Doenças do Sistema Circulatório --
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 17

Doenças do Sistema Circulatório -- PowerPoint PPT Presentation


  • 73 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

Doenças do Sistema Circulatório --. Revisando Conceitos. Sistema Circulatório ( Removendo as Teias de Aranha...)

Download Presentation

Doenças do Sistema Circulatório --

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


Doen as do sistema circulat rio

Doenças do Sistema Circulatório --


Revisando conceitos

Revisando Conceitos

  • Sistema Circulatório ( Removendo as Teias de Aranha...)

  • È importante relembrar que o SC é extremamente importante pois é através do sangue que substâncias fundamentais como Oxigênio,nutrientes,excretos,anticorpos e hormônios são transportados para outros sistemas.

  • O SC é composto de Vasos sanguíneos e pelo coração.

  • Vasos Sanguíneos-

  • Artérias:São vasos sanguíneos de maior calibre e que suportam maior pressão devido a presença de uma túnica muscular.

  • Veias: São vasos de menor calibre sem túnica muscular e que suportam uma menor pressão.

  • Capilares:Vasos de menor calibre constituídos apenas por uma camada de células endoteliais,são responsáveis pela irrigação periférica.

  • E claro,o Coração:órgão formado por tecido celular situado na cavidade torácica,é dividido em 4 cavidades:2 átrios e 2 ventrículos,que recebe e bombeia o sangue por meio de movimentos ritmados de diástole e sístole.

Diástole:Dilatação do coração

Sístole:Contração de fibras musculares cardíacas.


Um mal que age de forma silenciosa e que pode levar morte

Um mal que age de forma silenciosa e que pode levar á morte!!

A hipertensão ou pressão alta atinge cerca de 30 milhões de brasileiros.Como não apresenta sintomas característicos,desse total,apenas 7 milhões conhecem e tratam a doença,aumentando o risco de problemas cardiovasculares.Segundo dados da OMS,só em 2005,cerca de 17,5 milhões de pessoas morreram por distúrbios no coração,o que tornou essa a primeira causa de mortes no mundo.

* A DOENÇA: Para irrigar todos os órgãos do corpo humano,o coração de enche de sangue e se contrai para empurrá-lo nas artérias.Se por algum motivo essas estruturas,cuja composição é elástica,estiverem comprimidas demais,a circulação será prejudicada.O coração,por sua vez,terá de fazer mais força do que o habitual para o sangue circular normalmente e ficará sobrecarregado.Como conseqüência,a pressão do sangue dentro das artérias se eleva,caracterizando a doença.Com o tempo,caso o impedimento na circulação do sangue não seja identificado e tratado,as artérias podem ser danificadas.Dependendo da região do corpo afetada,as conseqüências podem ser cegueira,infarto,e AVC.Mais do que reconhecer a doença,é preciso descobrir o que desencadeia e tentar controlá-la.


Fatores de risco

Fatores de Risco

  • A pressão alta pode ser resultado de uma série de elementos,que vão desde herança genética até hábitos de vida incorretos.O problema é identificado quando,após 3 medições,está igual ou acima de 14mmHg(milímetros de mercúrio) por 9mmHg ou simplesmente 14 por 9. Veja as causas:

  • Bebidas alcoólicas

  • Colesterol alto

  • Estresse

  • Excesso de sal

  • Hereditariedade

  • Obesidade e Sedentarismo

  • Uso de cigarro


Doen as do sistema circulat rio

De olho na alimentação: O.O

Aposte em:

Abacate

Alho

Aveia

Azeite

Cebola

Maça

Nozes

Soja

Vinho Tinto

Cuidado com:

Sal,condimentos e molhos prontos

Frios e embutidos

Carnes gordurosas e salgadas

Laticínios gordurosos ou salgados

Produtos em conserva

Bolachas salgadas e salgadinhos

Sopas prontas e macarrão instantâneo

Bebidas alcoólicas em geral

Café e Chá-Mate

ATENÇÃO:

Por serem calóricas,as nozes assim como o abacate,devem ser consumidas com moderação,1 vez por semana.E como já dito,a dose recomendada de vinho tinto é de apenas dois cálices (20 ml cada) por dia.


Hipertens o na terceira idade

Hipertensão na terceira idade...

