos são animais homeotérmicos e mantêm a temperatura corporal na faixa de 38,5 a 39,7°C. A homeotermia é mantida igualando a soma da quantidade de calor produzida no metabolismo e o calor ambiente, com o fluxo de calor dissipado do animal. Na região meio-norte do Brasil, o clima é quente com grande insolação e umidade variável. As raças caprinas Boer e Anglo-nubiana são atualmente as preferidas pelos criadores, sendo que a Boer teve sua introdução mais recente na região. No entanto, não há dados disponíveis a respeito do comportamento dessas raças quanto à manutenção da temperatura corporal nas condições climáticas da região. Por isso, faz-se necessário a avaliação de suas adaptabilidades às condições climáticas.

slide2

OBJETIVOS

Comparar a adaptabilidade de caprinos das raças Boer e Anglo-nubiana, frente às condições climáticas prevalentes nesta região, através da avaliação da temperatura retal em diferentes horários do dia e estações do ano.

MATERIAL E MÉTODOS

O experimento foi conduzido na fazenda Santa Isabel, município de Timon-MA, no período de outubro de 2002 a maio de 2003. Foram utilizados caprinos machos raça Boer (n=7) e da raça Anglo-Nubiana (n=7), clinicamente saudáveis, da mesma faixa etária e submetidos às mesmas condições de manejo, A temperatura retal foi avaliada, com o uso de termômetro clínico digital, nos horários de 7-8, 10-11, 14-15, 17-18 e 20-21h, sendo quatro vezes no período seco (outubro/novembro) e quatro vezes no período chuvoso (fevereiro/março), com os animais à sombra. Nos mesmos dias e horários foram avaliadas a temperatura ambiente e a umidade relativa do ar, utilizando termohigrômetro. Os dados foram analisados pelo teste de Kruskal-Wallis.

slide3

50

40

30

Temperatura retal

20

10

0

Boer

Anglo

Boer

Anglo

RESULTADOS

Período Seco

Período Chuvoso

Gráfico 1- Médias das temperaturas retais das raças Boer e Anglo-nubiana nas estações seca e chuvosa em Timon – MA.

slide4

100

80

60

40

20

0

Seco

Chuvoso

Seco

Chuvoso

Temperatura ambiente°C

Umidade relativa %

RESULTADOS

Gráfico 2- Médias das temperaturas ambiente e umidades relativas do ar nas estações seca e chuvosa e m Timon – MA.

slide5

CONCLUSÕES

A análise estatística demonstra que a raça Boer teve temperatura retal significativamente menor, tanto no período chuvoso quanto no período seco, indicando que esta raça tem maior capacidade de suportar temperaturas ambiente altas, sem elevar sua temperatura corporal. E consequentemente maior adaptabilidade ao clima quente.

slide6

REFERÊNCIAS

MEDEIROS, L. F. D.; SCHERER, P.O.; VIEIRA, D. H.; SOUSA, J. C. D. de Temperatura corporal em diferentes raças e idades de caprinos criados no rio de janeiro. In: REUN. SOC. BRAS. ZOOT., 35, 1998, Botucatu,SP. Anais...Botucatu: SBZ, p. 88-90. 1998a.

MEDEIROS, L. F. D.; QUINTANILHA, J. R.; SCHERER, P. O.; VIEIRA, D. H. Reações fisiológicas de caprinos de diferentes raças mantidos à sombra, ao sol e em ambiente parcialmente sombreado. In: REUN. SOC. BRAS. ZOOT., 35, 1998, Botucatu,SP. Anais...Botucatu: SBZ, p. 91-93. 1998c.

MULLER, P. B. Bioclimatologia aplicada aos animais domésticos. 2ª ed. Porto Alegre, Sulina, p. 71-80. 1982.

ARRUDA, F. de A. V; FIGUEIREDO, E. A. P.; PANT, K. P.Variação da temperatura corporal de caprinos e ovinos sem lã em sobral. Pesq. Agropec. Bras., v.19, p.915-19. 1984b.

APOIO FINANCEIRO

CAPES

Universidade Federal do Piauí

ad