steel framing
Download
Skip this Video
Download Presentation
Steel Framing

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 72

Steel Framing - PowerPoint PPT Presentation


  • 173 Views
  • Uploaded on

Steel Framing. Steel Framing. O STEEL FRAME utiliza tecnologia avançada, qualidade e segurança para concluir uma obra de alto padrão em apenas 100 dias a partir de um terreno preparado. Steel Framing. Sistema versátil, Variações na arquitetura, Cobertura metálica ou convencional,

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about ' Steel Framing' - misty


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
steel framing1
Steel Framing
  • O STEEL FRAME utiliza tecnologia avançada, qualidade e segurança para concluir uma obra de alto padrão em apenas 100 dias a partir de um terreno preparado.
steel framing2
Steel Framing
  • Sistema versátil,
  • Variações na arquitetura,
  • Cobertura metálica ou convencional,
  • Acabamentos externos ( tijolo aparente, argamassa);
steel framing7
Steel Framing
  • Sistema é atribuída à extrema resistência dos perfis em aço galvanizado.
  • Além de aceitar a aplicação de grandes esforços, o aço galvanizado é reciclável e não polui o meio ambiente.
  • Maior rapidez na entrega da obra.
  • Garantia de resistência e qualidade dos materiais.
steel framing11
Steel Framing
  • O sistema construtivo em STEEL FRAME é formado por perfis metálicos em aço galvanizado.
steel framing13
Steel Framing
  • Os perfis metálicos, interligados através de parafusos especiais autobrocantes, formam os painéis (paredes) que compõem um conjunto autoportante preparado para receber todos os esforços solicitados pela edificação.
steel framing15
Steel Framing
  • Estrutura painelizada,
  • Modulação
  • Elementos estruturais
  • Componentes de fechamento
  • Revestimento
  • Estrutura alinhada
steel framing16
Steel Framing
  • Os perfis são fixados entre si, através de parafusos autobrocantes, compondo painéis de paredes, lajes de piso/forro e estrutura de telhado. Constituindo dessa forma, um conjunto monolítico de grande resistência e apto a absorver as cargas e esforços solicitados pela edificação e agentes da naturez.
steel framing18
Steel Framing

Painéis estruturais

Painéis não-estruturais

steel framing21
Steel Framing
  • Contraventamento

- formato X

- formato K

- painéis diafragma

steel framing22
Steel Framing
  • Painel não-estrutural
  • Fechamento externo e divisórias internas
  • Drywall
steel framing23
Steel Framing
  • Construção rápida e otimizada
  • Material para o fechamento - leve
  • Atender a quesitos da ISO 6241:1984

- Segurança estrutural

- Segurança ao fogo

- Conformo termo-acústico

- Durabilidade

- Economia

steel framing24
Steel Framing
  • Painel OSB:

- não resiste a intempéries

- fixadas através de parafusos

- juntas de dilatação

steel framing25
Steel Framing

- Membrana de polietileno

- Fluxo de umidade: exterior interior interrompido

steel framing26
Steel Framing

Revestimento “siding” vinílico

steel framing27
Steel Framing

Revestimento

argamassa

steel framing28
Steel Framing
  • Alvenaria

função decorativa

steel framing29
Steel Framing
  • Placa Cimentícia
  • Gesso Acartonado
steel framing30
Steel Framing
  • Tratamento termo-acústico

- reduzir passagem de som e transferências de calor entre o ambiente e o meio

- material: lã de vidro

lajes

Lajes

Steel Framing

constitui o
Constituição
  • Constituídos por perfis galvanizados espaçados igualmente de acordo com as cargas a que cada perfil está submetido
furos e cortes
Furos e Cortes
  • Não é recomendável se cortar ou furar os perfis
  • NBR 15253:2003
  • distancia entre furos > 600mm
  • distância entre extremidade do perfil e o furo > 300mm
  • distância entre a extremidade de uma abertura e a face lateral do apoio > 250mm
tipos de lajes
Tipos de Lajes
  • Laje Úmida
    • Utiliza-se uma chapa metálica ondulada
    • preenchida em concreto
    • base ao contrapiso
tipos de lajes1
Tipos de Lajes

Laje Seca

placas rígidas

cimentícias

aparafusadas à estrutura do piso

vigamento do piso
Vigamento do Piso

vigas do piso que formam a laje

conceito de estrutura alinhada

apoiar na alvenaria

apoiar no concreto

apoiar na fundação

vigamento do piso1
Vigamento do Piso

perfis compostos

para vãos maiores

ausência de apoios intermediários

travamento horizontal
Travamento Horizontal

flambagem lateralpor torção

deslocamentos

escadas
Escadas

degraus e espelhos constituídos por perfis U e Ue

viga caixa inclinada

escadas1
Escadas

painel com inclinação

painéis escalonados

cobertura

Cobertura

Steel Framing

coberturas
Coberturas
  • semelhante a construções convencionais
    • versatilidade
    • variedade
tipos de coberturas
Tipos de Coberturas
  • grandes vãos
  • Ausência de apoios intermediários
  • Coberturas Planas
    • laje úmida
    • inclinação obtida variando espessura do contrapiso de concreto
tipos de coberturas1
Tipos de Coberturas
  • Coberturas Inclinadas
    • semelhante a de um telhado convencional de madeira
coberturas estruturadas com caibros e vigas
Coberturas Estruturadas comCaibros e Vigas
  • construções do tipo “stick”
    • cortados e montados no local
deforma es
Deformações
  • Cargas verticais no telhado
    • inclinação das paredes
    • vigas de teto
liga es

Ligações

Steel Framing

liga es1
Ligações
  • Diâmetro: Distância externa dos fios de rosca.
  • Comprimento nominal: Distância entre a superfície de contato da cabeça e sua ponta.
  • Passo: Distância que separa os fios de rosca.