  • Segundo dados da Sociedade Brasileira de Hipertensão,a pressão alta acomete uma em cada cinco pessoas.Entre a população idosa,a doença chega a afetar uma em cada duas pessoas.

  • Os índices na terceira idade são altos porque a elasticidade dos vasos sanguíneos diminui muito com o passar dos anos e o coração passa a realizar um esforço cada vez maior para fazer o sangue circular pelas artérias,elevando a pressão dentro dela.

  • Por essa razão é importante que a pressão arterial seja medida com freqüência ,pois é a única maneira de uma pessoa descobrir se é hipertensa.


Doen as do sistema circulat rio

  • CIANOSE

  • Sinônimos e nomes populares:

  • doença azul; doença do sangue azul.

  • O que é?

  • É uma coloração azulada da pele ou das mucosas.

  • Como se desenvolve?

  • O sangue que circula no nosso corpo está sob duas formas, o venoso e o arterial.

  • O primeiro tem uma cor mais escura, é o que corre pelas veias até o pulmão. No pulmão a hemoglobina do sangue perde o gás carbônico e recebe oxigênio. Com essa troca ele se transforma de sangue venoso em sangue arterial, que é um sangue de cor mais viva, rutilante e que tem a função de levar oxigênio dos pulmões para todo o corpo.

  • Em média o sangue de uma pessoa normal, adulta, contém de 12,5 até 15 gramas de hemoglobina. Quando 5 gramas ou mais da hemoglobina do sangue arterial estão sem oxigênio, costuma surgir na pele ou nas mucosas uma cor azulada, denominada de cianose. Existem três tipos de cianose, a central, a periférica e a diferencial.

  • A cianose central acontece quando o sangue que vem dos pulmões para a periferia do corpo já chega com pouco oxigênio, o que ocorre em algumas doenças do pulmão ou do coração. A cianose periférica geralmente é provocada quando o coração não tem a capacidade de enviar uma quantidade adequada de sangue para a periferia ou é causada por uma lentificação local da circulação.


Doen as do sistema circulat rio

  • Ela aparece quando a circulação do sangue nas veias periféricas, por exemplo, nas veias das mãos ou do rosto, se torna muito lenta. O oxigênio que o sangue contém é transferido para as células e o sangue se torna pobre em oxigênio, azulado e com isso - onde a pele for mais delgada, nas mucosas ou nos lábios, por exemplo - aparece uma cor azulada.

  • A cianose periférica em 50% dos casos desaparece colocando a parte cianótica em água morna.

  • A diferencial é a cianose que aparece em alguma parte do corpo, ou só nas pernas, ou só nos braços e geralmente é indicativa de doença congênita do coração.

  • Como se faz o diagnóstico?

  • O diagnóstico de cianose e da causa dela deve ser feito pelo médico ao observar o paciente. O diagnóstico pode ser confirmado pelo exame de sangue medindo o teor de oxigênio e de hemoglobina.

  • Quais são as causas?

  • Existem diversas causas para cianose que vão desde a falta de oxigênio no ar inspirado até a incapacidade da hemoglobina fixar o oxigênio. Por exemplo, nas intoxicações por sulfas ou outros medicamentos pode surgir a cor azulada da pele.

  • As causas mais freqüentes de cianose são:

  • Doenças cardíacas

  • Doenças pulmonares

  • Doenças circulatórias

  • Intoxicações


Doen as do sistema circulat rio

  • Falta de oxigênio no ar inspirado

  • Exemplo de baixos teores de oxigênio no ar inspirado é a cianose que surge nas alturas. Aos 5400 metros de altura a oferta de oxigênio para o sangue é somente a metade da que é oferecida ao nível do mar. Portanto, quanto mais no alto estivermos, menor a saturação da hemoglobina e quanto mais nos aproximarmos do nível do mar, maior será a oferta de oxigênio. Essa é a razão pela qual os alpinistas de grandes alturas só conseguem fazer esforço recebendo um suplemento de oxigênio.

  • Existem mecanismos naturais pelos quais o organismo tenta compensar a falta de oxigênio do ar ambiente. O primeiro é a hiperventilação quando as pessoas respiram mais vezes por minuto e mais profundamente.

  • No segundo, o organismo começa a produzir mais glóbulos vermelhos, onde está a hemoglobina, e assim permite transportar mais oxigênio para todas as células do corpo. É por esse motivo que as pessoas que vivem em grandes altitudes, como nas cidades de La Paz ou do México, têm normalmente taxas de hemoglobina bem maiores no sangue circulante.


