Dengue no estado da bahia na primeira d cada do s culo xxi maria aparecida ara jo figueiredo
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 37

Dengue no Estado da Bahia na primeira década do século XXI Maria Aparecida Araújo Figueiredo PowerPoint PPT Presentation


  • 43 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

Dengue no Estado da Bahia na primeira década do século XXI Maria Aparecida Araújo Figueiredo. DENGUE Vírus RNA. Gênero Flavivírus . Família Flaviviridae . Existem quatro sorotipos : DENV-1, DENV-2, DENV-3 e DENV-4. Todos os vírus podem causar doença grave e óbito .

Download Presentation

Dengue no Estado da Bahia na primeira década do século XXI Maria Aparecida Araújo Figueiredo

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


Dengue no estado da bahia na primeira d cada do s culo xxi maria aparecida ara jo figueiredo

Dengue no Estado da Bahia na primeira década do século XXIMaria Aparecida Araújo Figueiredo


Dengue no estado da bahia na primeira d cada do s culo xxi maria aparecida ara jo figueiredo

DENGUE

Vírus RNA. GêneroFlavivírus. FamíliaFlaviviridae.

Existemquatrosorotipos: DENV-1, DENV-2, DENV-3 e DENV-4.

Todososvíruspodemcausardoença grave e óbito.

Teorias das formas graves: infecçãosecundária (Halstead); virulência do sorotipo (Rosen);

Outrosestudos: Comorbidades (Figueiredoet al., 2010)


Dengue no estado da bahia na primeira d cada do s culo xxi maria aparecida ara jo figueiredo

Transmissão da doença

Vetor: o mosquito do gênero Aedes aegypti

Hospedeiro: o humano é fonte de infecção

Modo de transmissão: picada do mosquito

Período de incubação: 3 a 15 dias


Dengue no estado da bahia na primeira d cada do s culo xxi maria aparecida ara jo figueiredo

Macro fatoresdeterminantesdatransmissãoda Dengue

  • Crescimento populacional sem precedentes

  • Urbanização sem planejamento

  • Aumento da pobreza

  • Ordenamento ambiental inadequado

  • Movimento populacional: turismo e migração

  • Mudanças climáticas

* Fonte: OPAS, 2009


Dengue no estado da bahia na primeira d cada do s culo xxi maria aparecida ara jo figueiredo

Criadouros do Aedes aegypti predominantes na Bahia - 2008 e 2009


Dengue no estado da bahia na primeira d cada do s culo xxi maria aparecida ara jo figueiredo

  • OBJETIVO GERAL

  • Analisar o padrão de ocorrência da Dengue no Estado da Bahia - com a circulação dos três sorotipos da doença (DENV1, DENV2 e DENV3) - na primeira década do século XXI.


  • Dengue no estado da bahia na primeira d cada do s culo xxi maria aparecida ara jo figueiredo

    • OBJETIVOS ESPECÍFICOS

  • Descrever a tendência dos coeficientes de incidência e mortalidade da Dengue, por faixa etária e região de ocorrência;

  • Identificar o grupo etário de maior risco para a Dengue segundo a forma clínica da doença;

  • Identificar a região geográfica de maior risco para a morbimortalidade do dengue.


  • Dengue no estado da bahia na primeira d cada do s culo xxi maria aparecida ara jo figueiredo

    Figura 1. Coeficiente de incidência de casos notificados de Dengue. Estado da Bahia, 1996 a 2010

    DENV 1/2/3

    DENV3

    DENV1

    DENV2

    Fonte: SINAN/DIVEP/ DIS/ SESAB

    Dados sujeitos a alterações


    Figura 2 dengue segundo semana epidemiol gica e ano dos primeiros sintomas bahia 2002 a 2010

    Figura 2. Dengue segundosemanaepidemiológica e ano dos primeirossintomas. Bahia, 2002 a 2010.

    Fonte: SINAN/DIVEP/ DIS/ SESAB

    Dados sujeitos a alterações


    Dengue no estado da bahia na primeira d cada do s culo xxi maria aparecida ara jo figueiredo

    Figura 3. Coeficiente de incidência dos casos notificados de dengue, segundo a forma clínica. Estado da Bahia, 2000 a 2010*.

    Coeficiente de Incidência por 100.000 hab.

    Coeficiente de Incidência por 100.000 hab.

    580,49

    Ano


    Dengue no estado da bahia na primeira d cada do s culo xxi maria aparecida ara jo figueiredo

    Figura 4. Proporção de casos de dengue, segundo sexo e forma clínica. Estado da Bahia, 2000 a 2010*.


