slide1
Download
Skip this Video
Download Presentation
Professor Doutor João Ponte

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 20

Professor Doutor João Ponte - PowerPoint PPT Presentation


  • 117 Views
  • Uploaded on

FUNDAMENTOS DA DIDÁCTICA DA MATEMÁTICA. Professor Doutor João Ponte. ETNOMATEMÁTICA. Elaborado e Apresentado por: Liliana Sousa Teresa Silva Maria Adriana Batista. Formação:. Bacharel e Licenciado em Matemática Douturado em Matemática (1963) Pós – Doutoramento Brown University USA.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about ' Professor Doutor João Ponte' - papina


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
slide1

FUNDAMENTOS DA DIDÁCTICA DA MATEMÁTICA

Professor Doutor João Ponte

ETNOMATEMÁTICA

Elaborado e Apresentado por:

Liliana Sousa

Teresa Silva

Maria Adriana Batista

slide2

Formação:

Bacharel e Licenciado em Matemática

Douturado em Matemática (1963)

Pós – Doutoramento Brown University USA

Professor de Matemática na Universidade

Estadual de Campinas

Professor do Programa de Estudos Pós-Graduados da História da Ciência

Professor do Programa de Pós-Graduações em Educação Matemática

  • Actividade
    • Profissional:

INTRODUÇÃO

slide4

“ (...) etnometemática não é apenas o estudo de matemáticas das diversas etnias ”

“ Para compor a palavra etnomatemática utilizei as raízes tica, matema e etno para siginificar que há várias maneiras, técnicas, habilidades (tica) de explicar, de entender, de lidar e de conviver (matema) com distintos contextos naturais e socio-económicos da realidade (etno) ”

DEFINIÇÃO DE ETNOMATEMÁTICA

slide5

Nome do Grupo:Núcleo de Estudos e Pesquisas em Educação Matemática

Ano de Formação: 2003

MARIA CECÍLIA FANTINATO

Doutoramento em Educação

(1999-2003)

Mestrado em Educação

(1984-1987)

Professora Estatutária da Universidade Federal Fluminense

Pesquisadores: Maria Cecília Fantinato

Wanderley Rezende

Ana Isabel Dias

Márcio Albuquerque Vianna

Paulo Roberto Trales

Ana Maria Kaleff

  • Linhas de pesquisa:
  • Educação matemática de jovens e adultos
  • Epistomologia e Didáctica da Matemática
  • Etnomatemática
  • Novas tecnologias no ensino da Matemática
  • Representações Matemáticas e Ensino de Geometria

SECÇÃO BRASILEIRA DE ETNOMATEMÁTICA

slide6

EDUCAÇÃO MATEMÁTICA DE JOVENS E ADULTOS

  • Questões de Investigação:
  • Que tipo de conhecimento matemático são construídos pelos jovens e adultos no contexto da vida quotidiana?
  • Que relações esses conhecimentos produzidos em contextos extra-escolares possuem com os conhecimentos matemáticos escolares?
  • Como uma melhor compreensão dos diferentes tipos de conhecimento matemático construídos por jovens e adultos do ensino fundamental, pode contribuir para práticas educativas voltadas para essa clientela?
slide7

Educação Matemática para Jovens e Adultos

  • Educação matemática para jovem e adultos como instrumento de consciencialização política.
  • Educação matemática de jovens e adultos como uma instrumentação para o mercado de trabalho.
  • Voltada para os modos próprios de raciocínio matemático do educando.

Etnomatemática

  • Paul Gerdes; Gelsa Knijnik; Ubiratan D’ Ambrósio.
  • “ (...) atribuindo a todas as etapas da pesquisa da etnomatemática uma função de resgate das raízes culturais de um outro, resgate esse que confere poder ao lado desprivilegiado”
  • (D’ Ambrósio 2001)

ÁREAS ONDE FUNDAMENTA A INVESTIGAÇÃO

slide8

PESQUISA ETNOGRÁFICA NO MORRO DE SÃO CARLOS

  • Metodologia:
  • Observação participante;
  • Registo minucioso em caderno de campo;
  • Observação da vida quotidiana;
  • Entrevistas gravadas com educandos, professores, coordenadores do projecto e outros elementos da comunidade;
  • Análise de documentos e documentação fotográfica;
slide9

RESULTADOS E DISCUSSÃO

Para interpretar os resultados sobre os conhecimentos matemáticos escolares e extra-escolares dos jovens, são construídas três categorias:

  • Relações quantitativas espaciais na comunidade
      • Numeração das casas
      • Considerações geográficas do Morro
      • Transporte local (Kombis)
  • Os conhecimentos matemáticos na vida quotidiana: estratégia de sobrevivência
  • Matemática escolar e matemática do dia-a-dia
slide10

CONTRIBUIÇÕES DO ESTUDO PARA AS PRÁTICAS PEDAGÓGICAS EM EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS

  • Tentativa de dar voz a um grupo de jovens e adultos no ensino fundamental.
  • A separação entre mundo da vida quotidiana e mundo da escolar poderia ser menor se os professores e profissionais de educação compreendessem os motivos que levam os adultos a resistir a uma simples passagem dos conhecimentos matemáticos práticos para os conhecimentos matemáticos escolares.
slide11

O que significa?

