Meio Ambiente e Turismo
Download
1 / 55

Meio Ambiente e Turismo - PowerPoint PPT Presentation


  • 211 Views
  • Uploaded on

Meio Ambiente e Turismo. O meio ambiente é o núcleo do produto turístico. No século XXI os empreendimentos turísticos terão que fazer do meio ambiente, uma prioridade. Por ser o maior setor do mundo, o meio ambiente está assumindo um lugar central no desenvolvimento turístico.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about ' Meio Ambiente e Turismo' - nell


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

Meio Ambiente e Turismo

  • O meio ambiente é o núcleo do produto turístico.

  • No século XXI os empreendimentos turísticos terão que fazer do meio ambiente, uma prioridade.

  • Por ser o maior setor do mundo, o meio ambiente está assumindo um lugar central no desenvolvimento turístico.


Meio Ambiente e Turismo

Se não for planejado e implementado de

maneira apropriada, pode:

  • destruir a vegetação,

  • gerar superpopulação,

  • sujar as trilhas,

  • poluir as praias,

  • causar excessos de construções,

  • eliminar espaços abertos,

  • criar problemas de esgotos e habitação,

  • ignorar as necessidades e a estrutura da comunidade receptora.


Meio Ambiente e Turismo

O turismo tem o poder para aprimorar o meio ambiente, prover fundos para conservação, preservar cultura e história, estabelecer limites sustentáveis de utilização e proteger atrações naturais.

O problema é como fazer para que o turismo preserve e proteja o ambiente e as atrações naturais, de forma que as pessoas continuem a viajar, além de estabelecer limites para que os locais sejam verdadeiramente sustentáveis.


Turismo e Meio Ambiente

na década dos 50

  • MEIO AMBIENTE

  • Aproveitar e utilizar

  • TURISMO

  • Etapa de exploração

  • Começo do turismo de massa


Turismo e Meio Ambiente na década dos 60

MEIO AMBIENTE

  • Conscientização, intervenção pública e protestos

TURISMO

  • Desenvolvimento

  • Crescimento rápido.

  • Elementos do ambiente como atração turística.


Turismo e Meio Ambiente na década dos 70

MEIO AMBIENTE

  • Institucionalização

  • Preocupação pela poluição do ar, da água e visual.

TURISMO

  • Década de crescimento e êxito.

  • Marketing.

  • Estudo de impacto pelo mundo acadêmico.


Turismo e Meio Ambiente na década dos 80

MEIO AMBIENTE

  • Década dos 80

  • Preocupação pelas substâncias tóxicas no ambiente.

  • Chuva ácida, aquecimento global, buraco na camada de ozônio.

TURISMO

  • Expansão dos mercados mundiais

  • Avanços tecnológicos.


Turismo e Meio Ambiente na década dos 90

MEIO AMBIENTE

  • Desmatamento, mudanças climáticas, desertificação, impactos globais.

TURISMO

  • Ecoturismo

  • Desenvolvimento sustentável.


Turismo e Meio Ambiente na década 2000 - 2010

MEIO AMBIENTE

  • Entrada em vigor do Protocolo de Kioto

  • Transgênicos

    ?

TURISMO

  • Certificação

  • Segurança X terrorismo

  • Turismo para gerar fundos e conservar a biodiversidade

    ?


Turismo ecol gico ecoturismo
Turismo ecológico/ Ecoturismo

  • “ Diretrizes para uma Política Nacional de Ecoturismo” (1994):definiu critérios de exploração sustentável do potencial constituído por nossas belezas naturais e valores culturais.

  • Ecoturismo: “ segmento da atividade turística que utiliza, de forma sustentável, o patrimônio natural e cultural, incentiva a sua conservação e busca a formação de uma consciência ambientalista através da interpretação do ambiente, promovendo o bem estar das populações envolvidas” .

