Lideran a nas organiza es escolares
Download
1 / 55

LIDERAN A NAS ORGANIZA ES EsCOLARES - PowerPoint PPT Presentation


  • 197 Views
  • Uploaded on

LIDERANÇA NAS ORGANIZAÇÕES EsCOLARES. Sandra Ornelas Teresa Ornelas. Estrutura do Trabalho. Introdução Considerações gerais Justificação e pertinência da temática Revisão da Literatura Liderança. - Abordagem conceptual - Gerir e/ou liderar? Modelos Teóricos da liderança

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'LIDERAN A NAS ORGANIZA ES EsCOLARES' - mauve


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
Lideran a nas organiza es escolares

LIDERANÇA NAS ORGANIZAÇÕES EsCOLARES

Sandra Ornelas

Teresa Ornelas


Estrutura do trabalho
Estrutura do Trabalho

  • Introdução

    • Considerações gerais

    • Justificação e pertinência da temática

  • Revisão da Literatura

    • Liderança.

  • - Abordagem conceptual

  • - Gerir e/ou liderar?

    • Modelos Teóricos da liderança

  • - Teoria dos Traços do Líder

  • - Abordagem Comportamental

  • - Teorias Situacionais

    • Liderança Escolar


Estrutura do trabalho1
Estrutura do Trabalho

  • Organização e Estudo de Campo

    • Objectivos do Estudo

  • - Objectivo Geral

  • - Objectivos Específicos

    • Procedimentos Metodológicos

  • - Tipo de estudo

  • - Local de estudo

  • - Delimitação da amostra

  • - Cuidados éticos

  • - Instrumento


Estrutura do trabalho2
Estrutura do Trabalho

  • Apresentação e Discussão dos Resultados

  • Conclusões e Recomendações Futuras

  • Bibliografia

  • Questões diagnóstico


Cap tulo i introdu o
CAPÍTULO IIntrodução


Introdu o
Introdução

  • Considerações gerais

  • Sociedade pós-industrial

  • Conhecimento

  • Informação

  • Inovação

Alterações ao nível dos enquadramento das organizações e as condições para o seu desempenho


Introdu o1
Introdução

  • Considerações gerais

  • É necessário reinventar as organizações, adoptando opções estratégicas e organizativas contrastantes com as típicas das organizações burocráticas, hierarquizadas e compartimentadas do passado, cujo desenho tinha em vista afastar a mudança e os seus agentes.

  • (Cardoso, 2001)

A forma como qualquer organização funciona deriva pois do modo de pensar e de interagir dos seus recursos humanos

Papel do líder



Introdu o2
Introdução da organização?

  • Justificação e pertinência da temática

  • 1º - Liderança implica PESSOAS

  • 2º - Toda a organização é constituída de pessoas e delas depende o seu sucesso e continuidade.

  • Problema da organização Solução da Organização

  • Desafio Vantagem competitiva da organização

  • Recurso mais importante Parceiro principal do “negócio”


Cap tulo ii revis o da literatura
CAPÍTULO II da organização?Revisão da Literatura


Lideran a
Liderança da organização?

  • Abordagem conceptual (retrospectiva)

  • CHEFIAS

Pessoas com bom domínio das tecnologias de produção;

Elemento humano não constituía uma variável critica de gestão.

(Sousa,1990)


Lideran a1
Liderança da organização?

  • Abordagem conceptual

  • LÍDER

Liderança – elevada pertinácia no domínio das ciências sociais;

Eficácia e eficiência dos grupos de trabalho;

Eficácia e eficiência das organizações.

(Pinto, 2004)


Lideran a2
Liderança da organização?

  • Mas… como definir liderança?

  • Fenómeno tipicamente social

  • Ocorre nos grupos socais e nas organizações

Liderar é um processo de influência social, no qual o líder procura obter a participação voluntária dos subordinados num esforço para atingir os objectivos da organização.

(Sousa, 1990)


Lideran a3
Liderança da organização?

  • Liderar e/ou gerir?

  • Será que qualquer pessoa pode tornar-se gestor e/ou líder?

  • Há diferença entre estes dois títulos?

  • Será que as pessoas podem ser treinadas para se tornarem gestores e/ou lideres?


Lideran a4
Liderança da organização?