Parafusos auto-atarraxantes e auto-perfurantes, em aço carbono com tratamento cementeado e temperado, recobertos com uma proteção zinco-eletrolítica.

parafusos auto atarraxantes
Parafusos auto-atarraxantes
  • Ponta agulha
    • Chapas com até 0,84 mm de espessura.
  • Ponta broca
    • Chapas com pelo menos 0,84 mm de espessura.
parafusos tipo broca
Parafusos tipo broca
  • Cabeça lentilha
    • Ligações entre perfis do tipo metal/metal.
    • Fixação firme das chapas, evitando rasgamento e abaulamento das chapas.
  • Cabeça sextavada
    • Ligações entre painéis, peças de tesouras, enrijecedores.
    • Parafusos estruturais.
parafusos tipo broca1
Parafusos tipo broca
  • Cabeça trombeta com asas
    • Fixação de placas cimentícias.
    • As asas proporcionam uma peruração de maior diâmetro.
  • Cabeça trombeta
    • Fixação de placas de gesso e OSB.
    • Sua cabeça permite a total penetração no substrato.
m todo dos pain is
Método dos painéis
  • 1ª Etapa: Preparação da fundação, fabricação dos painéis do pavimento térreo.
  • 2ª Etapa: Montagem dos painéis do pavimento térreo, execução das vigas da laje.
m todo dos pain is1
Método dos painéis
  • 3ª Etapa: Montagem das vigas da laje, fabricação dos painéis do piso superior.
  • 4ª Etapa: Início do fechamento externo em OSB, montagem da escada e dos painéis do piso superior.
m todo dos pain is2
Método dos painéis
  • 5ª Etapa: Execução das lajes úmida e seca, fabricação dos painéis da cobertura.
  • 6ª Etapa: Montagem dos painéis da cobertura, telhas, instalações elétricas e hidráulicas.
m todo dos pain is3
Método dos painéis
  • 7ª Etapa: Execução do fechamento interno em painéis de gesso, instalação das esquadrias.
  • 8ª Etapa: Execução do acabamento externo, dos pisos e paredes.
m todo dos pain is4
Método dos painéis
  • 9ª Etapa: Pintura, instalação dos acabamentos e decoração.
  • 10ª Etapa: Protótipo finalizado do Steel Framing.
diretrizes de projeto
Diretrizes de projeto
  • Malhas modulares
  • Conjunto de planos, linhas e pontos.
  • Permite a otimização no uso das placas de fechamento e dos materiais de revestimento.
  • Industrialização
    • Coordenação modular
    • Planejamento das etapas da construção.
    • Formação de equipes multidisciplinares.
    • Elaboração de projetos que definam as formas de execução.
    • Normalização e tipificação de componentes construtivos.
diretrizes de projeto1
Diretrizes de projeto
  • Estudo preliminar e anteprojeto
    • Atentar para o uso a que se destina o edifício e o clima local a fim de considerar o padrão de acabamento e os critérios de desempenho termo-acústico.
    • Especificar o tipo de revestimento e acabamento, para que seu peso próprio seja considerado no projeto estrutural.
    • Compatibilizar o projeto arquitetônico com as dimensões dos componentes de fechamento a fim de otimizar a modulação horizontal e vertical dos mesmos.
    • Especificar esquadrias, formas de fixação e as folgas necessárias para tal, compatibilizar a paginação dos componentes de fechamento com as aberturas de esquadrias.
diretrizes de projeto2
Diretrizes de projeto
  • Estudo preliminar e anteprojeto
    • Proporcionar estanqueidade ao ar e água da estrutura através de componentes de impermeabilização e fechamento.
    • Definir a viabilidade de concentrar as passagens das prumadas em shafts visando menor interferência com a execução das vedações e estruturas.
    • Definir o uso e tipo de sistema de água quente, ar condicionado e calefação.
    • Sempre que possível, lançar o layout das peças fixadas aos painéis dos ambientes para prever a colocação de reforços.
diretrizes de projeto3
Diretrizes de projeto
  • Projeto executivo e detalhamento
    • Compatibilizar o projeto estrutural com o arquitetônico, e na seqüência com o de instalações.
    • Especificar e detalhar o tipo de juntas de união, dessolidarização e movimentação das placas de fechamento, considerando a deformabilidade da estrutura e as variações higrotérmicas dos materiais.
    • Especificar e detalhar o tipo de revestimento de áreas molháveis e o uso de materiais como piso, box e outros.
    • Definir projeto lumino-técnico para evitar interferências com a estrutura, como vigas de piso e montantes.
ad