Justifica o art 861 a 866 do cpc
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 11

JUSTIFICAÇÃO art. 861 a 866 do CPC PowerPoint PPT Presentation


  • 57 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

JUSTIFICAÇÃO art. 861 a 866 do CPC. É medida judicial destinada a documentar, a oitiva de testemunhas, a existência de um fato ou de relação jurídica (art. 863 do CPC). JUSTIFICAÇÃO art. 861 a 866 do CPC.

Download Presentation

JUSTIFICAÇÃO art. 861 a 866 do CPC

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


Justifica o art 861 a 866 do cpc

JUSTIFICAÇÃOart. 861 a 866 do CPC

É medida judicial destinada a documentar, a oitiva de testemunhas, a existência de um fato ou de relação jurídica (art. 863 do CPC).


Justifica o art 861 a 866 do cpc1

JUSTIFICAÇÃOart. 861 a 866 do CPC

  • Não é preciso que esteja destinada a servir de prova em processo regular, bastando que o interessado dela necessite,por exemplo, para instruir um processo administrativo.


Justifica o art 861 a 866 do cpc2

JUSTIFICAÇÃOart. 861 a 866 do CPC

  • Embora tenha sido inserido entre os processos cautelares, parece-nos que não tem essa natureza, porque prescinde do fumusbonijuris e do periculum in mora.


Justifica o art 861 a 866 do cpc3

JUSTIFICAÇÃOart. 861 a 866 do CPC

  • Não é preciso que a prova seja colhida logo, sob pena de ficar prejudicada. Para isso, a ação adequada é a produção antecipada de provas, que se presta a colhê-la para possível uso em processo jurisdicional.


Justifica o art 861 a 866 do cpc4

JUSTIFICAÇÃOart. 861 a 866 do CPC

  • Colhida a prova, o juiz não declarará a existência de fato ou da relação jurídica, ainda que nem se cogite do processo jurisdicional, ou não exista litígio. Não se exige o ajuizamento da ação principal.


Justifica o art 861 a 866 do cpc5

JUSTIFICAÇÃOart. 861 a 866 do CPC

  • O juiz não julga a justificação, mas limita-se a colher a prova, com a finalidade de documentar ato ou relação jurídica. O valor dela será apreciado por quem tenha de decidir sobre a existência de um ou outro.


Justifica o art 861 a 866 do cpc6

JUSTIFICAÇÃOart. 861 a 866 do CPC

  • Procedimento: A justificação deve ser requerida no foro em que ocorreram os fatos que se pretende comprovar, ou o domicílio dos interessados.


Justifica o art 861 a 866 do cpc7

JUSTIFICAÇÃOart. 861 a 866 do CPC

  • Na petição inicial, o autor exporá sua intenção, e indicará o fato ou relação jurídica que pretende documentar. Verificando-se presentes os requisitos, o juiz deferirá a justificação e determinará a citação de todos os interessados (art. 862 do CPC). Não há réus, já que lhe falta caráter contencioso.


Justifica o art 861 a 866 do cpc8

JUSTIFICAÇÃOart. 861 a 866 do CPC

  • Os interessados não são citados para apresentar defesa ou resposta, mas para acompanhar a produção da prova. Caso o interessado não possa ser identificado, deverá ser requerida a citação por edital, devendo haver a intervenção do Ministério Público (art. 862, p.u. do CPC).


Justifica o art 861 a 866 do cpc9

JUSTIFICAÇÃOart. 861 a 866 do CPC

  • Na data designada, o juiz inquirirá as testemunhas, sobre os fatos alegados, sendo facultado ao requerente juntar documentos (art. 863 do CPC). As testemunhas devem ser arroladas na inicial. Se houver juntada de documentos, a parte contrária terá vista, em cartório, por vinte e quatro horas, mas não cabem discuções sobre o seu conteúdo.


Justifica o art 861 a 866 do cpc10

JUSTIFICAÇÃOart. 861 a 866 do CPC

  • Nos termos do art. 866 do CPC, os autos serão entregues ao requerente, independentemente de traslado, transcorridas quarenta e oito horas da decisão.


  • Login