A paz do senhor
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 21

A Paz do Senhor! PowerPoint PPT Presentation


  • 38 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

A Paz do Senhor!. Estamos na 5ª lição da revista VIDA CRISTÃ VITORIOSA, 1 º Trimestre de 2013, comentada pelo Pastor Silvano Doblinski . O tema da semana é: LIDERANÇA EM TEMPO DE REFORMAS. Sinta-se livre para incluir textos, figuras, animações e outros elementos a esta apresentação.

Download Presentation

A Paz do Senhor!

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


A paz do senhor

A Paz do Senhor!

Estamos na 5ª liçãoda revista VIDA CRISTÃ VITORIOSA, 1º Trimestre de 2013, comentada pelo Pastor Silvano Doblinski.

O tema da semana é:

LIDERANÇA EM TEMPO DE REFORMAS


A paz do senhor

Sinta-se livre para incluir textos, figuras, animações e outros elementos a esta apresentação.

Se houver necessidade, fique à vontade para alterar os textos aqui apresentados, porém, sem fugir do conteúdo da revista, que é a base desta apresentação.


Muito importante

Muito Importante!

Peça ao Espírito Santo para fazer a diferença em sua aula!

Ore, leia a Bíblia, consulte sua revista e estude a lição. Uma boa consulta a outras obras fidedignas enriquecerá ainda mais seus conhecimentos.


A paz do senhor

Complete os exercícios propostos no PIL (Programa de Incentivo à Leitura) e esteja preparado.

Tenha uma boa aula e uma ótima semana!


A paz do senhor

Dúvidas, sugestões?

Entre em contato conosco:

[email protected]

Curta nossa página e acompanhe nossas novidades:

facebook.com/EditoraBetel


A paz do senhor

“Aquele que leva a preciosa semente, andando e chorando, voltará, sem dúvida, com alegria, trazendo consigo os seus molhos”

Salmos 126.6


Aula expositiva

Aula Expositiva

“Liderança em tempo de reformas”

Lição 503 de fevereiro de 2013


Texto ureo

Texto Áureo

“Então, lhes respondi e disse: O Deus dos céus é o que nos fará prosperar; e nós, seus servos, nos levantaremos e edificaremos; mas vós não tendes parte, nem justiça, nem memória em Jerusalém”

Neemias 2.20


Verdade aplicada

Verdade Aplicada

A obra de Deus precisa de líderes capazes, que tenham coragem e que não se acomodem ao caos, mas empreendam reformas para um novo recomeço.


Objetivos da li o

Objetivos da Lição

Refletir sobre a importância de se fazer reformas sempre que necessário;

Entender que num ambiente de reformas sempre haverá ideias contrárias e/ou antagônicas;

Mostrar que Deus sempre precisa de líderes que possam efetuar reformas.


Introdu o

Introdução

A situação social e religiosa, que precedeu à reconstrução de Jerusalém, sob a liderança de Esdras, Zorobabel e Neemias, foi a de completo abandono. Com a expatriação das classes sociais mais influentes para a Babilônia em três etapas, a condição das terras de Judá e principalmente de Jerusalém foi a de desamparo e de extrema pobreza. Os que retornaram agora juntos com os nativos precisavam de uma liderança reformadora, o que coube a Zorobabel, Esdras e Neemias.


1 a reconstru o do templo

1. A reconstrução do templo

Com tantos inimigos que habitavam na terra de Judá e especificamente em Jerusalém, a primeira vista parece estranho que a prioridade dos judeus fosse a reconstrução do templo e não o sistema de defesa. Porém, para que um povo seja forte, precisa sobretudo ser unido, e um dos elementos mais agregadores de indivíduos é a religião. Por isso a primeira coisa que fizeram sob a liderança de Zorobabel e demais levitas foi a restauração do culto a Jeová. Não há dúvida que foram muito sábios, agora vejamos como procederam:


Comente

Comente

1.1. A construção de um altar (Ed 3.1-3)

1.2. Os alicerces do templo e a oposição

1.3. A conclusão do templo


2 a reconstru o dos muros

2. A reconstrução dos muros

Neemias era copeiro do rei Artaxerxes quando recebeu o relatório da situação de Jerusalém, interiormente se sentiu em pedaços, movendo-se de íntima compaixão pelos judeus que estavam na terra de Judá e por Jerusalém. Neemias intercede pelo povo, consegue autorização e dirige-se para Jerusalém, a fim de iniciar o seu trabalho de reformas. Ao chegar lá, prudentemente faz um levantamento pessoal da situação para poder dar início. O interesse e a generosidade de Neemias mostram que não devemos ser apáticos a obra de Deus e ao sofrimento alheio, precisamos nos arriscar, envolver-nos e assemelharmo-nos com o Filho Deus.


Comente1

Comente

2.1. Neemias motiva (Ne 2.11-20)

2.2. Neemias zela pela consecução (Ne 4)

2.3. Celebrando a reconstrução (Ne 12.27-43)


3 as reformas tico morais

3. As reformas ético-morais

Embora as reformas de natureza religiosa e de estruturação da defesa tivessem sido levadas a efeito, ainda precisavam continuar na sua diversificação para o bem estar daquela sociedade. Isto é, eles precisavam vivenciar o conjunto de regras e deveres para com o seus semelhantes que já estavam prescritas na Lei de Moisés. Logo os reformadores perceberam que precisavam combater duas frentes destrutivas, os inimigos externos que eram os samaritanos com os demais povos misturados, e os internos, que eram os próprios judeus que começaram a explorar a seus irmãos.


Comente2

Comente

3.1. O bom exemplo de Neemias (Ne 5.13-21)

3.2. Medidas contra a exploração do próximo (Ne 5.1-12)

3.3. Medidas contra o casamento misto (Ne 13.23-29)


Conclus o

Apesar dos grandes desafios, esse foi um tempo de prosperidade e de alegria para os judeus. Retornaram para as suas terras, reconstruíram o templo, os muros, a cidade, retomaram o comércio, etc. Todavia, não teriam conseguido sem líderes capazes como Esdras, Zorobabel, Neemias e vários outros reformadores. Realizar a obra de Deus é se mover, empreender reformas, é ter coragem para um recomeço na vontade d’Ele. Se assim é, mexa-se e faça a sua parte!

Conclusão


Refer ncias

Referências

Bíblia Sagrada – Concordância, Dicionário e Harpa - Editora Betel

Revista Jovens e Adultos: Vida Cristã Vitoriosa, 1º Trimestre 2013 - Editora Betel


  • Login