  • Liderar e/ou gerir?

  • Liderar não tem o mesmo significado que gerir e, nem todos os lideres são gestores. Do mesmo modo, nem todos os gestores, só porque o são, são lideres.

  • (Teixeira, 1998)

De facto, uma pessoa pode ser um gestor eficaz e mesmo assim não ter as capacidades motivacionais de um líder.

(Stoner, J. & Freeman, R., 1982)


Lideran a5
Liderança da organização?

  • Liderar e/ou gerir?

  • LÍDER

  • Mantém o equilíbrio e o controlo da organização – objectivos;

  • Visão de futuro;

  • Valores;

  • Cultura.

Responsáveis por construir organizações onde as pessoas expandem continuadamente as suas capacidades de entender complexidades, esclarecer visões e aperfeiçoar modelos mentais compartilhados. São responsáveis pela aprendizagem.

(Senge, 2004)


Lideran a6
Liderança da organização?

  • Liderar e/ou gerir?

  • GESTOR

  • Responsáveis pelos recursos organizacionais;

  • Planear;

  • Organizar;

  • Dirigir;

  • Controlar.

Um gestor deveria ser também um líder, para liderar adequadamente as pessoas que trabalham com ele.

(Chiavenato, 1999)


Modelos te ricos da lideran a
Modelos Teóricos da Liderança da organização?

  • Modelos teóricos

  • Teoria dos Traços do Líder

  • Teorias Comportamentalistas

  • Teorias Situacionais ou Contigenciais


Modelos te ricos da lideran a1
Modelos Teóricos da Liderança da organização?

  • Teoria dos Traços do Líder

  • Identificar traços de personalidade

  • Líder universal

  • Seres superiores

  • Característica inata

Características pessoais, intelectuais, emocionais e físicas


Modelos te ricos da lideran a2
Modelos Teóricos da Liderança da organização?

  • Teoria dos Traços do Líder

As teorias que procuram explicar a liderança através dos traços de personalidade do líder caíram em descrédito e perderam, ao longo dos anos, a sua importância.

Porém, não restam dúvidas de que grandes mudanças na história da sociedade e das organizações foram impulsionadas por um esforço inovativo de alguns indivíduos dotados de características excepcionais.

(Chiavenato, 1994)


Modelos te ricos da lideran a3
Modelos Teóricos da Liderança da organização?

  • Abordagem Comportamental

  • Determinados comportamentos específicos diferenciam os líderes dos não líderes.

  • (Teixeira, 1998)

  • Estudam a liderança em termos de estilos de comportamentos do líder em relação aos seus subordinados.

  • O ponto central de estudo é focalizado, ao contrário da teoria dos traços do líder, não naquilo que o líder é, mas sim naquilo que faz.

  • (Chiavenato, 1994).


Modelos te ricos da lideran a4
Modelos Teóricos da Liderança da organização?

  • Teorias Situacionais ou Contigenciais

Líder

Diferentes situações

Mesmo grupo

Mesma tarefa

?

Sucesso

Eficácia


Modelos te ricos da lideran a5
Modelos Teóricos da Liderança da organização?

  • Teorias Situacionais ou Contigenciais

Pressupostos

O comportamento mais apropriado para um líder depende das situações ou circunstâncias concretas em que o líder se encontra.

(Teixeira, 1998)

Descontextualizado, um estilo de liderança jamais será “melhor” ou mais eficaz do que outro.

Estilo eficaz consoante a situação


Modelos te ricos da lideran a6
Modelos Teóricos da Liderança da organização?

  • Teorias Situacionais ou Contigenciais

Liderança

Situação

Afectam o trabalho do líder, a sua relação com os subordinados, colegas, superiores hierárquico e pessoas externas.

(Rego,1998 in Silva, N. et al. 2005)


Lideran a escolar
Liderança Escolar da organização?

Escola Professor

Deficiente resolução dos problemas educativos

Característica da escola portuguesa.

Produto final aquém do desejado/esperado

Não se pauta por modelos de cooperação entre “diferentes” profissionais

(Garcia, 1994)


Lideran a escolar1
Liderança Escolar da organização?

Parece problemática a intervenção destes profissionais e se a sua contribuição hoje é uma evidência.A escola terá de se organizar, de forma a estruturar a participação dos diferentes profissionais que com ela colaboram.