  • Pela riqueza de ecossistemas e de biodiversidade, o Brasil é um país privilegiado para a exploração dessa atividade. Segundo a Embratur, foram identificados 96 pólos de ecoturismo, dividos nas 5 regiões brasileiras. Além de apreciar a natureza o ecoturista pode também praticar os eco-esportes que cada localidade permite praticar.


Sustentabilidade ambiental no turismo
Sustentabilidade Ambiental no Turismo

  • É o desenvolvimento de uma política, de estratégias e ações contínuas, no campo da atividade turística, que promovam a preservação do meio ambiente, evitando assim a degradação dos recursos naturais, cuja base e qualidade depende da manutenção e desenvolvimento deste setor.

  • É preciso destacar que o turismo sustentável só pode ser alcançado também pelo dimensionamento da sustentabilidade econômica e sustentabilidade sóciocultural, pensados e colocados em equilíbrio com a sustentabilidade ambiental.

  • A construção da sustentabilidade ambiental dependedo respeito às diretrizes básicas dos órgãos ambientais em todas as suas instâncias, do envolvimento dos atores inseridos no contexto da atividade turística na implementação de ações que proporcionem melhorias no aspecto ambiental no setor, na adoção de práticas sustentáveis, na valorização, conservação e preservação da fauna, flora e patrimônios naturais, na adequada utilização dos recursos naturais.


Declara o de ecoturismo de quebec 2002
Declaração de Ecoturismo de Quebec 2002

  • 2002 foi o Ano Internacional do Ecoturismo

  • O ecoturismo deve ser sustentável trazendo benefícios econômicos para comunidades anfitriãs, contribuindo para a conservação das riquezas naturais, para a integridade cultural de comunidades tradicionais e conscientizando visitantes da importância dos patrimônios natural e cultural.

  • Deve fortalecer, estimular e encorajar, a habilidade da comunidade em manter e utilizar conhecimentos tradicionais que sejam relevantes para o ecoturismo, como o artesanato, a agricultura, o folclore, a culinária, e demais atividades que utilizam os recursos locais de forma sustentável.


Impactos do turismo

Implicações positivas, aatividade turística pode interferir no ambiente natural e colaborar na sua conservação, preservação, proteção e mesmo recuperação, pela adoção de medidas regulatórias, pelo manejo e planejamento, além de poder contribuir para a circulação de capital, com o desenvolvimento econômico de uma região e pela geração de emprego e renda, o que implica a conseqüente melhoria e manutenção da qualidade de vida das comunidades receptoras.

Implicações negativas, decorrentes da falta de um planejamento ambiental e turístico adequado, constata-se que os recursos naturais que alicerçam essa atividade estão sujeitos a intensos processos de degradação, sendo visíveis por uso inadequado do solo, mudanças de comportamento da fauna silvestre, degradação e ocultação da paisagem, poluição em todas as suas formas e destruição de recursos marítimos e costeiros. Problemas ambientais mais acentuados pela atividade do turismo : demanda elevada de energia e água, bem como o aumento de geração de lixo e esgoto, produção de CO2.

Impactos do Turismo






Algumas solu es
Algumas soluções......

  • O Governo Federal vem trabalhando no desenvolvimento de estratégias de fortalecimento de uma política pública para o setor, focada na perspectiva da sustentabilidade ambiental, tarefa que vem sendo construída de forma conjunta, pelo Ministério do Turismo, Ministério do Meio Ambiente e Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Renováveis (IBAMA). Nesse sentido o MTUR e o MMA firmaram Acordo de Cooperação Técnica que visa a inserção de critérios de sustentabilidade ambiental na atividade turística, e prevê um conjunto de ações integradas entre as duas pastas para a elaboração e implementação da Agenda Ambiental para o Turismo.

  • O turista também deve fazer a sua parte nesse processo, preocupando-se com a minimização dos impactos ambientais (e culturais) negativos que a atividade pode provocar.

  • Os empresários do setor privado que lidam direta ou indiretamente cm o turismo, podem contribuir decisivamente na construção da sustentabilidade ambiental, econômica e social da atividade, com a adoção de posturas responsáveis, conscientização e compromisso, oferecendo produtos e serviços desenvolvidos a partir do conceito de Tecnologia Ambientalmente Saudável.


