O z tranq ilo um estudo de caso ver dico sobre o perfil do produtor que n o se abala na crise
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 26

O Zé Tranqüilo Um estudo de caso verídico sobre o perfil do produtor que não se abala na crise PowerPoint PPT Presentation


  • 49 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

O Zé Tranqüilo Um estudo de caso verídico sobre o perfil do produtor que não se abala na crise. Mas afinal quem é o Zé Tranqüilo?. Personagem hipotético Projeto da Bienal dos negócios da Agricultura em parceria com o PENSA-USP Resultado de muitas entrevistas com produtores bem sucedidos

Download Presentation

O Zé Tranqüilo Um estudo de caso verídico sobre o perfil do produtor que não se abala na crise

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


O z tranq ilo um estudo de caso ver dico sobre o perfil do produtor que n o se abala na crise

O Zé TranqüiloUm estudo de caso verídicosobre o perfil do produtor que não se abala na crise


Mas afinal quem o z tranq ilo

Mas afinal quem é o Zé Tranqüilo?

  • Personagem hipotético

  • Projeto da Bienal dos negócios da Agricultura em parceria com o PENSA-USP

  • Resultado de muitas entrevistas com produtores bem sucedidos

  • Finalidade Didática e informativa

  • Mas que ele está tranqüilo, isso ele está!!!!!!


A situa o

A Situação

  • Cenários para a safra 2009/2010

  • Mercado Externo

  • Desaceleração econômica

  • Preços dos insumos acima da média histórica

  • Tendência moderada de recuperação dos preços agrícolas

  • Troca do motor da economia dos EUA para a China

  • China continua a crescer e a comprar commodities

Fonte: BM&F, Itaú BBA,Bradesco2009


O z tranq ilo um estudo de caso ver dico sobre o perfil do produtor que n o se abala na crise

  • Cenários para a safra 2009/2010

  • Mercado Interno

  • Desaceleração econômica

  • Tendência de redução da SELIC

  • Aumento dos depósitos à vista e das exigibilidades

  • Aumento da poupança rural

  • Restrições creditícias(endividamento e tradings)

  • Infra-estrutura e logística engargalada

  • Dólar ao fim de 2009 R$1,8

  • Dólar ao fim de 2010 R$1,7

Fonte: BM&F, Itaú BBA,Bradesco. Ilan Fajin,2009


O z tranq ilo um estudo de caso ver dico sobre o perfil do produtor que n o se abala na crise

Fonte: FAO 2009


Fertilizantes e corretivos

Fertilizantes e Corretivos

Compra bem antes da safra e dos preços mais altos, utilizando-se dos descontos( 20 a 40%).

Faz compras em conjunto tirando proveito dos descontos.

Não compra pacotes!


Sementes e defensivos

Sementes e defensivos

Compra bem antes da safra e dos preços mais altos, buscando descontos.

Faz compras em conjunto tirando proveito dos descontos.

Plantam variedades com ciclos diferentes.

Plantam transgênicos somente se for vantagem. Não tem sido ultimamente

Não compra pacotes!


Financiamento da lavoura

Financiamento da lavoura

Se auto financia e tenta obter o que puder no credito rural oficial.

Alguns fazem trocas diretas

Não fazem não fazem trocas financeiras

Não fica inadimplente.

Não rola dívidas.


M quinas para a lavoura

Máquinas para a Lavoura

Em geral as máquinas são próprias e dão conta das operações.

As máquinas são financiadas via BNDES (Finame, Moderfrota,etc)

Eventualmente quando necessita de algumas horas de máquina elas são trocadas com vizinhos.

Em alguns casos terceiriza as máquinas para a colheita.


Gest o da propriedade

Gestão da propriedade

A gestão da propriedade é feita pelo próprio produtor.

É apoiado por pessoas de confiança da família ou não. Esposa, irmãos, filhos.

Alguns são mais preocupados com a administração geral deixando a parte operacional da produção para um administrador(parente ou não)


Assist ncia t cnica

Assistência Técnica

Todos tem assistência técnica privada dada por Engenheiro Agrônomo.

