Leitura e conhecimento
Download
1 / 40

Leitura e conhecimento - PowerPoint PPT Presentation


  • 93 Views
  • Uploaded on

Leitura e conhecimento. UNCISAL - Maceió 2006. Prof. Dr. Marcelo Araújo. v.2.06. Conhecimento. Necessidade humana Conhecimento prático Conhecimento teórico. Inscrições e escrita. Pinturas rupestres Argila 4000 a.C. Papiro 2000 a.C. Pergaminho 190 a.C. Papel 105 d.C.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'Leitura e conhecimento' - noura


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
Leitura e conhecimento

Leitura e conhecimento

UNCISAL - Maceió

2006

Prof. Dr. Marcelo Araújo

v.2.06


Conhecimento
Conhecimento

  • Necessidade humana

  • Conhecimento prático

  • Conhecimento teórico


Inscri es e escrita
Inscrições e escrita

  • Pinturas rupestres

  • Argila 4000 a.C.

  • Papiro 2000 a.C.

  • Pergaminho 190 a.C.

  • Papel 105 d.C.

  • Imprensa 110 d.C (China)

  • Gutenberg 1455 d.C (ocidente)

Vitiello N. Redação e apresentação de comunicações científicas. Editora Byk. São Paulo, 1998


Publica o e sociedade cient fica
Publicação e sociedade científica

  • Philosophical Transactions – Royal Society of London, 1662

  • American Philosophical Society – Benjamin Franklin,1769

Vitiello N. Redação e apresentação de comunicações científicas. Editora Byk. São Paulo, 1998





Conhecimento4
Conhecimento

Fato

Signo


Conhecimento5
Conhecimento

EVIDÊNCIA

Fato

Signo


Tipos de signos
Tipos de signos

  • Ícones

    • Guardam semelhança física com a realidade

  • Índices

    • Apresentam uma qualidade marcante da realidade

  • Sinais convencionais

    • Não guardam necessariamente semelhança física; são convencionados

Santos AR. Metodologia científica – a construção do conhecimento. DP &A. 2 ed Rio de Janeiro, 1999



O processo cultural
O processo cultural

Fato

Dado

Conhecimento

Conjunto de dados

Cultura


Formas de conhecimento
Formas de conhecimento

  • Popular

    • Subjetivo

    • Valorativo

    • Assistemático

    • Falível

    • Verificável

    • inexato


Formas de conhecimento1
Formas de conhecimento

  • Teológico

    • Inspiracional

    • Valorativo

    • Infalível

    • Não-verificável

    • Exato


Formas de conhecimento2
Formas de conhecimento

  • Filosófico

    • Valorativo

    • Racional

    • Sistemático

    • Infalível

    • Não-verificável

    • Exato


Formas de conhecimento3
Formas de conhecimento

  • Científico

    • Objetivo

    • Real (factual)

    • Sistemático

    • Falível

    • Verificável

    • Metódico

    • Aproximadamente exato



Import ncia da leitura
Importância da leitura

  • Obtenção de informações existentes

    • Aproximação do tema

    • Entendimento

  • Ampliação dos conhecimentos

    • Aprofundamento do tema

    • Aumenta o vocabulário




Como se deve ler
Como se deve ler...

  • Atenção

  • Intenção

  • Reflexão

  • Crítica

  • Análise

  • Síntese

  • Velocidade

Lakatos EM. Metodologia do trabalho científico. Editora Atlas. São Paulo, 1992


Atitudes para se ler
Atitudes para se ler...

  • Postura

  • Ambiente

  • Freqüência

  • Regularidade

  • Modalidade

  • Consulta


O que evitar na leitura
O que evitar na leitura...

  • Dispersão

  • Inconstância

  • Passividade

  • Crítica excessiva

  • Preguiça

  • Deslealdade

Lakatos EM. Metodologia do trabalho científico. Editora Atlas. São Paulo, 1992


Fases da leitura

Valorar

Cotejar os dados com conceitos

sentimentos; aceitar ou refutar

Organizar

Entrosar o significado das

palavras

Elaborar

Estabelecer significados

adicionais

Reconhecer

Entender os signos

Fases da leitura


Textos cient ficos
Textos científicos

  • Artigos

  • Resenha

  • Relatório

  • Resumo e sinopse

  • Monografia

  • Dissertação

  • Tese

Lakatos EM. Metodologia do trabalho científico. Editora Atlas. São Paulo, 1992


Textos cient ficos1
Textos científicos

  • Pré-texto (capa, folha de rosto)

  • Pós-texto (orelhas e contracapa)

  • Autoria

  • Data

  • Título


Objetivos
Objetivos

  • Resultantes da leitura para elaboração de documentos científicos

    • Captação cognitiva

    • Fichamento ou criação de arquivos digitais

    • Resumo


Leitura do texto cient fico
Leitura do texto científico

  • Divisão

    • Títulos e subtítulos

    • Conjuntos de idéias

    • Unidades de leitura

    • Seqüências e complementos


Leitura do texto cient fico1
Leitura do texto científico

  • Análise textual

    • Leitura provisória

    • Tomar conhecimento

    • Identificar e resolver os termos desconhecidos


Leitura do texto cient fico2
Leitura do texto científico

  • Análise temática

    • Entender o texto

    • Sem barreiras lingüístico-culturais

    • “Idéias importantes, principais”

    • Informações secundárias

    • Parágrafos com seqüência lógica

    • Continuidade


Leitura do texto cient fico3
Leitura do texto científico

  • Grifos, destaques

    • Diretamente no texto

  • Anotações

    • Captar as idéias principais

    • Redigir como texto único

    • Esquematizar

    • Resumir


Leitura do texto cient fico4
Leitura do texto científico

  • A anotação tem como finalidade permitir a criação de um texto próprio

    • Registrar o objetivo específico

    • Identificar a fonte

    • Identificar a página ou local de onde foi extraída a informação

    • Anotar como esquema, paráfrase ou cópia

    • Identificar os trechos copiados entre aspas para referência futura


Tipos de resumo
Tipos de resumo

  • Descritivo ou indicativo

  • Informativo ou analítico

  • Crítico


Liga o entre par grafos
Ligação entre parágrafos

  • Conseqüência

  • Adição ou justaposição

  • Oposição

  • Incorporação

  • Complementação

  • Repetição

  • Justificação Não incluir no resumo

  • Digressão

Lakatos EM. Metodologia do trabalho científico. Editora Atlas. São Paulo, 1992


Caracter sticas do resumo
Características do resumo

  • Resumo deve ser seletivo e conciso

  • Deve dar uma idéia clara do que se trata no texto original

  • Fidelidade ao texto

  • Poderá ter análise interpretativa do material

  • Diferentes tipos


Fichamento
Fichamento

  • Fichas tradicionais

    • Papel

  • Arquivos digitais

    • Processadores de texto

      • Pastas

      • Arquivos

    • Imagens


Objetivos do fichamento
Objetivos do fichamento

  • Identificar as obras

  • Conhecer o conteúdo

  • Fazer citações

  • Analisar o material

  • Elaborar críticas


Tipos de fichas
Tipos de fichas

  • Fichas de resumo

  • Fichas de citações

  • Fichas de referências bibliográficas

  • Fichas de esboço



ad