Turismo sustent vel no brasil
Turismo Sustentável no Brasil

  • Caso dos hotéis roteiro de charme

  • A Associação de Hotéis Roteiros de Charme foi fundada, como entidade privada e sem fins lucrativos por cinco empresários em 23 de junho de 1992, logo após a realização da Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento, no Rio de Janeiro. Atualmente a Associação congrega 40 hotéis, pousadas e refúgios ecológicos independentes, do Norte ao Sul do País, que buscam praticar a arte da hotelaria, reconhecendo a importância de uma responsabilidade social e ambiental para a sustentabilidade de suas operações e para a sobrevivência de gerações futuras.

  • A localização crítica de seus hotéis em áreas de conservação e em ecossistemas frágeis, como o Cerrado, a Mata Atlântica e o Pantanal, demonstra a importância de um contínuo programa ambiental voltado à sustentabilidade do meio ambiente, dos 32 destinos turísticos e das comunidades onde operam em 10 Estados.

  • Certificação turística


Turismo sustent vel continua
Turismo Sustentável (continua..)

  • Ao adotar um Código de Ética e Conduta Ambiental em 1999, que permanece ainda como exemplo único no contexto nacional, Roteiros de Charme demonstra seu compromisso com o meio ambiente e um espírito empresarial inovador, imprescindível ao desenvolvimento de um turismo sustentável no Brasil.

  • Áreas temáticas abordadas no Código:

  • • Conservação de energia • Conservação de água • Tratamento de esgoto • Preservação de áreas de importância ambiental, fauna e flora e de valores culturais/históricos • Redução de poluição sonora e atmosférica • Redução de impactos ambientais em novos projetos e construções/obras • Reutilização, redução e reciclagem de materiais • Controle de substâncias tóxicas e adversas • Eliminação de queima de lixo e desmatamento • Envolvimento de fornecedores e prestadores de serviços ao hotel




N meros do turismo no brasil
Números do Turismo no Brasil

  • Segundo o Anuário Turismo EXAME 2007, 57 milhões de pessoas praticaram turismo no Brasil em 2006, usufruindo de serviços prestados por 198.370 empresas ligadas ao turismo e 3,6 milhões de empregados ligados direta ou indiretamente a essas empresas. Com uma média de R$ 163,84 em gastos diários com o turismo, o faturamento do setor foi de R$ 80,015 bilhões – o que representa 3,5% do PIB nacional.

  • Todos querem ter a imagem de ambientalmente correto na sua empresa ou complexo turístico


Turismo/Turista Verde

Termos freqüentemente usadas tanto aos

turistas quanto ao turismo de significado

semelhante ao termo "verde“, (Swarbrooke e Horner, 2002).


Turismo/Turista Verde

Foco de interesse do turista verde, (Swarbrooke e Horner, 2002).


Perfil do ConsumidorResorts no milênio-2000

  • Locais exóticos e desconhecidos

  • Locais com apelo ecológico

  • Agregação de cultura e conhecimento

    • artesanato

    • pintura

  • Decoração ao estilo da região ou temáticos

Fonte: EMBRATUR - FADE.


Fator decisório da visita

(Motivo da viagem: turismo)

Fonte: EMBRATUR - FADE.


Percepção da Qualidade Ambiental

Opinião dos hóspedes sobre a qualidade

ambiental do resort da TUI em Chipre,

1995, (Swarbrooke e Horner, 2002).


Organizações e o Meio Ambiente

  • International Organization for Standardization – ISO 14000

    • Elabora normas técnicas e padroniza medidas e especificações.

    • A série ISO 14000 - normas internacionais que orientam as empresas para obterem um bom desempenho ambiental.