Especial atenção é dada à:

Contagem de pragas

Monitoramento de doenças

Análise do solo

Fertilização do solo

Plantio

Mistura de herbicidas


An lise de solo e aduba o

Análise de solo e adubação

Faz analise de solos todos os anos.

Muitos fazem através de agricultura de precisão, ajustando melhor as doses às necessidades de nutrientes do solo.

A fertilização do solo é muito valorizada.

Sabem que é dela que vem a produtividade em grande parte, portanto não há economia aqui....


Produtividade

Produtividade

É um dos fatores e sucesso

A BUSCA É CONTÍNUA!

No mínimo 60 scs/soja/ha

Alguns 64 scs/soja há


Armazenagem da produ o

Armazenagem da Produção

Fazem e valorizam a armazenagem ao nível da propriedade explicando que isso coloca o grão em sua mão.Maior liberdade e flexibilidade.

Alguns tem capacidade de armazenar toda a produção.

Dependendo do local, havendo fartura de infra-estrutura de armazenagem preferem terceirizar.(varia com a localidade)


Como planeja a safra seguinte

Como planeja a safra seguinte

Alguns fazem crescimento contínuo

Verificam as sobras do exercício.

Alguns aumentam sempre a área plantada passo a passo, sem exageros

Alguns tem áreas estabilizadas.


Novas tecnologias

Novas Tecnologias

Faz uso de novas tecnologias, porém espera os primeiros resultados concretos, não assumindo a postura de pioneiro.

As novas tecnologias tem que ser rentáveis para serem utilizadas.

Reagem contra o uso de produtos que muitas vezes são prescritos mas são inócuos nos resultados.

Alguns tem e permitem campos experimentais(áreas demonstrativas de produtos, novas variedades) em suas propriedades, outros não querem ouvir falar disso.


Diversifica o de atividades

Diversificação de atividades

Três categorias de atividades aparecem aqui:

  • Gado para engorda

  • Exclusividade na soja

  • Safrinha de milho e outras –milheto,sorgo

    • Consideram que o milho safrinha, adubado na base, melhora a fertilidade do solo, incorpora palha e aumenta a matéria organica


Hist ria pessoal

História Pessoal

Tradição na agricultura( origens sulinas)

Pais e avós agricultores

Formaram capital para começar a atividade

Sempre usaram boa parte de capital próprio

Pouco endividamento por princípio


Como faz controle de custos de produ o

Como faz controle de custos de produção

  • Agenda para lançar os valores

  • Calcula os valores dos produtos Fertilizantes etc em scs/soja e não ultrapassa os limites . Ex: 23 scs/soja /ton fertilizante no máximo.

  • Calcula o custo operacional sem o valor da terra

  • No final da colheita faz o balanço das sobras

  • Reinveste rapidamente -Terras, aumento de área plantada

  • Sempre pensa em sacos de soja e conhece

    os limites de relação de troca


Comercializa o

Comercialização

  • As vendas são divididas em lotes.

  • Há 4 estratégias claras de venda:

    • Venda futura

    • BM&F

    • Exportação direta

    • Mercado spot


Quais s o os fatores chave de sucesso da tranq ilidade

Quais são os fatores chave de sucesso da tranqüilidade?

  • Capitalização:

    • Nunca fazer pacotes, entrar em juros caros etc

    • Comprar no mínimo 50% dos insumos com recursos próprios

  • Administração:

    • Conhecer a propriedade em profundidade

    • Pessoal operacional capacitado

    • Pessoal Administrativo capacitado

  • Tecnologia Trivial e conhecida:

    • Sem perfumarias

    • Sem foliares

    • Sem produtos desnecessários

  • Comercialização:

    • Comprar bem

    • Vender bem


Dica final

Dica Final

Não errar em coisas simples.

O dono tem que olhar cada passo do plantio, a corda não pode correr solta

Ex: Às vezes por falta de controle e monitoramento plantios mal feitos( pouca semente, pouco fertilizantes) sem controle rígido das operações redundam em problemas na produção. E na produtividade.


O z tranq ilo um estudo de caso ver dico sobre o perfil do produtor que n o se abala na crise

Obrigado!!!!!

[email protected]


  • Login