(Re)equacionar o trabalho a partir de equipas multiprofissionais

Aparecimento dos lideres

Autonomia escolar

(Garcia, 1994)


Lideran a escolar2
Liderança Escolar da organização?

Autonomia

Participação

“Sentido de gestão”

Organização e funcionamento da escola e a emergência de formas explicitas de liderança (individuais ou colectivas) capazes de empreenderem as mudanças que a autonomia obriga.

(Barroso, 1996)


Lideran a escolar3
Liderança Escolar da organização?

Apesar da liderança estar normalmente ligada a posições de autoridade formal, abarca um conjunto de funções que podem ser desempenhadas por diferentes pessoas em diferentes papéis através de todo o tecido escolar.

Os líderes de uma escola são as pessoas que fornecem directivas e exercem influência para atingir as finalidades da escola.

(Azevedo, sd)


Lideran a escolar4
Liderança Escolar da organização?

A liderança escolar pode ser resumida em três pontos:

1 – A liderança tem efeitos significativos na aprendizagem dos alunos, sendo a sua eficácia apenas ultrapassada pela qualidade curricular e pela instrução dos professores.

2 – Actualmente, apenas os directores e líderes pedagógicos de professores fornecem a maioria da liderança numa escola, mas existem nas escolas outras fontes potenciais de liderança.

3 – Um núcleo de práticas forma a base de uma liderança com sucesso e é válida praticamente em todos os contextos educativos.


Cap tulo iii organiza o e estudo de campo
CAPÍTULO III da organização?Organização e Estudo de Campo


Objectivos do estudo
Objectivos do Estudo da organização?

  • Objectivo Geral

  • Determinar o estilo de liderança do Director de uma escola

  • Objectivos Específicos

  • Caracterizar pessoal e profissionalmente o director de uma escola;

  • Analisar a auto-percepção do líder, relativamente ao estilo de liderança por ele adoptado.


Procedimentos metodol gicos
Procedimentos Metodológicos da organização?

  • Tipo de estudo

  • Quantitativo e descritivo

  • Local de estudo

  • Região Autónoma da Madeira

  • Município da Ribeira Brava

  • Delimitação da amostra

  • Estudo caso

  • Cuidados éticos

  • Confidencialidade, anonimato e imparcialidade


  • Instrumentos da organização?

  • QUESTIONÁRIO

  • Identificação pessoal

  • 1.1. Idade: ________ anos

  • 1.2. Sexo: F M

  • Identificação profissional

  • 2.1. Habilitações académicas: ____________________

  • 2.2. Anos de profissão: _________ anos

  • 2.3. Anos que exerce o actual cargo: ________ anos


Procedimentos metodol gicos1
Procedimentos Metodológicos da organização?

  • Instrumentos

  • Escala de Liderança no Desporto (ELD) – Versão Auto-percepção.

  • A ELD pode ser aplicada noutros contextos em que exista uma situação de líder e liderados (Cid, 2006).

  • 5 dimensões: Treino-Instrução, Suporte Social, Reforço, Democrático e Autocrático.

  • Escala tipo Likert:

    • Sempre – 100%

    • Frequentemente – 75%

    • Ocasionalmente – 50%

    • Raramente – 25%

    • Nunca – 0%

Média aritmética






Cap tulo iv apresenta o e discuss o dos resultados
CAPÍTULO IV da organização?Apresentação e Discussão dos Resultados


Apresenta o e discuss o dos resultados
Apresentação e Discussão dos Resultados da organização?

  • Caracterização pessoal e profissional da amostra

  • A amostra representa um estudo caso, onde a escola em questão é liderada por um individuo do sexo feminino com 45 anos de idade, possuidor de uma licenciatura, exercendo a sua profissão à 24 anos, 3 dos quais com funções directivas.


Apresenta o e discuss o dos resultados1
Apresentação e Discussão dos Resultados da organização?

  • Auto-percepção do líder


Apresenta o e discuss o dos resultados2
Apresentação e Discussão dos Resultados da organização?

  • Auto-percepção do líder

  • O comportamento de RF denotou o maior valor da amostra, seguido do TI, SS, DEM e AUT.