    • A ISO 14001 certificou os hotéis no Brasil:

    • Grande Hotel São Pedro – Hotel Escola SENAC, Pousada do Rio Quente Resorts, Tropical Foz do Iguaçu


Organizações e o Meio Ambiente

  • Grupo Accor; Várias ações voltadas para o meioambienteTodos os hotéis atuantes relatam quais as ações da Carta Ambiental executadas em suas unidades. Além dessas ações, existe o controle e o monitoramento mensal de energia, água e gás, com metas de redução. 207 toneladas de lixo reciclado em 2003 e aproximadamente 132 toneladas até julho de 2004;- Redução de consumo de 80% de energia, água e gás;- 102 hotéis envolvidos. 

  • Programa Hóspedes da Natureza (PHN)

    É um programa de responsabilidade ambiental da ABIH (2002)

  • Roteiros de Charme:

    Código Voluntário de Ética e de Conduta Ambiental


Programa h spedes da natureza
Programa Hóspedes da Natureza

  • Para atingir as metas do PHN – reduções de 30% do consumo de água, de 25% de resíduos sólidos, de 15% no consumo de gás e economia de até 30% no consumo de energia elétrica.” Esse programa além de difundir o conceito de sustentabilidade da atividade hoteleira, busca do equilíbrio entre a oferta e a demanda, a redução, e se possível, a eliminação de todos os tipos de desperdícios, dentre os quais o de potencial humano”.

  • O PHN já qualificou com a outorga dos Selos ABIH de Comprometimento Ambiental, quatro hotéis de Foz do Iguaçu, que fizeram parte do Projeto Piloto. São eles: Albergue da Juventude Paudimar; Hotel Continental Inn; Mabu Thermas & Resort; e Recanto Park Hotel.O mais novo agraciado com o selo é o Hotel Praiatur, de Florianópolis


Educa o ambiental
Educação Ambiental

  • O que é ?é uma forma abrangente de educação que incluí uma consciência crítica sobre a problemática ambiental, evolução dos problemas ambientais e soluções.

  • Como você pode contribuir para melhorar a qualidade ambiental da sua casa, escola, bairro, cidade e país ?

  • Mude o que vc utiliza (produtos biodegradáveis); Mude os seus atos (economizar água e energia, separar o lixo); Reduza desperdícios e vazamento dentro de casa; Eduque-se para evitar poluir ou aumentar a poluição.


Defini o e valores da e a
Definição e valores da E.A.

  • A EA é um processo participativo, onde o educando assume o papel de elemento central do processo de ensino/aprendizagem pretendido, participando ativamente no diagnóstico dos problemas ambientais e busca de soluções, sendo preparado como agente transformador, através do desenvolvimento de habilidades e formação de atitudes, através de uma conduta ética, condizentes ao exercício da cidadania.

  • VALORES DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL

  • A EA deve buscar valores que conduzam a uma convivência harmoniosa com o ambiente e as demais espécies que habitam o planeta, auxiliando o aluno a analisar criticamente o princípio antropocêntrico, que tem levado à destruição inconseqüente dos recursos naturais e de várias espécies. É preciso considerar que:

  • A natureza não é fonte inesgotável de recursos, suas reservas são finitas e devem ser utilizadas de maneira racional, evitando o desperdício e considerando a reciclagem como processo vital;

  • As demais espécies que existem no planeta merecem nosso respeito. Além disso, a manutenção da biodiversidade é fundamental para a nossa sobrevivência;

  • É necessário planejar o uso e ocupação do solo nas áreas urbanas e rurais, considerando que é necessário ter condições dignas de moradia, trabalho, transporte e lazer, áreas destinadas à produção de alimentos e proteção dos recursos naturais.


  • Princípios gerais da Educação Ambiental:

  • ·Sensibilização: processo de alerta, é o primeiro passo para alcançar o pensamento sistêmico;

  • ·Compreensão: conhecimento dos componentes e dos mecanismos que regem os sistemas naturais;

  • ·Responsabilidade: reconhecimento do ser humano como principal protagonista;

  • ·Competência: capacidade de avaliar e agir efetivamente no sistema;

  • ·Cidadania: participar ativamente e resgatar direitos e promover uma nova ética capaz de conciliar o ambiente e a sociedade.


