Dos meninos e meninas das raparigas e rapazes dos homens e mulheres
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 25

Dos Meninos e Meninas; das Raparigas e Rapazes; dos Homens e Mulheres PowerPoint PPT Presentation


  • 41 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

Dos Meninos e Meninas; das Raparigas e Rapazes; dos Homens e Mulheres . ESM 6 de Janeiro de 2010. O que é sexo.

Download Presentation

Dos Meninos e Meninas; das Raparigas e Rapazes; dos Homens e Mulheres

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


Dos meninos e meninas das raparigas e rapazes dos homens e mulheres

Dos Meninos e Meninas; das Raparigas e Rapazes; dos Homens e Mulheres

ESM

6 de Janeiro de 2010


O que sexo

O que é sexo

“Apesar da mortalidade que herdamos como criaturas que se reproduzem sexualmente, o sexo é esplêndido. Gera prazer e traz ao mundo bebés, futuro da humanidade. Sem o acto sexual de nossos pais, nenhum de nós estaria aqui. Com o sexo, cada um de nós é não apenas uma entidade que vive, respira e pensa, mas também uma mistura singular de genes vindos de fontes separadas – em suma, um indivíduo único”

MARGULIS, Lynn , SAGAN Dorion (2002); O que é sexo, Rio de Janeiro, Jorge Zahar editor, pág 11


Professor enquanto educador

PROFESSOR ENQUANTO EDUCADOR

“O transmissor/expositor”

“O espectador/receptor”

“O provocador/moderador”


Professor enquanto educador1

PROFESSOR ENQUANTO EDUCADOR

“O transmissor/expositor”


Professor enquanto educador2

PROFESSOR ENQUANTO EDUCADOR

“O transmissor/expositor”


Professor enquanto educador3

PROFESSOR ENQUANTO EDUCADOR

“O espectador/receptor”


Professor enquanto educador4

PROFESSOR ENQUANTO EDUCADOR

“O espectador/receptor”


Professor enquanto educador5

PROFESSOR ENQUANTO EDUCADOR

“O provocador/moderador”


Professor enquanto educador6

PROFESSOR ENQUANTO EDUCADOR

“O provocador/moderador”


Professor enquanto educador7

PROFESSOR ENQUANTO EDUCADOR

“O provocador/moderador”


Objectivos da educa o sexual

Objectivos da educação sexual

  • Promover comportamentos responsáveis e saudáveis


Dos meninos e meninas das raparigas e rapazes dos homens e mulheres

Como?

  • Dando informação correcta e actualizada q.b.

  • Ajudando os jovens a reflectir

    Sim mas…


Dos meninos e meninas das raparigas e rapazes dos homens e mulheres

Qual é o interesse de descrever muitas IST(infecções sexualmente transmitidas)?

Ou

descrever todos os métodos contraceptivos conhecidos?

Ou

DESCREVER…


Como posso aumentar a probabilidade dos jovens se saberem proteger

Como posso aumentar a probabilidade dos jovens se saberem proteger?

Abstinência sexual/ Preservativos


Idade do in cio das rela es sexuais nos jovens

Idade do início das relações sexuais nos jovens *

Até aos 15 anos 20% dos jovens afirma já ter tido relações sexuais.

72% dos jovens com idade igual ou superior a 19 anos diz que já iniciou a vida sexual.

* Resultados apresentados no estudo “A educação sexual dos jovens portugueses – conhecimentos e fontes” realizado em 2008, numa parceria da APF e do Instituto de Ciências Sociais da Universidade Nova de Lisboa


Exemplos de quest es colocadas por jovens do 7 ano

Exemplos de questões colocadas por jovens do 7º ano

  • O que é a sexualidade?

  • Porque cada vez mais os jovens são abusados sexualmente?

  • Como se realiza o acto sexual?

  • Se estiver grávida que medidas tenho de tomar?


Exemplos de quest es colocadas por jovens do 10 ano

Exemplos de questões colocadas por jovens do 10º ano

  • Há uma idade certa para se começar a ter relações sexuais?

  • Numa relação pode haver sexo? E pode não haver?

  • É possível engravidar tendo relações sexuais logo a seguir à menstruação?

  • É frequente os jovens sentirem-se atraídos por outros do mesmo sexo?


Caracter sticas do processo de aprendizagem sexual

Características do processo de aprendizagem sexual *

Contínuo

Progressivo

Conflitual

Não linear

Vilar, 1987


T cnicas de educa o sexual

Técnicas de educação sexual

Partilha de informação

Clarificação de valores

Treino de competências específicas

Técnicas de descontracção


T cnicas de educa o sexual1

Técnicas de educação sexual

Partilha de informação:

  • Tempestade de ideias ou brainstorming

  • Carrossel

  • Questionários

  • Fichas de trabalho

  • Recolhas documentais

  • Participação de visitantes externos/entrevista


T cnicas de educa o sexual2

Técnicas de educação sexual

Clarificação de valores

  • Barómetro de atitudes

  • Debate pró e contra

  • Histórias valorativas


T cnicas de educa o sexual3

Técnicas de educação sexual

Treino de competências específicas

  • Discussão de casos

  • Dramatização

  • Escuta activa

  • Expressão de sentimentos

  • Assertividade


T cnicas de educa o sexual4

Técnicas de educação sexual

Técnicas de descontracção

  • Jogos quebra-gelo

  • Fotolinguagem


T cnicas de educa o sexual5

Técnicas de educação sexual

AVALIAÇÃO DE CADA SESSÃO:

No final de cada sessão cada aluno elabora uma pequena reflexão (5m), completando as frases:

  • Sinto-me…

  • Hoje aprendi…

  • Hoje não concordei com…

  • O que mais gostei foi…

  • Da próxima vez preferia que…


Bibliografia

Bibliografia

  • DUARTE, Sara [etal]. – A educação sexual dos jovens portugueses – conhecimentos e fontes. Educação Sexual em Rede, nº 5, Abril – Setembro de 2009, pág. 31

  • MARGULIS, Lynn , SAGAN Dorion (2002); O que é sexo, Rio de Janeiro: Jorge Zahar editor, pág11

  • VAZ, J. Machado [etal]. – Educação Sexual na Escola. Lisboa: Universidade Aberta, 1996

  • http://www.cefetsp.br/edu/stefanelli/dst/fotos.htm [consultado em 28-12-2009]

  • http://www.fmt.am.gov.br/areas/dst/condiloma.htm [consultado em 28-12-2009]

  • http://www.gineco.com.br/hpv_utero.htm [consultado em 28-12-2009]

  • http://www.papodegordo.com.br/index.php/tag/doenca/ [consultado em 28-12-2009]

  • http://www.qpcpesquisa.com/sifilis.htm [consultado em 28-12-2009]

  • http://www.topnews.in/files/cervicalcancer222.jpg [consultado em 28-12-2009]

  • http://www2.hu.berlin.de/sexology/ECP4/html/human_papilloma_virus_iii.html [consultado em 28-12-2009]


  • Login