Quais s o as raz es para fraqueza doen a e morte espiritual
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 29

Quais são as razões para. Fraqueza Doença E morte espiritual? PowerPoint PPT Presentation


  • 145 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

1 Coríntios 11:30 Eis a razão por que há entre vós muitos fracos e doentes e não poucos que dormem.

Download Presentation

Quais são as razões para. Fraqueza Doença E morte espiritual?

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


1 cor ntios 11 30 eis a raz o por que h entre v s muitos fracos e doentes e n o poucos que dormem

1 Coríntios 11:30 Eis a razão por que há entre vós muitos fracos e doentes e não poucos que dormem.


Quais s o as raz es para fraqueza doen a e morte espiritual

27 Por isso, aquele que comer o pão ou beber o cálice do Senhor, indignamente, será réu do corpo e do sangue do Senhor. 28 Examine-se, pois, o homem a si mesmo, e, assim, coma do pão, e beba do cálice; 29 pois quem come e bebe sem discernir o corpo, come e bebe juízo para si.

Quais são as razões para.

Fraqueza

Doença

E morte espiritual?


O que o corpo de cristo

1 Coríntios 12:27 Ora, vós sois corpo de Cristo; e, individualmente, membros desse corpo.

O QUE É O CORPO DE CRISTO?

Colossenses 1:18 Ele é a cabeça do corpo, da igreja. Ele é o princípio, o primogênito de entre os mortos, para em todas as coisas ter a primazia,

O CORPO DE CRISTO E A IGREJA!


Quais s o as raz es para fraqueza doen a e morte espiritual

Estar na Igreja sem honrar a igreja produz fraqueza espiritual – algumas pessoas não participam de coisa alguma na igreja (não estou falando de atividades mais sim de comunhão. De estar onde a igreja está) seus amigos não são da igreja, sua vida não prioriza a igreja, seus planos não honram a igrejas. A igreja para ele é somente um lugar e não um lar. (por isso não tem dificuldade de ficar mudando de igreja estão procurando um lugar que os agrade e não que os aperfeiçoe)


Quais s o as raz es para fraqueza doen a e morte espiritual

Estar na Igreja sem fazer um alto exame constante produz enfermidade espiritual – O padrão para esse auto exame esta estabelecido em Lucas 9:23 E dizia a todos: Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, e tome cada dia a sua cruz, e siga-me.

Negar a si mesmo – esquecer de si mesmo, perder a visão ou interesse próprio (o não negar a si produz infidelidade)

Tomar a cruz – É fazer o que deve ser feito para ser o que Deus espera que eu seja.

Seguir a Jesus – É permitir que a palavra de Deus paute suas decisões.

Doenças espirituais se manifestam por meio das obras da carne. Galatas 5:19-21


Quais s o as raz es para fraqueza doen a e morte espiritual

Estar na igreja sem ser Igreja produz morte espiritual - discernir o corpo, é saber que se eu tomo qualquer atitude que pode prejudicar a vida da igreja eu não estou agindo como membro do corpo mais sim como inimigo do corpo e por isso vou atrair juízo.

Pessoas tem tido morte espiritual porque fizeram mal ao corpo.

“Mais Jesus ressucita mortos! Aleluias!”


Quais s o as raz es para fraqueza doen a e morte espiritual

2Tm.3:1 ¶ Sabe, porém, isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos;

2 porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos,

3 sem afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons,

4 traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus,

5 tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. Destes afasta-te.


Quais s o as raz es para fraqueza doen a e morte espiritual

Numa guerra, nenhum soldado enfermo tem condições de batalhar.

Acabe, o rei de Israel, na batalha contra os sírios, pediu que lhe tirassem do exército porque estava gravemente ferido.

Muitos soldados de Cristo estão sendo derrotados na vida cristã porque insistem em guerrear sem atentar para os ferimentos que ainda não foram tratados em sua vida.


Notemos que

NOTEMOS QUE:

EFÉSIOS – A CARTA DA IGREJA

CAP 1

A eleição da Igreja

CAP 2

A Forma-ção da Igreja

CAP3

O propó-sito da eleição da Igreja

CAP 4-5

O andar da

Igreja: em unidade, em santidade e em amor

CAP 6

A natureza da guerra da Igreja


Quais s o as raz es para fraqueza doen a e morte espiritual

Jesus se preocupa com o “andar” da igreja

  • “... Que andeis como é digno da vocação com que fostes chamados” (4.1)

  • “...Não andeis mais como andam também os outros gentios” (4.1)

  • “Andai em amor ...” (4.17)

  • “Vede prudentemente como andais...” (5.15).


Quais s o as raz es para fraqueza doen a e morte espiritual

ASSIM CONCLUÍMOS QUE:

E a saúde determina a vitória ou a derrota na batalha espiritual

A “SAÚDE” depende diretamente do modo pelo qual se vive


Quais s o as raz es para fraqueza doen a e morte espiritual

PAULO ESTABELECE PRINCÍPIOS PARA UMA VIDA SAUDÁVEL:

Na vida pessoal

Na vida profissional

Na vida conjugal, familiar


Sa de na vida pessoal

SAÚDE NA VIDA PESSOAL

  • ANDAR HUMILDEMENTE – Ef 4.2

  • ANDAR HONESTAMENTE – Ef 4.25-28

  • ANDAR PRUDENTEMENTE - Ef 5.15

  • ANDAR RETAMENTE – Ef 5.3-11

  • ANDAR ALEGREMENTE – Ef 5.19,20


Quais s o as raz es para fraqueza doen a e morte espiritual

“Rogo-vos ... que andeis.... Com toda humildade” (Ef 4.1,2);

“... Não andeis mais como os gentios, na vaidade da sua mente” (4.17)

1.1 – ANDAR HUMILDEMENTE

Essa humildade consiste em reconhecer que “há somente um corpo” (TEM PESSOAS QUE ACHAM QUE DEUS DEU TUDO SOMENTE A ELE – QUE PODE VIVER SEM O OUTRO!), e em submeter-se às autoridades por Cristo constituídas.