Elabora o de um projeto de ea para hot is ou complexos hoteleiros 10 ou 15
Elaboração de um projeto de EA para hotéis ou complexos hoteleiros (10 ou 15)

  • 1- Levantamento do perfil ambiental do hotel (localização, como foi construído, se respeitou as leis ambientais, se possuí área verde, se tem sistema de tratamento de água e esgoto, ou se lança o esgoto diretamente no mar, se tem fossa séptica, se separa o lixo, se reutiliza, se recicla, se economiza água e energia, etc);

  • 2-Levantamento de projetos que estejam em desenvolvimento no hotel (ou empresa, como p.ex, plantio de árvores, reciclagem do lixo, projetos para economizar energia, horta, recuperação de nascentes, trilhas ecológicas, etc);

  • 3-Mobilização dos funcionários e turistas na participação do projeto de EA;

  • 4-Promover a integração entre o hotel (empresa) e a comunidade local, prefeitura, para ampliar o projeto de EA e envolver todos os grupos;

  • Sugestão de temas a serem trabalhados: lixo (redução, reutilização e reciclagem); água (consumo desperdício, poluição); florestas (porque preservá-las; Fogo (prevenção e efeitos negativos ao meio ambiente); Agrotóxicos (riscos à saúde e danos ambientais); Respeito aos animais silvestres e domésticos; Respeito ao próximo; consumo consciente de produtos; educação ambiental para os funcionários do hotel.


Guia do turista ecologicamente respons vel
Guia do turista ecologicamente responsável hoteleiros (10 ou 15)

  • Gere pouco ou nenhum lixo no local em que está visitando, sempre jogue o lixo em local adequado, respeitando o princípio de separação do lixo para posterior reciclagem; de preferência traga seu lixo de volta; Economize água e energia;

  • Causar o mínimo de impacto possível ao local que se vai visitar através de : planejamento, grupos pequenos se harmonizam entre si e com a natureza causando menos impactos;

  • Entre em contato prévio com a administração da área que se vai visitar para respeitar os regulamentos e restrições

  • CUIDE DOS LOCAIS POR ONDE PASSA, DAS TRILHAS E DOS ACAMPAMENTOS, ao montar seu acampamento, evite áreas frágeis.

  • Não use sabão e nem lave utensílios e panelas em fontes de água

  • Utilize as instalações sanitárias que existirem;

  • Traga papel e outros produtos higiênicos de volta

  • Evite o fogo; Fogueiras enfraquecem o solo,enfeiam os locais de acampamento e representam uma grande causa de incêndios florestais.

  • Respeite os animais e as plantas: não alimente os animais, não retire flores e plantas silvestres, observe os animais à distância.

  • Prefira contratar os serviços locais de hospedagem, transporte e serviços.Desse modo, você estará colaborando para que os recursos financeiros permaneçam na comunidade.


Ibama pn serra do cip contrato de visitantes
IBAMA- PN Serra do Cipó hoteleiros (10 ou 15)Contrato de visitantes

  • Compromissos assumidos em uma UC:

  • 1- Acondicionarei o lixo em sacos, evitando jogar no chão. Não deixarei restos;

  • 2-Tomarei todos os cuidados possíveis para evitar início de fogo;

  • 3-As flores serão apenas fotografadas;

  • 4-Os frutos serão deixados para os pássaros;

  • 5-Os animais silvestres não serão molestados e muito menos assustados;

  • 6-Os peixes não serão pescados;

  • 7-Evitarei fazer barulho;

  • 8-Terei muito cuidado nas cachoeiras;

  • 9-Andarei sempre nas trilhas;

  • 10- Jamais deixarei marcas. Os troncos das árvores e as rochas continuarão como a natureza construiu;

  • 11-Deixarei tudo no lugar, nem mesmo uma simples pedra será levada de lembrança

  • 12- quando passar por uma área de pesquisa com plantas identificadas, tomarei cuidados redobrados;

  • 13- não estou acompanhado de cães, gatos ou qualquer outro animal de estimação

  • 14- não estou trazendo bebidas alcoólicas, explosivos, facas, armas de fogo e nem qualquer material cortante.