    Dengue no estado da bahia na primeira d cada do s culo xxi maria aparecida ara jo figueiredo

    Tabela 1. Coeficiente de Incidência e Risco Relativo dos casos notificados de dengue, segundo a forma clínica, faixa etária e ano de ocorrência. Estado da Bahia, 2000 a 2009.

    1- Por 100.000 habitantes.


    Dengue no estado da bahia na primeira d cada do s culo xxi maria aparecida ara jo figueiredo

    Centro - Norte

    Figura 5. Coeficiente de Incidência* dos casos notificados de Febre do Dengue, segundo a macrorregião. Estado da Bahia, 2000 a 2010**. *Por 100.000 habitantes. ** Até o primeiro semestre de 2010.


    Dengue no estado da bahia na primeira d cada do s culo xxi maria aparecida ara jo figueiredo

    Sul

    Figura 6. Coeficiente de Incidência* dos casos notificados de Dengue com Complicação, segundo a macrorregião. Estado da Bahia, 2000 a 2010**. *Por 100.000 habitantes. ** Até o primeiro semestre de 2010.


    Dengue no estado da bahia na primeira d cada do s culo xxi maria aparecida ara jo figueiredo

    Sul

    Figura 7. Coeficiente de Incidência* dos casos notificados Febre Hemorrágica do Dengue e Síndrome do Choque do Dengue, segundo a macrorregião. Estado da Bahia, 2000 a 2010**. *Por 100.000 habitantes. ** Até o primeiro semestre de 2010.


    Dengue no estado da bahia na primeira d cada do s culo xxi maria aparecida ara jo figueiredo

    Figura 8. Evolução dos casos notificados do Dengue, segundo a forma clínica. Estado da Bahia, 2000 ao primeiro semestre de 2010.


    Dengue no estado da bahia na primeira d cada do s culo xxi maria aparecida ara jo figueiredo

    Tabela 2. Número de óbitos, Coeficiente de Mortalidade, Risco Relativo e Letalidade dos casos notificados de Dengue, segundo a faixa etária e ano de ocorrência. Estado da Bahia, 2000 a 2009.

    1- Por 100.000 habitantes.

    2- Percentual.


    Figura 9 mapa da circula o viral dos sorotipos da dengue por munic pio bahia 2010

    Figura 9. Mapa da circulação viral dos sorotipos da Dengue por município. Bahia, 2010*.

    Fonte: LACEN/ SESAB

    Dados sujeitos a alterações

    *Dados parciais até outubro


    Figura 10 n mero de isolamentos do v rus da dengue segundo o sorotipo estado da bahia 2010

    Figura 10. Número de isolamentos do vírus da dengue, segundo o sorotipo. Estado da Bahia, 2010.


    Dengue no estado da bahia na primeira d cada do s culo xxi maria aparecida ara jo figueiredo

    Figura 11. Diagrama de controle do coeficiente de incidência de Dengue. Bahia, 2010.

    Fonte: SINAN/DIVEP/ DIS/ SESAB

    www.saude.ba.gov.br/entomologiabahia/dengue

    Dados sujeitos a alterações


    Dengue no estado da bahia na primeira d cada do s culo xxi maria aparecida ara jo figueiredo

    Diagrama de Controle dos 10 municípios selecionados para a mobilização social para prevenção e controle da Dengue


    Figura 12 diagrama de controle da incid ncia da dengue feira de santana 2010

    Figura 12. Diagramade controledaincidênciadaDengue.Feira de Santana, 2010.

    Fonte: SINAN/DIVEP/ DIS/ SESAB

    www.saude.ba.gov.br/entomologiabahia/dengue

    Dados sujeitos a alterações


    Figura 13 diagrama de controle da incid ncia da dengue guanambi 2010

    Figura 13. Diagramade controledaincidênciada Dengue. Guanambi, 2010.

    Fonte: SINAN/DIVEP/ DIS/ SESAB

    www.saude.ba.gov.br/entomologiabahia/dengue

    Dados sujeitos a alterações


    Figura 14 diagrama de controle da incid ncia de dengue ilh us 2010

    Figura 14. Diagramade controledaincidência de Dengue. Ilhéus, 2010.

    Fonte: SINAN/DIVEP/ DIS/ SESAB

    www.saude.ba.gov.br/entomologiabahia/dengue

    Dados sujeitos a alterações


    Figura 15 diagrama de controle da incid ncia de dengue irec 2010

    Figura 15. Diagramade controledaincidência de Dengue. Irecê, 2010.

