o par grafo
Download
Skip this Video
Download Presentation
O PARÁGRAFO

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 14

O PAR GRAFO - PowerPoint PPT Presentation


  • 149 Views
  • Uploaded on

O PARÁGRAFO. Conceito e Estrutura. Conceito de Parágrafo.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'O PAR GRAFO' - opal


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
o par grafo

O PARÁGRAFO

Conceito e Estrutura

conceito de par grafo
Conceito de Parágrafo
  • Parágrafo é uma unidade do discurso. Segundo Garcia (1983, 203), “o parágrafo é uma unidade de composição constituída por um ou mais de um período, em que se desenvolve determinada ideia central, ou nuclear, a que se agregam outras, secundárias, intimamente relacionadas pelo sentido e logicamente decorrentes dela”.
t pico frasal
Tópico Frasal
  • Trata-se de uma frase que em geral encontra-se no início do parágrafo e que apresenta a ideia central a ser discutida neste. É também chamada de “frase nuclear”.
  • Ao tópico frasal agregam-se as ideias secundárias formuladas em outras frases.
estrutura do par grafo
Estrutura do parágrafo
  • Como unidade do texto, para sua produção devem ser observados os mesmos procedimentos para a elaboração do texto como um todo.
  • Ele pressupõe formulação e delimitação do assunto, planejamento das ideias e objetivo a ser atingido. (ANDRADE & MEDEIROS, 2006, p. 209).
  • Portanto, um parágrafo, assim como um texto, apresentará em geral um começo (introdução), meio (desenvolvimento) e fim (conclusão).
formas de desenvolvimento do par grafo
Formas de Desenvolvimento do Parágrafo
  • Há diferentes formas pelas quais as ideias podem ser organizadas no parágrafo. Obviamente, essa organização dependerá de como o texto está estruturado no seu conjunto. Porém, o planejamento do texto pressupõe o planejamento de suas unidades, ou seja, cada um dos parágrafos deverá ser pensado de modo a formar um conjunto coeso – o texto.
por explora o de aspectos espaciais
Por exploração de aspectos espaciais
  • O parágrafo pode ser estruturado através de elementos ligados ao espaço.
  • Ex.: No Brasil, em São Paulo, nesta sala, ao longo do rio, ao redor da cidade, perto do armazém, além das casas etc.
por explora o de aspectos temporais
Por exploração de aspectos temporais
  • O parágrafo pode ser orientado segundo o registro dos acontecimentos no tempo:
  • Ex.: No fim dos anos 60, quando a guerra terminou, no momento em que abriu a porta, naquela época etc.
por enumera o de pormenores
Por enumeração de pormenores
  • A organização do parágrafo pode ser feita através de uma estrutura enumerativa.
  • Ex.: O primeiro..., o segundo..., na primeira etapa..., na fase inicial... etc.
pelo contraste de ideias
Pelo contraste de ideias
  • A estruturação do parágrafo pode valer-se da exposição de ideias feita através de mecanismos de contraste.
  • Ex.: Por um lado, por outro, antigamente, hoje, em contraste, em oposição, diferentemente, apesar de, embora etc.
por ideias an logas comparativas
Por ideias análogas, comparativas
  • O desenvolvimento do parágrafo pode dar-se através da comparação ou da analogia.
  • Ex.: Igualmente, do mesmo modo, à semelhança de, como etc.
por raz es causa consequ ncias e efeitos
Por razões, causa, consequências e efeitos
  • A exposição de ideias pode ser feita valendo-se da estrutura causa/consequência ou da explicação das razões para determinadas atitudes. Esse tipo de parágrafo é comum em textos dissertativo-argumentativos.
  • Ex.: Em razão de, consequentemente, por isso, portanto, de modo que, por motivo de, então, como resultado, com efeito etc.
por explicita o de ideias
Por explicitação de ideias
  • Trata-se do desenvolvimento para definir termos ou explicar expressões usadas. Segundo ANDRADE & MEDEIROS (2006, p. 217), “a ordenação por explicitação das ideias contidas em um parágrafo pode ocorrer de três formas: por definição, por analogia, ou por exemplificação.” Neste caso, há o uso frequente do verbo ser e de expressões como isto é, ou seja, não só, mas também etc.
por resposta a uma interroga o
Por resposta a uma interrogação
  • As interrogações são muito úteis quando se quer chamar a atenção do leitor. Neste caso, o parágrafo pode ser desenvolvido em torno de um questionamento inicial.
  • Ex.: “O que muda no papel do professor? Muda a relação de espaço, tempo e comunicação com os alunos. O tempo de enviar ou receber informações amplia-se para qualquer dia da semana... (MORAN, 2000, p. 50).
refer ncias bibliogr ficas
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
  • ANDRADE, Maria Margarida de & MEDEIROS, João Bosco. Comunicação em Língua Portuguesa. 4ª. ed. São Paulo: Atlas, 2006.
  • GARCIA, O. M. Comunicação em prosa moderna. 11ª. ed. Rio de Janeiro: Editora da FGV, 1983.
  • MORAN, J. M. Ensino e aprendizagem inovadores com tecnologias audiovisuais e telemáticas. In: MORAN, J. M.; MASETTO, M. T. e BEHRENS, M. A. Novas tecnologias e mediação pedagógica. São Paulo: Papirus: 2000. (Coleção Papirus Educação).
ad