Seminários (18/08, 25/08, 02/09 ) hoteleiros (10 ou 15)(10,0 ou 15,0) Turismo e Meio Ambiente- 10 grupos de 3 pessoas

  • 1-Proecotur (programa de desenvolvimento do ecoturismo na Amazônia)

  • 2-Turismo e Biodiversidade ( )

  • 3-Turismo e Legislação ambiental ( )

  • 4-Turismo em favelas e desenv. de regiões pobres (RJ) ( )

  • 5-Como os hotéis lidam com a questão ambiental (estudo de caso: Costão do Santinho, Roteiro do Charme, hotéis na Amazônia, rede de hoteis Accor, etc) (2 grupos)

  • 6- Reciclagem de papel (investigar os índices de reciclagem nos hotéis e agências de turismo) ( )

  • 7-Reciclagem de latas de alumínio ( )

  • 8-reciclagem de garrafas PET ( )

  • 9-Economia de água e tratamento de esgoto em complexos hoteleiros ( )

  • 10-Economia de energia em complexos hoteleiros ( )


Aula interativa ea
Aula interativa EA hoteleiros (10 ou 15)

  • O que é poluição ? E quais são as atividades poluidoras ?

  • Como é possível evitar a poluição e porque é tão importante ?

  • Depois de poluido, as ações para limpeza podem ser tardias.

  • Analisar o ciclo de vida de um biscoito; 1- quais os recursos usados para fabricar? 2-fontes de energia empregadas? 3-quais os resíduos produzidos? (40 min)


An lise de ciclo de vida de produtos
Análise de ciclo de vida hoteleiros (10 ou 15)(de produtos)

  • Vida de um produto: Produção (nascimento, Uso (consumo) e Disposição (descarte)!

  • Lata de alumínio , o ciclo de vida é de 40 dias, cabos de alumínio, 40 anos.

  • Ciclo de vida de uma lata de inseticida ou de uma lata de coca-cola. 1-qual o material da lata, o que foi utilizado para fabricá-la e como ? 2- como ela é utilizada ? 3-para onde ela vai após o uso? (disposição do lixo).


Redu o de res duos s lidos
Redução de resíduos sólidos hoteleiros (10 ou 15)

  • 4 princípios básicos:

  • Reduzir : a quantidade de lixo descartada;

  • Reutilizar: recipientes e produtos;

  • Reciclar: utilizar materiais recicláveis e composto;

  • Responder: ao dilema dos resíduos sólidos, reconsiderando as atividades que geram lixo e expressando preferências pelas que produzam menor quantidade de resíduos.


Gerenciamento de res duos s lidos
Gerenciamento de resíduos sólidos hoteleiros (10 ou 15)

  • Redução na geração de resíduos (redução na quantidade e toxicidade);

  • Reciclagem: separação do material que pode ser reciclado (antes ou após a coleta do lixo), processamento deles em materiais úteis, utilizar e comprar produtos reciclados;

  • Combustão de resíduos e disposição em aterros sanitários.


12 dicas para diminuir a gera o de res duos s lidos
12 dicas para diminuir a geração de resíduos sólidos hoteleiros (10 ou 15)

  • Reduzir a quantidade de embalagens desnecessárias;

  • Adotar práticas para reduzir a toxicidade dos resíduos;

  • Conside usar produtos reutilizáveis;

  • Conserve e repare produtos duráveis;

  • Reutilize sacolas, recipientes, e outros itens;

  • Empreste, alugue ou compartilhe itens que não são usados frequentemente;

  • Venda ou doe as coisas ao invéz de jogá-las fora.