  • Tais resultados sugerem que, em relação ao estilo de decisão, o líder se auto-percepciona como sendo mais democrático que autocrático.


Apresenta o e discuss o dos resultados3
Apresentação e Discussão dos Resultados da organização?

  • Auto-percepção do líder

  • Em relação às dimensões que compõem o estilo de interacção, observa-se que o líder actua muito na dimensão RF, no entanto, o TI e o SS obtiveram também médias consideravelmente altas.

  • Isto mostra que o líder, apesar de estar voltado para os aspectos de RF, considera igualmente importante o TI e o SS para o exercício da sua liderança.


Cap tulo v conclus es e recomenda es futuras
CAPÍTULO V da organização?Conclusões e Recomendações Futuras


Conclus es
Conclusões da organização?

  • Os comportamentos de interacção do tipo TI e RF são os mais valorizados na auto-percepção do líder;

  • Os comportamentos do tipo autocrático são os menos valorizados na auto-percepção do líder

  • O líder avalia-se com valores mais baixos para o comportamento do tipo autocrático e valores mais elevados para o comportamento do tipo democrático.


Recomenda es futuras
Recomendações Futuras da organização?

  • Sistematizar um projecto de investigação mais amplo, cuja metodologia permita um maior tempo de recolha de dados.

  • Realizar estudos comparativos entre as várias escolas da região.

  • Efectuar um estudo por forma a relacionar a influência que o processo de liderança poderá assumir na satisfação dos recursos humanos.


Cap tulo vi bibliografia
CAPÍTULO VI da organização?Bibliografia


Refer ncias bibliogr ficas
Referências Bibliográficas da organização?

Azevedo, J. (sd). O Que é a Liderança de Uma Escola?. Retirado a 12 de Novembro de 2008 in http://www.asa.pt/CE/Lideranca_escola.pdf

Barroso, J. (1996). Autonomia e Gestão das Escolas. Editorial do Ministério da Educação.

Cardoso, L. (2001). Gestão Estratégica nas Organizações. Como Vencer os Desafios do Século XXI. Lisboa: Verbo.

Cid, L. (2006). Enviado por email no dia 7 de Setembro de 2006. Não editado.

Chiavenato, I. (1994). Administração de Empresas. Uma Abordagem Contigencial, 3ª edição. São Paulo: Markron Books.

Chiavenato, I. (1999). Recursos Humanos, 5ª edição. São Paulo: Atlas.


Refer ncias bibliogr ficas1
Referências Bibliográficas da organização?

Garcia, M. (1994). Multiprofissionalismo e Intervenção Educativa. Lisboa: Edições Asa.

Hampton, D. (1992). Administração Contemporânea, 3ª edição. São Paulo: McGraw-Hill.

Pinto, N. (2004). Apontamentos das aulas de Organização e Gestão Desportiva II. Licenciatura em Educação Física e Desporto – Universidade da Madeira. Não editado.

Senge, P. (2000). A Quinta Disciplina. Arte e Prática da Organização que Aprende. Lisboa: Editorial Presença.

Silva, N. et al (2005). Liderança Organizacional. Os Comportamentos do Líder nas Empresas de Animação Turístico-Desportiva. Apogest, 2 (2), 33-55.


Refer ncias bibliogr ficas2
Referências Bibliográficas da organização?

Sousa, A. (1990). Introdução à Gestão. Uma Abordagem Sistémica. Lisboa: Verbo.

Stoner, J. & Freeman, R. (1982). Administração, 5ª edição. Rio de Janeiro: Prentice-H do Brasil.

Teixeira, S. (1998). Gestão das Organizações. Amadora: McGraw-Hill.


Quest es
Questões da organização?

Diga se é verdadeira ou falsa a seguinte afirmação:

A escola Portuguesa não se pauta por modelos de cooperação entre “diferentes” profissionais.

V)

F)


Quest es1
Questões da organização?

  • Os modelos teóricos da liderança podem ser reunidos em quantos grupos?

  • 2

  • 3

  • 1


Quest es2
Questões da organização?

Defina liderança.

Liderar é um processo de influência social, no qual o líder procura obter a participação voluntária dos subordinados num esforço para atingir os objectivos da organização.

(Sousa, 1990)




ad