Conselho consultivo nacional dos adolescentes e jovens da abmp
Download
1 / 12

Conselho Consultivo Nacional dos Adolescentes e Jovens da ABMP - PowerPoint PPT Presentation


  • 93 Views
  • Uploaded on

Conselho Consultivo Nacional dos Adolescentes e Jovens da ABMP. Articulações, análises e ampliação nacional. São Paulo/SP 2010. Considerações iniciais.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about ' Conselho Consultivo Nacional dos Adolescentes e Jovens da ABMP' - pennie


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
Conselho consultivo nacional dos adolescentes e jovens da abmp

Conselho Consultivo Nacional dos Adolescentes e Jovens da ABMP

Articulações, análises e ampliação nacional

São Paulo/SP

2010


Considera es iniciais
Considerações iniciais ABMP

  • É um colegiado híbrido, ligado a Diretoria da ABMP e composto por adolescentes e jovens de diversas organizações governamentais e não governamentais do País;

  • Tem como objetivo principal promover a participação infanto-juvenil no Melhoramento do Sistema de Justiça da Infância e da Juventude.


Considera es iniciais1
Considerações Iniciais ABMP

  • Para promover esta participação, o Conselho realiza diversas atividades, tais como:

  • estudos e análises sobre a participação infanto-juvenil no País para construção de marcos teóricos nesta área;

  • subsidiar a Diretoria da ABMP em diversos temas de atuação da associação no que tange a promoção dos direitos da criança e do adolescente, em especial, o direito de participação;

  • diagnósticos contínuos sobre as experiências e concepções de crianças e adolescentes atendidas pelo Sistema de Justiça da Infância e da Juventude.


Marcos legais de garantia da participa o infanto juvenil
Marcos legais de garantia da participação infanto-juvenil ABMP

Temos como base:

  • os Artigos 16, 53 e 184 do Estatuto da Criança do Adolescente;

  • os Artigos 12 ao 15 da Convenção sobre os Direitos da Criança.


Breve hist rico das atividades d do conselho consultivo
Breve histórico das atividades d do Conselho Consultivo

  • Criação em fevereiro de 2009, pela Diretoria da ABMP;

  • análise do Relatório Alternativo da ANCED/ABMP ao Alto Comissariado das Nações Unidas;

  • recomendações, pareceres e moções sobre a participação infanto-juvenil no Sistema de Justiça;

  • participação efetiva no XXIII Congresso da ABMP com a Carta de Recomendações;


Organiza o do conselho consultivo nacional
Organização do Conselho Consultivo Nacional Consultivo

  • Atualmente o Conselho Consultivo Nacional tem representantes das 05 Regiões Brasileiras.

  • Tem constituídos 06 (seis) Conselhos Consultivos Estaduais de Adolescentes e Jovens;

  • Pré Conselhos Consultivos em outros 06 Estados


Dimens o do conselho consultivo
Dimensão do Conselho Consultivo Consultivo

Conselho Estadual do RN

Conselho Consultivo do Acre

Pré Conselho da PB

Pré Conselho da BAHIA

Conselho Estadual MG

Conselho Estadual do DF

Conselho Estadual ES

Conselho Estadual do RJ

Pré Conselho Consultivo de SC

Pré Conselho Consultivo de São Paulo

Pré Conselho Consultivo do PR

Pré Conselho Consultivo do RS


Propostas de a o do conselho nacional para o bi nio 2010 2012
Propostas de ação do Conselho Nacional para o Biênio 2010-2012

  • Realização do Projeto: Criança e Adolescente – Participação e Protagonismo Infanto-Juvenil no Sistema de Justiça da Infância e da Juventude:

  • Realização do 1º Levantamento Nacional de Experiências de Crianças e Adolescentes atendidas pelo Sistema de Justiça da Infância e da Juventude;

  • Divulgação (informação e formação) do Sistema de Justiça da Infância e da Juventude para crianças e adolescentes (metodologia adequada);

  • Produção de marcos teóricos sobre o Sistema de Justiça da Infância e da Juventude e a participação infanto-juvenil;


e) Ampliação do Conselho Consultivo Nacional dos Adolescentes e Jovens e criação dos Conselhos Consultivos Regionais e Estaduais;

g) Promoção do I Encontro Nacional de Participação Infanto-Juvenil no Sistema de Justiça da Infância e da Juventude antecedendo o XXIV Congresso.


Cria o dos conselhos consultivos regionais e estaduais dos adolescentes e jovens
Criação dos Conselhos Consultivos Regionais e Estaduais dos Adolescentes e Jovens

  • Serão colegiados locais, formados pela indicação de adolescentes e jovens (entre 10 e 14 pessoas).

  • Subsidiar as Coordenações Regionais e Estaduais da ABMP na construção de caminhos para promoção desta participação no melhoramento da Justiça da Infância.


Caminhos iniciais
Caminhos iniciais dos Adolescentes e Jovens

  • Articulação inicial com pelo menos 10 instituições de participação infanto-juvenil no Estado, indicando representantes adolescentes;

  • Pelo menos um representante de cada Estado irá compor o Conselho Regional.

  • Todos os Conselhos serão interligados ao Conselho Nacional, que dará suporte permanente para as atividades nos Estados e Regiões.


Obrigado
OBRIGADO! dos Adolescentes e Jovens

[email protected]

“PROMOVER a PARTICIPAÇÃO de Crianças e Adolescentes é a GARANTIA da CONSOLIDAÇÃO da CIDADANIA”

Conselho Consultivo Nacional dos Adolescentes e Jovens da ABMP


ad