12 dicas para diminuir a gera o de res duos s lidos1
12 dicas para diminuir a geração de resíduos sólidos hoteleiros (10 ou 15)

  • Escolha produtos e recipientes recicláveis e recicle-os;

  • Selecione (e utilize) produtos feitos de materiais recicláveis;

  • Faça a compostagem de restos orgânicos e folhas de jardim;

  • Eduque-se e instrua as pessoas sobre práticas de reciclagem;

  • Seja criativo- Descubra novas formas para reduzir a quantidade dos resíduos e a toxicidade.


Reciclagem de latas 15 08 07 reuters
Reciclagem de latas hoteleiros (10 ou 15)(15/08/07 Reuters)

  • Brasil em 2006 reciclou 94,4% de latas de alumínio;

  • 139,1 mil ton de latas foram recicladas, correspondeu a 10,3 bilhões de unidades e 1,1 milhão de latas por hora.

  • A reciclagem movimentou 1,7 bilhão de reais e empregou quase 170 mil pessoas;

  • Ao substituir um volume equivalente de alumínio primário, a reciclagem de 139,1 mil ton, proporcionou uma economia de 1.976 GWh/ano de energia elétricaao país, o suficiente para abastecer por 12 meses a cidade de Campinas, p.ex.


Reciclagem de alum nio fonte abal
Reciclagem de alumínio hoteleiros (10 ou 15)(Fonte:ABAL)

  • É feita tanto a partir de sobras do próprio processo de produção, como de sucata gerada por produtos com vida útil esgotada;

  • Quanto mais curto for o ciclo de vida de um produto de alumínio, mais rápido será seu retorno à reciclagem;

  • A lata de Al para bebidas, após usada, transforma-se novamente em lata após a coleta e refusão, sem que haja limites para o seu retorno ao ciclo de produção.

  • A cada quilo de Al. reciclado, 5kg de bauxita (minério de onde se produz o alumínio) são poupados. Para se reciclar 1 ton de Al, gasta-se somente 5% da energia que seria necessária para se produzir a mesma quantidade de Al. primário, ou seja, tem-se economia de 95% de energia elétrica.


Reciclagem de papel
Reciclagem de papel hoteleiros (10 ou 15)

  • Economizam-se 2,5 barris de petróleo, 98 mil litros de água e 2.500 kw/h de energia elétrica com uma tonelada de papel reciclado.

  • Redução dos custos das matérias-primas:a pasta de aparas é mais barata que a celulose de primeira.

  • Economia de Recursos Naturais

  • Madeira:Uma tonelada de aparas pode substituir de 2 a 4 m3 de madeira, conforme o tipo de papel a ser fabricado, o que se traduz em uma nova vida útil para de 15 a 30 árvores.


Processo de reciclagem de papel
Processo de hoteleiros (10 ou 15)reciclagem de papel


Vantagens de reciclar papel
Vantagens de Reciclar papel hoteleiros (10 ou 15)

  • - Água: Na fabricação de uma tonelada de papel reciclado são necessários apenas 2.000 litros de água, ao passo que, no processo tradicional, este volume pode chegar a 100.000 litros por tonelada.- Energia:economiza-se metade da energia, podendo-se chegar a 80% de economia quando se comparam papéis reciclados simples com papéis virgens feitos com pasta de refinador.- Redução da Poluição: as fábricas recicladoras podem funcionar sem impactos ambientais, pois a fase crítica de produção de celulose já foi feita anteriormente.


Vantagens de reciclar papel1
Vantagens de Reciclar papel hoteleiros (10 ou 15)

  • Criação de Empregos: estima-se que, ao reciclar papéis, sejam criados cinco vezes mais empregos do que na produção do papel de celulose virgem e dez vezes mais empregos do que na coleta e destinação final de lixo.

  • Redução da "conta do lixo": o Brasil, no entanto, só recicla 30% do seu consumo de papéis, papelões e cartões.



Trabalho
Trabalho hoteleiros (10 ou 15)

  • Verificar a existência de Projetos na área de Turismo ecológico e turismo sustentável

  • www.ambientebrasil.com.br


ad