Datura stramonium
Download
1 / 3

Datura stramonium - PowerPoint PPT Presentation


  • 218 Views
  • Uploaded on

C onhecida dos “feiticeiros” e dos “magos” , na antiguidade e na Idade Média, que utilizavam a planta para seus próprios fins graças aos seus efeitos alucinógenos, ou seja, para produzir alucinações em seus clientes, fazê-los assistir ao “sabbat” ou provocar nos amantes prazeres imaginários.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about ' Datura stramonium' - oistin


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
Datura stramonium

Conhecida dos “feiticeiros” e dos “magos”, na antiguidade e na Idade Média, que utilizavam a planta para seus próprios fins graças aos seus efeitos alucinógenos, ou seja, para produzir alucinações em seus clientes, fazê-los assistir ao “sabbat” ou provocar nos amantes prazeres imaginários.

Daturastramonium

Figueira do inferno

ou Erva dos magos

Codinome: “Ivan loco”

NÚCLEO CENTRAL:. Vizinho da Belladona e muito próximo da Hyosciamus, porem suas fases de intoxicação não são iguais. Em Stramonium a fase inicial é de entorpecimento, sonolência e estupor, seguindo-se a fase de agitação, excitação, convulsão e delírio. Os sintomas sobrevêm frequentemente durante o sono, e acordam o doente. O que é particular à Stramonium é a explicação cerebral da imaginação. O poder de criar imagens alucinatórias é mais acentuado que nas outras solanáceas. Em qualquer doença aguda ou crônica, infecciosa ou não, onde haja uma violenta excitação do poder cerebral de criar imagens, tem-se que pensar em Stramonium.

www.ead.cehl.com.br


Congestão cerebral → alucinações, delírios e mania. Nos casos de congestão em que não haja inflamação, mas uma grande exaltação mental e um delírio furioso com pouca ou nenhuma febre (Clarke); sem dores e em estado comatoso.

Melhora: luz - companhia – calor moderado – ácido acético.

Ação geral: na esfera psíquica e SN voluntário (motor). Estado febril contínuo. Ação subaguda, aguda, e crônica.

Agrava: pelo toque – pressão – movimento – vento frio vento – frio – sol – escuro – olhando – para uma objeto brilhante – luz viva – superfície da água – espelho – tirar a cabeça do travesseiro (vômitos biliares) – andar (micção involuntária) – andar no escuro (vertigem) – à tarde – ao anoitecer – à noite – após dormir – sozinho (solidão)

Desejo de morder e rasgar as roupas com seus dentes

Excitação anormal da imaginação criativa, com as ilusões e alucinações.Como consequência aparece o medo da solidão e do escuro. Ele não compreende os seus medos, pois são os resultados das imagens que ele quer imprimir. Ele chama lastimosamente e se acalma quando a luz acende. Enquanto a criança Stramonium adormece em paz e acorda com violência, está aterrorizado, não há fraqueza, mas um estado de congestão e tóxico.

Esse estado de alucinação pode levar o individuo á loucura, mais que nas outras solanáceas. Acompanhando ao poder alucinógeno, detém um poder convulsivante, como a Beladona e o Hyosciamus. É um remédio para a mania aguda com agitação.

www.ead.cehl.com.br


DELÍRIO FURIOSO

DELÍRIUM TREMENS

Caracterizado por estados raivosos, violentos, selvagens, ferozes, com agitação extrema e violenta, e completa ausência de dor, com movimentos desordenados constantes dos músculos da face e dos membros. Apresenta olhos muito abertos, proeminentes, brilhantes, com as pupilas totalmente dilatadas e insensíveis a luz. Selvagemente delirante, com o rosto vermelho e grande loquacidade (roga, blasfema, fala em outras línguas). Podem ocorrer gritos e alaridos, impulsos de matar, golpear. Idéias de suicídio com faca, ou atirando-se de altura (VIJNOVSKY, 1992).

  • No processo Stramonium

  • as pessoas podem ver

  • imagens fantásticas, e se

  • defendem contra elas,

  • gesticulam, gritam, batem

  • nos que estão próximos,

  • quebram os móveis,

  • arremessam os objetos

  • que estão ao seu redor.

DELÍRIO RELIGIOSO

DELÍRIO CÔMICO

Imagina que está em comunicação com Deus. Pensa que é divino. Recita profecias e sermões enfáticos. Cantos devotos, reza constante. Orando e cantando com devoção, suplicando. Declara ser Deus. Conversa com os mortos. Conversa com pessoas ausentes. Vê fantasmas negros. Ouve músicas/ ouve homens falando em língua estrangeira. Fala em várias línguas, canta o Pai Nosso em latim. Pensa que é o demônio. Possui o poder sobre todas as doenças.

Risos, assobios, cantos, alegre, espirituoso, beija todos.

(Vijnovsky, 1992)

DELÍRIO ERÓTICO

Desejo de ficar nu. Canta canções obscenas. Lascividade. Ninfomania, ou impotência.

(Vijnovsky, 1992)

www.ead.cehl.com.br


ad