Mais doen as

Mais Doenças...

  • Endocardite é uma infecção que atinge parte da membrana que encobre as válvulas cardíacas. Pode atingir também várias partes do coração. Infecções de origem dentária estão entre as principais causas da endocardite infecciosa. Pode ter origem bacteriana, após uma bacteremia. A endocardite infecciosa é a infecção do endocárdio pormicroorganismos. O endocárdio é a camada mais interna do coração.

Endocardite Bacteriana


Doen as do sistema circulat rio

Os fatores de risco mais conhecidos para a endocardite são:

  • Certas doenças congênitas do coração (má formações durante a formação do embrião). Certas doenças das

  • válvulas do coração, provocadas por Moléstia reumática, um tipo de reumatismo. Determinados tipos de Prolapso da válvula mitral, uma doença do tecido de sustentação da válvula mitral. Uso de drogas ilícitas endovenosas (toxicomania).

  • Quanto aos sintomas, podem ocorrer, entre outros, Febre, Calafrios, Sudorese (suor excessivo), Emagrecimento, Mal estar, Perda de apetite, Tosse, Dor de cabeça,Náuseas e Vômitos.

  • O tratamento visa controlar a infecção e a correção do fator que predispôs a endocardite. São longos tratamentos, com muitas semanas de internação hospitalar, com uso de um grande número de medicamentos, inclusive antibióticos, e muitas vezes necessitando de cirurgia cardíaca.


Miocardite

Miocardite

  • Miocardite é uma inflamação do miocárdio, a camada muscular grossa da parede do coração. Esta condição incomum pode resultar em uma variedade de sinais e sintomas, incluindo dor no peito (angina), batida anormal do coração e parada cardíaca de congestiva.

  • Quando a miocardite for bastante severa, a ação de bombeamento do coração enfraquece e o coração não pode prover para o resto do corpo sangue rico em oxigênio. Coágulos podem se formar no coração também, potencialmente conduzindo a um derrame (AVC) ou ataque cardíaco.

  • A miocardite pode se desenvolver como uma complicação de uma doença infecciosa, normalmente causada por um vírus. Pode acontecer em pessoas de todas as idades e é diagnosticada com mais freqüência em homens que em mulheres. O tratamento de miocardite depende da causa subjacente.


Doen as do sistema circulat rio

  • Causas

  • Causa desconhecida (miocardite ideopática)

  • Em muitos casos não é achada a causa. (Alguns destes casos provavelmente são devido a uma infecção viral que nunca é confirmada através de testes.)

  • Infecção Viral ( Vírus)

  • Infecção de HIV

  • Difteria(toxina (veneno) feita pelas bactérias na garganta

  • Doença de Chagas(infecção causada por um protozoário chamado Trypanosoma cruzi )

  • Doença de Lyme (carrapato  bactéria Borrelia burgdorferi)

  • Miocardite de células gigantes (raro, e obtém seu nome de células anormais que desenvolvem no coração. Devido a um crescimento anormal da glândula Timo)

  • Também há outras causas:

  • Um efeito colateral raro de alguns medicamentos.

  • Outros agentes prejudiciais. Por exemplo, inflamação no coração pode ser causada por álcool em excesso, radiação, substâncias químicas (como hidrocarboneto e arsênico), e certos venenos.

  • Rejeição que segue um transplante de coração.

  • Uma complicação rara de várias outras doenças.


Sintomas

Sintomas

  • Sintomas

  • Os sinais e sintomas da miocardite podem variar, dependendo da causa e da severidade da doença. Os sinais mais comuns e sintomas incluem:

  • Dores no peito

  • Batida do coração rápida ou anormal (arritmia)

  • Diminuição da respiração, particularmente durante atividade física

  • Retenção de fluidos, com inchar de pernas, tornozelos e pés

  • Fadiga

  • Em casos moderados, miocardite não produz nenhum sintoma notável. Pessoas podem estar doentes com os sintomas gerais de uma infecção viral e nunca percebem que o coração está afetado. Algumas pessoas podem nunca buscar cuidado médico e podem recuperar sem saber que tiveram miocardite.


Imagens

Imagens:


  • Login