Gêneros
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 11

Gêneros Textuais PowerPoint PPT Presentation


  • 71 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

Gêneros Textuais. S ão tipos específicos de textos de qualquer natureza, literários ou não-literários.

Download Presentation

Gêneros Textuais

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


G neros textuais

GênerosTextuais


G neros textuais

  • São tipos específicos de textos de qualquer natureza, literários ou não-literários.

  • Podem ser considerados exemplos de gêneros textuais: anúncios,convites, atas, avisos, programas de auditórios, bulas, cartas, cartazes, comédias, contos de fadas, crônicas, editoriais, ensaios, entrevistas, contratos, decretos, discursos políticos, histórias, instruções de uso, letras de música, leis, mensagens, notícias.


G neros textuais

Gêneros digitais


G neros textuais

  • A Internet oferece tecnologias que permitem a criação de textos graficamente mais criativos e novas formas de comunicação e interação que superam limites de tempo e espaço.

  • As tecnologias da Internet possibilitam a expressão do pensamento e a transmissão de informação, mas é na ênfase na interação que reside seu diferencial.

  • Os gêneros e suas características determinam o tipo de linguagem a ser utilizada. Houve uma época, por exemplo, que os telegramas grafavam vírgula como VG e ponto como PT, devido às restrições da tecnologia. Como o preço é por palavra, simplificava-se o texto ao máximo, mas ninguém ficava chocado com isso.

  • Os gêneros digitais podem integrar texto, imagem, vídeo e som.


G neros textuais

Linguagem da

internet


G neros textuais

  • Reflete a "lei do menor esforço" praticada na linguagem oral.

  • A natureza do e-mail e do chat, incluindo seus usuários, determinam o tipo de linguagem: abreviaturas para atender à agilidade do gênero e emoticons para suprimir a ausência de dados do contexto, tais como o riso e as expressões faciais.

  • O uso de palavras como "pq", "vc", "kd", "tb", "hj", "fds", "flw", demonstram a forma de simplificação das palavras.

  • Existem também formas acrescidas de palavras, que não refletem a lei supracitada, mas demonstram a capacidade de criação dos internautas e uma necessidade de manipular a língua portuguesa a fim de dar características próprias ao que se fala na internet. Tais palavras são, por exemplo: "naum", "amow", "tah", "jah", "eh" etc.


G neros textuais

  • Vê-se também formas exageradas de se expressar o que se quer dizer, como por exemplo: "amoowwww", "bejãooooOoOoOoO", ou frases que requerem uma maior análise para que se entenda o significado, como: "MAR É DOJXA VISSE?" cujo significado seria: "mas é doida, viu?". Aqui no Brasil, para alguns, esse tipo específico de linguagem é chamada de miguxês.

  • Existem ainda duas formas de comunicação que são bastante utilizadas pelos internautas: o smile e as risadas onomatopaicas. O smile ou emotion expressam as emoções das pessoas que estão utilizando a comunicação. Alguns exemplos comuns são: :) , :( , :P , 8-), XD , :| , ¬¬ , #-D etc. São variadas as formas de smile que se encontram hoje.


G neros textuais

  • As risadas representam as onomatopéias de risadas normais, e algumas bastante anormais. São elas "hehehe", "rsrsrsrsrs", "kkkkkk" e, algumas novas "auhuhauhauha", "ahuhusahusahuauhs", "heaoueahaoeuah" etc

  • O jovem deve se preocupar em não utilizar o internetês em textos onde a norma culta é necessária, como redações, cartas formais, provas etc. Portanto, deve-se usufruir do Internetês, separando-o dos lugares onde a norma culta ainda é necessária.


G neros textuais

1) (ENEM – 2009 – Adaptado) O texto a seguir é um trecho de uma conversa por meio de um programa de computador que permite comunicação direta pela Internet em tempo real, como o MSN Messenger. Esse tipo de conversa, embora escrita, apresenta muitas características da língua falada, segundo alguns lingüistas. Uma delas é a interação ao vivo e imediata, que permite ao interlocutor conhecer a reação do outro por meio de suas respostas e dos famosos emotions.

João diz: oi

Pedro diz: blz?

João diz: na paz e vc?

Pedro diz: tudo trank.

João diz: oqvc ta fazendo? (...)

Pedro diz: tenho q sair agora...

João diz: flw

Pedro diz: vlw, abc.


G neros textuais

Para que a comunicação, como no MSN, se dê em tempo real, é necessário que a escrita das informações seja rápida, o que é feito por meio de

  • a) Frases completas, escritas cuidadosamente com acentos e maiúsculas.

  • b) Frases curtas e simples com abreviaturas padronizadas pelo uso.

  • c) Uso de reticências no final da frase, para que não se tenha que escrever o resto da informação.

  • d) Estruturas coordenadas, como “na paz e vc”.

  • e) Flexão verbal rica e substituição de dígrafos consonantais por consoantes simples.


G neros textuais

2) (ENEM – 2009 – Adaptado) A maioria das declarações do imposto de renda é realizada pela internet, o que garante maior eficiência e rapidez no processamento das informações. Os serviços oferecidos pelo governo via Internet visam

a) gerar mais despesas aos cofres públicos.

b) criar mais burocracia para o cidadão.

c) facilitar e agilizar os serviços disponíveis.

d) vigiar e controlar os atos dos cidadãos.

e) definir uma política que privilegia a alta sociedade.


  • Login