  • Que relação tem com a Matemática?

Etnomatemática

Dificuldades na construção teórica:

  • Epistemológica
  • Filosófica
  • Significado da Matemática

CONSTRUÇÃO TEÓRICA DE ETNOMATEMÁTICA

slide12

D`Ambrosio

M

E

C

E

C

M

Gerdes

E

M

E

E

E

M

E

E

E

E

E

E

Ascher

M

E

C

E

M

slide13

Etnografia

Etnologia

Antropologia

História

Programa Etnomatemática

Pesquisa Etnomatemática

  • Ambientes culturais diversos:
  • - Populações indígenas;
  • - Grupos de trabalhadores ou artesãos;
  • - Comunidades periféricas de ambientes urbanos;
  • - Classes profissionais

O PROGRAMA ETNOMATEMÁTICA

slide14

Características antropológicas

  • Características sociais
  • Registo descritivo, analítico e comparativo das diversas culturas

Objectivo último do Programa Etnomatemática

Analisar como, ao longo da sua evolução, a espécie humana gerou, organizou e difundiu artes e técnicas, com a finalidade de entender, explicar, lidar com o ambiente natural, social e cultural, próximo ou distante, assumindo o seu direito e capacidade de modificá-lo.

A PESQUISA ETNOMATEMÁTICA

slide15

Abordagem Etnomatemática: investigação das concepções, tradições e práticas matemáticas de um grupo social subordinado e o trabalho desenvolvido na perspectiva de que o grupo interprete e codifique o seu conhecimento. (Gelsa Knijnik)

  • A Etnomatemática emerge de discursos sobre Matemática, Educação, Política e da relação entre eles. (Powell e Frankestein)

OUTRAS CORRENTES NA ETNOMATEMÁTICA

slide16

A associação simbiótica de conhecimentos compartilhados e de comportamentos compatibilizados constitui o que se chama cultura.

  • Etnomatemática é o conjunto das artes ou técnicas desenvolvidas por diferentes culturas para explicar, entender, enfrentar e competir com o seu meio ambiente... (D\'Ambrosio)
  • Cultura não é uma palavra neutra.
  • A cultura está intrinsecamente relacionada com o poder social dos que a produzem e reproduzem. (Gelsa Knijnik)

A ETNOMATEMÁTICA E A CULTURA

slide17

A educação deve dar especial atenção ao que é comum e ao que é diferente no modo de vida dos habitantes: religião, cultura e idioma.

  • Cada grupo populacional tem o direito de desenvolver programas conforme a sua visão global e dentro da estrutura cultural do próprio grupo.
  • (Livro Branco das disposições educativas na África do Sul 1983)
  • O Governo reafirma que, em termos políticos, cada grupo populacional deveria ter as suas próprias escolas. É essencial que cada grupo populacional também tenha o seu próprio departamento de educação.

ETNOMATEMÁTICA ... Uma mudança na Educação?

slide18

O reconhecimento e a incorporação da Etnomatemática é essencial. (D’ Ambrósio)

  • O currículo da matemática tem que ser adaptado ao ambiente cultural dos alunos. (Paulus Gerdes)
  • É preciso juntar esforços para unir a etnomatemática e a matemática escolar. (Bienvenido Nebres)
  • Deve-se investigar as concepções, tradições e práticas matemáticas de um determinado grupo social, com a intenção de incorporá-las ao currículo como um conhecimento escolar.
  • (Gelsa Knijnik;Sebastiani)

ETNOMATEMÁTICA E O CURRÍCULO DA MATEMÁTICA

slide19

As aulas de matemática devem ter por base conhecimentos que os alunos trazem de fora para dentro da escola. Este conhecimento matemático deve ser desenvolvido a partir da própria experiência de vida dos alunos.

Quais as consequências de uma situação destas numa sala de aula multicultural, com crianças de diferentes estratos sociais e com diferentes perspectivas para o futuro?

ETNOMATEMÁTICA E EDUCAÇÃO ESCOLAR

slide20

Os professores não só têm de aceder, entender e aceitar o grupo social dos estudantes e reconhecer as referências culturais, mas também precisam de interpretar as realidades externas em termos matemáticos e transformá-las em experiências de currículo.

Que aspectos da realidade têm esse potencial?

O que poderá acontecer se os professores não compartilharem as mesmas referências culturais dos alunos?

ETNOMATEMÁTICA E EDUCAÇÃO ESCOLAR

ad