    Fonte: SINAN/DIVEP/ DIS/ SESAB

    www.saude.ba.gov.br/entomologiabahia/dengue

    Dados sujeitos a alterações


    Figura 16 diagrama de controle da incid ncia de dengue itabuna 2010

    Figura 16. Diagramade controledaincidência de Dengue. Itabuna, 2010.

    Fonte: SINAN/DIVEP/ DIS/ SESAB

    www.saude.ba.gov.br/entomologiabahia/dengue

    Dados sujeitos a alterações


    Figura 17 diagrama de controle da incid ncia de dengue jequi 2010

    Figura 17. Diagramade controledaincidência de Dengue. Jequié, 2010.

    Fonte: SINAN/DIVEP/ DIS/ SESAB

    www.saude.ba.gov.br/entomologiabahia/dengue

    Dados sujeitos a alterações.


    Figura 18 diagrama de controle da incid ncia de dengue porto seguro 2010

    Figura 18. Diagramade controledaincidência de Dengue. Porto Seguro, 2010.

    Fonte: SINAN/DIVEP/ DIS/ SESAB

    www.saude.ba.gov.br/entomologiabahia/dengue


    Dengue no estado da bahia na primeira d cada do s culo xxi maria aparecida ara jo figueiredo

    Figura 19. Distribuição dos casosnotificados de Dengue Grave, porfaixaetária. Bahia, 2010*.

    Fonte: Divep – Dados planilha paralela.

    *Até o primeiro semestre de 2010.


    Figura 20 n mero de bitos por dengue bahia 2009 e 2010

    Figura 20. Número de óbitospor Dengue. Bahia, 2009 e 2010*

    2009

    2010

    Fonte: DIVEP/SESAB

    * Dados da planilha paralela, sujeitos a alterações


    Dengue no estado da bahia na primeira d cada do s culo xxi maria aparecida ara jo figueiredo

    Discussão

    • Os principais resultados deste estudo evidenciaram que, na primeira década do Século XXI, as maiores epidemias no Estado da Bahia ocorreram nos anos 2002 e 2009.


    Dengue no estado da bahia na primeira d cada do s culo xxi maria aparecida ara jo figueiredo

    Discussão

    • 2000 a 2008: maiores de 15 anos protagonizaram os mais elevados coeficientes de incidência e mortalidade.

    • 2008 e 2009: as crianças passaram a ser o grupo de maior risco, provavelmente causado pelo recrudescimento do sorotipo DENV2 para o qual uma significativa parcela dos adultos já era imune, situação não contemplada entre as crianças nascidas a partir do ano 2000, as quais tiveram pouco contato com o DENV2 e DENV1.


    Dengue no estado da bahia na primeira d cada do s culo xxi maria aparecida ara jo figueiredo

    Discussão

    • 2010

    • Aumento expressivo das formas graves;

    • Faixa etária mais atingida – menores de 15 anos;

    • Prolongamento do período de maior ocorrência;

    • A partir de 2010 - o que pode acontecer?

    • Circulação viral intensa (3 sorotipos + altos IIP), com aumento expressivo do DENV 1;

    • Recente introdução do sorotipo DENV4 no Estado de Roraima.


    Dengue no estado da bahia na primeira d cada do s culo xxi maria aparecida ara jo figueiredo

    CONSIDERAÇÕES FINAIS

    • Os macro fatores estão atuando com muito mais força sobre a transmissão da Dengue;

    • Sua dimensão esbarra nos LIMITES dos órgãos de saúde;

    • A área da saúde não é a ÚNICA responsável pela prevenção e controle da doença;

    • Para limitar os danos da magnitude da transmissão, são necessários esforços de TODOS: setor público, privado e sociedade civil - coresponsáveis.


    Dengue no estado da bahia na primeira d cada do s culo xxi maria aparecida ara jo figueiredo

    Controle Vetorial

    Vigilância

    epidemiológica

    Mobilização

    Social

    Estratégia

    de gestão

    integrada

    Vigilância

    Laboratorial

    Regulação do

    Acesso

    Atenção

    ao paciente


    Dengue no estado da bahia na primeira d cada do s culo xxi maria aparecida ara jo figueiredo

    ATITUDE

    O MELHOR REMÉDIO CONTRA A DENGUE

    Movimento Bahia unida contra Dengue


    Obrigado

    Obrigado!


  • Login