Quais s o as raz es para fraqueza doen a e morte espiritual

“ A incapacidade de aceitar qualquer governo é um sintoma (da síndrome de Lúcifer) ... E toda rejeição ao governo divino, implica também em repúdio por qualquer forma de autoridade civil ou eclesiástica” (Caio Fábio)

“Um anjo fora da sua posição se torna um demônio”.

“A soberba precede a ruína, e a altivez do espírito precede a queda” (Pv 16.18).


2 2 andar honestamente

2.2- ANDAR HONESTAMENTE

“Por isso, deixai a mentira, e falai a verdade cada um com seu próximo; porque somos membros uns dos outros... Aquele que furtava, não furte mais, antes trabalhe, fazendo com as mãos os que é bom, para que tenha o que repartir com o que tiver necessidade” (Ef 4.25,28)

“Não deis lugar ao Diabo” – Ef 4. 27


2 3 andar prudentemente ef 5 15

2.3 - ANDAR PRUDENTEMENTE – Ef 5.15

  • Prudência no falar – Ef 4.29; 5.3,4

  • Prudência no uso do tempo – Ef 5.16

    Pecados como a procrastinação e a precipitação podem dar “lugar ao Diabo”. Se estamos em campo de batalha, não podemos perder a vigilância, ou agir como néscios.


1 4 andar retamente

1.4 – ANDAR RETAMENTE

Nos versos 3-11 do capitulo 5 de Efésios, Paulo se preocupa com a vida moral de seus leitores.

A Biblia nos recomenda a não sermos profanos, debochados, ou imorais. Não sermos cúmplices das obras das trevas.

Quando se perde o testemunho, perde-se a autoridade, e o poder de influenciar as outras pessoas.


Quais s o as raz es para fraqueza doen a e morte espiritual

1.5: ANDAR ALEGREMENTE

“E falando entre vós em salmos, e hinos, e cânticos espirituais; cantando e salmodiando ao Senhor em vosso coração.

Dando sempre graças por tudo a nosso Deus e Pai, em nome do Senhor Jesus Cristo” (Ef 5.19,20).


Quais s o as raz es para fraqueza doen a e morte espiritual

“Nunca a murmuração e o descontentamento crônicos podem ser entendidos como conciliáveis com uma vida ligada a Deus. Aliás, Deus abomina a murmuração e o descontentamento, porque traduzem em palavras uma atitude de profundo descontentamento com as dádivas divinas, abundantes na criação”.


2 sa de na vida conjugal e familiar

2 – SAÚDE NA VIDA CONJUGAL E FAMILIAR

É impossível lograr êxito numa batalha espiritual com o casamento em frangalhos.

Paulo deixou claro que problemas no relacionamento conjugal podem constituir-se em oportunidades para Satanás prevalecer .


Para que haja sa de na vida conjugal e familiar paulo orienta

PARA QUE HAJA SAÚDE NA VIDA CONJUGAL E FAMILIAR, PAULO ORIENTA:

  • A submissão da esposa ao marido – Ef 5.22-24

  • O amor do marido pela esposa – Ef 5.25-29

  • A obediência dos filhos aos pais – Ef 6.1-3

  • O respeito dos pais pelos filhos – Ef 6.4


3 sa de na profiss o ou no trabalho ef 6 5 9

3- SAÚDE NA PROFISSÃO OU NO TRABALHO – Ef 6.5-9

  • Paulo fala da relação entre patrão e servo, entre o que manda e o que obedece. Exige:

  • boa vontade naquele que é servo

  • Respeito da parte do Senhor


4 fortalecer se no senhor

4- FORTALECER-SE NO SENHOR

Fortalecer-se no Senhor é permitir que o Senhor nos encha com a Sua Força – essa “força” do Senhor é o Espírito Santo. Por isso, Paulo, na carta aos Efésios, onde estabelece o padrão de conduta para o andar da Igreja, recomenda à mesma a “encher-se do Espírito” – Ef 5.18


O que preciso fazer

O que é preciso fazer?

  • Saber que todo cristão tem o Espírito – Rm 8.9.

  • Saber que o pecado entristece o Espírito, mas não o leva a deixar-nos – Ef 4.30; Hb 13.5.

  • Permitir-se ser continuamente controlado pelo Espírito – Ef 5.18


Deus nos deu

DEUS NOS DEU:

SEU ESPIRITO – que é o poder que nos capacita a viver Sua Palavra

SUA PALAVRA

Com os princípios que devemos seguir


Conclus o

CONCLUSÃO:

A Igreja de Cristo é uma Igreja vitoriosa. Ela triunfa sobre o Inferno porque tem a vida de Cristo. E é esta vida a saúde que precisamos a fim de que estejamos em condições de lutar, lograr êxito contra as forças do mal.

Por isso, nossos relacionamentos precisam ser saudáveis. Nossa vida pessoal, familiar e social precisa ser saudável. E essa saúde consiste em observar os princípios da Palavra de Deus, vivendo na dependência do Espírito.


Aplica o pr tica

APLICAÇÃO PRÁTICA:

  • Verifique sua vida pessoal em todas as esferas de seu relacionamento. Veja se existem princípios que não estão sendo observados;

  • Se é casado, veja se as necessidades de seu cônjuge estão sendo satisfeitas;

  • No trabalho, não dê mau testemunho.

  • Busque o fortalecimento espiritual constantemente. Ore, para que Deus lhe ajude a vivenciar todas as situações no poder do seu Espírito.


  • Login