Ainda não
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 11

Ainda não foi desta vez PowerPoint PPT Presentation


  • 43 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

Ainda não foi desta vez.

Download Presentation

Ainda não foi desta vez

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


Ainda n o foi desta vez

Ainda não

foi

desta vez


Ainda n o foi desta vez

Certas pessoas não conseguem atingir seus objetivos mesmo se esforçando muito para isso. Não conseguem emagrecer ainda que fazendo dieta. Não conseguem se acalmar mesmo fazendo relaxamento. Não conseguem aprender ainda que estudando. Não conseguem sucesso profissional mesmo se dedicando ao máximo. Não conseguem encontrar o amor ainda que procurando desesperadamente.

[email protected]


Ainda n o foi desta vez

Não conseguem dormir mesmo tomando tranquilizantes e seguindo as recomendações médicas. Não conseguem falar baixo, não conseguem deixar um vício, não conseguem ter fé, não conseguem ser felizes. Por que isso acontece? Será que não se esforçam o suficiente? São castigados por Deus? Duvidam da própria capacidade de vencer desafios?

[email protected]


Ainda n o foi desta vez

Se houvesse uma resposta certa, talvez ficasse bem mais fácil ajudar quem se sente frustrado. No entanto, confesso, não sei porque essas coisas acontecem. A lógica e a matemática parecem não funcionar com essas pessoas. Afinal, se você come mil e duzentas calorias por dia deveria emagrecer. Se faz relaxamento toda a semana tenderia a conquistar serenidade.

[email protected]


Ainda n o foi desta vez

Se estuda com afinco natural seria conseguir aprovação na escola ou num concurso. Se investe em seu aprimoramento profissional, cumpre prazos e metas, o sucesso deveria ser apenas consequência. Se deseja amar e ser amado, coisa tão básica, encontraria diversas opções. Se anseia pelo sono, e ainda toma remédios, com certeza deveria dormir. E por aí vai...

[email protected]


Ainda n o foi desta vez

Não há uma explicação convincente que comprove porque uns conseguem e outros não, embora muitos se esforcem para encontrar respostas. E o que se faz, então? De início, nada. Aceitar as impossibilidades parece ser a alternativa menos desgastante diante do quadro exposto. Adianta você brigar com a balança? Esmurrar o primeiro que aparecer?

[email protected]


Ainda n o foi desta vez

Queimar seus livros? Pular da ponte? Casar com a primeira pessoa que encontrar? Dobrar a dose do tranquilizante? Por incrível que pareça, tem gente que faz essas coisas, mas não alcança o resultado esperado agindo assim. Precisamos ser humildes diante de nossa limitação frente a certas situações. Verificar que estamos sujeitos a leis que desconhecemos, e processos complexos ainda não explicados pela ciência.

[email protected]


Ainda n o foi desta vez

A física quântica diz que criamos a realidade com os nossos pensamentos.

Será?

Não sei.

Pode ser. Pode não ser.

Tem tanta coisa que ainda não sabemos.

Mesmo assim ficamos brigando com as impossibilidades da vida sem usar um pouco de tempo para refletir e tentar assimilar o que os acontecimentos têm a nos ensinar.

[email protected]


Ainda n o foi desta vez

Se existe algo que aprendi desde pequena é que não adianta “dar murros em ponta de faca”, pois o resultado é desastroso.

Se você não consegue atingir o seu objetivo, ainda que se esforçando, pare um pouco; espere; deixe o tempo trazer elementos que ajudem a compreender o que se passa. Entenda que não foi desta vez que você conseguiu alcançar o que desejava.

[email protected]


Ainda n o foi desta vez

Entenda também que isso não é o fim, mas uma parada para o repouso e o restabelecimento das forças.

Não conseguimos entender, mas também não devemos nos desesperar.

Anos antes de nós, o poeta e dramaturgo inglês, William Shakespeare, já havia observado: “Há mais mistérios entre o céu e a terra do que supõe nossa vã filosofia”.

[email protected]


Ainda n o foi desta vez

Hoje é: quinta-feira, 15 de outubro de 2014

Agora mesmo são: 00:45 h.

O Senhor te abençoe e te guarde!

O Senhor te mostre a sua face e conceda-te sua graça!

O Senhor volva o seu rosto para ti e te dê a paz!

(Números 6,24-26).

Tenhas um ótimo dia. Compartilhe esta mensagem.

29/07/2010 – Créditos:

Formatação – J.C.Andreoli

Autor do Texto – Maria Regina Canhos Vicentin

Imagem – Internet.

Musica – Tristesse - wav

Jesus eu confio em vós.

N.Sª.Patrocínio, rogai por nós.


  • Login